Home Noticiário Internacional FAB: Mais um ano de vida

FAB: Mais um ano de vida

148
102

A FAB (Força Aérea Brasileira) é responsável por defender o espaço aéreo brasileiro e também a enfrentar possíveis combates pelo ar. Suas diretrizes vem do COMAER (Comando da Aeronáutica) órgão ao qual é subordinada.

É a maior força aeronáutica da América Latina, mas tem grande parte de seus mais de 700 aviões já sem condições de vôo ou de cumprir sua missão pela soberania do espaço aéreo brasileiro.

Há uma grande preocupação do governo em recuperar a sucateada esquadrilha nacional.
Tanto é que o projeto FX-2 (do governo Fernando Henrique Cardoso), que defendia a compra de 36 caças acabou sendo engavetado durante o governo Lula, para dar espaço a um projeto mais ambicioso: também construir no Brasil, com transferência de tecnologia militar, aeronaves de quarta geração para atender as necessidades da FAB. Potencias estrangeiras disputam essa parceria.

Depois de muito tempo adormecido, o Brasil vê agora como urgente o desenvolvimento de uma política industrial de defesa. Recentemente, o Ministro da Defesa, Nelson Jobim, anunciou viagem de 13 dias à França e Rússia para tratar de assuntos relacionados a fechar acordos para a área.

As origens da aviação nacional

O poder de dominar o céu deve-se a um brasileiro, Alberto Santos Dumont. A partir de 1913, essa possibilidade já estava consolidada em todo o mundo.
O Brasil, no entanto, não teve a primazia da patente do avião, e a indústria aeronáutica mundial teve seu início em outras terras. Até mesmo na América do Sula, a Argentina nos passou a perna, quando a AMC (Área Material Córdoba) fundou em 1926 a primeira indústria de aviões da América do Sul.

O avião passaria a ser usado como arma de guerra, primeiro na Bulgária e, depois, de forma efetiva e aterrorizante durante a 2ª Guerra Mundial. Essa visão desoladora foi a causa principal do suicídio daquele que foi o primeiro homem a flutuar no céu com um aparelho mais pesado que o ar.

Criação da FAB

O Brasil se viu despreparado a partir de 1939, quando surgiu a revelação que suas forças armadas não estavam a altura das exigências dos conflitos gerados pela Segunda Guerra. Era um país sem recursos, sem investimentos e sem aprimoramento, já que sua estrutura ainda era baseada no mesmo tipo de organização militar de 30 anos atrás, a da Primeira Guerra Mundial.

Após muitos debates em torno da criação de uma força aérea unificada, com a união dos órgãos já existentes, o presidente Getúlio Vargas assinou no dia 20 de janeiro de 1941 o Decreto 2961 que criava o Ministério da Aeronáutica. Surgia a Forças Aéreas Nacionais com a fusão das unidades aéreas da Marinha e do Exército.

Nos céus da Europa

Foi durante a II Guerra Mundial que a FAB teve a sua primeira participação, combatendo os submarinos inimigos no Atlântico Sul e ainda integrando a Força Expedicionária Brasileira, na Europa.

Em campos de batalha europeu estiveram o 1º Grupo de Aviação de Caça ( Senta a Pua!), e a Primeira Esquadrilha de Ligação e Observação (1ª ELO).

O primeiro piloto da FAB a morrer em combate foi o 2º Tenente-Aviador John Richardson Cordeiro e Silva, em combate as forças 2º Tenente-Aviador John Richardson Cordeiro e Silva no dia em 6 de novembro de 1944.

Mais tarde, em maio do mesmo ano, receberia a denominação de Força Aérea Brasileira (FAB), que representa hoje uma das três forças armadas do país e é a maior força aérea da América latina, em aviões, contingente e poder de fogo.

FONTE: Agora Vale

Subscribe
Notify of
guest
102 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Zero Uno
Zero Uno
11 anos atrás

O FX2 foi lançado por Lula após o governo do presidente FHC jogar para o governo eleito seguinte a “batata quente” de se comprar aviões de caça com o dólar valendo R$ 4,78. No governo FHC o FX começou a ser esboçado nos anos 90 chegando a ser planificado a compra de 24 aeronaves. O Governo Lula cancelou o FX devido aos atrasos do governo anterior em decidir a compra dos aviões. O novo comandante da Aeronáutica Juniti Saito achou por bem atualizar o RFP e a lista de concorrentes, off-set e transferência de tecnologia. Os aviõs concorrentes no FX… Read more »

Erich Hartmann
11 anos atrás

Há pelo menos 12 anos que escuto sobre o FX….e sabe pessoal quando leio artigos como este logo me vêm o parafrasear do refrão “deitado eternamente em berço explêndido”…pois parece que nossos políticos/governantes não possuem a mínima noção de história se esquecendo como foi realizada nossa conquista(caso Acre e outros) ou consolidação(pela diplomacia-> Amapá,região das palmas/erva mate no sul do Brasil etc) do território nacional(47% da américa do sul). Falta engajamento social(sociedades civis),imprensa mais atenta ou fustigante,ou seja falta mais patriotismo mesmo! Pois quando leio alguns artigos de revistas ligadas diretamente ou não a FAB/aeronáutica(amigos e parentes de lá me… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Parabéns pra FAB! Sou uma FABiano de carterinha.

abraços a todos

Zero Uno
Zero Uno
11 anos atrás

Erich Hartmann em 21 jan, 2009 às 15:13

Falou tudo brother… Por isso que digo e afirmo: ESTE PAÍS NÃO MERECE OS POLÍTICOS QUE O GOVERNAM. NÃO PASSAM DE UM BANDO DE APROVEITADORES DA DEMOCRACIA… SÃO INCOPETENTES, SUAS VISÕES E ASPIRAÇÕES NÃO SÃO MAIORES QUE O TAMANHO DE SEUS PRÓPRIOS UMBIGOS.

welington
welington
11 anos atrás

Sou “FAbista”(Instituição) de carteirinha, somos dois Hornet.

Ulisses
Ulisses
11 anos atrás

Hornet e Welington,agora são três rsrsrs!

welington
welington
11 anos atrás

Falow Ulisses, parabéns a FAB e com o auxilio da mesma, Brasil acima de tudo!
Um abraço a todos.

Fabio
Fabio
11 anos atrás

Debatedores O FX2 morreu com esta crise. Imaginem o que pode acontecer quando as manchetes anunciarem: Brasil fecha acordo para a compra de 36 avioes de guerra por 2,5 B de dolares………….O lula náo vai gastar este dinheiro , teremos eleiçoes ano que vem ……e que que é pior , nosso proximo presidente sera a ex terrorista , torturada indenizada e repaginada Dilma ,que odeia todos nossos militares ………Amigos , o ceu que se forma náo é de brigadeiro , muito pelo contrario. A FAB vai ficar ate 2019 com o que tem , e olhe la.A Marinha saiu na… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Ulisses e Wellington,

apereceu um “a” comprometedor no último meu post (hehehe)…deixa eu corrigir:

sou UM FABiano de carterinha…tal qual os amigos.

abraços

welington
welington
11 anos atrás

O FX2 acabar não é uma má idéia já foi proposto como opinião por min e varias outras pessoas, mas sabemos que não vai pelo menos pela crise econômica não, pois estas vendas são financiadas por vários anos, se o mesmo acabasse por qualquer outro motivo, era a chance de agarramos uma compra de 36 vetores de 4.5G de uma determinada nação (Rússia, EUA, Índia, China, Suécia ou França ( Possível parceria com a Suécia no seu Gripen 5G)) (ou até mesmo vetores usados como caças de 4º geração) entrar em um programa de desenvolvimento de caças de 5º geração… Read more »

welington
welington
11 anos atrás

BLZ Hornet, tirando a parte de alguns comprarem você aos Hornets aviões dos ursinhos carinhosos, kkkkkkkkk, não duvidamos da sua masculinidade amigão, rsrsrsrs, Brincadeira sabemos que Hornet é sobre o USS Hornet, mas não podia ficar sem alugar né?
Um abração amigão.

Fabio
Fabio
11 anos atrás

Recomendaçao de leitura:
A verdade sufocada , custa 50,00 Reais
Autor: Meu Cel. Carlos Alberto Brilhante Ulstra.
Vida Longa ao Coronel

Cinquini
Cinquini
11 anos atrás

Mauro, concordo plenamente com você! E para “presentar” a FAB segue a música: Fabiana Geraldo Vandré Desde os tempos distantes de criança Numa força sem par do pensamento, Tem sentido infinito e resultante Do que sempre será meu sentimento; Todo teu, todo amor e encantamento, Vertente, resplendor e firmamento. Vive em tuas asas, todo o meu viver; Meu sonhar marinho, todo amanhecer. Como a flor do melhor entendimento, A certeza que nunca me faltou, Na firmeza do teu querer bastante, Seja perto ou distante é meu sustento; De lamentos nao vive o que é querente Do teu ser, no passado… Read more »

Cinquini
Cinquini
11 anos atrás

Ali em cima aonde disse “presentar” era para escrever “presentear”
Eeeeee dia de cão 😀

Hornet
Hornet
11 anos atrás

welington em 21 jan, 2009 às 19:42

hehehehe…sem ursinho, tigrinho, elefantinho…sem essas coisas…kkkkkkk

abração

Almeida
Almeida
11 anos atrás

Mais e mais desinformação… quem escreveu este artigo? O Marlos?

welington
welington
11 anos atrás

Bom acho que minha posição para com a FAB é clara, tenho amor pela FAB assim como tenho pelo meu amado EB que servi com muito orgulho, sou contra as decisões tomadas que vão contra a lógica, que só para ressaltar estas decisões criticadas não foram tomadas pela mesma por vontade própria, pois o motivo e único exclusivo amplamente criticado foi sobre a decisão sobre o FX2, pois tudo entra em contradição vai contra a lógica e contra os gostos da FAB pois é sabidamente que a FAB tinha o SU-35 BM como preferido e tudo ia a favor do… Read more »

Noel
Noel
11 anos atrás

Mauro, costumo concordar com quase todas as suas posições, porém vamos a algumas considerações. Exercícios já foram feitos em maior número no passado, só que sem ou pouca divulgação, pois o Sistema de Comunicação Social era negligenciado, hoje melhorou muito. Nosso efetivo é basicamente o mesmo a 25 anos, nos anos 80 teve um pequeno aumento. Porém, se compararmos a outras FAe de mesmo porte, parece grande, só que precisamos levar em consideração os encargos que o Comando da Aeronáutica tem além da Força Aérea Brasileira, e que demandam um rasoável aporte de pessoal, tais como: Sistema de Controle do… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

amigos Mauro e Cinquini, vou escrever uma coisa aqui, que certamente vcs irão entender o sentido de minha colocação…vcs certamente se lembram ou já ouviram falar do FEBEAPÁ, do Stanislaw Ponte Preta (pseudônimo do jornalista Sérgio Porto), não? Então, nesse livro, existe uma coleção de “pérolas” provenientes da nossa “idade das trevas”. Por ex: a peça Elektra havia sido proibida, os atores espancados pela polícia, torturados. Motivo: a ditadura queria saber o paradeiro do autor, aquele comunista, subversivo e terrorista que estava querendo acabar com a “liberade” do país…(e vai vc explicar que o “comunista-terroista” em questão, Sófocles, é um… Read more »

WAR
WAR
11 anos atrás

Pessoal, Vivi esta época negra da ditadura (e na oposição, de idéias). Tive parentes que militaram dos dois lados (altas patentes de um lado e sonhadores idealistas do outro lado, que sofreram muito por esta ingenuidade. Talvez sofram até hoje…). Posso dizer a vocês, talvez alguns mais jovens, que não foi bom. Embora o país crescesse, cresceu na direção errada (a do estatismo, com o dinheiro dos empréstimos externos ao estado, que criou a grande dívida só recentemente resolvida). Enquanto no Chile, um governo muito mais repressor administrou o país corretamente, correndo atrás do capitalismo, aqui se criou um falso… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

War, concordo com sua análise sobre o aspecto econômico do período da ditadura militar, em vários pontos. Nós (historiadores) chamamos isso que vc falou de “modernização conservadora”, pois autoritária. Daí a importância do estado (autoritário e centralizador) no processo de mordernização capitalista, como a que ocorreu no Brasil no período. Enfraquece-se e destrói-se a oposição feita por trabalhadores e pela sociedade civil organizada, e implementa-se um capitalismo sem risco, imposto pelo Estado, para lucro privado. Esse foi o sentido econômico da ditadura militar: concentração de renda nas mãos de uns poucos e o consequente aumento da desigualdade social. A velha… Read more »

Fernandes
Fernandes
11 anos atrás

Apesar de não ser um integrante participativo desde blog, sempre que posso o acesso. Ocorre que desta vez, não poderia de deixar de apoiar incondicionalmente a posição do Mauro na defesa da nossa democracia e da Instituição FAB. Gostaria de ver este Sr. Fabio, que deve se achar o Sr Patriota em pessoa, ter a mesma disposição e coragem para se manifestar e defamar contra um Ministro de Governo e principal candidato a sucessão, na época da sua amada ditadura e de seus ídolos de ouro (e pq não de pedras preciosas?). welington, sugiro que revise alguns de seus conceitos,… Read more »

welington
welington
11 anos atrás

Não estou conseguindo postar neste tópico desde honten.

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Mauro, eu tava meio cheio de onda, querendo traçar alguns caminhos mais reflexivos e ilustrativos da irracionalidade que foi a ditadura militar (fiz isso mais para os outros colegas do blog poderem pensar melhor sobre certas questões), até porque quando aparecem tais assuntos aqui prefiro nem comentar, mas depois de ler o comentário acima do Fernandes vou dizer o que eu penso e de forma bem direta: vc está certíssimo em defender a democracia. Tem o meu apoio incondicional neste quesito. Custamos muito para redemocratizar o país. Muita gente morreu para que isso pudesse acontecer. Muita gente sofreu para que… Read more »

welington
welington
11 anos atrás

Não estou conseguindo postar comentarios com mais de duas frases!
HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!
Help!

welington
welington
11 anos atrás

Bom sobre o coronel Ulstra se ele matou pode sim ser chamado de assassino, agora cachorro, covarde ou qualquer outra coisa é injusto, mas se o mesmo efetuou torturas é um torturador e pode sim ser chamado de torturador assim como a ministra Dilma é uma meliante e ladra, pois efetuou furtos e roubos alem de ser presa por vários outros delitos, não vejo qual o problema de chamar uma ladra de meliante(Salvo caso não “julgado” e sem provas o que não é o caso).

welington
welington
11 anos atrás

Sobre o gosto pelas forças armadas não existe o mínimo, vi uma entrevista da mesma não lembro qual emissora em que a mesma falava sobre os tempos de tortura e como os militares a tratavam, e a forma com a qual se referia aos militares (compreensível por sinal) era deprimente e desanimador para min vendo que a mesma pode vir a ser eleita e ocupar o cargo de presidente.

welington
welington
11 anos atrás

Sobre a FAB já demonstrei minha posição e a FAB não é comandada pela mesma pessoa desde o inicio e mesmo que não goste de um treinador não vou deixar de torcer pelo meu time rsrsrs, vou contra as decisões sim, pois tudo vai contra a decisão tomada pela mesma como já expliquei.

welington
welington
11 anos atrás

Sobre sua especulação na escolha do SU-35 BM são dados concretos e análises em contra partidas comerciais e tecnológicas alem dos valores sobre aquisição manutenção e operações em todos os cenários possíveis de ser utilizado nacionalmente.

welington
welington
11 anos atrás

O caça que você fala que ainda não se firmou é de serta forma uma evolução, a evolução final de toda a família Flanker com todas as tecnologias testadas e ainda não se firmou mesmo pois o mesmo só vai começar a ser produzido em serie no final de 2010.

welington
welington
11 anos atrás

Digita no Google, SU-35 o preferido dos pilotos e oficiais da FAB, rsrsrs. Mas ta qui uma reportagem sobre o SU-35 BM quando ganhou a preferência dos usuários do BLOG, para não periciar caças é só ir em “matérias mais antigas”.
http://www.aereo.jor.br/?p=472

welington
welington
11 anos atrás

O fornecedor pode e faria as contra partidas como o fez com suas vendas na índia, China com ampla transferência tecnológica e abertura de varias parcerias, a Sukhoi desde o FX1 era a primeira a repassar o RFI (Request For Information), que apresentava satisfatoriamente todos os dados solicitados, e alem de ser divulgado trechos ou partes do mesmo, já no FX2 ninguém viu nem as pastas do RFI.

welington
welington
11 anos atrás

Quem supõe aqui é você que vai contra dados concretos citados pelos fabricantes e pelo governo Brasileiro e Russo, você fica acreditando em um texto que nem se quer foi visto ou existiu, que foi a desculpa utilizada pela FAB para não ficar em maus lençóis, pois se dependesse exclusivamente da FAB o melhor caminho seria tomado com certeza.

welington
welington
11 anos atrás

Galera desculpem me não estava conseguindo postar o comentário por completo de maneira alguma ai tive que improvisar desculpem-me
Um abraço a todos.

welington
welington
11 anos atrás

Fernandes na realidade eu queria ver o Brasil entrando em um programa de caças de 5º geração e no desenvolvimento de UCAVs, porem em um curto médio tempo necessitaríamos de vetores para ser a ponta de lança da nossa defesa aérea até a chegada dos caças de 5º geração, provenientes do fornecedor do caça de 5º geração e do UCAV de preferência por vários fatores como políticos, comerciais, tecnológicos, doutrina ETC., mas se modernizássemos os Mirage 2000 e fizéssemos uma revisão geral no mesmo não necessitaríamos nem de adquirir novos vetores para suprir nossa força até a chegada dos caças… Read more »

Sérgio
Sérgio
11 anos atrás

Fui (e SOU) um Fabiano com muito orgulho, transportei do Araguaia sob vigilância armada um perrapado (e delator) chamado José Genuíno, pessoal! deu no que deu. Foi! A Historia serve para não repetir-se erros e perpetuar os acertos. Recordamos como é uma evolução cultural, falou-se da “família FLANKER”, falou-se da “doutrina da RN”, observem o que é a evolução de construção norte-americana de porta-aviões (seus famosos Carrier), o que temos nessa linha?? Agora para falar da Grandiosa devemos lavar as mãos, boca e tomar um banho com as essências baianas. O que temos a observar é o caminho para montar… Read more »

antonio
antonio
11 anos atrás

Volta e meia se aborda esse número de 700 aeronaves em inventário, enfantizando-se que uma parte não tem mais condições de vôo. Gostaria que os colegas do blog, aqueles melhor informados que eu, traçassem um raio-x dessa frota, para que os outros conheçam a extensão do problema.
Saudações

Fernandes
Fernandes
11 anos atrás

Hornet, obrigado. Welington parabéns pela sua evolução teknológica. Quanto a pessoal, repare no seu desespero (10 textos!!!!) somente para tentar esclarecer ou transparecer para todos que você não é apenas um só apaixonado por um tipo de caça. Imagine como deve se sentir a pessoa (sim ela é uma pessoa igual a você e com os mesmos direitos e liberdades conquistados com muito sofrimento) com o que voce escreveu acima, que de forma resumida significa, “um homem não é covarde ao assassinar e torturar outra em sua custódia” e “um assassino vale mais que um ladrão”. Só para finalizar, apesar… Read more »

Zero Uno
Zero Uno
11 anos atrás

Pessoal… Questoões políticas à parte, o fato é que existiram MUITOS nas décadas de 60, 70 e 80 que gostariam sim de instalar um regime de ESQUERDA baseado na DITADURA DO PROLETARIADO! Por isso se deu o golpe. O fato que me incomoda é que o regime militar EXTRAPOLOU as suas atribuições. Sou terminantemente contra assassinatos e torturas assim como sou contra os crimes cometidos pelos guerrilheiros: SEQUESTRO, ROUBO A BANCO, ASSASSINATOS, TORTURAS e ATENTADOS EM BANCAS DE REVISTAS, QUARTÉIS DO EXÉRCITO E EM AEROPORTOS. Tudo isso, foi feito pelo pessoal da “esquerda ” sim e já está comprovado em… Read more »

welington
welington
11 anos atrás

Fernandes, só para esclarecer no meu ponto de vista todos são iguais não a negros, brancos, Russos, Americanos, letrados ou não, porem se uma pessoa matou, roubou posso (relativamente ao tempo que ocorreu o delito) chamar de meliante, não relativamente a hoje, mas ao passado onde ocorreu. Faço suas palavras as minhas Zero Uno= Questões políticas à parte, o fato é que existiram MUITOS nas décadas de 60, 70 e 80 que gostariam sim de instalar um regime de ESQUERDA baseado na DITADURA DO PROLETARIADO! Por isso se deu o golpe. O fato que me incomoda é que o regime… Read more »

Hornet
Hornet
11 anos atrás

Vixi, esse assunto não tem mais fim… mas só pra constatar a irracionalidade a qual me referia, e que pelo visto ainda permanece na cabeça de algumas pessoas, pois ainda justificam o ato: para se evitar a tal “ditadura do proletariado” (sabe-se lá o que possa ser isso, mas enfim…), então implementou-se uma ditadura militar…hehehe É como dizia o Sérgio Porto: FEBEAPÁ…festival de bobagem que assola(va) o Brasil… Ninguém por um momento pensou que o problema estava na Ditadura em si, e não em quem a conduziria, se o proletariado ou militares?… Abaixo a Ditadura!!! Viva a Democracia!!! abraços a… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Mauro, me chamaste?!! estou aqui! 🙂 Primeiro: Parabéns a FAB por ser e existir! com tão poucos recursos! Cara sou patriota, amo a FAB e por isso critico sua atitude (alto comando) no FX-2, gostaria que o amigo respeitasse meu ponto de vista, que é o de não acreditar neste processo de aquisição como declara o seu representante máximo Sr. Brig. Saito, acho que não exsite má fé dos Fabianos que comandam a FAB hoje, mas poderiam ser mais eficientes em informar a realidade…mas isso é para outro post, só quero dizer que não é por concordar com uma força… Read more »

Noel
Noel
11 anos atrás

Sérgio, sendo vc Fabiano, deveria saber que essa “Cultura” a que vc se referiu, foi perdida com a transferência do DEPED de Brasília para S.José, e renomeado como CTA. Perdeu-se nesse ato absurdo TODA A CAPACIDADE, e TODA A MASSA CRÍTICA que o antigo DEPED possuia, fora o caos administrativo, ou seja essa “Cultura” foi pro beleléo, hoje passados três anos o CTA ainda não conseguiu entrar nos eixos plenamente. Mauro, algumas tréplicas: a Infantaria de Aeronáutica atual, apenas foi renomeada da antiga Infantaria da Guarda, concomitante com a criação do Curso de Oficiais de Infantaria da AFA. Conceitualmenta ela… Read more »

welington
welington
11 anos atrás

Mais uma vez quem acusei de ser “desonesto” foi uma pessoa como um treinador ou dirigente de futebol não a instituição, posso e digo que é o melhor vetor pois temos os dados de desempenho de sensores, armamentos, vetores, RCS, e suas capacidades não vejo problema em citar o 2º melhor vetor de combate do mundo como melhor vetor da concorrência e com as melhores contrapartidas juntamente com a Dassault e a Gripen tecnologicamente e comercialmente e respectivamente. Levando em conta as contrapartidas comerciais e tecnológicas oferecidas no FX1 que foi amplamente divulgadas, armamentos a serem oferecidos (com transferência tecnológica… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Sempre claro Mauro! 😉
na verdade estava brincando, sobre o “me chamou” pq as vezes eu leio os meus post e até me acho bem chato em relação a FAB, tipo, tenho a impressão de que estou pegando no pé da instituição, mas logo me lembro das entrevistas, das lógicas, dos desencontros, dos concorrentes, das probabalidades e vejo que não estou forçando a barra, só torça para estar muito errado! para morder a língua! arrancar fora na verdade! 🙂

Abraço Mauro
Francisco

welington
welington
11 anos atrás

Não tem que acreditar em coisa nenhuma os pagamentos são financiados em anos, a montagem dos vetores, montagem do centro de manutenção, transferência tecnológica e abertura de mercados como contrapartidas comerciais serão todos efetuados antes do Brasil efetuar menos de 40% do pagamento,não tem que confiar em ninguém. Eu não acredito que o comandante da FAB é um mentiroso nato, acredito que o mesmo foi forçado a tomar uma decisão ao qual com certeza se não sofresse pressões externas não a tomaria. Kkkkkkkkkk, Você me faz rir, enviei um email demonstrando o meu descontentamento para a FAB, se quiser pego… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Errata: “só torça…” – eu quis dizer: “só torço”…

welington
welington
11 anos atrás

KKKKKKKKKKK essa foi boa vou utilizar, errata “Serão” quis dizer “seriam”.
Um abração Francisco.

welington
welington
11 anos atrás

Ai….. mau Deus rsrsrs.
Um abraço meu caro.

welington
welington
11 anos atrás

Perdão senhor MEU Deus!