sábado, maio 15, 2021

Gripen para o Brasil

Array

C-27J para Gana

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A DSCA (Defense Security Cooperation Agency) informou ao congresso dos EUA no último dia 9 de setembro que o governo de Gana pretende adquirir quatro aeronaves C-27J.

Além das aeronaves o pacote inclui dez motores AE-2100 , quatro sistemas ECM AN/ALE-47, quatro sistemas de comunicação AN/ARC-210 (VHF/UHF), quatro sistemas IFF AN/APX-119, peças de reposição equipamentos de testes, apoio e treinamento e documentação técnica.

O valor total do contrato está estimado em 680 milhões de dólares.

O C-27J é um produto desenvolvido pela empresa italiana Alenia Aeronautica em cooperação com a L-3 Communications norte-americana e, por esse motivo, precisa de aval do governo dos EUA para ser vendido para outros países.

O mercado do C-27J também será disputado pelo futuro KC-390, em desenvolvimento pela Embraer, para o mercado de aeronaves de transporte tático entre 5 e 20 toneladas de carga.

FOTO: C-27J Spartan.com

SAIBA MAIS:

- Advertisement -

9 Comments

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
RJ

E a de todos os cargueiros modernos… Pelo menos se você quiser embarcar um blindado sem que o avião seja realmente gigante.

Deio

O C27 é derivado do Aeritalia G222, projeto do início dos anos 70, creio. A aeronave é modernizada quanto a aviônicos e motores, porém, sua arquitetura interna padece do mesmo problema daqueles encopntrados no C130.
O KC390 será muito melhor, mas o C27 existe hoje.

Mauricio R.

Dentro do limite de sua capacidade de carga, o C-27J carrega um blindado M-113 ou um helo OH-58.

Bruno Rocha

Colegas \o/
É impressão minha, mas a cauda curvada desse C-27J me lembra muito a do futuro C-390? Seria coincidência de mais não acham?
Estou prevendo que alguns colegas do blog vão me criticar muito já que alguns são extremamente patriotas, mas estou começando a achar que esse nosso 390 é um tanto plagiado. Sei que um cargueir não pode fugir a regra (no caso do formato da célula), mas até o Japão possuem um muito semelhante. Mais ainda depois que a Embraer “redesenhou” a cauda em forma de “T”.
Espero que seja apenas loucuras da minha cabeça.

Bruno Rocha
Marcos T.

Quanto à questão do preço da Hora/voo do KC390, a Embraer divulga algo a respeito?

Mateus_LB

Eu acho o projoto Embraer c-390 fantástico, terá toda tecnologia dos e-jets e mais oque ela aprender no fx-2, maaass, sua capacidade de carga não me agrada, esse projeto deviria pelo menos conseguir carregar o futuro caça-tanque brasileiro armado, coisa que eu acho muito difícil, espero que a Embraer mude a capacidade de carga para umas 25 ou 26 ton, ou que pelo menos tenha uma versão estendida, mas, por custos seria mais vantagem projetar uma versão única.
O que voces acham?

Mauricio R.

É o fim da picada…
O KC-390 não é nada alem de uma apresentação de Power Point e tem gente achando que tem aeronave em produção ou ao menos prototipada, que plageia um ac que sequer existe!!!

Mateus_LB

Ninguém disse que se tem um protótipo, leia com mais atenção. Todos os dados de consumo, carga e aviônicos são definidos na fase inicial do programa, não precisa ter um protótipo para isso. A construção desse avião fi anunciada a pouco tempo, você queria que estivesse voando c-390 por ai já?

Reportagens especiais

Cavanaugh Flight Museum – parte 2

Na parte externa o Cavanaugh Flight Museum tem aeronaves interessantes da Guerra Fria, como o F-105, F-104, MiGs 15,...
- Advertisement -
- Advertisement -