Home Noticiário Internacional Caça turco abatido violou soberania síria, diz Damasco

Caça turco abatido violou soberania síria, diz Damasco

378
11

BEIRUTE, 25 Jun (Reuters) – As defesas antiaéreas sírias precisaram reagir imediatamente à presença de um caça turco que voava a 100 metros de altitude sobre o mar territorial da Síria, numa “clara violação da soberania” do país, disse a chancelaria síria na segunda-feira.

“O avião desapareceu e então reapareceu no espaço aéreo sírio, voando a 100 metros de altitude, a cerca de 1 a 2 quilômetros da costa síria”, disse o porta-voz Jihad Makdissi a jornalistas, comentando o incidente de sexta-feira.

“Tivemos de reagir imediatamente. Mesmo se o avião fosse sírio nós o teríamos abatido”, afirmou ele, acrescentando que o caça F-4 Phantom foi derrubado por baterias antiaéreas com alcance de 2,5 quilômetros, e não por mísseis guiados por radar.

A Turquia solicitou uma reunião da Otan na terça-feira para consultar seus aliados sobre uma resposta ao que Ancara disse ter sido um ataque sem aviso prévio no espaço aéreo internacional.

Os dois países, que antigamente tinham uma relação amistosa, atravessam uma fase de atritos por causa do atual conflito na Síria, que provocou um êxodo de milhares de refugiados rumo à Turquia. O governo de Bashar al Assad critica Ancara por seu apoio ostensivo aos rebeldes sírios.

Makdissi afirmou que o governo turco “complicou a situação” por oferecer uma versão dos fatos “diferente da realidade”.

Mas ele acrescentou que, apesar do incidente, a Síria continua comprometida com uma “relação de vizinhança”.

“Vivemos numa situação tensa com a Turquia, mas não temos intenções hostis para com o povo turco.”

O caça abatido afundou no Mediterrâneo, e seus dois tripulantes estão desaparecidos. Makdissi disse que turcos e sírios realizam uma busca conjunta, e que alguns destroços já foram localizados e entregues à Turquia.

O porta-voz fez também um alerta à Otan para que não ameace a Síria. “Se a reunião deles for por razões hostis (eles devem saber que ) a terra e as águas sírias são sagradas”, afirmou.

Ampliando a tensão entre os dois países, a TV estatal turca noticiou que um general sírio e 38 outros militares desertaram para a Turquia durante a noite. (Reportagem de Oliver Holmes e Mirna Sleiman)

FONTE: Reuters

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Corsario137
Corsario137
7 anos atrás

Pera lá, quem voa a 100m boa coisa não tá querendo. 100m não é nada!
Corajoso o piloto turco.

Corsario137
Corsario137
7 anos atrás

Uma coisa pelo menos ficou clara: a artilharia antiaérea síria tá afiada!

Clésio Luiz
Clésio Luiz
7 anos atrás

E o negócio vai ficando cinzento. Primeiro foi noticiado que tinha sido abatido por mísseis e que os pilotos tinham sido encontrados. Agora foi abatido por uma AAA e os pilotos estão desaparecidos. Começou a guerra de informações.

Giordani RS
7 anos atrás

300 pés? Missão de reconhecimento…bom, era um RF-4…pra mim os sírios julgaram ser uma nave da USN…

O irã dias atrás disse que nem Disco Voador poderia entrar em seu espaço aéreo…

Corsario137
Corsario137
7 anos atrás

Giordani RS, Um UFO eu não sei já um 22, ou um B2… Deus que me perdoe, mas se houver uma guerra quero só ver a reação desse Irã. Coloca tanta banca que dá até curiosidade. Pra mim vai ser uma “Desert Storm II”, com a infra-estrutura indo pras cucuias, tanques pegando fogo pelas estradas, tropas em retirada pra um cerco na capital. Mudando de pato pra ganso… Se a Síria e o Irã caírem, fica faltando apenas a Coréia do Norte pra acabar o “eixo do mal”. Embore eu ache que quem vai melar o angu dos norte coreanos… Read more »

edcreek
edcreek
7 anos atrás

Olá,

Os caras estão bem mesmo por lá, quase no limite das AAA e mesmo assim foi ao chão…

Só espero que a coisa não engrosse ainda mais por lá….

Abraços,

Giordani RS
7 anos atrás

Ed,

Aeronaves de reconhecimento tem um tipo de voo que facilita a AAA, pois sendo R, ele tem de voar em linha reta um bom tempo…

Hamadjr
Hamadjr
7 anos atrás

muito palpite com retórica de especialista …

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Para os fanáticos pela aviônica israelense:

“(EDITOR’S NOTE: According to some press reports, the aircraft had been recently upgraded by Israeli industry. If confirmed, these reports might also raise questions about the effectiveness of the upgrade.)”

(http://www.defense-aerospace.com/article-view/release/136289/jet-incident-shows-syria%27s-air-defenses-are-capable-but-jumpy.html)

Observador
Observador
7 anos atrás

Senhores,

A Turquia não vai entrar em guerra por causa de um único caça e seus dois pilotos. E a Síria está ansiosa para caracterizar tudo como um mal-entendido e como um incidente isolado.

Modificando um ditado popular, ” se DOIS não querem, DOIS não brigam”.

AGORA, se a Síria fizer qualquer nova bobagem, aí sim, a própria população turca vai exigir que Ancara realize uma contra-ofensiva.