sábado, abril 17, 2021

Gripen para o Brasil

Nota à Imprensa: F-X2 – Análise das ofertas revisadas

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Mantendo a política de transparência do processo de seleção das novas aeronaves de caça multiemprego para a Força Aérea Brasileira (FAB), denominado projeto F-X2, o Comando da Aeronáutica recebe hoje, 4 de maio de 2009, das empresas participantes (listadas a seguir em ordem alfabética) BOEING (F-18 E/F SUPER HORNET), DASSAULT (RAFALE) e SAAB (GRIPEN NG), as ofertas revisadas para análise pelos integrantes da Gerência do Projeto F-X2 (GPF-X2).

Na etapa anterior, uma equipe da GPF-X2 visitou instalações industriais e logísticas, oficinas de manutenção, laboratórios de desenvolvimento de sistemas das referidas empresas e os esquadrões operacionais, bem como as aeronaves oferecidas puderam ser voadas e testadas por pilotos e engenheiros integrantes da Gerência.

De posse de todas as informações obtidas nas fases anteriores, da avaliação das ofertas entregues em 2 de fevereiro, das discussões desenvolvidas durante as reuniões de esclarecimentos (a partir de 2 de março), das verificações oriundas das visitas técnicas, logísticas e industriais e dos vôos de avaliação (a partir de 30 de março), os integrantes da GPF-X2 prosseguirão com a avaliação das respostas das empresas, sendo considerado todo o processo acima descrito.

Por fim, o Comando da Aeronáutica ressalta que mantém, isento de qualquer juízo preferencial, a seleção das aeronaves, tendo por base critérios comerciais, técnicos, operacionais, logísticos, de compensação comercial (Offset), industrial e tecnológica, e de transferência de tecnologia, de forma a permitir a melhor escolha, colocando a FAB e o Brasil em posição de destaque no cenário aeronáutico mundial, além de possibilitar, em médio e longo prazo, a capacitação dos parques industriais civis e o desenvolvimento da indústria aeronáutica brasileira.

Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez
Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

Fonte: FAB – CECOMSAER

- Advertisement -

32 Comments

Subscribe
Notify of
guest
32 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments

[…] « NOTA À IMPRENSA: F-X2 – ANÁLISE DAS OFERTAS REVISADAS […]

João Curitiba

É aqui que a gente tem de se basear por enquanto. O resto é só resto.

Zero Uno

“…vôos de avaliação (a partir de 30 de março)…” ENGRAÇADO… Lembrei de algo agora: Muita gente, em alguns tópicos bem anteriores deste blog, criticava a FAB por que os nosso pilotos não voavam as aeronaves concorrentes. Citaram até os pilotos da Índia como exemplo… O último paragrafo do texto acima, corrobora o que eu realmente penso: “Por fim, o Comando da Aeronáutica ressalta que mantém, isento de qualquer juízo preferencial, a seleção das aeronaves, tendo por base critérios comerciais, técnicos, operacionais, logísticos, de compensação comercial (Offset), industrial e tecnológica, e de transferência de tecnologia, de forma a permitir a melhor… Read more »

Cantarelli

Zero Uno falo tudo!

Henrique Sousa

Pena que uma notícia CONCRETA renda tão poucos comentários dos “especialistas”.

O grau de complexidade de um programa deste vulto foge ao nosso entendimento.
O camarada tem todo direito de achar que A e melhor que B, agora pq o caminho esta sendo diferente do que ele imagina e por isto desqualificar um processo sério como este que a FAB esta fazendo e muito desrespeito.

Um pouco de humildade vai muito bem nesta hora.

Fico tranquilo por ter a FAB conduzindo este programa, e cuidando do meu rico dinheirinho…hehe

Rogerfer

João, Uno, Sousa, as 12 horas… Assino embaixo!

Bandeira

Parabéns Souza, você parece ser dos poucos que entende o que lê, pois o que existe de abobrinha nos comentários, é brincadeira.

Helião

Na época não acompanhei como foi o falecido FX-1, mas concordo que até agora, com excessão da entrevista do ministro dizendo que seriam reavaliadas as propostas dos concorrentes eliminados, tudo está correndo dentro de um profissionalismo exemplar, incluindo prazos, principalmente por parte da FAB.
Devemos continuar acompanhando o processo com muita atenção e cobrando nossos líderes em todas as esferas de governo envolvidas no processo,como deve ser toda sociedade moderna.

abs a todos

Edmar

Caros Amigos.:

Uma coisa eu sei.:

Ou vai ser bom de mais, ou vai ser ruim de mais…

Esse FX2, está deixando muita gente de cabelo em pé.

kaleu

Amigos, ao analisarmos os passos do projeto FX-2, fica claro que o principal é transf de tecno, capacitando a indústria brasileira ao desenvolvimento de um vetor nacional, inserindo o país no seleto grupo de nações de construtores de caças de alta performance … Sendo assim, entendo que a compra inicial de 36 caças servirá de plataforma ou trampolim para a criação de um novo caça, específico para as necessidades e características brasileiras conforme definidas pela FAB … isto posto, a escolha será não priorizará tanto pelas características técnicas do vetor (todos do short list estão no estado da arte), mais… Read more »

Lucas Calabrio

Olá
Acho que da gripen ng e no futuro virá um gripen maior e bireator
abraços

Zorann

Acho muito interessante as constantes “mudanças de maré”, sobre qual poderia se o vencedor do FX-2. Alguns meses atrás, todos davam como certa a vitória do Rafale, princapalmente após o fechamento do contrato para a compra de submarinos com a França Algum tempo atrás foi a vez do SH-18, quando a Boing cogitou a idéia de montar estas aeronaves no Brasil O SU-35 que foi ressucitado pelos comentários do Jobim. E agora esta notícia bombástica da possibilidade de fusão entre Embraer e SAAB. Com tudo isto, parece completamente imprevisível o resultado desta concorrência. Eu, particularmente, sempre acreditei na vitória do… Read more »

pacau

Na minha humilde opinião seria +/- assim;

Preferido por mim: “Rafale F-3”!

Possivel compra (acho que dificilmente não sera o escolhido! pela politicagem e força de bastidores): “SH-18”

Se realmente se concretizar a fusão: “Gripen NG” (Indescutivelmente! deixando inclusive o Tio Sam feliz pois continuará dependendo de sua logistica tanto de suprimentos quanto armas)

Fred

Novamente, a FAB dá mostras não só de seu profissionalismo, mas também de seu respeito ao público, ao divulgar notas oficiais sobre o andamento do programa, para que nós, que estamos fora do processo possamos acompanhá-lo.

Acredito, antes de mais nada, que existe gente séria dentro de nossas FFAA, lutando para fazer o máximo possível com um mínimo de recursos, e que não nos deixarão decepcionados com sua escolha final.

Que seja então, como diz a nota, ” a melhor escolha “.

Lucas Calabrio

a boeing vai vai ter que tirar da cartola coelho, tatu, paca,cotia e outros bichos mas nao substimemos os gringos

[…] visitas técnicas, logísticas e industriais, vôos de avaliação (a partir de 30 de março) e a avaliação das ofertas revisadas entregues em 4 de maio, os integrantes da GPF-X2 prosseguem com a avaliação final das respostas […]

[…] « NOTA À IMPRENSA: F-X2 – ANÁLISE DAS OFERTAS REVISADAS […]

João Curitiba

É aqui que a gente tem de se basear por enquanto. O resto é só resto.

Zero Uno

“…vôos de avaliação (a partir de 30 de março)…” ENGRAÇADO… Lembrei de algo agora: Muita gente, em alguns tópicos bem anteriores deste blog, criticava a FAB por que os nosso pilotos não voavam as aeronaves concorrentes. Citaram até os pilotos da Índia como exemplo… O último paragrafo do texto acima, corrobora o que eu realmente penso: “Por fim, o Comando da Aeronáutica ressalta que mantém, isento de qualquer juízo preferencial, a seleção das aeronaves, tendo por base critérios comerciais, técnicos, operacionais, logísticos, de compensação comercial (Offset), industrial e tecnológica, e de transferência de tecnologia, de forma a permitir a melhor… Read more »

Cantarelli

Zero Uno falo tudo!

Henrique Sousa

Pena que uma notícia CONCRETA renda tão poucos comentários dos “especialistas”.

O grau de complexidade de um programa deste vulto foge ao nosso entendimento.
O camarada tem todo direito de achar que A e melhor que B, agora pq o caminho esta sendo diferente do que ele imagina e por isto desqualificar um processo sério como este que a FAB esta fazendo e muito desrespeito.

Um pouco de humildade vai muito bem nesta hora.

Fico tranquilo por ter a FAB conduzindo este programa, e cuidando do meu rico dinheirinho…hehe

Rogerfer

João, Uno, Sousa, as 12 horas… Assino embaixo!

Bandeira

Parabéns Souza, você parece ser dos poucos que entende o que lê, pois o que existe de abobrinha nos comentários, é brincadeira.

Helião

Na época não acompanhei como foi o falecido FX-1, mas concordo que até agora, com excessão da entrevista do ministro dizendo que seriam reavaliadas as propostas dos concorrentes eliminados, tudo está correndo dentro de um profissionalismo exemplar, incluindo prazos, principalmente por parte da FAB.
Devemos continuar acompanhando o processo com muita atenção e cobrando nossos líderes em todas as esferas de governo envolvidas no processo,como deve ser toda sociedade moderna.

abs a todos

Edmar

Caros Amigos.:

Uma coisa eu sei.:

Ou vai ser bom de mais, ou vai ser ruim de mais…

Esse FX2, está deixando muita gente de cabelo em pé.

kaleu

Amigos, ao analisarmos os passos do projeto FX-2, fica claro que o principal é transf de tecno, capacitando a indústria brasileira ao desenvolvimento de um vetor nacional, inserindo o país no seleto grupo de nações de construtores de caças de alta performance … Sendo assim, entendo que a compra inicial de 36 caças servirá de plataforma ou trampolim para a criação de um novo caça, específico para as necessidades e características brasileiras conforme definidas pela FAB … isto posto, a escolha será não priorizará tanto pelas características técnicas do vetor (todos do short list estão no estado da arte), mais… Read more »

Lucas Calabrio

Olá
Acho que da gripen ng e no futuro virá um gripen maior e bireator
abraços

Zorann

Acho muito interessante as constantes “mudanças de maré”, sobre qual poderia se o vencedor do FX-2. Alguns meses atrás, todos davam como certa a vitória do Rafale, princapalmente após o fechamento do contrato para a compra de submarinos com a França Algum tempo atrás foi a vez do SH-18, quando a Boing cogitou a idéia de montar estas aeronaves no Brasil O SU-35 que foi ressucitado pelos comentários do Jobim. E agora esta notícia bombástica da possibilidade de fusão entre Embraer e SAAB. Com tudo isto, parece completamente imprevisível o resultado desta concorrência. Eu, particularmente, sempre acreditei na vitória do… Read more »

pacau

Na minha humilde opinião seria +/- assim;

Preferido por mim: “Rafale F-3”!

Possivel compra (acho que dificilmente não sera o escolhido! pela politicagem e força de bastidores): “SH-18”

Se realmente se concretizar a fusão: “Gripen NG” (Indescutivelmente! deixando inclusive o Tio Sam feliz pois continuará dependendo de sua logistica tanto de suprimentos quanto armas)

Fred

Novamente, a FAB dá mostras não só de seu profissionalismo, mas também de seu respeito ao público, ao divulgar notas oficiais sobre o andamento do programa, para que nós, que estamos fora do processo possamos acompanhá-lo.

Acredito, antes de mais nada, que existe gente séria dentro de nossas FFAA, lutando para fazer o máximo possível com um mínimo de recursos, e que não nos deixarão decepcionados com sua escolha final.

Que seja então, como diz a nota, ” a melhor escolha “.

Lucas Calabrio

a boeing vai vai ter que tirar da cartola coelho, tatu, paca,cotia e outros bichos mas nao substimemos os gringos

[…] visitas técnicas, logísticas e industriais, vôos de avaliação (a partir de 30 de março) e a avaliação das ofertas revisadas entregues em 4 de maio, os integrantes da GPF-X2 prosseguem com a avaliação final das respostas […]

Combates Aéreos

Caças Typhoon, Hurricane e Spitfire voarão nas comemorações dos 75 anos da Batalha da Inglaterra

Passagens das aeronaves, incluindo Typhoon com camuflagem que remete aos caças de 1940, estão programadas para 10 de julho...
- Advertisement -
- Advertisement -