Home Tecnologia UAV da Geórgia abatido por um MiG-29 russo

UAV da Geórgia abatido por um MiG-29 russo

1014
29

No vídeo é possível observar que o caça russo disparou o míssil R-73 provavelmente usando a mira do capacete, pois o nariz do avião não está apontando para o alvo no momento do disparo, o que pode ser verificado pela curva feita pelo míssil para atingir o drone Hermes 450.

29
Deixe um comentário

avatar
29 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
MercioRenanJonas RafaelAlmeidaPaulo Costa Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Roberto
Visitante
Roberto

Cada vez que vejo imagens geradas por UAVs fico mais convicto que seriam a forma ideal de patrulhamento de nosso litoral e nossa fronteira terrestre. São mais baratos, confiáveis e de logística mais simples, até por suas dimensões reduzidas em relação a um avião convencional.

Roberto
Visitante
Roberto

Cada vez que vejo imagens geradas por UAVs fico mais convicto que seriam a forma ideal de patrulhamento de nosso litoral e nossa fronteira terrestre. São mais baratos, confiáveis e de logística mais simples, até por suas dimensões reduzidas em relação a um avião convencional.

pablo
Visitante
pablo

justamente pelo fato de serem baratos o pessoal responsavel pela compra nao ganha o “por fora”… eles querem equipamentos caros para ganharem comissao…
mas que seria o melhor tipo de vigilancia pro Brasil isso sem duvidas… ainda mais se eles forem armados…
alguem teria mais detalhes do convenio assinado entre Brasil e Africa do Sul para o desenvolvimento de um UAV ???

pablo
Visitante
pablo

justamente pelo fato de serem baratos o pessoal responsavel pela compra nao ganha o “por fora”… eles querem equipamentos caros para ganharem comissao…
mas que seria o melhor tipo de vigilancia pro Brasil isso sem duvidas… ainda mais se eles forem armados…
alguem teria mais detalhes do convenio assinado entre Brasil e Africa do Sul para o desenvolvimento de um UAV ???

LeoPaiva
Visitante
LeoPaiva

O falecido era um Hermes 450, motor de 52HP, autonomia de 2200 km. O modelo é produzido pela indústria israelense Elbit Systems. Como não possui radar deve ter sido sorte filmar o mig na hora do disparo, ou então o piloto russo se posicionou propositalmente sob a câmera para que todos o vissem e assim mandar o recado de que “no nosso quintal mandamos nós”, o que responderia a pergunta do Mauro. Quanto a parceria do Brasil eu também gostaria de saber mais, o próprio sítio da Fligthsolutions dá poucas informações sobre o atual estado do projeto. http://www.flightsolutions.com.br/port/index.html http://www.demec.ufmg.br/Cea/principal.html Sds

LeoPaiva
Visitante
LeoPaiva

O falecido era um Hermes 450, motor de 52HP, autonomia de 2200 km. O modelo é produzido pela indústria israelense Elbit Systems. Como não possui radar deve ter sido sorte filmar o mig na hora do disparo, ou então o piloto russo se posicionou propositalmente sob a câmera para que todos o vissem e assim mandar o recado de que “no nosso quintal mandamos nós”, o que responderia a pergunta do Mauro. Quanto a parceria do Brasil eu também gostaria de saber mais, o próprio sítio da Fligthsolutions dá poucas informações sobre o atual estado do projeto. http://www.flightsolutions.com.br/port/index.html http://www.demec.ufmg.br/Cea/principal.html Sds

lucas lasota
Visitante
lucas lasota

mto boas as imagens. ótima contextualização.

lucas lasota
Visitante
lucas lasota

mto boas as imagens. ótima contextualização.

lucas lasota
Visitante
lucas lasota

notar também um video correlato que contém certas afirmações pertinentes, como as alegações que o VANT em questão não é georgiano e que o MIG não era russo.

lucas lasota
Visitante
lucas lasota

notar também um video correlato que contém certas afirmações pertinentes, como as alegações que o VANT em questão não é georgiano e que o MIG não era russo.

Henrique Sousa
Visitante
Henrique Sousa

Tb fiquei com a mesma dúvida que o Mauro, um passe de canhão não sairia mais barato?

Motivo tiveram para lançar um AAM, mas qual?

Henrique Sousa
Visitante
Henrique Sousa

Tb fiquei com a mesma dúvida que o Mauro, um passe de canhão não sairia mais barato?

Motivo tiveram para lançar um AAM, mas qual?

Bosco
Visitante
Bosco

Sem dúvida a arma indicada seria o canhão, mas que foi bonito foi.
O R-73 foi um divisor de água do combate aéreo, assim como o sistema de disparo de metralhadoras por entre as pás da hélice da Primeira Guerra, o motor à jato e o míssil guiado após a Segunda Guerra.
O légitimo exemplar do míssil ar-ar de curto alcance de 4° geração.
Vale salientar a pequena assinatura térmica do Hermes 450, e o grande ângulo de disparo. Como ponto negativo apenas o motor com grande produção de fumaça.

Bosco
Visitante
Bosco

Sem dúvida a arma indicada seria o canhão, mas que foi bonito foi.
O R-73 foi um divisor de água do combate aéreo, assim como o sistema de disparo de metralhadoras por entre as pás da hélice da Primeira Guerra, o motor à jato e o míssil guiado após a Segunda Guerra.
O légitimo exemplar do míssil ar-ar de curto alcance de 4° geração.
Vale salientar a pequena assinatura térmica do Hermes 450, e o grande ângulo de disparo. Como ponto negativo apenas o motor com grande produção de fumaça.

Bosco
Visitante
Bosco

Os mísseis ar-ar de curto alcance (alcance visual) de quarta geração apresentam capacidade all-aspect, altos ângulos de tiro (alguns podem atingir um alvo na posição de 6 horas), superagilidade (em geral devido ao vetoramento do empuxo) e capacidade de ser apontado pelo capacete. Os de 5° geração possuem sekeers com formação de imagem, que entre outras características são imunes às contramedidas infravermelhas convencionais. A única forma de escapar dos mesmos é através do cegamento do sensor (por um laser) ou por interceptação direta por outro míssil. Possivelmente, os mísseis de 4° e 5° geração podem ser usados como interceptadores de… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

Os mísseis ar-ar de curto alcance (alcance visual) de quarta geração apresentam capacidade all-aspect, altos ângulos de tiro (alguns podem atingir um alvo na posição de 6 horas), superagilidade (em geral devido ao vetoramento do empuxo) e capacidade de ser apontado pelo capacete. Os de 5° geração possuem sekeers com formação de imagem, que entre outras características são imunes às contramedidas infravermelhas convencionais. A única forma de escapar dos mesmos é através do cegamento do sensor (por um laser) ou por interceptação direta por outro míssil. Possivelmente, os mísseis de 4° e 5° geração podem ser usados como interceptadores de… Read more »

Vassily Zaitsev
Visitante
Vassily Zaitsev

Vi o vídeo, o lançamento e o impacto; mas não entendi patavinas o que aquele cara disse.
TB vi fuamça, muita fumaça. Oh míssil fumacento sô, pensei que ele era mais discreto.

Vassily Zaitsev
Visitante
Vassily Zaitsev

Vi o vídeo, o lançamento e o impacto; mas não entendi patavinas o que aquele cara disse.
TB vi fuamça, muita fumaça. Oh míssil fumacento sô, pensei que ele era mais discreto.

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

Se o Mig-29 tivesse disparado este missil a media,ou longa distancia
não se saberia quem,ou o que destruiu o Hermes,usando o disparo
abaixo e o missil subindo,tipico deste equipamento,o Mig-29
pode se mostrar e ,avisar que uma ação foi feita.

Paulo Costa
Visitante
Paulo Costa

Se o Mig-29 tivesse disparado este missil a media,ou longa distancia
não se saberia quem,ou o que destruiu o Hermes,usando o disparo
abaixo e o missil subindo,tipico deste equipamento,o Mig-29
pode se mostrar e ,avisar que uma ação foi feita.

Almeida
Visitante
Almeida

Otimo video da Georgia, otimo recado dado pela Russia.

Almeida
Visitante
Almeida

Otimo video da Georgia, otimo recado dado pela Russia.

Vassily Zaitsev
Visitante
Vassily Zaitsev

É Mauro,

tem toda razão, esse piloto gosta de aparecer. E o robo, era russo ou georgiano?

Vassily Zaitsev
Visitante
Vassily Zaitsev

É Mauro,

tem toda razão, esse piloto gosta de aparecer. E o robo, era russo ou georgiano?

Jonas Rafael
Visitante
Jonas Rafael

[modo piada]Vai ver ele usou o método mais caro pra forçar sua demissão[/modo piada]

Jonas Rafael
Visitante
Jonas Rafael

[modo piada]Vai ver ele usou o método mais caro pra forçar sua demissão[/modo piada]

Renan
Visitante
Renan

Concordo com o Mauro e Bosco: Piloto “amostrado” esse…!
Mas se ele é tão exibido assim, não seria melhor mostrar seus dotes de tiro-de-canhão..? Ou seja, mostrar que a escola russa, apesar da ‘óbvia alta tecnologia’ “ainda” sabe abater aeronaves “na unha”..???

PS: Sou novo no Blog. Lí alguns artigos antigos e gostaria apenas de registrar que, embora muitas opiniões diferentes tenha encontrado, todos têem um bom nível de conhecimento e educação para debater! Parabéns e Saudações!

Renan
Visitante
Renan

Concordo com o Mauro e Bosco: Piloto “amostrado” esse…!
Mas se ele é tão exibido assim, não seria melhor mostrar seus dotes de tiro-de-canhão..? Ou seja, mostrar que a escola russa, apesar da ‘óbvia alta tecnologia’ “ainda” sabe abater aeronaves “na unha”..???

PS: Sou novo no Blog. Lí alguns artigos antigos e gostaria apenas de registrar que, embora muitas opiniões diferentes tenha encontrado, todos têem um bom nível de conhecimento e educação para debater! Parabéns e Saudações!

Mercio
Visitante
Mercio

Foi um aviso: “De onde venho, temos muitos outros. Não entramos numa guerra para brincarmos de cawboys”.