Home Editorial 22 de abril com previsão de céu de brigadeiro…

22 de abril com previsão de céu de brigadeiro…

415
81

céu azul

Barra de Cinco Pixels

… sem nuvens, sem caças e sem dinheiro.

Barra de Cinco Pixels

Para os dois últimos itens, a previsão é dada pelo conteúdo de duas recentes notícias cujos links estão logo abaixo. Já o primeiro item ainda depende da evolução das condições meteorológicas até o Dia da Aviação de Caça, para o qual havia uma expectativa de anúncio do vencedor do programa F-X2.

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
81 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alexandre
Alexandre
10 anos atrás

Um verdadeiro “Dia da Aviação de Caça” brasileiro. Sem aviões, sem nada.

Lucas Maciel
Lucas Maciel
10 anos atrás

hehehe é rir para não chorar

Fabio Mayer
Fabio Mayer
10 anos atrás

Em 22/04 será anunciado com pompa e circunstância que o FX-2 terá anuncio final em maio!

Giancarlo
Giancarlo
10 anos atrás

Enquanto a “politicalha” estiver envolvida vai ser assim mesmo…
Uma pena que nosso pais seja assim. E querem mais? Isso não vai mudar tão cedo!

Vader
Vader
10 anos atrás

FX2 acabou amigos (e já foi tarde), acho honestamente que deveríamos nos ocupar de outros assuntos.

Tem muita coisa interessante acontecendo no mundo da aviação militar que podemos discutir. Por exemplo: PAK-FA, F-35, F-22, SH-Ultra Hornet, projetos futuros (nEUROn), J-xing-ling, Mitsubishi Stealth, concorrência indiana, quem entrará num eventual futuro FX3, etc.

Não percamos mais tempo com FX2: não vale a pena acreditar em promessas de políticos, qualquer que seja seu partido. Onde eles pisam não brota nem grama.

Sds.

Taz Miranda
Taz Miranda
10 anos atrás

Caro Vader, você acha que se o FX2 for cancelado, o Brasil teria coragem de fazer um FX3?

Abraço.

Fabio Mayer
Fabio Mayer
10 anos atrás

Vader (ex-Felipe CPS),

Eu não acredito nem em um FX-3.

Acho que qualquer que seja o resultado das eleições em outubro, o FX-2 será enterrado com alguma desculpa populista e depois, o Brasil vai adquirir um ou dois lotes de Mirages 2000 da força aérea francesa.

Terá quem diga que a vida útil dos M2000 está se encerrando. Ora, isso não é problema,por 500 milhões a FAB terá que fazer um retrofit para usá-los por mais 15 ou 20 anos, como fez com os F-5, cuja vida úil original já acabou há décadas!

luiz_sp
luiz_sp
10 anos atrás

olha como as coisas são até paises famintos da africa compram caça sem pensar e pestanejar , caramba vamos buscar o pessoal de lá para cá que tal , olha quando começou esse negócio que chamam de f-x eu estava estudando na 8° série, agora estou casado e formado , posso morrer a qualquer momento e vou levar o f-x comigo e vou voltar para puxar o pé de todos que falam nessa maldição que é o f-x …………..

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

Não só terá, como todos os concorrentes de hoje estarão aqui da mesma maneira se forem convidados. Quanto a isto não existe problema algum.

Matheusts
Matheusts
10 anos atrás

tem um Stealth ali da pra ve não?????
acho que é um T-50 a pera não é não xD

Edgar
10 anos atrás

No próximo governo, em minha opinião, caso não entremos no PAK-FA, deveríamos fazer uma compra direta, já que nossa legislação dá abertura para isto, de 36 F-35 iniciais para a FAB com compra de mais 84 em próximos lotes, totalizando os 120 vetores que a FAB planeja. Com isto, independente de prateleira ou não, daríamos um salto direto para caças de 5ª geração, ou como diz o Vader, 6ª geração (para os F-35). Seria SUPER interessante, pelo menos em meu ponto de vista, que entrássemos em projetos que podem resultar em novos desenvolvimentos, como os NG navais e futuros stealths… Read more »

Edgar
10 anos atrás

Que a força esteja conosco.

Edgar
10 anos atrás

ou melhor, as Forças.

🙂

Vader
Vader
10 anos atrás

Taz Miranda disse: 6 de abril de 2010 às 11:42 Taz, acho sim que teremos um FX3, mais cedo ou mais tarde, pelo simples motivo que ou isso acontece ou a FAB como força combatente acaba. Simples. Edgar disse: 6 de abril de 2010 às 12:04 Edgar, sou até mais modesto que o amigo: acho que mediante uma parceria bem alinhavada com Obama e a LM, 36 F-35A pra FAB e 12 F-35B pra Marinha (usar no Opalão ou em terra), com entregas até 2020 e não precisamos nos preocupar com caças pelos próximos 30 anos, no mínimo. Esse aliás… Read more »

Lanterna Verde
Lanterna Verde
10 anos atrás

Não adianta os críticos de plantão, apontar que essa nova data representa uma reviravolta para o Gripen,ele não condiz com nosso tamanho, a dicisão vai ser entre Rafale e F-18, querendo vocês ou não, puro e simples assim, se o FX-2 for para o buraco, pensem senhores, a cara da FAB vai para o chão, e um FX-3, estaria bem, mais bem longe, pois o governo não iria querer uma outra dor de cabeça como o FX-2 deu, nem a pau, ou se decide este ano, e acaba logo com isso, ou iremos voar com o F-18 Hornet, o irmão… Read more »

Edgar
10 anos atrás

Minha maior indignação, se é que se pode conotar desta forma, se constrói a partir do valor que vamos pagar por unidade do franco-aparelho se equivaler ao caça “topo da cadeia” da maior potência militar alguma vez criada. Offsets? ToT “incondicional”? Acredito que nada disso chegará perto do que podemos atrair de investimentos tendo um parceiro de tamanho peso e uma condição de persuasão que torna nosso espaço aéreo quase invulnerável. Acho que nem os Cessnas lotados do “pó-do-amor” vão se atrever a voar a 100 milhas de nossa fronteira. O fato de os EUA estarem sinalizando abrirem negociações com… Read more »

Leandro
Leandro
10 anos atrás

E toma F-5M…

PilotoVirtual
PilotoVirtual
10 anos atrás

“Ó vida, ó céus brazucas…”

fabio
fabio
10 anos atrás

Vamos por partes… Toda esta novela pode ter sido causada pela propria FAB ! Não foi ela que colocou o Rafale, Hornet e Gripen na final ? Não foi ela que ficou de birrinha com o governo ? Não foi ela que excluiu o SU35 e F16 da parada ? Oras… se ela sabia da intenção do governo ela deveria ter sido mais esperta e ter indicado um caça que seria rapidamente aprovado e fechado o contrato… Mas não… ficou de biquinho e batendo o pé em disputa imbecil com o governo… Quem mandou ela colocar o Rafale no processo… Read more »

Karmann
Karmann
10 anos atrás

Vader (sinixxxxtro…rsrsrsrs), será que com todos os atrasos do F35, e com tanta gente prá receber na frente, conseguiríamos alguma coisa até 2014?
Edgar, bem lembrada a história do subsídio.

fabio
fabio
10 anos atrás

Percebo a cada dia que o Brasil mais do que um caça ou qualquer outro projeto, PRECISA PRIMEIRO DE UMA NOVA MENTALIDADE !!! DE UMA NOVA DOUTRINA PARA SUA AERONAUTICA !! O BRASIL MOSTROU QUE PRECISA SENTAR E COMEÇAR DO ZERO TODA SUA DOUTRINA E PENSAMENTOS NOVOS. O FX2 infelizmente ou felizmente rs… mostrou toda a politicagem tacanha e todo o amadorismo e visão pequena tanto do governo quanto da FAB em muitas questões importantes para o país. Não basta apenas querer um novo caça ou um novo projeto. PRECISAMOS PENSAR E AGIR DIFERENTE. Percebo que teremos um novo avião…… Read more »

Vader
Vader
10 anos atrás

Karmann disse: 6 de abril de 2010 às 12:48

F-35 pro Brasil até 2014? Sem chance alguma. F-35 pra não-parceiros só a partir de 2018. Mas até aí o FX2 também não viria (a não ser talvez o Super-Hornet).

De qualquer maneira a FAB terá de desmobilizar o Jaguar (a menos que se remaneje F-5 pra ele). E é aí que mora a jogada da Força: onde ele está? Anápolis. O DF ficará sem a usual cobertura aérea. Quem sabe assim esses políticos porcarias sintam algum temor.

Sds.

X-nobe
X-nobe
10 anos atrás

Hahahahahahahaha Tem os Petistas e anti-americanos que ficam indignados com esses noticias dadas pelo blog, tem os anti-petistas e vassalos dos americanos que também ficam indignados com essas noticias, e claro cada um a suas maneiras e por seus próprios motivos e razões diferentes. Eu particularmente to me divertindo mais do que em sites de humor, como Charges.com, Animatunes, TV Canibal e etc hehehehehe. Teve um episodio ocorrido na década de 1930 em que um radialista narrando uma fabula de ficção “A Guerra dos Mundos” de H.G Wells, tocou o terror nos radio espectadores, cerca de 1 milhão de pessoas… Read more »

ComAir
ComAir
10 anos atrás

“De acordo com a portaria do MPF, o objeto da investigação é preferência do governo brasileiro em “escolher o caça francês Rafale, desprezando as concorrentes Gripen (sueco) e super Hornet (norte-americano), cujas propostas tinham preços menores”. Conforme o texto, ao decidir pelos caças franceses, o governo desprezou o “princípio da economicidade”. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2010/04/06/mpf+abre+inquerito+para+investigar+compra+de+cacas+9450072.html Algum colega do direito p/ comentar? No Conselho de Defesa Nacional, o Michael Temer é de SP. Curioso p/ saber a posição dele. Ele votaria contra algo que favorece a economia de SP? Por fim: maioria dos empresarios preferem o Gripen, maioria dos Congressistas preferem o Gripen, sindicalistas… Read more »

Giordani RS
Giordani RS
10 anos atrás

Então quer dizer que finalmente e para a alegria de muitos e da SAAB, o vencedor do FX-2 foi o Gripen NG!!!! Não existe mesmo! Nem o FX!!! Hahahaha…Avião da Mulher Maravilha, ou melhor, o Vetor da Mulher Maravilha…hahahaha…

ComAir
ComAir
10 anos atrás

“O presidente da Finep, Sergio Machado Rezende, recusou-se a avaliar o impacto que os cortes terão se não forem revertidos rapidamente. “O ministério assegurou que não haverá cortes e estamos trabalhando dentro do programado”, disse Rezende. No início deste ano, havia na carteira da Finep 40 novas operações prontas para ser contratadas, no valor total de R$ 342 milhões. A Finep é a única agência do governo federal com instrumentos desenhados para estimular a inovação tecnológica nas empresas e gente especializada na análise de projetos nesse campo. Ela teve muito prejuízo com operações desc adas que fez na década de… Read more »

José Maria Bravo
José Maria Bravo
10 anos atrás

Prezado ComAIr Inquérito é uma investigação preliminar que o MP toca para decidir se proporá ou não uma ação judicial. Mas, preliminarmente, convido a todos para ponderarem a respeito: Nossa Constituição afirma os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência, na administração pública (Art. 37, caput), e prevê exceções às licitações, desde que previstas em Lei (Art. 37, Inciso XXI); A Lei Complementar 97, de 1999, modificada pela LCP 117, de 2004, estabelece em seu Art. 14 os parâmetros básicos para o preparo das FFA: I – permanente eficiência operacional singular e nas diferentes modalidades de emprego interdependentes; II… Read more »

The Captain
The Captain
10 anos atrás

– O Grande Dilema do FX-2 Se der a “cumpanhera” Estela, como diz o Vader/Felipe-CPS, vamos fechar com o Rafale após as eleições. Isto é ruim porque o vetor é o mais caro de adquirir e de manter. Doutra forma, se der o Mr. Burns, como apropriadamente se referiu em outro post um colega do qual não me lembro o nick agora; cancelamento do FX-2 e não adquiriremos equipamento novo, mas sim um vetor retrofitado aqui ou no país de origem. Neste caso possivelmente serão alguns F-16 e ou F-18 desativados, para estreitarmos nossas relações com os amigos da América… Read more »

ComAir
ComAir
10 anos atrás

Prezado José Maria Bravo,

Obrigado pela resposta.

Será que o MPF foi motivado por isto? “Em ofício a Jobim, Alto Comando afirma que, sob aspecto técnico, Rafale, Gripen e F-18 atendem à necessidade da FAB”.
http://www.aereo.jor.br/2010/03/18/aeronautica-diz-que-nao-lhe-cabe-decisao-politica-sobre-cacas/

Ou isto foi feito antecipando o MPF?

[]s!

grifo
grifo
10 anos atrás

Isso tudo significa o seguinte: a seleção de um novo caça não envolve apenas o menor preço, como anuncia pensar o Ministério Público Federal. Basta que a União justifique, documentalmente, na sua resposta ao inquérito – que só deveá ser apresentada lá para finais de Junho – que a proposta do Rafale é a que melhor atende a esses requisitos, e o Inquérito morre. Caro José Maria Bravo, o problema é exatamente como o governo vai justificar que o Rafale é o que melhor atende aos requisitos da lei, se existem 28 mil páginas de documentação da FAB falando exatamente… Read more »

Robson Br
Robson Br
10 anos atrás

Fabio Mayer disse:
6 de abril de 2010 às 11:52
Vader (ex-Felipe CPS),

(VANDER Ex-FELIPE CPS)

RSRSRSRSRSRRSRSRS KKKKKKKKKKK

Muda o nome, muda a figura, mas……….

Mudou também a calculadora de 4 operações para a científica?????

Marcos
Marcos
10 anos atrás

Voces sabem qual a musica mais cantada pela FAB?
Sonho meu, Sonho meu, vai o meu Caça, Sonho meu….

kamil
kamil
10 anos atrás

e ainda querem o caça mais caro de comprar e operar. vai ficar no hangar…

Vader
Vader
10 anos atrás

Robson Br disse: 6 de abril de 2010 às 14:32

Robson, Robson, tsc, tsc, tsc, vc faz melhor que isso vá… Esforce-se, gaste um pouco o verbo, senão fica sem graça a brincadeira né? 🙂

Roberto
Roberto
10 anos atrás

Muda o tópico logo!
Dá outra notícia!
Esse troço já encheu o saco!

Diogo
Diogo
10 anos atrás

Simplesmente ridículo. Lá se forão as nossas chances de termos um aeronáutica a altura do nosso país. Sinto-me profundamente envergonhado pela “lambança” feita. Mais uma vez as forças ocultas nos atacaram. Sr. Vader. O tônica do FX-2 era justamente a transferência de Tecnologia. Com o F-35 nós não a teremos. Ficaremos a merce de outras vontades. Desculpe-me colega mas não suporto vassalagem. E muitos aqui ainda não perderam suas mentalidades coloniais. Como disse, sinto-me envergonhado… Cada vez mais penso em como ficara o nosso país… e pelos comentários de certas pessoas seremos sempre quintal do mundo… No fundo, bem feito… Read more »

José Maria Bravo
José Maria Bravo
10 anos atrás

Prezado ComAir O equilíbrio técnico das propostas, até onde li, se refere à aeronave em si, e não às cláusulas que acompanham cada uma, tais como as de off-set e ToT. Mas, sinceramente, acho que o equilíbrio técnico entre as aeronaves tem motivação na “necessidade” de deixar à vontade a escolha do Executivo, Prezado Grifo (a fazer como você mudaria meu nick para “Rajada”, rs) Repetindo a salvaguarda (“até onde li”), o relatório da FAB não passa 28 mil páginas apontando para o Grippen. Ele coloca as 3 aeronaves em pé de igualdade técnica, e reconhece que o Gripen seria… Read more »

JULIO
JULIO
10 anos atrás

Muitas lagrimas de crocodilo serão choradas.
A torcida grande de muitos era para que a FAB ficasse com as suas sucatas, se fosse para prescindir da tecnologia americana. Tecnologia que já gerou uma nova especie de viciados, que ao serem confrontados com a possibilidade de não mais terem seu produto preferido a mão são acometidos de verdadeiras crises de abstinência, que os fazem agridir, ameaçar e denigrir todos que se opõem ao seu vicio.

Roberto
Roberto
10 anos atrás

Diogo,
Quando você diz a “O tônica” (sic) era…
Você parace dar não importancia nem a causa (defesa aérea) e nem ao objeto (FX-2) e sim à uma suposta consequência (transferência de tecnologia).
A primeira não deveria ser a “tônica”?

WAGNER JORGE BH
10 anos atrás

É gente isso já virou novela!
Em breve será novela mexicana! (novela sem destaque)

BRASIL È GRANDE! VAMOS PENSAR GRANDE!!!!!!!!!

Por que nosso governantes nao estao nem a e!
Em quanto se vc quer ver um super caça vai para VENEZUELA ver o SU_30 e depois para o CHILE F16C etc………
Aqui no BRASIL só vai ver teco teco e olha la!!!!
valeuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

vplemes
10 anos atrás

Tem gente que acha que pagar os olhos da cara para fabricar asas e canards depois da 36ª célula é independecia. Estas pessoas que tanto falam em independencia, não se importam pagar 6 bilhões de dólares para não ganhar quase nada. Mas não param para pensar que, independencia tecnologia só vai vir no dia que encararmos a educação e a pesquisa de base como algo estratégico, e não como é hoje, algo quase artesanal.

Diogo
Diogo
10 anos atrás

Roberto, desculpe-me pelo erro de português. Como trabalho em um consulado falo muito outros idiomas e as vezes cometo erros.
Sim. A tônica maior era a TT. Se fosse a Defesa Aérea teriamos optado por uma compra de prateleira.

Diogo
Diogo
10 anos atrás

Posto abaixo uma singela homenagem aos homens e mulheres das nossas Forças Armadas, que entregam suas vidas a favor da pátria…
A todos os praças, subalternos e oficiais que não se preocupam com suas aposentarias mas sim com a nação que nasceram… A eles e não aos nossos generais é que presto essa homenagem.

http://www.youtube.com/watch?v=iXVXt6okujM&feature=related

Roberto
Roberto
10 anos atrás

Mas Diogo,
Você me desculpe mas creio que o problema fosse tecnologia, fosse melhor a aquisição de um outro produto.
No momento existe deficiência na defesa do espaço aéreo, logo a solução lógica é resolver o problema primário e principal e de maneira rápida.Daí talvez o retardo todo.
Concordo até com sua última afirmativa.
Que se compre o que o mercado oferece, mas faça-se já.

rodrigo avelar
rodrigo avelar
10 anos atrás

Valenzuela, afirmou na segunda-feira em Quito que seu país negocia um acordo de segurança com o Brasil. Este FX-2 ta com cara de supresas, não duvido que venham caças de 5 geração e alguns f18 ou f16 tampões, mais com aqueles precinhos para que este acordo se concretizem.

Os Americanos estão muito quetinhos, e aqueles que dizem na desistencia do EUA no FX2, é melhor mudar seus conceitos.

Diogo
Diogo
10 anos atrás

Roberto. Sim. Você está certo. Vislumbrou-se a possibilidade de juntarmos a necessidade de um caça de defesa a tecnologia agregada. Mas… como sempre…
Bem.. creio que nem preciso dizer o resto.

marlos barcelos
marlos barcelos
10 anos atrás

ComAir O governo pode escolher o caça que quiser, sem licitar, não há nesse caso do fx-2 licitação propriamente dita, se fosse assim os f-16 que custam menos de 50 milhões e tem 7000 dólares a hora de vôo teria ganho. Não há dispensa, e sim inexigibilidade, porque cada caça é único, não se pode comparar caças monoreatores, com birreatores, caças de alcances diferentes e custos diferentes, seria o mesmo que comparar um corolla com uma Hilux, excelentes veículos, mas um bem diferente do outro. Respeito o MP, mas o princípio da economicidade não deve ser aplicado em matéria de… Read more »

Roberto
Roberto
10 anos atrás

Agora ou amigos,
Desculpe pela pergunta atrasada,
Mas por que o F-16 não foi incluido na lista de concorrentes?

Roberto
Roberto
10 anos atrás

Me solidazo com os cariocas.
Terrível essas chuvas.