terça-feira, outubro 19, 2021

Gripen para o Brasil

F-X2: cada um escreve o que achar melhor

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Duas reportagens publicadas em dois grandes jornais do país no mesmo dia mostram visões completamente distintas para a decisão final

Jobim prepara anúncio do Rafale

Viviane Vaz

Desde 15 de julho um dia depois da festa nacional da Queda da Bastilha , os franceses comemoram antecipadamente a compra de 36 caças Rafale para a Força Aérea Brasileira (FAB), supostamente ratificada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Ministério da Defesa informou à reportagem que a exposição de motivos técnicos e políticos pelo ministro Nelson Jobim deve sair nos próximos dias. O relatório, segundo adiantado no fim de junho pelo Correio e pelo site Inforel (especializado em notícias internacionais), resume em 40 páginas as mais de 20 mil geradas em documentos dos comandos da FAB e da Marinha sobre a compra dos caças. Com o Rafale, a francesa Dassault lideraria a preferência sobre o F/A-18 Super Hornet, da americana Boeing, e o Gripen NG, da sueca Saab, depois de uma alteração com base na nova Estratégia Nacional de Defesa (END), que mudou os pesos da avaliação e deu mais valor à transferência de tecnologia, reduzindo a importância dos custos de aquisição e manutenção da aeronave.

Também há rumores de que Lula já estaria estudando o relatório desde maio e junho.

Espero tranquila e serenamente, o anúncio ou a declaração do presidente Lula prevista para o mês de julho, declarou o ministro francês da Defesa, Hervé Morin, ao canal de TV LCI, em meados do mês passado. O Brasil é um sócio estratégico maior e decidiu refazer seu exército com a indústria francesa, anunciou ainda o ministro.

Luis Alexandre Fuccille, pesquisador da Facamp, pesquisador do Núcleo de Estudos Estratégicos da Unicamp, considera que a confirmação do Rafale seria uma boa decisão. Esse projeto vem sendo postergado há muito tempo, desde o governo do presidente Fernando Henrique, que acabou deixando para Lula, e estamos no fim do governo Lula sem nenhuma decisão tomada sobre um projeto que é para ontem importantíssimo para a defesa da nossa independência e soberania nacional e, sobretudo, para esse maior protagonismo que o Brasil busca na cena internacional, analisa Luis Alexandre.

Meu único senão seria talvez com relação à conveniência de uma decisão tão importante faltando menos de seis meses para o fim do mandato, aponta o pesquisador, pois a conta e as implicações ficarão para o governo seguinte. Teria sido desejável que tivesse sido antes.

Enquanto os franceses comemoram a decisão do governo brasileiro pelo Rafale e sua parceria estratégica, os suecos comemoram este mês um ano de trabalho com a indústria brasileira. “Estamos há um ano projetando com empresas brasileiras a fuselagem, intermediária, traseira, parte das asas e portas do trem de pouso para o Grippen Mundial”, diz Begt Janer, da assessoria assessoria da SAAB.

Bateu asas e voou

E os novos caças da FAB, hein? Estão voando por aí, ninguém sabe, ninguém viu.

Eliane Cantanhêde

Lula anunciou a escolha do Rafale francês em 7 de Setembro de 2009, antes do relatório oficial da Aeronáutica sobre preços, logística, qualidades técnicas, transferência de tecnologia e coisas assim. Dado o vexame, voltou atrás.

Quando o relatório ficou pronto, foi aprovado pelo Alto Comando da FAB no dia 18 de dezembro e enviado por ofício a Nelson Jobim em 5 de janeiro. Criou-se o impasse: o Rafale ficou em último lugar, atrás do Gripen NG sueco (em primeiro) e do F-18 americano (em segundo). E Jobim passou a fazer um relatório paralelo, resumindo as mais de 2.000 páginas em meia centena, para mostrar, por “a” mais “b”, que o Rafale era melhor.

Em todo esse tempo, há inúmeras declarações do ministro e de outras autoridades brasileiras anunciando a escolha oficial do vencedor para daí a algumas semanas, ou dias. Até agora, nada.

Jobim perdeu um momento espetacular para divulgar o resultado: a combinação de Copa do Mundo com recesso parlamentar, quando só se criticava o Dunga e a vuvuzela. Quem iria gritar contra se fosse o Rafale, o Gripen, ou o F-18? Agora, no meio da eleição, fica tudo muito mais complicado. Qualquer anúncio que Lula faça, ganhe quem ganhar, irá fatalmente dar munição para a oposição.

É provável que o presidente tenha considerado os riscos de optar pelo francês entre a Copa e a eleição e/ou tenha se aborrecido com o aliado Nicolas Sarkozy, que lhe puxou o tapete na negociação do acordo nuclear com o Irã.

O fato é que o projeto FX-2 (dos caças) bateu asas e voou. Possivelmente, até passar a eleição.

FONTE: Correio Braziliense e Folha de São Paulo, via Notimp

NOTA DO BLOG: as duas reportagens tratam do mesmo assunto, mas abordam visões totalmente antagônicas. Agora cabe ao leitor optar por uma ou por outra.

- Advertisement -

28 Comments

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rodrigo

ahahaahahahahaa

Vou dar a terceira visão..

Esqueçam do FX2, só ano que vem.

Vader

Hehehehe, INFOREL é aquele site do Pp e amiguitchos?

Brigado, sou mais a Cantanhêde…

Marcelo

Boa tarde a todos,
Poggio, não achei antagônicos não, achei até complementares, vai dar Rafale e vai ser anunciado após as eleições…
A segunda matéria não contradiz a escolha pelo Rafale…
Um dos poréns entretanto, é se não der Dilma, se a escolha permanece? ou ai fica TUDO para FX3 o retorno again novamente?
abçs
MM

Antonio M

“…Enquanto os franceses comemoram a decisão do governo brasileiro pelo Rafale e sua parceria estratégica, os suecos comemoram este mês um ano de trabalho com a indústria brasileira. “Estamos há um ano projetando com empresas brasileiras a fuselagem, intermediária, traseira, parte das asas e portas do trem de pouso para o Grippen Mundial”, diz Begt Janer, da assessoria assessoria da SAAB. …”

Enquanto os franceses se divertem, tripudiam em cima da gente, outros brasileiros já trabalham em parceria com suecos em muitas partes e componentes do Gripen.

E vão escolher o Rafale ?!?!?!?!

Seria uma piada se não fosse trágico!

Vplemes

Vader, o INFOREL é do PP e se não me engano ele também trabalha para o correio brasiliense. Esta nota do correio brasiliense pode ser assinada pela Viviane Vaz, mas tem as digitais do PP. Por estas e outras concordo com você e o Rodrigo, FX-2 morreu, só falta enterrar de vez este zumbi.

RAFAEL (RS)

O mais triste nestas duas reportagens foi a parte que fala que a Saab já trabalha a um ano com empresas brasileiras em vários itens do Gripen, e nós vamos de Jacá????? Esse é o país do futuro??? Minha esperança ainda é a ação do MPF que está nos calcanhares do Lula e do Jobim e dependendo do resultado a coisa pode melar. Esperança é a ultima que morre.

evandro

O erro foi ter excluido o SU 35 do FX2. Esta claro que o Jobim e o Lula estão sem opção. Independente de qual for a escolha teremos que continuar dependente da boa vontade do “Tio Sam”. Sou a favor do cancelamento do FX 2. E a favor da compra de prateleira de SU 35.

fredy

Pode até ser que o fx2 não vá para a gaveta e que seja escolhido o novo vetor da FAB e assinado o contrato com a empresa vencedora até o fim do ano (coisa que duvido muito). Mas não há como deixar de reconhecer que a credibilidade do processo de escolha (se é que se pode uasr essa palavra) está totalmente comprometida. Nós que pagamos impostos gostariamos de ter a certeza que a aquisição de tão caros equipamentos seria paltado pelo melhor interesse nacional, tanto no que se refere às necessidades da FAB quanto no tocante a adequação de tais… Read more »

Latino

Dessa vez a visão da Cantanhêde esta mais condizente com a realidade ,,

Mas to achando que o fx-2 subiu no telhado .

sds

Giordani RS

Hahahahahaha…
A “cosa” é simples. Nenhuma das duas sabe do que está falando…mas não precisa ser mãe dinah pra saber que o “efexis” já era…

Marcos

Molusco e Lobim só tem uma opção, ou deixa para o proximo governo ou dão um tiro na cabeça de sua candidata, (Certamente começará a aparecer “Os Dossies” da Assault no Brasil).

E ai o MPF entra em cena é a cisa toda pode babar para eles
O que sera que esta dupla de imprespaveis irá fazer?
Só resta esperar, no mais FORA RaFAIL, a campanha continua.

kwhvelasco

INFOREL, Catanhêde… eita p.. de fontes jornalísticas boas essas…

Nick

De real, A FAB fez um shortlist com F-18E, Gripen e Rafale. Lula já anunciou o Rafale em 7/9/2009. Jobin é 100% favorável ao Rafale. A FAB já entregou seu relatório em Nov/Dez/2009. Esse relatório foi “reorientado” pelo Ministro da Defesa. A FAB já disse que os 3 atendem suas necessidades. Jobin já desqualificou caças como o F-35, SU-35, Gripen e F-18 E por tabela. Jobin já fez N quase anúncios do FX-2, sempre empurrando para um mês adiante. A última expirou em Julho. O Ministro da Defesa da França esperava o anuncio para Julho. Ultimamente anda calado sobre o… Read more »

Fabio Mayer

Segundo o 1o. texto, Jobim fará um importantíssimo, visceral e insofismável anúncio sobre o FX-2.

Dirá que em algum dia do mês de setembro, decidirá a questão.

Só não vai dizer de que ano…

Tio

Também há rumores de que Lula já estaria estudando o relatório desde maio e junho.

Como assim? ele diz que quando começar a ler algo sente sono e vai dormir.
Se Lula estuda eu já tenho PHD em HARVARD.

Vplemes

Pobre Cantanhêde, em alguns fóruns da internet ela já é comparada ao grande satã!!

Rodrigo

Nick disse:
3 de agosto de 2010 às 14:10

Só ano que vem.

Vença quem vencer o pleito presidencial, depois começam as composições de Ministérios, favorecendo outros interesses.

Lideranças da Câmara e do Senado.

Desculpem amigos, mas FX2 diante de tantos interesses políticos é a última das prioridades.

Gilberto Rezende-Rio Grande RS

Estado de São Paulo e Eliane Cantanhêde estiveram sempre no polo oposto ao do governo na questão do FX-2. Pela proximidade e por exclusão fico com a visão do Correio Brasiliense como mais verossímel. Quanto as empresas brasileiras participarem do programa Gripen NG mesmo sem a decisão do FX-2 eu tenho uma visão diferente. Acho realmente que a SAAB pretende usar a expertise brasileira no programa mesmo se não for vencedor do FX-2 por dois motivos CUSTOS e decisões de compra podem ser modificadas no FUTURO. Pensando no lugar do ministro da DEFESA se o meu objetivo é obter a… Read more »

celso

Aguardem……com certeza o vencedor independentemente de quem for o escolhido, ganha no anuncio, porem nao fica com o contrato…….alguem quer anotar para discutir posteriormente ???
Tem muita agua pra passar debaixo dessa ponte, ( FX 3 o retorno ) assino embaixo do que tem escrito aqui o Vader.

Sds

Rodrigo

Gilberto Rezende-Rio Grande RS disse:
3 de agosto de 2010 às 15:27

É a mesma palhaçada do Correio Braziliense que só escreve o que interessa ao MD, amiguinho.

denner.miranda

Quando leio essas coisas me lembro de uma certa empresa americana que falou sobre um possível FX-3…

Rique

Madame Cantanhede, ficou conhecida pelo pânico provocado com a notícia de surto de febre amarela urbana e em São Paulo. Seria um fenômeno que atrairia os estudiosos de doenças tropicais do mundo todo. Apenas provocou alguns óbitos e consumo do estoque estratégico nacional da vacina e o descrédito profissional e dos seu veículo,já as voltas coma falsas informações. Nesse assunto ,nem a FAB, tem certeza do que está para ser decidido ,nem quando.

grifo

Senhores, o comandante Saito já falou publicamente que a decisão só será tomada depois das eleições. Todo o resto é chororô.

Interessante que a matéria do Correio Braziliense fala uma hora que o parecer do Ministro da Defesa ainda está sendo elaborado, outra hora diz que já está pronto e já deu Rafale, e outra hora diz que o presidente já está estudando ele desde maio. Como toda típica nota vinda do nosso conhecido “insider”, é uma contradição em si mesma.

Pedro Rocha

Olá senhores! Senhores nessa “novela” chamada FX, todos os “atores” estão aprisionados em suas declarações e principalmente em seus documentos oficiais! Eu explico, compartilhando meu ponto de vista: O FX (o primeiro) nasceu com o único objetivo de substituir os Mirage III que chegavam ao fim de suas carreiras na FAB! Essa aquisição seria direta (a assim chamada de prateleira) com compensações comerciais (offset) sem obrigações de transferências de tecnologia! A FAB já sabia que ninguém transferiria tecnologias criticas com poucas unidades que seriam adquiridas (12 a 36). O FX I sem essas pretensões infelizmente se arrastou até o fim… Read more »

Gabriel T.

Eu achei muito legal essas duas notícias juntas. Deu para ver como a versão do Correio Brazilense é toda falseada para justificar algo que ninguém consegue justificar.
Mas a Catanhede pisou na bola ao falar que o NG ficou em primeiro. Em Brasília, fala-se muito que o SH ficou em primeiro antes do Jobim surtar.

curvo

Apenas um off topic, mas acredito que tem tudo a haver com a nossa discussão : Deu no Terra.com.br Lula critica a França por falta de acordo entre UE e Mercosul 03 de agosto de 2010 SAN JUAN, Argentina, 3 Ago 2010 (AFP) -O presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, criticou a França, esta terça-feira, por se opor às negociações para um acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia (UE). Ao falar no plenário da cúpula do bloco sul-americano, na cidade argentina de San Juan (oeste), Lula elogiou o trabalho feito pela Argentina no semestre… Read more »

sr.ricardo

“F-X2: cada um escreve o que achar melhor.”
Poggio, disse T U D O ! ! !

Curvo

Lanço agora uma nova campanha, sem deixar para lá o “XÔ RAFALE !!!”
coloco o nome de Ozires Silva para “novo MD”, O que acham ?
Ozires Silva o novo Ministro da Defesa do Brasil ???? Será que ele topa ??? hehehehe

Últimas Notícias

FAB realiza enlaces de dados entre aeronaves usando o LINK-BR2 pela primeira vez

Os voos foram realizados durante a execução da Operação Íris, como foi denominada a segunda fase de ensaios de...
- Advertisement -
- Advertisement -