Home Noticiário Nacional ‘Ataque’ ao STF: ‘Estrutura de vidro era instável e reforma já estava...

‘Ataque’ ao STF: ‘Estrutura de vidro era instável e reforma já estava prevista’

192
7

O diretor-geral do Supremo Tribunal Federal (STF), Amarildo Vieira de Oliveira, disse neste domingo à reportagem do Record em Brasília, que o órgão já tinha sido avisado sobre a precariedade dos vidros e que uma reforma em toda a fachada do prédio está sendo estudada.

Na manhã deste domingo (1º), durante a troca da bandeira nacional, um voo rasante de caças Mirage F-2000 da Aeronáutica, destruiu os vidros do prédio do STF. Ninguém ficou ferido.

— Nossa estrutura, diferente do Palácio do Planalto que passou por reforma e colocou vidros blindex, é de vidro comum. Mesmo quando tem tiros de canhão, ele[o prédio] trepida. Já estávamos sendo avisados, já estávamos monitorando e já temos uma obra programada. O problema é que a urgência não vai deixar fazer a obra completa, teremos que só repor os vidros.

Oliveira acredita que em três semanas será possível recolocar os vidros no prédio e voltar ao trabalho. Durante todo o mês de julho, o Judiciário estará em recesso e não haverá expediente .

Além do prédio sede do STF, os anexos também foram atingidos pelo deslocamento de ar provocado pelo voo do rasante dos caças. No anexo I a porta da entrada quebrou. No anexo II, spots de iluminação foram atingidos e o gesso também ficou comprometido.

— O abalo foi grande. Algumas portas, por exemplo, sofreram danos e estão com dificuldade de fechar. A recuperação começa amanhã (segunda-feira) mesmo e vai durar todo o recesso.

O diretor-geral do STF contou que falou com o presidente do Supremo, ministro Carlos Ayres Brito, e que ele está “tranquilo”. Logo depois do acidente, o comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, ligou para o ministro e se desculpou pelo ocorrido. A Aeronáutica também se colocou à disposição e deixou dois funcionários ajudando na varredura para ver o tamanho dos estragos. Para Oliveira, foi “sorte” a visitação ter sido suspensa este fim de semana e ninguém ter se ferido.

— Os funcionários que estavam trabalhando na hora levaram um grande susto. Por sorte e um pequeno problema administrativo nós estávamos sem visitação. Nos fins de semana temos sistema de escala e não foi possível fazer neste domingo. Normalmente temos muita fila e principalmente no lado que foi mais abalado.

Acidente

O acidente ocorreu por volta de 10h20, quando os caças faziam a rota sentido Palácio do Planalto – Supremo Tribunal Federal. O deslocamento de ar, causado pelo som, teria provocado a ruptura dos vidros do prédio do STF. Logo após esse rasante, a fachada e as laterais de vidro do edifício foram ao chão.

Quem passava pelo local via estilhaços para todos os lados. O prédio está quase todo sem vidro e será mantido isolado até que o problema seja resolvido. O recesso do Judiciário começou na última sexta-feira (29).

Em nota oficial, a FAB informa que “uma onda de choque causou danos às vidraças de alguns órgãos públicos”. O Comando da Aeronáutica começou a apurar o motivo do incidente e se co

FONTE: R7

COLABOROU: J.C. Filho

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Giordani RS
7 anos atrás

Bom, a FAB deu uma ajudinha…demolições Mirage…

Gila
Gila
7 anos atrás

BOMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM
MMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás
Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Olha aí deu na mídia, aqui está o vídeo, ao qual o Solomon se refere:

(http://theaviationist.com/2012/07/02/m2000-flyover/)

Gilberto Rezende
Gilberto Rezende
7 anos atrás

Mais um ponto para minha teoria que o pobre do piloto NADA fez de errado…

Black Devil
Black Devil
7 anos atrás

Que legal, ganharam uma reforma, e paga pela “milionária” Força Aérea Brasileira…

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
7 anos atrás

De fato.

Vi no JN que o conserto dos vidros do STJ vai custar 30 e poucos mil reais.

Até que não enfiaram a faca…

Agora precisa ver o conserto dos do Planalto que trincaram, pois segundo consta são blindex, ou seja, mais caros.