quinta-feira, junho 30, 2022

Gripen para o Brasil

Novos E-Jets da Embraer: ‘o poder de 2’

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Tela inicial site Embraer sobre E-Jets E2

A Embraer colocou no ar um site de divulgação da sua segunda geração de E-Jets, conhecida como “E2”. O site (http://www.beholdthepowerof2.com/) explora o conceito “The Power of 2” (o poder de 2) para mostrar os vários diferenciais, características e novidades da família de aeronaves. Clique na imagem acima para acessar o site, com texto em inglês.

Colaborou: Marcos

- Advertisement -

7 Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos

Justin:

Li seus comentários lá no outro artigo.

Grato.

Marcos

Mais pedidos, talvez!

“O presidente da Avianca, José Efromovich, disse que a companhia está negociando com a Embraer a compra de aviões da fabricante brasileira. “Estamos conversando seriamente e, se o produto for como nos foi apresentado, existem grandes chances de, em um futuro próximo, termos aviões da Embraer voando na Avianca” …

“Ele não revelou qual modelo de aeronave estaria negociando, mas disse ter feito um pedido particular à Embraer. “Por favor, tragam um turbo hélice (SIC) bom para podermos atender essa regional brasileira. Vamos comprar dúzias deles se vocês trouxerem o projeto de que precisamos”.

(Veja)

Marcos

Olhando o diâmetro do novo motor dos E2, dá a impressão que eles curvaram a asa para cima para poder encaixar o motor.

Mauricio R.

“…tragam um turbo hélice (SIC) bom para podermos atender essa regional brasileira.”

Xí, bateu na porta errada…

Marcos

Um bom turbo hélice já existe: ATR. Tem diferentes versões, para todo gosto.

Marcos

off topic

Segundo a Reuters, um certo americano/brasileiro estaria criando um fundo para juntar em um barco só (ou aeronave só) a Jet Blue, Azul e Tap. E adivinha qual grande banco de fomento tupiniquim vai entrar no negócio?

Tchã, tchã, tchã, tchã…

Marcos

mais off topic

entrevista de Curado para IstoÉ:

“O segmento de helicópteros ainda está no radar da Embraer, apesar de o acordo com a italiana AgustaWestland, anunciado em janeiro, não ter avançado. “Não desistimos de estudar essa área”, diz Curado. “Achamos que ela tem um potencial interessante, mas não passa pela nossa cabeça começar do zero esse negócio.”

Últimas Notícias

45 anos do EMB-111 Bandeirante Patrulha

O projeto do EMB-100 Bandeirante, iniciado antes mesmo do nascimento da Embraer, deu base ao desenvolvimento de diferentes aeronaves,...
- Advertisement -
- Advertisement -