sexta-feira, maio 7, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Será que o Covais estava certo?

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

vinheta-destaque-aereoEm abril do ano passado o presidente da Lockheed Martin para as Americas, Ron Covais, disse durante a LAAD que o projeto F-X2 seria adiado pelas autoridades brasileiras.

“Na minha opinião o F-X2 vai voltar para a gaveta” disse o executivo da Lockheed. A Lockheed participou da primeira fase do programa F-X2 com o F-16, mas foi eliminada junto com o Eurofighter Typhoon e o Sukhoi Su-35.

Covais ainda disse que com o eventual adiamento do F-X2, a Lockheed poderia oferecer o F-35 em um futuro próximo para a FAB.

LEIA MAIS:

- Advertisement -

78 Comments

Subscribe
Notify of
guest
78 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ronaldo

Esta ai um sujeito de visão, sabia que o FX-2 ia melar porque provavelmente conhece o jogo de poder existente no Brasil.

Felipe Cps

F-35? Hum, num seria nada mal. Mas precisa esperar o Jobim sair, porque o F-35 é muito pra ele… O Brasil precisa decidir se quer ser um comprador de caças pra sempre, ou se quer ser um produtor e exportador, ressaltando que acho que nenhuma das duas opções é essencialmente “melhor” que a outra do ponto de vista da segurança nacional (ambas tem riscos). Se escolher o caminho fácil, o F-35 é a aeronave que dará superioridade aérea e tática nos próximos 40 anos. Aí podemos investir tudo em armamentos (mísseis e bombas) de qualidade e em quantidade. Se escolher… Read more »

Lucas

Há…Se dizem que não conseguimos manter o Rafale voando, imaginem o F-35…F-16, Su-35 e Typhoon me parecem opções melhores do que Grippen, F-18 e Rafale…Quais foram os critérios para a eliminação dos 3 primeiros?

Abraços!

troll

Será que vai transferir tecnologia,de nada adianta vir o F-35,se não vier a transferencia junta!!!

CARLOS

S

Paulo Renato

Na minha opnião o anúncio vai sair mesmo em Janeiro e infelizmente vai dar Rafale.
Mas gostaria que nestas condições que estamos hj, o adiamento seria o ideal para a FAB e o para o Brasil.
Contudo com esse adiamento os Russos e Americanos vão vim com tudo, vai ser uma briga boa.

Abs.

Angelo Nicolaci

Felipe Cps Concordo contigo amigo, se quisermos ser apenas compradores o F-35 seria uma boa opção caso haja um adiamento no FX-2 para ser sucedido pelo FX-3. Mas na minha concepção de nação soberana e com real influência no cenário mundial, vejo que devemos dar passos em relação a ter independência no que se refere ao meios básicos de se obter soberania e expressividade. Pois todo grande ator do cenário internacional hoje possui um domínio tecnológico bem avançado em relação ao nosso, mesmo que muitos façam joints para atender as necessidades militares e bélicas no que diz respeito aos programas… Read more »

X-nobe

Pois é, o F-35 e SU-35 seriam excelentes caças para o Brasil, melhores que Rafale e F-18, e infinitamente melhores que o nanico Gripen NG. Só que o desgaste de cancelar o FX e começar tudo se novo seria muito grande. É melhor ficar com o que já tem. Com relação a lambança feita eu acho o sequinte. A verdade é que o presidente Lula fez a ______, mais foi alguns inteligentes da FAB que tiveram a brilhante idéia de jogaram essa _______no ventilador. Ta fazendo o que, uma década que tão tentando substituir os caças da força aérea, dez… Read more »

Wolfpack

Porque, derrepente, teríamos recursos para operar o Lockheed F35 Lightning?

A cama de gato armada pela FAB na desclassificação do F16 e SU35 é algo que deveria ser investigado. Não fez o menor sentido manter o F18E/F e hoje vir a público falar que este não faz ToT. E além do mais deixar um concorrente como o Rafale tão cara quanto o EF2000 Typhoon na disputa.

Isso demonstra a falta de critério claro por parte da FAB-COPAC.

Abs

Angelo Nicolaci

Paulo Renato

se houver realmente essa postergação, ai os russos vem de PAK-FA e americanos de F-35, o que os franceses ou suécos poderiam oferecer em termos de 5ª geração??? Se isso ocorrer eu acredito no PAK-FA, até por questões estratégicas e a ambição brasileira por apoio para a cadeira da ONU

motta_eiras

Continuo achando q a solução mas sensata é a compra de um lote minimo dos Gripen com TT para desenvolvimento no Brasil e uma compra de um dos outros dois , no caso o SH pelo preço ou do Rafale para manter a tal aliança estratégica com a França (escolha politica). Quando o Gripen decolar, se decolar, economica e tecnologicamente, faremos a verdadeira escolha incluindo o F-35 nas opções. Ficar adiando indefinidamente me parece a pior opção.

Sds

X-nobe

Não seria má idéia.

Colt

Eu acho que o Blog não deveria teorizar.
O motivo da minha opinião é de eu gostar do Blog objetivo, reportando fatos e matérias técnicas.

Wolfpack

Me desculpe não apresentar tanto otimismo quanto a FAB-COPAC e GF.
Mãe Diná ON rsrsrsrsrsr
Vejo no futuro o F35 sendo vendido a paises aliados como o F16, será o fusca dos vetores de combate.
Talvez tenhamos três fornecedores mundiais de aviões de combate:
a Lockheed Martin, uma Européia, uma Russa.
A China e Índia continuarão com estas tentativas de “delícias – by Awey” delas, e não irão muito longe senão seus mercados locais.
Será F35 x PAF-FA x UCAVS EUROPEUS.
Mãe Diná OFF 😛
Abs

Mauricio R.

O que atrapalha é essa mentira da cadeira no CS da ONU!!! Ninguém etá apoiando o Brasil!!! Não há interesse!!!

Wolfpack

Ah, não existirá este mercado sonhado, de 2500 aeronaves, pelo colega da SAAB para o Gripen NG BR, nem para o F18E/F BR, e nem para o Rafale BR.
Os países mais pobres irão alugar estes equipamentos dos Russos e Americanos em seus períodos de Guerras Sazonais.
Qual o objetivo de se manter uma Força Aérea ineficiente e gastona se não dará conta dos desafios furtivos do futuro?
Abs

Alexandre

Discorde de vc Felipe Cps, o F-35 é muito para a fab.
Como a mesma aponta, prefere custos do que desempenho.
Na minha opinião deveriam comprar mais f-5 ou quem sabe e uns m-346 para a fab brincar.
Agora para defesa que compre uns s-300 da russia e de para o exercito, ai não precisa de vetor moderno.

AJS

Pelo andar do cronograma, o 1º F-35, chegaria ao Brasil, em aproximadamente 15 anos, pois os associados 1ª posição USA, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª (onde estaria o Brasil), tem uma graduação de preferência, de acordo com os recursos alocados para o desenvolvimento e a produção da aeronave.

wally

O sujeito aí falou o óbvio esperado de quem foi derrotado em uma concorrência. Claro que ele acha que vai melar, ele está fora… Rsrs.

Darkman

Para ter o Rafale é melhor investir no F35, ora bolas o Rafale tem um custo muito elevado se for pra botar os custos que venha os F35.
Não tem cabimento o SU35 sair da disputa assim como o E2000 Typhom.

As decisões não se encaixam de maneira nenhuma, acho que o N.J foi quem fez todo o processo seletivo até chegarmos nos 3 finalistas, mas já coma intenção do Rafale.

O certo seria que na decisão do Rafale que todos caissem de pau nessa escolha.

Vamos de FX3 !!!

Abs.

wally

Fora que armamento americano é bala de festim aqui no Brasil, só vai ficar de enfeite mesmo. Transferência de tecnologia uma ova.

Felipe Cps

Angelo Nicolaci em 10 jan, 2010 às 11:43: Ângelo, eu disse que acho que o Brasil precisava decidir se quer ser um comprador ou um construtor, querendo dizer que essa decisão deve ser tomada pelo POVO, e não por este ou aquele governante. É o contribuinte que deveria poder decidir se está disposto ao sacrifício, aos gastos, e aos riscos, não um governante que, quando tudo ficar pronto (20/30/40 anos), se espera que já esteja repousando em sua tumba. Penso que o país deveria aproveitar o momento em que o assunto está em discussão e fazer uma consulta popular, algo… Read more »

Felipe Cps

Alexandre em 10 jan, 2010 às 12:07 Alexandre, a FAB não prefere custos a desempenho. A FAB tem é os pés no chão, pois quem suporta as agruras do dia-a-dia é ela, e mais ninguém. Se outra fosse a realidade da Força com certeza ela não se preocuparia tanto com custos. Mas daí o tal pré-sal do Lulla já deveria estar jorrando aos borbotões, e um bom percentual estar reservado para a FAB, desvinculado de qualquer retenção pela equipe econômica do governo… Não é isso o que ocorre, nem ocorrerá tão cedo (lembrando que o projeto do pré-sal passou na… Read more »

Darkman

Grande polemico !!!!

Muito poucas pessoas iriam se preoculpar com esse assunto do momento.
Este seria o grande problema, pq se o povo fosse relamente ligado ao que acontece no Planalto, dúvido que certas decisões seriam muito bem pensadas antes de virema conhecimento do povo.

Mas a imprensa está fazendo sua parte e divulgando bem o assunto.

Abs.

Ricardo

Bom se não temos recursos para manter a hora de vôo de um Rafale porque teriamos de um avião muito mais complexo que o F-35 ???

Juro que tem hora que eu não entendo vocês…

[ ]´s

Mauricio R.

Sejamos a nova Ioguslavia do mercado aronáutico!!!!
Antes de a Sérvia se achar a tda poderosa da federação, e fazer tda aquela guerra civil, os caras exportaram alguns Jastrebs, Galebs, Super Galebs e Orao; pelo mundo.
Não necessitamos da sofisticação americana ou européia, mas podemos fazer bons produtos c/ sofisticação razoável e preço competitivo.
Pensemos em mercado, não em prestígio político.

Nick

Em uma coisa tenho de concordar com o Wolf,

Qual foi o questionário enviado para as fabricantes?? Qual foi o foco??
Para se ter sido ofertado desde SU-35BM até o F-16B60 eu diria que foram muito genéricos nos questionamentos.
A vinda de um F-35 justificaria cada centavo, visto que ele nao ficará obsoleto em 10 ou 15 anos.

[]’s

Inquiridor

Pés no chão amigos! Não podemos comparar a confiança que os EUA tem da Itália, Espanha, Alemanha, etc, com o Brasil. Tempos atrás o Brasil quis comprar o F-4 e os EUA não permitiram, o Brasil partiu então pra opção Francesa e comprou o Mirage. Quando o Brasil quis comprar mais algumnas celulas de F-5 para repor o que tinha perdido, novamente os EUA colocaram obstaculos, só liberaram poprque matreiramente o ministro da aeronautica à época fez vazar que o Brasil estava interessado num caça Chines (não recordo agora qual), porque agora esta bondade? F-35??? olha, nem em sonhos!! Os… Read more »

Lol

Felipe CPS,
O povo brasileiro tem capacidade de opinar sobre isso? Pro povo que não sabe nada sobre defesa, esses assuntos, não vão saber opinar entre sermos construtores ou compradores. E principalmente o governo não vai deixar, porque é desse modo que eles roubam dinheiro.

JapaMan

Estamos todos parecendo cachorro louco correndo atrás do próprio rabo para tentar morder, acho que o assunto ja esta mais do que exaustivo, todos nós ja sabemos o parecer do governo, da FAB, de quando provavelmente sai a decisão, tudo o que vier a ser noticiado agora é só pra encher linguiça, o fx-2 ja virou fx-3.

abçs.

galileu

olha só o cavais eu disse que ia ser engavetado em setembro de 2009 o cavais disse antes..aff ¬¬..hahahah

é verdade FELIPE cps, o F-35 é demais pro jobim..hahah

abraço

Darkman

Não teria medo nenhum em adquirir equipamentos da China.
Mas faria um acordo coma Rússia e China,pq não ???

Mas já está fechado a tampa do caixão com o Rafale.
Seria uma enorme zebra ir para o FX3. Mas para se livrar do Rafale seria ótimo !!!

Abs.

Paulo César

COm certeza a briga não se restringe à SAAB, Dassault e Boeing. Russos e Lockheed tbm fazem pressão nos bastidores, afinal, por menor que seja o contrato, são no mínimo 36 aeronaves.

Acho que tem muito mais escolhas pra serem feitas por aí, além dos 3 finalistas.

Todo dia deve chegar uma oferta tentadora de F-16s novos e usados, adinal de contas, Egito, Marrocos e outros tantos ainda o compram e o mantem.

Não é por nada, mas o substituto natural dos A-1 e F-5 é o F-16. Quer queiram ou não.

Depois, escolhe o F-35 e tá tudo certo.

Patriota

Espero que ele esteja errado pois o fim do fx2 prejudicaria a imagem do Brasil, acho que deveriamos conciliar as duas alternativas ou seja o Brasil adquiria umas 100 unidades dos Gripen NG e umas 36 unidades do F-35 .

Democracia

Pergunta:

Sera que ele sabe os numeros da mega-sena ?

Só brincadeira, porque no começo não era tão obvio que ia ser adiado só que comforme ia passando o tempo as coisas mudaram, e não preciso nem continuar porque ja sabemos a história. Planalto deveria virar sentro de treino com munições reais.

Viva a República !!!

Democracia

Desculpem, è Centro e não Sentro.

Viva a República !!!

Klevston Kvowster

Jamais pensem em cancelamento do FX2, para não prejudicar a imagem do Brasil, uns 50 Rafales e umas 36 unidades do F35, seria uma força de respeito.

Giordani RS

Ninguém apoia o brasil no CS por que o brasil não é um país sério…DeGaulle já havia avisado…e para quem realmente quer ter um assento permanente no CS é preciso ter pulso firme e convicção, mas aqui o seu evo morales invade com tropas uma refinaria brasileira e o paraguai berra por dinheiro e o seu celso acéfalo amorim diz que eles estão com a razão e enfiamos o rabo entre as pernas!!! demos a refinaria pro seu evo e o dinheiro pro paraguai…lembram do calote do equador? ficou por isso mesmo…
O FX-2 já era!

lucas lasota

E necessario alinhar-se com as vozes que defendem as relacoes puramente (ou pelo menos majoritariamente) comerciais.

O cancelamento do FX-2 seria mais 10 anos de espera. A FAB se arrica em nao se alinhar com o governo em epoca de eleicao, em defesa dos fatores objetivos (e morais, diga-se de passagem), mas seria a decisao de qualquer profissional ligado a um processo de escolha transparente.

Talvez ele estivesse certo, sabendo da pressao (economica pessoal mesmo) do lobby frances.

asdf asdf asdf asdf asdf

F-35 para nós????

Duvido!!

Se acontecer algum dia, o que nossos visinho vão pensar ao saber que o Brasil (el imperialista del sur) vai comprar um avião Stealth e sistema stovl????

Vão se armar cté os dente, e pior, vão comprar caças stealth tambem, e dos baratinhos que a China obviamente vai produzir em série. Nós compraríamos um F-35 caro e els o J-xx baratinho. Adivinhem quem terá mais???? Até o chile vai se esnobar de nós (de novo).

Patriota

Senhores, Tudo indica que o FX-2 será engavetado. Considero a posição da FAB suicida, pois ela ficará sem um novo vetor, sem transferência de tecnologia e sem um orçamento mais compatível com as suas necessidades. A suposta alegação de que o Rafale é caro demais de operar e manter só faz sentido se a força considera impossível convencer as autoridades a aumentar o seu orçamento – o que constitui admissão de incompetência e derrotismo. Deve-se ter em conta o fato de que a postura da FAB pode ser considerada insubordinação. Em um país sério, o comandante da FAB seria demitido… Read more »

Lamentável

Lamentavelmente vejo todos os dias a mesma ladainha, tenho a impressão que todos gostariam de ver nossas forças armadas bem equipadas, mas o primeiro ponto a ser tomado é a decisão de assim o ser. Coisa que a Marinha e o Exercito já estão fazendo, falta a FAB tomar a sua decisão e querer fazer parte do futuro do Brasil ou ficar apenas engordando seus soldos e os aviões nos hangares…. tá na hora de mudança mesmo. Onde já se viu, dizer que num país como o nosso não conseguimos ter 36 caças, nossa que vergonha, seja ele qual for,… Read more »

Fly Man

Não adianta culpa a FAB pelo seu interesse ser o financeiro. A FAB sabe que precisa manter os jatos no céu. Como ela irá fazer isso se comprar caças caros, caros de manter, caros na manutenção e caros para qualquer força. Não adianta!!!! temos que ter uma força condizente com o nosso PIB. Muitos países pobres tem sim uma força aérea melhor que a nossa, isso também me incomoda, mas analisem antes a coisa, esse países tem a popuação completamente na miséria, como os do Oriente Médio. Gastam muito do seu PIB e o povo na miséria. Um país não… Read more »

ZE

Bem, mesmo indo de encontro, e não ao encontro das atuais evidências, creio que o Rafale será comprado, pelo simples motivo que ele já foi escolhido por quem, efetivamente, manda. Porém, a situação fica, a cada dia, mais e mais interessante. Vejam: O presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Brito, telefonou para o Secretário Nacional de Direitos Humanos, Paulo Vanucchi, para dar o seu apoio ao Programa Nacional de Direitos Humanos. Vanucchi já havia dito que, se o Programa Nacional de Direitos Humanos for modificado, ele pedirá demissão. Ato contínuo, Wadih Damous, Presidente da OAB-RJ,… Read more »

Fly Man

ZE em 10 jan, 2010 às 15:42 O problema em se mudar os Direitos Humanos, do jeito que esse senuor quer é que, poderá ocorrer uma mudança na área do poder civil militar e da segurança. So para você imaginar, suponhamis que seja criada uma lei que dificultaria a abordagem de militares/soldados e etc num eventual conflito. Imagine se isso pudesse fazer com que a policia e os militares perdesse alguns direitos para uma eventual abordagem de pessoas. Poderiam perder poderes em relação a sociedade. Como no caso dos militares americanos no Iraque, que alguns tinham que se submeter ao… Read more »

Fly Man

que esse [[senuor]] quer

é [senhor]

C.F.M.

Se o F-X2 vier mesmo a ser cancelado, será por puro revanchismo. Eu, sinceramente, espero que esse tipo de atitude faça parte, apenas, do passado de nosso país. O que tudo indica, até mesmo pela reação do Ministro da Defesa, é de que houve mesmo um vazamento de informações. Se o relatório era atual, ou se era uma “versão” anterior não importa. O crime militar foi cometido. Dessa forma, devem ser apuradas as responsabilidades e punidos os culpados. Contudo, não se pode penalizar a Força Aérea Brasileira por tal atitude. As Forças Armadas são instituições que estão muito acima de… Read more »

Antonio DAlmeida

Já disse e repito! Porque não podemos optar por dois vetores independentes?
X unidades de um Y de outro. Salvariam-se todos os EGOS!

Seja um Rafale ou um F-?? para manternos uma superioridade regional(AL) e trabalharmos no desenvolvimento conjuntodo Gripen NG/BR para quebrarmos essa barreira tecnologica de pelo menos 20 anos.

Vamos dar pequenos passos, não queremos, não podemos e não devemos abraçar o mundo!

Baschera

ZE em 10 jan, 2010 às 15:42

ZE, por acaso vc é filho da Mãe Dinah ??? hahahahaha….

Brincadeirinha….. mas já podemos sim AFIRMAR segundo a última frase de seu post…. será escolhido o RAFALE F3…. o anúncio deve sair nos próximos dias… talvez até mesmo na segunda-feira.

Las bruxas non ecxistem, pero no mucho !!!

Sds.

Antonio DAlmeida

Ninguem anda comprando os Rafales, só houve encomenda do governo françês.
Quer dizer se ninguem mais comprar cada vez mais o custo operacional dele aumenta?
Passa de caro pra exorbitante?
Economia de escala conta tambem no custo operacional?

Reportagens especiais

PAMA-SP 2014: Poder Aéreo no Domingo Aéreo – parte 3

Evento mostrou cinco caças F-5EM em diferentes estágios de revisão nível parque. No ano passado, eram dez - Quem compareceu ao...
- Advertisement -
- Advertisement -