Home Indústria Aeroespacial Assinado contrato de desenvolvimento do KC-390 e modernização dos AF-1

Assinado contrato de desenvolvimento do KC-390 e modernização dos AF-1

1537
136

laad-051

A Embraer acabou de assinar dois contratos com o Ministério da Defesa. O primeiro deles diz respeito ao desenvolvimento da aeronave de transporte tático e reabastecimento aéreo KC-390 e o segundo refere-se à modernização das aeronaves AF-1 da Marinha do Brasil. O evento ocorreu agora há pouco durante a LAAD 2009, no Rio de Janeiro, com grande participação da mídia nacional e internacional.

Durante o evento foram apresentadas maquetes das aeronaves (ver fotos), além de um poster do projeto. A assinatura do contrato veio num momento muito importante para a Embraer, pois a mesma enfrenta uma grande redução de suas encomentas civis no mercado internacional. Por outro lado, a cerimônia teve um grande caráter simbólico, pois o contrato foi assinado no ano que a empresa completa 40 nos.

Uma maquete do AF-1 foi entregue pelo presidente da Embraer Frederico Fleury Curado ao Minitro da Defesa Nelson Jobim e ao Comandante da Marinha, Almirante Julio Soares de Moura Neto.

“Este é o primeiro programa de vulto entre a Marinha e a Embraer”, afirmou Curado. Serão modernizadas 12 aeronaves AF-1, com a substituição de toda a aviônica, bem como a introdução de um radar de bordo.

Não foi especificado quais aeronaves serão modernizadas, mas o Poder Aéreo acredita que duas delas serão do modelo AF-1A (biplace) e as outras dez do modelo AF-1 (monoplace). Detalhes do projeto também não foram fornecidos, mas é razoável imaginar que o mesmo seguirá os mesmos passos da atualização dos F-5E da FAB.

O Poder Aéreo tem a honra de ser um dos primeiros veículos a noticiar o evento pela internet.

laad-053

laad-056

FOTOS: Poder Aéreo

136
Deixe um comentário

avatar
136 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
40 Comment authors
Especial 94 anos da Aviação Naval: Esquadrão VF-1 (Esquadrão Falcão) | Poder Naval - Marinha de Guerra, Tecnologia Militar Naval e Marinha MercantePoder Aéreo e Naval ontem no DCTAESPECIAL Aniversário da Aviação Naval: Esquadrão VF-1, “No ar, a defesa do mar”Renovação da aviação de transporte russaOs Principais Meios e Programas da Marinha do Brasil Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
RJ
Visitante
RJ

Estou vendo a necessidade de recontratar engenheiros…

RJ
Visitante
RJ

Estou vendo a necessidade de recontratar engenheiros…

Nelson Lima
Visitante
Nelson Lima

Esse Curado é um grande político!

Nelson Lima
Visitante
Nelson Lima

Esse Curado é um grande político!

Marcelo Tadeu
Visitante
Marcelo Tadeu

Parabéns à Marinha, `a FAB e `a Embraer!!!!

Marcelo Tadeu
Visitante
Marcelo Tadeu

Parabéns à Marinha, `a FAB e `a Embraer!!!!

Hornet
Visitante
Hornet

E parabéns ao blog pela cobertura do evento!

abraços a todos

Hornet
Visitante
Hornet

E parabéns ao blog pela cobertura do evento!

abraços a todos

Hornet
Visitante
Hornet

Em tempo: eu quero aquele modelo do Skyhawk que eles estão segurando…como faz pra comprar um daqueles?…hehehe

Hornet
Visitante
Hornet

Em tempo: eu quero aquele modelo do Skyhawk que eles estão segurando…como faz pra comprar um daqueles?…hehehe

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

Finalmente…

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

Finalmente…

Marcelo Tadeu
Visitante
Marcelo Tadeu

Só falta uma boa notícia da Força Terrestre, agora

Marcelo Tadeu
Visitante
Marcelo Tadeu

Só falta uma boa notícia da Força Terrestre, agora

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

Más temos no inventário da MB 23 A4K… O que vai ser dos outros? Se alguns serão sucateados para peças de reposição serão os 11 restantes? Por que não modernizar pelo menos 18 e deixar os 05 restantes para sucatear?

Bom… Deve ser grana mesmo.

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

Más temos no inventário da MB 23 A4K… O que vai ser dos outros? Se alguns serão sucateados para peças de reposição serão os 11 restantes? Por que não modernizar pelo menos 18 e deixar os 05 restantes para sucatear?

Bom… Deve ser grana mesmo.

Hornet
Visitante
Hornet

Amigo Zero, Acho que o raciocínio da MB está certo. Os que serão modernizados terão quase que um pra um de reserva para reposição de peças…e as peças que certamente serão necessárias não serão as que a Embraer fabricará (aviônica nova)…mas sim as que não se encontram mais no mercado. Por isso que eu acho que não vale mesmo a pena modernizar todos e nem faria sentido gastar dinheiro modernizando alguns a mais para reposição de peças…pois o que estará em falta (ou já está) no mercado não será a aviônica nova, mas sim a mecânica velha do A-4. Ao… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

Amigo Zero, Acho que o raciocínio da MB está certo. Os que serão modernizados terão quase que um pra um de reserva para reposição de peças…e as peças que certamente serão necessárias não serão as que a Embraer fabricará (aviônica nova)…mas sim as que não se encontram mais no mercado. Por isso que eu acho que não vale mesmo a pena modernizar todos e nem faria sentido gastar dinheiro modernizando alguns a mais para reposição de peças…pois o que estará em falta (ou já está) no mercado não será a aviônica nova, mas sim a mecânica velha do A-4. Ao… Read more »

Luciano Baqueiro
Visitante
Luciano Baqueiro

Tentando colaborar, já estão no site da EMBRAER notas sobre os 2 contratos e quanto ao AF-1 serão 9 mono e 3 bi, ok ?

embraer.com.br/institucional/download/1_043-Com-VPD-LAAD_AF1_Modern-P-09.pdf

embraer.com.br/institucional/download/1_042-VPD-Com-LAAD_KC390_Launch-P-09.pdf

Quanto ao KC-390 não há uma única linha sobre suas características técnicas, é bem vago. Será que o projeto não está completamente definido ?

Abraços.

Luciano Baqueiro
Visitante
Luciano Baqueiro

Tentando colaborar, já estão no site da EMBRAER notas sobre os 2 contratos e quanto ao AF-1 serão 9 mono e 3 bi, ok ?

embraer.com.br/institucional/download/1_043-Com-VPD-LAAD_AF1_Modern-P-09.pdf

embraer.com.br/institucional/download/1_042-VPD-Com-LAAD_KC390_Launch-P-09.pdf

Quanto ao KC-390 não há uma única linha sobre suas características técnicas, é bem vago. Será que o projeto não está completamente definido ?

Abraços.

Sérgio
Visitante
Sérgio

Camaradas agora o Opalão começa a ter a sua razão. Estamos em festas, acredito que os outros A-4 poderão servir como treinadores ( para Aspirantes, tenentes ) -por aí vai- não sei na Marinha a nomenclatura – de Cap. p/ cima os M para ações. É Brincadeirinha!!!
Mas S.P.d’Aldeia, pode preparar p/ gravar as novelas e assistirem em outro horário, pois a barulheira noturna recomeçará, com a pista em fase final de reforma e turbinas chegando de Israel.
Qto. ao C-390 deu-se o pontapé inicial, ou melhor, oficial.

Sérgio
Visitante
Sérgio

Camaradas agora o Opalão começa a ter a sua razão. Estamos em festas, acredito que os outros A-4 poderão servir como treinadores ( para Aspirantes, tenentes ) -por aí vai- não sei na Marinha a nomenclatura – de Cap. p/ cima os M para ações. É Brincadeirinha!!!
Mas S.P.d’Aldeia, pode preparar p/ gravar as novelas e assistirem em outro horário, pois a barulheira noturna recomeçará, com a pista em fase final de reforma e turbinas chegando de Israel.
Qto. ao C-390 deu-se o pontapé inicial, ou melhor, oficial.

pedro
Visitante
pedro

O Ministro falou do acordo, inclusive da proteção da plataforma continental…todavia não falou nada sobre o FX2.
Ninguém perguntou ouele não quis falar?

pedro
Visitante
pedro

O Ministro falou do acordo, inclusive da proteção da plataforma continental…todavia não falou nada sobre o FX2.
Ninguém perguntou ouele não quis falar?

marujo
Visitante
marujo

Os contratos são um bom começo para a LAAD e tem um simbolismo enorme:de que a crise econômica não vai interferir nos planos de modernização das Forças Armadas. Parabéns ao Poder Naval pela informação.

marujo
Visitante
marujo

Os contratos são um bom começo para a LAAD e tem um simbolismo enorme:de que a crise econômica não vai interferir nos planos de modernização das Forças Armadas. Parabéns ao Poder Naval pela informação.

Raphael Barros
Visitante
Raphael Barros

Bem mordenizar esse A-4 é a mesma coisa que colocar um motor de Vectra, MP3 players e Blu-ray em um Fusca. Bem é melhor do que nada agora só falta mísseis decentes para serem usandos nesses A-4 modernizados.

Raphael Barros
Visitante
Raphael Barros

Bem mordenizar esse A-4 é a mesma coisa que colocar um motor de Vectra, MP3 players e Blu-ray em um Fusca. Bem é melhor do que nada agora só falta mísseis decentes para serem usandos nesses A-4 modernizados.

Democracia
Visitante
Democracia

Escutem a musica “Aleluia de Handel”, e entenderão como me senti.
PArabens ao pessoal do blog pela rapida apuração da noticia.

Viva a República !!!

Democracia
Visitante
Democracia

Escutem a musica “Aleluia de Handel”, e entenderão como me senti.
PArabens ao pessoal do blog pela rapida apuração da noticia.

Viva a República !!!

RL
Visitante
RL

Acima de tudo, parábens a Equipe do Site.

Profissionalismo em jornalismo e cobertura “Full Time”, “OnTime” de grande desenvoltura.

Galante, Poggio e CIA, vcs são F¨*#$H¨@¨%….rsrrrrrs
Estão ficando a cada dia melhores.

Como disse, não sou muito a favor da modernização dos A4. Para mim eles todos deveriam ser vendidos a Argentina junto com um “Pacotão” para modernização das demais células daquela Força.

No entanto, já que foi feito, torço a favor de que dê tão certo quanto os projetos do F-5EM e do A-1M.

Antes assim, do que nada.

RL
Visitante
RL

Acima de tudo, parábens a Equipe do Site.

Profissionalismo em jornalismo e cobertura “Full Time”, “OnTime” de grande desenvoltura.

Galante, Poggio e CIA, vcs são F¨*#$H¨@¨%….rsrrrrrs
Estão ficando a cada dia melhores.

Como disse, não sou muito a favor da modernização dos A4. Para mim eles todos deveriam ser vendidos a Argentina junto com um “Pacotão” para modernização das demais células daquela Força.

No entanto, já que foi feito, torço a favor de que dê tão certo quanto os projetos do F-5EM e do A-1M.

Antes assim, do que nada.

Zeke A6M
Visitante
Zeke A6M

O melhor da notícia é a demonstração de que o governo vai investir na capacitação de empresas e na formação de profissionais voltados a industria de defesa.
Dando continuidade a essa política, em poucos anos teremos condição de projetos mais ousados.

Abraços a todos.

Zeke A6M
Visitante
Zeke A6M

O melhor da notícia é a demonstração de que o governo vai investir na capacitação de empresas e na formação de profissionais voltados a industria de defesa.
Dando continuidade a essa política, em poucos anos teremos condição de projetos mais ousados.

Abraços a todos.

Marcos T.
Visitante
Marcos T.

Cara até dei porrada no computador pensando que era alguma falha.

Muito bom, muito bom.

Marcos T.
Visitante
Marcos T.

Cara até dei porrada no computador pensando que era alguma falha.

Muito bom, muito bom.

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

Hornet.

Me parece que ainda há A4’s estocados pelo mundo afora. Se não me engano.

É correto isso?

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

Hornet.

Me parece que ainda há A4’s estocados pelo mundo afora. Se não me engano.

É correto isso?

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

A Embraer manja do A-4 tanto qnto do F-5, nada vezes nada.
E o que eventualmente aprender não terá serventia alguma, pois ambas as aeronaves são belas “galinhas mortas” no mercado, ninguem está planajando fazer upgrade, estão é comprando aeronaves novas mesmo.
O upgrade do F-5 está uma carroça, devagar, enrrolado, pois dependemos dos israelenses, que é quem manja realmente dos 2 aviões.
E nós pagando a conta.
Creio eu que este contrato deveria haver sido licitado no mercado, o governo e as forças armadas, atravéz do MD estariam trabalhando pelo setor industrial como um tdo e não por uma unica empresa.

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

A Embraer manja do A-4 tanto qnto do F-5, nada vezes nada.
E o que eventualmente aprender não terá serventia alguma, pois ambas as aeronaves são belas “galinhas mortas” no mercado, ninguem está planajando fazer upgrade, estão é comprando aeronaves novas mesmo.
O upgrade do F-5 está uma carroça, devagar, enrrolado, pois dependemos dos israelenses, que é quem manja realmente dos 2 aviões.
E nós pagando a conta.
Creio eu que este contrato deveria haver sido licitado no mercado, o governo e as forças armadas, atravéz do MD estariam trabalhando pelo setor industrial como um tdo e não por uma unica empresa.

Jacubão
Visitante

Prabéns ao Galante, Poggio e todos os membros do PODER AÉREO, voçês são sensacionais, aprimeira coisa que fiz quando cheguei em casa foi ligar o cpd para ler essas exelentes matérias, e saber que finalmente começou a andar as coisas nas FAs.

Um grande abraço.

Jacubão
Visitante

Prabéns ao Galante, Poggio e todos os membros do PODER AÉREO, voçês são sensacionais, aprimeira coisa que fiz quando cheguei em casa foi ligar o cpd para ler essas exelentes matérias, e saber que finalmente começou a andar as coisas nas FAs.

Um grande abraço.

Carlinga Carenada
Visitante
Carlinga Carenada

Sugestão para a MB: vamos fazer a xepa no AMARG para não AMARGar arrependimentos depois, pois o que temos pela frente em termos de novidade é the END, o fim do FX-2 etc… bem que o EB poderia receber umas aeronaves nacionais (tipo EMB-120 adaptado) para ser o transporte leve e lançador padrão de paraquedistas, tal como o bravo EMB-110…

Carlinga Carenada
Visitante
Carlinga Carenada

Sugestão para a MB: vamos fazer a xepa no AMARG para não AMARGar arrependimentos depois, pois o que temos pela frente em termos de novidade é the END, o fim do FX-2 etc… bem que o EB poderia receber umas aeronaves nacionais (tipo EMB-120 adaptado) para ser o transporte leve e lançador padrão de paraquedistas, tal como o bravo EMB-110…

Hornet
Visitante
Hornet

Zero, É…boa pergunta!…não sei te responder… será que algum colega do blog sabe? Provavelmente naquele deserto dos EUA que mais parece uma revendedora de aviões usados deva ter alguma coisa estocada…mas precisaria saber em que estado se encontrariam essas células e se não ficaria muito caro ter que comprar algum A-4 (o caça inteiro) só por causa de uma “rebimboca da parafuseta” qualquer que deu defeito em um dos nossos… Ou mesmo se essas peças não ficariam caras demais, mesmo comprando apenas as peças separadas (sabemos que quanto mais velho é o caça, mais caras ficam as peças de reposição…pois… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

Zero, É…boa pergunta!…não sei te responder… será que algum colega do blog sabe? Provavelmente naquele deserto dos EUA que mais parece uma revendedora de aviões usados deva ter alguma coisa estocada…mas precisaria saber em que estado se encontrariam essas células e se não ficaria muito caro ter que comprar algum A-4 (o caça inteiro) só por causa de uma “rebimboca da parafuseta” qualquer que deu defeito em um dos nossos… Ou mesmo se essas peças não ficariam caras demais, mesmo comprando apenas as peças separadas (sabemos que quanto mais velho é o caça, mais caras ficam as peças de reposição…pois… Read more »

Marcelo Bahia
Visitante
Marcelo Bahia

É isso aí Zeke!

Mas voltando ao AF-1. Ele será um bicho temível. Com a modernizaçao ele será mais letal do que muitos dos “sea harrieres” operados hoje. Teremos uma ótima aeronave de ataque, só faltará a plataforma de defesa aérea do A-12. Mas aí já é mais complicado… há dúvidas sobre a possibilidade de operaçao dos Rafales F1 ou dos Hornets A e B.

De qualquer forma, teremos uma frota de ataque naval de boa qualidade.

Um abraço.

Marcelo Bahia
Visitante
Marcelo Bahia

É isso aí Zeke!

Mas voltando ao AF-1. Ele será um bicho temível. Com a modernizaçao ele será mais letal do que muitos dos “sea harrieres” operados hoje. Teremos uma ótima aeronave de ataque, só faltará a plataforma de defesa aérea do A-12. Mas aí já é mais complicado… há dúvidas sobre a possibilidade de operaçao dos Rafales F1 ou dos Hornets A e B.

De qualquer forma, teremos uma frota de ataque naval de boa qualidade.

Um abraço.

Marcelo Tadeu
Visitante
Marcelo Tadeu

É meu amigo Maurício R. Esta carroça andou derrubando alguns Mirage 2000 franceses na última CRUZEX. Vc esquece que mesmo saindo a decisão do F-X até a primeira entrega nós vamos voar o que? A FAB está usando a Elbit por uma questão logística. A aviônica do A-29 é Elbit, do F-5 é Elbit, do A-1M será Elbit e o A-4 tb e tudo feito em Porto Alegre pela Aeroeletrônica que faz parte da Elbit.

Alguém tem algo contra a Elbit no mundo? Eu nunca ouvi algo contra.

Marcelo Tadeu
Visitante
Marcelo Tadeu

É meu amigo Maurício R. Esta carroça andou derrubando alguns Mirage 2000 franceses na última CRUZEX. Vc esquece que mesmo saindo a decisão do F-X até a primeira entrega nós vamos voar o que? A FAB está usando a Elbit por uma questão logística. A aviônica do A-29 é Elbit, do F-5 é Elbit, do A-1M será Elbit e o A-4 tb e tudo feito em Porto Alegre pela Aeroeletrônica que faz parte da Elbit.

Alguém tem algo contra a Elbit no mundo? Eu nunca ouvi algo contra.