segunda-feira, abril 12, 2021

Gripen para o Brasil

Saab pode ter fornecedores locais para caça avaliado pela FAB

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

gripen-ng-4

vinheta-clippingEmpresas brasileiras podem tornar-se fornecedoras do caça Gripen NG, fabricado pela sueca Saab e um dos finalistas no programa que escolherá o novo caça de multiemprego da Força Aérea Brasileira (FAB), disseram nesta quinta-feira executivos da companhia, que vieram ao país para encontros com autoridades brasileiras.

Segundo eles, o Gripen NG é um caça em desenvolvimento e ainda não foram escolhidos todos os fornecedores, o que abriria espaço para que empresas brasileiras forneçam componentes e para a criação de parcerias locais para produção e exportação da aeronave.

“Teremos que escolher fornecedores (para o Gripen NG) de todo modo, e as empresas brasileiras podem tornar-se fornecedoras”, disse Bob Kemp, vice-presidente de vendas internacionais da Saab.

“E poderemos ter fornecedores brasileiros em nosso sistema… voando no Brasil, na Suécia e em outros lugares em que vencermos concorrências também.”

O Gripen NG é um dos finalistas do Programa F-X2, da FAB, que prevê a compra de 36 caças para substituir a frota atual. O F-18 Super Hornet, da norte-americana Boeing, e o Rafale, da francesa Dassault, também estão na disputa. A FAB informou que seu cronograma prevê o anúncio de um vencedor até outubro.

Sem revelar valores sobre a oferta sueca, o presidente-executivo da Saab, Ake Svensson, garantiu que a proposta feita pela companhia ao governo brasileiro prevê um “pacote de financiamento do governo sueco”.

“Não podemos entrar nos detalhes financeiros, porque isso é parte da competição, mas existem linhas de crédito para exportação que a Suécia pode oferecer. O governo sueco tem dado muito apoio na elaboração de um pacote completo de financiamento para esse programa”, disse.

TECNOLOGIA-CHAVE

Os executivos suecos procuraram também afastar temores com relação à transferência de tecnologia, um dos pilares fundamentais estabelecidos pelo governo brasileiro na aquisição de novos equipamentos militares.

A Saab já escolheu a fabricante norte-americana General Electric como fornecedora do motor do Gripen NG, o que, para críticos da proposta sueca, pode complicar a transferência de tecnologia, pois o governo dos Estados Unidos teria ingerência na eventual negociação de componentes feitos no país.

“Não acho que o motor seja o componente mais crítico na concessão de uma licença de exportação”, disse Svensson. “Não prevemos problemas com essa questão”, acrescentou.

“A tecnologia-chave… as coisas que realmente importam, nós controlamos”, complementou Kemp.

FONTE: Reuters

- Advertisement -

124 Comments

Subscribe
Notify of
guest
124 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
João

Se motor não for tecnologia-chave então não sei o que é importante

Marcus

Cada vez mais vejo com bons olhos uma possível vitória do vetor sueco. Mais do que isso, vislumbro o desenvolvimento de futuras aeronavas militares com tecnologia nacional, um salto em relação aos super-tucanos.

Rodrigo

Claro que motor não crítico…

Qualquer coisa colocamos um motor de opala com 6 canecos que vai ficar uma beleza!!!

Mauro dias

Olha é bom importarem-se , e muito com esta questão.Se já sofremos pressões , imaginem com um acordo desses , em que o motor é feito pelo maior interessado em que isso não dê certo

Renato

A GE e umas das grande fornecedoras da Embrarer e dona da Celma. Acredito que seria muito vantajos à ela poder fornecer os motores do caça escolhido, no caso o Gripen NG.
Em termos custo X disponibiliade de recursos seria uma escolha mais realista à FAB

Luís Aurélio

Talvez o Gripen NG , tenha sido projetado para operar com outro motor similar.

Mauro dias

Sim só que a GE não tem influencia nenhuma na escolha.O grande X é o governo norte-americano

Caipira

“…o Gripen NG é um caça em desenvolvimento e ainda não foram escolhidos todos os fornecedores…”

Tem seu lado vantajoso, mas será que uma vez escolhido no FX2 o NG a Saab consegue entregar as aeronaves em 2014?

Matheus

Em ultima hipótese podemos trocar o motor GE por um russo, como o caça ainda é um projeto nada nos impede de fazer isso, mas dificilmente os EUA vão criar caso com os motores, até porque eles estariam perdendo mais um parceiro na America Latina e um na Europa, se eles querem mostrar que a política dos EUA não é mais a de antes, então deixaram as coisas como devem ser. E que vença o melhor!!!!

sonic wings

Srs.

Renato bem lembrou que a GE é DONA da Celma no Brasil e possui longa parceria com o Brasil. Por isso nao me preocupa.

Mas em uma hipotética situação crítica de termos de substituir a motorização, há de se pensar que não basta potencia, tem que confiar no motor, uma vez que esta é uma aeronave monomotor. Um motor possível seria o Rolls Royce F-136 (Inglês) que está sendo desenvolvido como alternativa ao P&W do F-35 na versão britanica do jato, que também será um monomotor.

Abs

Matheus

O diretor geral da SAAB Brasil disse que se houvesse qualquer atraso eles emprestariam ao Brasil os Gripen C, até está tudo pronto.

José

Senhores, fiz outra pesquisa e quero passar a vocês: Por favor, a atenção de vocês. O Gripen é o mais leve dos caças de nova geração que estão entrando em operação nesse início de século, sendo projetado desde o início como uma plataforma totalmente multifuncional desde o primeiro risco no papel. Os caças atuais como o F-16, ou o F/A-18, também são multifuncionais, porém para cumprir uma missão de ataque com todo o potencial da aeronave, eles têm que colocar certos módulos específicos dos aviônicos de forma que um avião preparado para atacar alvos terrestres terá uma certa capacidade de… Read more »

JUCA BALA

Fecha a conta e passa a régua professor…pó manda desse aí mesmo pra cá!

FRANCISCO

Sempre achei que o Gripen tinha grandes possibilidades, na verdade ele já havia sido escolhido pelo governo FHC, quanto ao motor se fosse o Rafale os americanos fariam muito mais força contra, sendo Gripen e vendendo varios equipamentos americanos, de qualquer forma eles continuam ganhando algo, mas fabricar o Gripen aqui e fantastico, imagine o mercado que se abre, veja so como a Força Aérea Argentina esta capenga, quem sabe aí não haveria outro mercado junto com uruguai e paraguai com caças Made in Brasil.

FN

To com vcs amigos, o Gripen pode ser até melhor que o Rafale para o Brasil e com certeza mil fezes melhor que o “pato” mas é a bem tita da aviônica americana que mela tudo, se tivesse outro aviônico russo, francês ou israelense mas tinha que se dos americanos…

Patriota

FRANCISCO “Sempre achei que o Gripen tinha grandes possibilidades, na verdade ele já havia sido escolhido pelo governo FHC, quanto ao motor se fosse o Rafale os americanos fariam muito mais força contra, sendo Gripen e vendendo varios equipamentos americanos, de qualquer forma eles continuam ganhando algo, mas fabricar o Gripen aqui e fantastico, imagine o mercado que se abre, veja so como a Força Aérea Argentina esta capenga, quem sabe aí não haveria outro mercado junto com uruguai e paraguai com caças Made in Brasil.” Não é tão simples assim , o Gripen possui peças americanas e precisariamos de… Read more »

Angelo Nicolaci

João

Motor não é critico, pois podemos muito bem utilizar um dos R&R, afinal não esta fechado ainda o projeto, e a troca de reator não é tão problematica assim, e alem do mais não vejo qualquer motivo para sofrermos embargo americano, pois eles não fariam isso só porque não compramos seu avião. Afinal temos muito mais compras a fazer e que podem render muito lucro ainda a eles, e se eles agirem desta forma eles vão estar fechando as portas a eles mesmos, pense de maneira ampla, pois é assim que funciona a coisa

Nunão

Patriota e outros,

Lembro a todos que a prioridade da FAB não é vender um dos candidatos do F-X2 a clientes externos, isso é, no máximo, intenção que os fabricantes colocam no discurso na tentativa de aumentar suas chances.

A prioridade da FAB é a aquisição de 36 aeronaves, podendo chegar um dia a 120, para a própria Força. Daí a exportar caças do F-X2, tem muito chão, quer dizer, tem muito ar…

Angelo Nicolaci

Patriota FRANCISCO “Sempre achei que o Gripen tinha grandes possibilidades, na verdade ele já havia sido escolhido pelo governo FHC, quanto ao motor se fosse o Rafale os americanos fariam muito mais força contra, sendo Gripen e vendendo varios equipamentos americanos, de qualquer forma eles continuam ganhando algo, mas fabricar o Gripen aqui e fantastico, imagine o mercado que se abre, veja so como a Força Aérea Argentina esta capenga, quem sabe aí não haveria outro mercado junto com uruguai e paraguai com caças Made in Brasil.” Não é tão simples assim , o Gripen possui peças americanas e precisariamos… Read more »

Edmar

Caros Amigos.:

Para mim vindo “Saab Gripen NG” ou “Dassault Rafale F-3” está muito bom, afinal, o que importa é a transferencia de tecnologia e o “Código-Fonte”.
Pelo que eu sei, os Franceses e Suécos estão mais dispostos que os Americanos.

Abraços.

Nunão

Outra coisa: a questão do motor do F-X2 também tem que ser crítica ou não para a operação na FAB, e não para exportações.

E o que não falta na FAB são aeronaves com motorização norte-americana (T-27, A-29, F-5 e muitos outros)

E, é claro, não faltam motores de origem britânica (R-99, A-1 e outros), ou francesa (F-2000 e diversos helicópteros) e até de origem russa, daqui a pouco (Mi-35).

Edmar

O que é interessante no “Saab Gripen NG” é que o seu custo de hora voo é bem mais barato do que o do “Boeing F/A-18 Super Hornet”.

Francisco AMX

Agora os defensores do NG vão ter que me “engolir” rsrsrss Eles não tem os fornecedores fechados??? o que é isso meu Deus!? Quando vai ficar pronto o protótipo? quando será avaliado? quando!??? se sair antes de 2015 um modelo fabricado em série, será algo fora do comum, e provavelmente um produto mal resolvido! nas coxas mesmo! Quer dizer que, se ganharem, vão sair procurando empresas para fabricar??? isso não me parece em nada um projeto concreto e maduro e sim um sonho e uma vontade, apenas isso! NÃO EXISTE MÁGICA num produto de real excelência! DESESPERO BATEU E FICOU… Read more »

CADU

Boa Tarde a todos.
Hora de voo e o preço de aquisição e manutenção, que é realmente baixo, pois essa história de que ele não tem custo, é papo furado, ele é e vai continuar sendo uma evolução do gripen c/d que já voa a muito tempo, já existe o prototipo do NG voando, e sendo testado, e só falta a compra pelos interessados, o resto é chororo.
Saudações.

Francisco AMX

Que linda Foto!

Francisco AMX

CADU, não existe protótipo do NG e sim um C/D demonstrador… com algumas coisas do NG…

CADU

Há, esqueci!!!, foi voado pela FAB nos testes das 3 aeronaves, se não existi, a FAB voou um caça FANTASMA.
Um abraço.

CADU

Francisco AMX Perdoe-me, respeito suas convicções, mas o protótipo e o C/D demonstrador são uma coisa só, não vai ser fabricado um caça NOVO, o GRIPEN foi projetado para ser um caça MODULAR, com a intenção de ser feita varias modificações, quando estive na LAAD 2009, conversei com representantes do mesmo, e me foi dito isto, e antes que alguém fale que eu acredito em DUENDES, acredito sim na integridade da SAAB, que sabe que nossos pilotos iriam voar o mesmo, e que eles não seriam enganados por promessas, mas continue com as suas convicções, afinal se todos gostassem das… Read more »

Francisco AMX

CADU, acho que se a FAB voou no NG ela é a melhor FA do mundo, pois conseguiu decolar num caça que não existe! rsrsrs
Acho que a FAB testou o Gripen C/D e o demonstrador com as possibilidades futuras e promessas do NG, e assim avaliou a viabilidade… penso eu.
Mas se o amigo tem uma foto ou artigo que mostre um protótipo, com todos os “adereços” de um, com antenas diversas, típicas de um protótipo, com equipamentos exclusivos dos mesmo, gostaria de ver ou ler sobre…

Felipe Cps

Francisco: O Gripen Demo já tem as dimensões, trem de pouso, tanques extras e turbina do Gripen NG. O que falta são alguns aviônicos (o Gripen Demo ainda usa os do Gripen C, que já são excelentes) e o Radar AESA Galileo, que ainda está sendo desenvolvido. Todo o resto se mantém igual ao Gripen C. ou seja: o NG foi melhorado precisamente nos pontos em que criticavam o Gripen C, mantendo suas qualidades. No mais, é óbvio que a “SÔB” já tem sua cadeia de fornecedores europeus. Apenas ocorre que alguns fornecedores poderão, se houver interesse e lucratividade para… Read more »

Francisco AMX

Perfeito CADU, eu entendo e respeito seu ponto de vista, mas não acho tão simples assim mudar um caça e manter sua eficiência, se fosse a SAAB já teria feito o protótipo…
Mas eu gosto das Louras, das morenas, das ruivas… na verdade eu enxergo em PB quando o assunto é mulher… rsrsrsr

Abraço amigo

CADU

Alias, se a FAB, voou um caça FANTASMA, não seria este o melhor de todos???, rsrsrs, pois não seria detectado pelo radar inimigo, e fariamos frente aos F-22, F-35 e PAK-FA’s da vida, rsrsrs
Abraço a todos.

Francisco AMX

Pois é Felipe…Eu fico pensando: pq a SAAB não tentou “algo” com a EMBRAER e vice-versa… sei lá… começo a ficar confuso com tudo isso rsrsrsr
Venha o que vier, mas venha! VENHA!!!!!!!!!!!!!
E QUANDO CHEGAR EU VOU BRADAR AOS 4 CANTOS QUE NÓS TEMOS UM CAÇA MELHOR QUE O F-22! seja qual for dos 3 ! rsrsrsrs – só pq ele é nosso! vou ficar mais contente que pinto no lixo!

abraço!

Francisco AMX

He he CADU, esta ficou legal! UM PHANTOM III NA FAB!

Hornet

Poxa! Chicão e CADU,

vcs dois têm muita má vontade com o Gripen NG.

ficam fazendo piadinha, dizendo que ele não existe, que é um caça fantasma e essas coisas.

Como que não existe?

olha aqui a foto dele:

http://cultureba.com.br/wp-content/uploads/2008/11/aviaoinvisivel-300×300.jpg

E de quebra, ainda tem uma baita de uma “suéca” pilotando…hehehe

Só pra descontrair, espero que os amigos “gripados” não levem a sério…

abração prôceis

Caipira

kkkkkkkkkkkkkkkkk

Fernando Cabral

Já era fã do Gripen, agora depois das informações trazidas pelo José sou mais ainda. Além de tudo que já foi mencionado o avião é mais econômico de se operar, ou seja, não existe escolha mais razoável e inteligente para nós. – Tem que ser GRIPEN.

Lol

Mewn, se o Gripen ng vier po brasil ai de quem ataca agente né, e alias , a embraer acho q poderia produzir os motores do Gripen ng e assim nao teriamos q dar satisfaçoes ao nossos amigos yankees! e a metralhadora é sueca né??

Lol

e o gripen se encaixaria bem nas funçoes da FAB, um caça leve, alto alcançe e tals… ele devia ter uma versao SEA para o nosso porta avioes..!!

Lucas

Gostaria de saber porque os moderadores deste site não publicam meu tópico, já não é a 1° vez, gostaria de saber o motivo, grato a sua compreensão.

Angelo Nicolaci

Cadu, Na laad 2009 também tive a oportunidade de conversar bastante com os suecos sobre o NG. Mesmo com todos argumentos que me disseram eu fico com o Gripen NG, pois ele tem a mesma plataforma do C/D, só que possui avionica aprimorada, nova asa, alcance maior. O fato de a Suécia não estar o operando é simples, pois durante a LAAD eu questionei alguns representantes da SAAB, dos quais recebi respostas bem solidas, a explicação dos mesmo se dá pelo fato de as aeronaves C/D serem relativamente novas, e estas podem receber todo o kit de modernização do NG,… Read more »

Angelo Nicolaci

Amigos desculpe mas vou fazer uma pergunta off-topic, estou reinstalando meu flight simulator x , mas pra minha supresa meu irmão sumiu com o serial, alguem teria como me conseguir?

Christiano

Concordo com Angelo Nicolaci,não adianta ficar sonhando alto,força aérea pra desfile já chega,o Gripen é o que melhor se adapta a nossa realidade.

Lucas

KKKKKKKKKKKK, Eita Hornet, o Gripen e suas promessas,KKKKKKKKKKKKKK.Se vier com 36 Super Suecas pilotando eu so fã desse avião.

Mauro dias

Não sei se a FAB confiaria em um multi-modo monomotor como o GRIPEN.
Talvez isto seja um fator limitador, para o gripen

F35 ja

Eu ainda continuo preferindo o SH,ele impõe mais respeito,e ainda ele já opera em porta-aviões.

Tigrão

Mas o SH não deve poder operar a plena carga no São Paulo. Portanto, se isso for fato, não compensa adquiri-lo para a Marinha.

Gripen NG é o caça!

André Castro

Vi em uma reportagem que um dos diretores da SAAB que veio à Brasilia falou que o Gripen NG é ideal para o Brasil ” porque tem autonomia de 4100 km(???) que daria para sair de Anapolis ficar 30 minutos sobrevoando a area do pre-sal ,depois voltar para Anapolis ”

O Gripen com autonomia de 4100 Km ??????

Angelo Nicolaci

André Castro

É isso mesmo, a autonomia do NG é estendida, e devido ao fato de ser monoturbina tem menor consumo mesmo se comparado com rafale e SH. 4100 e ainda tem supercruise

Angelo Nicolaci

O Gripen é a aeronave de combate multimissão mais confiável disponível no mundo. Os operadores do Gripen podem estar seguros de que ele apresentará poucos defeitos, ficará pouco tempo parado devido à manutenção e terá um baixo custo no apoio logístico em comparação com as demais aeronaves de sua categoria. Esta superioridade se estende também às suas propriedades de manutenção e testabilidade, condições em que as características inerentes ao projeto do Gripen não apenas possibilitam a oferta de um pacote inicial de apoio logístico com o menor custo, mas também o menor custo de apoio logístico em toda a sua… Read more »

Combates Aéreos

Guerra das Malvinas: 36 anos do desaparecimento do tenente Casco

Na Guerra das Malvinas, que completa 36 anos em 2018, o Poder Aéreo da Argentina provocou pesadas perdas à...
- Advertisement -
- Advertisement -