quinta-feira, outubro 6, 2022

Gripen para o Brasil

Array

Momento lindo: F/A-18E abate um F-22

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Foto do HUD de um Super Hornet durante um exercício Red Air. A caixa preta no canto superior esquerdo é indicativa de que o gatilho foi apertado.

- Advertisement -

259 Comments

Subscribe
Notify of
guest

259 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Billy

Ao menos esta “vitória” foi fotografada!!

raphael

Essa foto foi tirada depois do F-22 ou ter abatido o F-18 ou ter saido do combate por causa das condicoes.

O primeiro abate confirmado em exercicios foi de um F-16 do 64th Aggressor Squadron, sao F-16 Block 30.

http://warisboring.com/?p=387

Hornet

Olha eu aí, gente! Fazendo estrago nos brinquedinhos novos da USAF…hehehe

Na verdade não foi bem eu, foi o meu super-eu…ou seria o meu super-ego?…enfim…Palmas pra mim de qualquer modo…hehehe

abraços a todos

Pedro

Belíssima propaganda!
E “just in time” da decisão do FX 2.

Hornet

Caro Pedro,

matou a xarada.

abraços

Galante

Heheh, se o F/A-18E ganhar o F-X2, o Blog do Poder Aéreo vai ganhar uma bolada e não vamos precisar mais de doações, nem de publicidade! 😉

MARSP

Resta ai a duvida… se esse avião é tudo isso mesmo que falam… ou só mera intimidação mesmo… já li em algum lugar que o radar 3D chinês capta até tiro de artilharia, quem dirá um avião… se não me engano li em algum lugar que o Brasil esta negociando a compra desses radares…

Aluisio

Vai ver na USAF também tem daquele esquema de pagar alguem pra fazer a prova e qualquer retardado entrar na força…

welington

kkkkkkkkkkkkk boa galnte!
Porem o F-22 não é invelcivel ele leva vantagen sobre os outros caças, o combate depende de quem tem o melhor apoio, melhores armas, meçlhor doutrina, não depende somente do vetor mas se a força tiver esses outros fatores ela sera invelcivel, não é o que aconteçe troca de piloto RRSRSRSSRS.

Hornet

Galante,

então tem que repartir comigo, o verdadeiro e original Hornet….hehehe

Não sei como o pessoal entendeu a história, mas eu vi como uma boa propaganda da Boeing, ou pelo menos para a Boeing, e não do blog…

Assim, talvez a comissão já não seja tão grande…por via das dúvidas continue com os patrocinadores…hehehe

um forte abraço

Hornet

Galante,

melhorando a escrita: uma boa propaganda da ou para a Boeing….o blog não tem nada que ver com isso, só publicou a foto…

Ultimamente está um tal de se cuspir no prato que come aqui no blog, atitude com a qual não compartilho, que é bom deixar tudo bem esclarecido…nos miiiinimos detalhes…hehehe

um forte abraço again

Galante

Hornet, valeu! hehehe
Isso é sinal de que muitos realmente acham que o que publicamos aqui tem peso!
Tomara que os anunciantes também pensem assim…

Marlos Barcelos

isso prova que os f-22 podem ser derrubados, como eu dizia, ao contrário dos que acreditavam que ninguém conseguiria engajá-los, e olha que perderam para um avião de 3ª geração, imaginem se tivessem pego os eurofighters ou Rafales?

E aí para aqueles que acreditaram na invisibilidade do avião? não acreditem em propaganda, acreditem no que vêem, sempre soube que os f-22 são caças superiores, mas não são tudo o que dizem, agora está provado.

Hornet

Galante,

pois é…eu sei que o site tem prestígio e tal…mas não sei se chegaria a tanto…influenciar a decisão do FX2…também acho que às vezes o pessoal exagera um pouco nessa parte…

De qualquer modo, se o Super Hornet ganhar o FX2 e a Boeing te der uns trocos, já sabe: metade é do Hornet aqui, pois eu sou o original de fábrica (sem adereços e frescuras)…kkkkk

um grande abraço

camarada

Seria uma propaganda para a FAB!!!(a propaganda é a arma do negócio! rss..)Imaginem esses Super-Hornet nas mãos dos PAMPAS,não vai sobrar um F-22!!!pilotos excepcionais e doutrinas nós temos!foi divulgado também que o Irão tem “um contrato” para a aquisição de mísseis anti-aéreos estratégicos SA-20, a despeito das recentes declarações em contrário do Kremlin. A operacionalização por Teerã de tais sistemas marcaria uma significativa melhora de capacitação, e inegavelmente melhoraria a capacidade do país de defender as instalações de seu controverso programa nuclear onde os países do ocidente acreditam que o Irã está desenvolvendo suia capacidade de manufatura de armas nucleares.… Read more »

kaleu

Ei Hornet e Pedro, não é a 1ª vez não… vejam…

http://www.militaryphotos.net/forums/archive/index.php/t-77423.html

apesar que as fotos foram removidas “estratégicamente”

Na época não existia o FX-2

abraços
Kaleu

Marlos Barcelos

propaganda de que? mostrar que os f-22 são batíveis? caças que custam 200 milhões perdendo para caças que custam 56? Os f-22 não são isso tudo o que dizem. são excelentes caças, mas não existe avião invisível, não existe avião imbatível, prefiro os rafales que estão uma geração a frente dos f-18. o Rafale tem supercuiser quando carrega poucas armas, o caso do Brasil que irá usá-lo para defesa, e o Rafale é um avião de 4ª geração o F-18 de 3ª, é o mesmo que querer comparar o mirage 3 com os f-15, o Rafale é bem superior em… Read more »

Marlos Barcelos

comparem os dois para vocês verem a diferença de tudo autonomia, velocidade, radar, sistemas integrados, desenvolvimento futuro, vou colocar um site para você compararem um pouco, lembrando a vocês que os Rafales deram uma surra nos f-16 no Red flag, sem utilizar toda capacidade do avião venceram por 3 a 1.

http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/AER.aspx?NN=115

http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/AER.aspx?NN=188

Bosco

Em combate WVR o F-22 é no mínimo tão bom quanto qualquer um, valendo da habilidade do piloto (e do fator sorte) para se sair bem. O F-22 é sim insuperável na arena BVR, ninguém nunca disse que ele era invencível. Na foto fica claro que o treinamento se dá simulando um dog-fight a base do canhão. Mesmo que fosse um combate de curto alcance o F-22 poderia ser vencido, assim como poderia sair vencedor. O problema é que não se espera que ele entre em combate de curto alcance. A doutrina que o criou estabelece que o mesmo combata… Read more »

Tiago Jeronimo

E o Marlos continua falando besteira…

Hornet

kaleu,

boa. Mas precisa ver se na época não estava tendo um FX qualquer em algum lugar, com o Hornet no páreo…hehehe

De qualquer modo, comigo é assim, como Falcons no almoço e Raptors na janta…Não tem pra ninguém!…kkkkk

um forte abraço

Bosco

Camarada, o que encerrará de vez a carreira dos caças de quarta geração são os mísseis com seeker próprios (radar ativo, IIR, etc), capazes de travarem depois do disparo (LOAL), ligados em rede, capacidade OTH/Nlos, capazes de receberem correção via AWACS. Eles farão a defesa aérea de uma dada região desde o nível do solo até grandes altitudes, não tendo o horizonte ou a topografia do terreno como limitantes. Qualquer caça que penetrar na área de cobertura desses sistemas e for detectado, mesmo em vôo rasante, estará correndo um sério risco de receber um míssil vindo de cima para baixo.… Read more »

Marlos Barcelos

Bosco Você disse que no combate BVR os f-22 são imbatíveis, dúvido, mas isso não significa invencível? Imbatível e invencível para mim é a mesma coisa. nâo acho que no combate BVR os f-22 não são imbatíveis, hoje os mísseis podem destruir outros, tem ecms, habilidade do piloto, etc, ninguém é imbatível em hipótese nenhuma,mas os f-22 levam vantagem neste tipo de combate, mas como tinha dito antes que eles poderiam ser derrubados em combates aéreos, reafirmo que eles estão onge de serem imbatíveis, tem radares que os localizam a mais de 100 km de distância, vou colocar uma parte… Read more »

Marlos Barcelos

http://sistemadearmas.sites.uol.com.br/ge/fur10anti5.html

isto é a 5ª página, se quiser ver as paginas anteriores de sistemas que localizam fácil um stelth é só substituir o 5 pelo 4, 3, 2, 1.

RL

Caraca. Se o Hornet pode abater o Raptor, então os Russos devem estar até mais felizes em saber que o Su-35 tb tem alguma chance. Alguem ai assistiu o documentário que fala sobre o Raptor no History Channel? Poh, o caça parece mais uma espaçonave de outro planeta, e agora confirmar que ele é abatido assim, por um Hornet. Meu pai fez um comentário que até então eu não tinha parado pra pensar. Disse o seguinte: “Hoje ele é invisivel aos radares, más com o avanço da tecnologia, não vai demorar muito para ele ser pego feito rato por um… Read more »

Marlos Barcelos

Radares franceses, russos e chineses de baixa freqüência e o E-2C Hawkeye podem acompanhar o F-117 a distâncias de até 180km. Os sérvios tinham radares de baixa freqüência Spoon Rest e Tall King modernizados. A Royal Navy detectou F-117 a cerca de 100km com radares navais da década de 1960 durante a Guerra do Golfo em 1991 assim como os radares franceses operados pelo Iraque

Marlos Barcelos

isso é informação do site que coloquei acima

Bosco

Agora, para se aproveitar de todas as vantagens desses sistemas de mísseis duas coisas são necessárias.
A primeira é estar operando em rede. A segunda é ter sensores aerotransportados como os AWACS ou mesmo em balões cativos como no JLENS, associados aos radares próprios do sistema, que todo o espaço aéreo possa ser monitorado desde o nível do solo até grandes altitudes.
Um abraço a todos.

kaleu

Marlos, F/A 18 SH é 4ª G – entrou em operação em 1998, o AESA já é uma realidade (não uma promessa), foi testado em combate, ou seja, vc pode ter a opinião que quiser, a preferência que quiser, entretanto dizer que o SH é uma “sucata” é viajar na maionese, amigo, em tempo, autonomia do Rafale 3.700 km (com tanques externos) autonomia do SH citado por vc é somente com combustível interno, aliás utilizando tanques externos, até a autonomia do Gripen NG é maior que do Rafale (procure saber). Motor do Rafale tbm deixa a desejar.

abraço
kaleu

Marlos Barcelos

kaleu para ser de 4ª geração tem que ter sistemas integrados, ou seja, ser multi funcional, os f-18 não são multi funcionais, tem f-18 preparado para ser de combate aéreo e f-18 preparado para bombardear, são de 3ª geração mesmo tenho certeza, e é sem tanques externos se você vir no site que disponibilizei os f-18 tem 2.100 de autonomia e os rafales 3.700, se for com tanques extrenos vale para os dois, porque o site é o mesmo.Não vou nem discutir o Gripen Ng que é o que tem menor autonomia de todos, isto é o principal fator que… Read more »

Bosco

Marlos, o que disse é que os F-22 são insuperáveis na arena BVR mas que não são invencíveis. Eles de fato podem ser vencidos se o inimigo conseguir levar o combate para a arena visual. Fazendo o jogo do F-22 (e sei que você entende de artes marciais) com certeza ele sairá vencedor. O problema é fazer o F-22 deixar o seu jogo e entrar na do adversário. Pode acontecer? Acho que pode. Vai depender da tática, do treinamento, do cenário específico, etc. Como no vale-tudo (ou se preferir, MMA), pode um baixinho e leve vencer um grandão e pesado?… Read more »

Marlos Barcelos

kaleu

só para contar os Rafales são mais rápido que os f-18 e os Gripen também.

Marlos Barcelos

Bosco

parabéns por querer saber mais sobre os caças se tiver sites também verei com prazer, mas é porque li diversos sites, gosto do assunto, por isso acho que estou certo, mas se tiver informações seguras, acreditarei e reformularei meus conceitos.

Marlos Barcelos

A previsão de Israel é que os combates aéreos serão 50% BVR e 50% dogfighter, ao contrário das previsões americanas, veremos no futuro, espero que bem distante.

Bosco

Os radares de baixa frequência serão os alvos preferenciais dos USA no primeiro dia de guerra. Quando do surgimento da tecnologia Stealth, os caças stealths e os mísseis cruise passaram a ser a ponta de lança de um ataque aéreo. Agora, ficando comprovado o risco que representa tais radares para sua frota Stealth, o foco simplesmente mudará novamente. Esses radares são facilmente detectáveis pelo E-8 com radar de abertura sintética, possuem enormes antenas difíceis de serem camufladas, possuem pouca mobilidade, podem detectar mas não podem travar. São relativamente fáceis de interferir. São passíveis de jameamento através de chaffs, podem ser… Read more »

Sergio

Tem gente tentando ensinar o padre a rezar o Pai Nosso!

Um abraço a todos!

Aluisio

Alguem lembra daquele coronel da USAF que falava mal dos avioes de origem russa da India? ele disse que o F-22 seria o próximo avião de dogfight da USAF…
Quanto ao History Channel que falaram,outro dia passou um programa sobre ameaças do futuro,e o avião russo que seria páreo pros F-22 era o Su-47… acho que nao preciso continuar depois dessa! (O Rafale fez uma breve participaçao,mal apareceu e foi abatido e o resto do esquadrao desistiu) Acho que podemos perceber que o canal nao é muito tendencioso! ;]

Ulisses

Para mim tanto o Super Hornet quanto o Rafale for escolhido já está muito bom e irei me alistar na FAB como piloto de caça,só não quero que venha o Gripen se não vou ficar muito triste e vou me alistar na FAB para ser piloto dos C-390.

Sempre,enquanto o combate aéreo existir a tecnologia passara,mas a experiência do ser humano nunca estará obsoleta.

Bosco

Marlos,
sobre o OM pode ser que este índice de 50/50 seja verdadeiro devido às reduzidas dimensões da área, mas não sei se isso é válido para o resto do mundo não.
Mesmo se for, se os F-22 vencerem todos os combates BVR e metade dos WVR eles ainda terão vencidos 75% das vezes.
Um abraço.

Marlos Barcelos

não acredito que vençam todos os combates BVR, até mesmo porque com apoio dos awacs e utilizando datalinks, acho que a luta BVR seia de igual para igual, no caso de se defender, para atacar é diferente, mas se tiverm apoio de awacs, a luta se equilibra, já que os awacs localizam stealths a longas distÂncia e poderia repassar esses dados por datalink a seus aviões, mas veremos um dia.

Francisco M. Xavier

Marlos, tua comparação é com o F-18C/D…. no teu link.
E esta autonomia do Rafale é sim com tanque externo.
Concordo com o Keleu: o F-18E/F tem mairo autonomia com combustível interno, do que o Rafale.
Abraço
Francisco

Francisco M. Xavier

Casos do Acaso, só isso! o piloto do F-22 resolveu dar uma “xanxa” pro Marinhero! contra o SH só dar um pinote com TVC e já era! isso aí que vcs tão vendo é ilusão! proposital ou não, mas é!
Portanto: Não se Iludan meninas! 🙂

Abraço
Francisco

Marlos Barcelos

Francisco M. Xavier

mostre-me um site que diga que os f-18 tem autonomia superior aos Rafales, aí eu posso concordar com você, eu mostro fatos, você achismo, entre nas páginas dos fabricantes e veja.

Marlos Barcelos

Francisco M. Xavier

e mostre-me que eles tem sistemas integrados, tem melhores radares,são multifuncionais, e são mais rápidos, ou seja, o inverso do que eu vi, aí vou querer que o Brasil tenha os f-18, com certeza.

Aluisio

Queria ver se tivessem escolhido o Su e os T-50 viessem dar o ar de sua graça por aqui,aí sim vcs iam ver o que é derrubar uns Raptors! ;]

Bosco

Na teoria ele vence sim. Mas pode acontecer de mísseis não funcionarem, da porta do compartimento de armas travar, o míssil não ser disparado, depois de disparado não conseguir travar no alvo, a espoleta não funcionar, etc. Mas seguindo a lógica, os F-22 conseguirá se aproximar, disparar e conseguir um impacto antes de entrar dentro do alcance do radar do inimigo. Agora, haverá situações em que o F-22 terá que lutar na arena WVR, aí ele abrirá mão de suas vantagens e tudo pode acontecer. Na arena visual e no dog-fight conta muito a qualidade daquela pecinha entre o encosto… Read more »

Marlos Barcelos

Caro Bosco

os stelth produzem calor, logo, são localizados facilmente por infravermelho também, até uma distância de 100km, os Rafales possuem este sistema, logo, não seriam alvos tão fáceis.sem contar que se dispararem um míssil muito de longe podem ser destruidos até por outro míssil, e contramedidas, lembro que no modo stealth, os f-22 carregam poucos mísseis, para terem certeza de acertar o alvo teriam que atirar mais próximo, para não desperdiçarem as poucas armas que tem.

Tailhooker

Pessoal, Isso é literalmente uma “fotografia” de uma situação altamente dinâmica. Não se pode tirar conclusões confiáveis das informações dessa foto. O que se pode ver é uma situação de “one circle fight”, onde a velocidade indicada do Rhino é de 189 nós, provavelmente diminuindo por entrarem em uma situação de “flat Scisors”, onde levará a melhor que conseguir voar e manobrar na menor velocidade possível. Essa situação de “pipers on” provavelmente se deu em um “snapshot drill”, ou seja, durante um cruzamento, não acredito que seja uma situação de “tracking”. Dependendo da experiência e da habilidade dos pilotos aí… Read more »

Bosco

Marlos, os sistemas IRST ainda não fazem busca de volume e servem apenas para focar ou varrer uma área pré-determinada pelo radar. O F-22 foi pensado em ter um sistema IRST (na verdade dois) avançado, mas o projeto não foi adiante porque o radar AN/APG77 foi considerado mais apto em todos os cenários. Mesmo que um Rafale possa detectar com seu IRST por sorte um F-22 há 100 km (eu acho que deve ser bem menos, mas…), o Rafale seria detectado pelo radar muito antes, no mínimo há 180 km. Com a perspectiva de entrada de caças de quinta geração,… Read more »

raphael

Marlos,
A muito tempo eu nao leio tanta besteira asim. Ate o welington que eh fa de carteirinha russo adimite que o F-22 eh o melhor caca do mundo. Olhe a pagina que eu coloquei lah no segundo ou terceiro post. Os F-22 tiveram 144 – 0, isto mesmo 144 abates a 0.

E o Super Hornet nao eh geracao 4 nao, eh 4+, ou 4.5 se voce quizer.

http://en.wikipedia.org/wiki/4th_generation_jet_fighter

Realmente…
Marlos, menos, bem menos.

Últimas Notícias

Caças F-35A da Coreia do Sul operacionalmente despreparados 234 vezes em um período de 18 meses

SEUL, 4 de outubro (Yonhap) — Os caças furtivos F-35A da Coreia do Sul foram classificados como operacionalmente despreparados...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -