quarta-feira, dezembro 1, 2021

Gripen para o Brasil

Donley: “não há alternativas ao F-35 no curto prazo”

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A maior autoridade civil da USAF (US Air Force) disse que a força não recuará do seu pedido de compra de 1763 caças Lockheed Martin F-35 (Joint Strike Fighter) no curto prazo.

“Não acredito que existam razões para revisarmos estes números no curto prazo,” disse o secretário Michael Donley, durante uma conferência do Credit Suisse em Nova Iorque.

Donley disse que ouviu muitas alternativas que realocam fundos da USAF para prioridades mais urgentes ou a compra de um número menor de F-35, mas estes planos não são exequíveis. “Estas são boas discussões teóricas, mas quando se olha onde nós estamos no programa, não faz sentido ter este tipo de discussão até pelo menos 2025,” disse Donley. “Não há nada no curto prazo sobre este programa que possa mudar, não há nada que vá contribuir para a redução do déficit nos próximos dez anos, com exceção de seu cancelamento.”

Na visão de Donley, o cancelamento do programa não é algo que alguém recomendaria.

FONTE: Flightglobal (tradução e adaptação do Poder Aéreo a partir do original em inglês)

FOTO: USAF

- Advertisement -

5 Comments

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Groo

A razão é sempre corte de gastos.

Vader

Como diria o assessor de Bill Clinton: “it´s the economy, stupid”.

No ponto em que está o programa JSF, não há mais nada a fazer, a não ser seguir em frente.

Gilberto Rezende

O problema é CONTER a escalada de custos de uma aeronave que NÃO ESTÁ PRONTA. Qualquer custo adicional será multiplicado por 1763… Um aumento de menos de 500 mil dólares por aeronave (o que é mais do que possível) resulta num valor final superior a UM BILHÃO de dólares a mais no programa… E o aumento do custo (por todos indicativos) está BEM ACIMA deste patamar… Que sem um plano B significa o muro orçamentário que só o governo americano sabe onde fica, acabará na melhor hipótese em corta a frota assim como foi feito com o F-22. Cancelar o… Read more »

Requena

1763 caças.
E a gente apanhando pra comprar 36.

Me bateu uma depressão profunda.

Vou ali me recuperar… depois eu volto.

Ivan

Gilberto,

Realmente conter a escalada de custos do programa JSF é um problema sério para os contribuintes dos países consorciados.

Entretanto, seria uma conta de divisão:
Qualquer custo adicional será divido por 1763…

Esta é a vantagem de ter escala garantida.

Sds.,
Ivan.

Últimas Notícias

Atech levará tecnologia brasileira a eventos internacionais de Defesa e Segurança

Reconhecida como uma 'System House' brasileira, a empresa estará presente na EDEX e  ExpoDefensa 2021 A Atech, empresa do Grupo...
- Advertisement -
- Advertisement -