sexta-feira, junho 24, 2022

Gripen para o Brasil

Celso Amorim sobre o F-X2: ‘já estamos nos últimos capítulos’

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Abaixo, alguns trechos de entrevista publicada pela revista Istoé com o ministro da Defesa, Celso Amorim. A data de divulgação da entrevista original é 30 de março – ou seja, você não precisa se preocupar: não se trata de uma brincadeira nossa, neste dia primeiro de abril. A maior parte da entrevista refere-se à polêmica da Comissão da Verdade – você pode clicar no link ao final da matéria para acessar o conteúdo completo, no site da Istoé. Já nos trechos que selecionamos e que falam sobre o F-X2, o ministro reafirma que espera uma decisão para este semestre (após outras notícias terem jogado essa expectativa para o segundo). Será que a “novela” do F-X2 realmente está entrando nos últimos capítulos? Haverá alguma surpresa reservada pelos dois protagonistas da foto acima?

Istoé – Então os projetos de investimento e modernização das Forças serão mantidos?

Celso Amorim – Sim. A compra dos helicópteros não foi afetada, nem o projeto do submarino nuclear ou o programa dos blindados.

Istoé -Mas e o F-X2? A compra dos caças virou uma novela que já dura mais de uma década…

Celso Amorim – Posso dizer que já estamos nos últimos capítulos. Tenho uma expectativa de que a compra dos aviões possa ser resolvida ainda neste semestre.

Istoé – E a troca de informações com a Índia sobre a compra que eles fizeram de 126 caças Rafale? Muita gente interpretou como mais um aval brasileiro ao avião francês.

Celso Amorim – Não tem sentido. Minha visita à Índia para firmarmos essa cooperação já estava marcada muito antes de eles definirem a compra. Coincidiu de optarem pelo Rafale na semana em que fui lá.

Istoé – Os outros dois concorrentes não podem reclamar de um tratamento privilegiado?

Celso Amorim – Não há essa possibilidade. Eu já recebi aqui delegações da Suécia em que estava presente o presidente da Saab. Está prevista uma visita do secretário de Defesa dos EUA, mas não sei se ele vai tocar no assunto. Nada disso influencia no meu julgamento.

Istoé – Nem a decisão dos EUA de cancelarem a compra dos Super Tucanos?

Celso Amorim – Foi algo decepcionante, sem dúvida, e me parece improvável que possam reverter o resultado. Mas não há relação, até porque estamos falando de uma compra de R$* 300 milhões e de outra de R$ 5 bilhões.

Istoé – A cooperação entre o Itamaraty e o Ministério da Defesa nem sempre funcionou satisfatoriamente. Sua vinda para cá tende a melhorar esse diálogo?

Celso Amorim – Sinceramente, nunca houve uma divergência muito grande. Pode ter havido algum detalhe em algum momento, mas participamos de muitas coisas juntos. Claro que minha vivência no Itamaraty talvez ajude.

Istoé –  De que maneira?

Celso Amorim – A grande estratégia de Defesa do Brasil tem que incluir as Relações Exteriores. Creio que pode haver uma mudança de intensidade nesse sentido, especialmente na cooperação com a América do Sul. Este é um dos grandes eixos de trabalho para os próximos anos. Se para o mundo nossa política é mais de dissuasão, para a região é de cooperação.

Istoé – Falando nisso, ressurgiu agora o debate sobre a soberania das Malvinas. Como o Brasil está lidando com isso?

Celso Amorim – A demanda da Argentina é histórica, e o Brasil apoia, assim como todos os demais países da região. Mas nós procuramos levar isso com transparência e bom-senso. Afinal, nós também temos uma cooperação importante com o Reino Unido.

FONTE: Istoé   FOTO: Agência Brasil

*NOTA DO EDITOR: supomos que o ministro tenha falado dos valores sem dizer a moeda e que o “R$” tenha sido colocado na transcrição de sua fala (ou, no caso dele ter falado em reais, seja somente uma pequena confusão), pois já foi divulgado por várias fontes que o contrato da Força Aérea dos EUA com a Embraer para 20 Super Tucanos, recentemente cancelado, tinha valor de aproximadamente 350 milhões de dólares, e não de reais. Assim, também supomos que o valor do F-X2 ao qual o ministro se refere (5 bilhões) seja em dólar.

- Advertisement -

35 Comments

Subscribe
Notify of
guest
35 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DrCockroach

O correto seria US$ ao inves de R$ na materia da Isto Eh (5 bilhoes). De qualquer forma, entregou os doces, o vencedor serah o Gripen! No mais errei porque meu palpite desde meados do ano passado era que seria o Gripen o vencedor e o anuncio seria entre o carnaval e a Pascoa, mas o anuncio serah depois da Pascoa aparentemente aguardando pela eleicao francesa. Se nao acontecer, tb repito o que jah escrevi, irei me aconselhar com o NJ 🙂 []s! P.S.: Mas se vier o SH tb serah fantastico. P.P.S.: Parabens Nunao, olhei novamente na foto ampliada… Read more »

DrCockroach

Lendo mais uma vez:

“Nada disso influencia no meu julgamento”

Agora eh ele que decide!? Ehh metido! O Fernando Pimentel, que aparentemente tb estah com a bola cheia (sem trocadilhos….), por isso a romaria p/ MG, tb pode achar que ele decide. Mas nao seria a Presidente(a) depois de conversar com o Comandante da FAB?

[]s!

Corsario137

1. Podiam colocar alguém mais qualificado pra fazer a entrevista com o MD não? $ ou R$? 2. SE, eu disse SE, LAS e FX2 “não tem nenhuma conexão” é porque o governo dos EUA já anunciou que não vai poder deixar o ALX ganhar e portanto já abriu mão do negócio da Boeing. Sendo assim a Dilma estaria indo aos EUA com o Ministro da Defesa fazer o que? A Boeing estaria investindo tanto em lobby nas últimas semanas pra que? 3. SE comparar (apenas numericamente falando) 300 milhões contra 5 bi não tem sentido, isso significa que o… Read more »

edcreek

Olá,

Para mim pareçe claro que eles esperão a eleição na França para decidir, traduzindo:

1) Se Sarko ganhar teremos o Rafale com 100% de certeza;
2) Se Sarko perder teremos o Vespão;
3) O Gripem não tem manis chance alguma;

Abraços,

Marcos

É bom avisarem ao Ministro que nas atuais literaturas, há a parte um, parte dois, parte três e assim vai.

Só para ilustrar:

FX1: O programa: cap.I, cap. II, cap. III, cap. IV …

FX2: Um novo programa – Por do Sol: cap.I, cap. II, cap. III, cap. IV …

FX3: Por um caça melhor – Lua Cheia: cap.I, cap. II, cap. III, cap. IV …

Daglian

Caro edcreek,

Não entendo seu embasamento para dizer que se o Sarkozy ganhar será Rafale 100%. Por que? Quem disse isso??

Também não entendo dizer que o Gripen não tem chance alguma. Simplesmente não há motivos para dizê-lo. Muito menos afirmar que se ele (Sarkozy) perder, dará SH.

Grifo

Istoé – E a troca de informações com a Índia sobre a compra que eles fizeram de 126 caças Rafale? Muita gente interpretou como mais um aval brasileiro ao avião francês. Celso Amorim – Não tem sentido. Minha visita à Índia para firmarmos essa cooperação já estava marcada muito antes de eles definirem a compra. Coincidiu de optarem pelo Rafale na semana em que fui lá. Caro Ministro, muito obrigado pelo esclarecimento. Devo dizer que esta intepretação foi feita pela imprensa com base em uma nota da própria Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Defesa, reproduzida aqui neste blog… Read more »

Corsario137

Caríssimo Edcreek, Também pergunto: Como a eleição do Sarkozy pode agir positivamente na venda do Rafale? Afinal foi o próprio Sarkozy que ao não apoiar o Brasil no CS melou a venda do avião. Também foi Sarkô que não recebeu a Dilma durante o “debut” dela pelo mundo promovido pelo presidente Lula. Isso pra não falar na inclinação do Sarkô mais a direita da direita, quando o principal adversário dele é do partido socialista. E mais, se houvesse aí uma aliança Sarkô/Dilma, o ideal seria que ela já tivesse anunciado a compra do Rafale para ajudar na campanha dele não?… Read more »

Nick

R$5 bilhões não dá para pensar em nenhum dos 3 candidatos do FX-2. A não ser que estejam negociando uma compra de menor quantidade.

Agora se o ministro não falou “5 bilhões de reais” e sim “5 bilhões”. Pode ser qualquer um dos 3. Já que se for US$, pode ser o F-18 E ou o Gripen Ng. No caso do Rafale, seriam 5 bilhões de EUROS. 🙂

[]’s

Nick

Agora que li a nota do editor 🙂

Concordo que se partirmos de que ele falou dos 350 milhões do LAS, os 5 bilhões são em dólares. Nesse caso, Rafale tá fora 😀

[]’s

Mauricio R.

As carinhas de “contrariada” e de “bravinho”, do improvável “casalzinho 20” na foto, são memoráveis. “…é porque o governo dos EUA já anunciou que não vai poder deixar o ALX ganhar e…” Nem qndo a USAF escolheu o A-10 e passou os 35 anos seguintes tentando se livrar dele, ví algo semelhante. O contráro ainda está ocorrendo, neste momento, a USAF queria pq queria o Chinook como seu novo C-SARX, o mercado contrariado chiou e foi a luta. Essa mesma USAF, hoje se considera afortunada se conseguir uns H-60M, p/ a tarefa. Qndo um general da USAF manifestou o interesse… Read more »

DrCockroach

Olha eu acho que procede, embora nao concorde, a noticia que a decisao somente depois da eleicao da Franca, porque isto foi a ultima coisa que o Marinho falou sobre o FX-2; e ele nunca errou uma unica informacao desde que ele se involveu nos assuntos dos cacas. A questao entao, sendo a informacao correta, seria identificar o motivo. Volto a repetir entao as alternativas “a” e “b” que coloquei outro dia e acrescento a “c” que alguns colegas sugeriram: a) O rafale perdeu, mas por uma questao de cortesia ao Sarkozy, que esteve muito empenhado na venda do Rafale… Read more »

jacubao

Me engana que eu gosto, seus caras de pau!!!!

ricardo_recife

O ex do MD lançou várias datas e nada. O atual não garantiu nada, ele apenas tem “expectativa”. Não duvido que a coisa seja jogada para o próximo ano com alguma desculpa. O preço do petróleo já está a 124 dólares e a Petrobras com problemas para manter o preço. Não duvido nada que o G.F. diga que fica tudo para depois que o petróleo baixar. Os valores certamente estão em dólares. Essa história da eleição francesa é engraçada. Os caras em Paris ainda estão tão desesperados para vender o Rafale (mesmo depois da mamata do MRRCA onde a mala… Read more »

LuppusFurius

Nas entrelinhas deu Gripen, a não ser que o Obama negocie firme.
O Vespão tá no pário com o Gripen……Lê Jaka apodreceu.

Daglian

LuppusFurius,

Por outro lado, não vejo o porquê do Rafale estar fora do páreo. Por enquanto pode dar tudo, inclusive nada.

ricardo_recife

Ao colegas que acham que o Rafale já era, infelizmente não podemos dizer isto! Adoraria ter esta certeza, mas como disse Albert Einstein “só duas coisas são infinitas, o universo e a estupidez humana, mas não estou seguro sobre o primeiro”. Não duvidem da capacidade de nossas lideranças políticas em serem estúpidas! Se o FX-2 fosse algo sério o resultado já teria saído. Foram quatro mandatos, uma tentativa de ganhar na marmelada, e dezenas de adiamentos. O processo está tão envelhecido que certamente os requisitos do FX-II talvez não mais sejam o que a FAB precisa (em termos de estado… Read more »

Eduardo RA

ricardo_recife disse:

O preço do petróleo já está a 124 dólares e a Petrobras com problemas para manter o preço. Não duvido nada que o G.F. diga que fica tudo para depois que o petróleo baixar.

Pelos precedentes aberto pela turma do GF, não duvido nada dessa possibilidade.
É o velho: …”Pode acontecer tudo, inclusive NADA!”

Vader

Esqueçam, já deu jaca. Com essa coisa no MD ou é jaca ou nada.

Vader

E eu continuo com a campanha “Vai Amorim, anuncia a jaca logo de uma vez”, que é pra gente e a CIA poder se divertir, rsrsrsrs…

Baschera

Na Índia a mala correu solta…… mas tão solta, que já atravessou a fronteira com a China…. por isto o Rafale pode não emplacar !!

Mas devemos saber em Maio mesmo quem “matou Odete Lara”….. e eu aposto como foi o mordomo….. aquele de barba !!

Já não me preocupo mais com o insepulto travestido de épico de novela mexicana chamado FX-2….. me preocupo agora é com a Marinha, onde é que vão achar navio que pega fogo no mole ??

Putz….

Sds.

Marcelo

meus Deus…que que a CIA tem a ver com isto? Teoria da conspiração agora?
hauhauhauahauhauhauahauhauhauahauhauhaua

Baschera

Abaixo, a matéria da Folha…… com algumas explicações diferentes. Sds. ÍNDIA INFORMA BRASIL SOBRE COMPRA DE CAÇAS Governo indiano relatou à delegação do país o programa de aquisição de Rafales, que disputam concorrência da FAB Decisão brasileira não deve ser anunciada até maio, quando acontece o 2º turno na França, que produz os aviões CLÓVIS ROSSI O governo indiano relatou à delegação brasileira, que encerrou ontem uma visita oficial ao país, como está o seu programa de compra dos caças franceses Rafale. Mas nenhum dos integrantes da delegação quis entrar em detalhes sobre a exposição indiana e menos ainda sobre… Read more »

Baschera

Marcelo disse:
1 de abril de 2012 às 18:17

Marcelo, sobre a CIA, informe-se mais sobre a concorrência havida no governo FHC sobre o sistema SIPAM/SIVAM……

Sds.

Marcos

Estamos indo para vinte anos, sem que, não uma compra, mas uma decisão de qual caça seja o escolhido.

Observador

Senhores, Afinal de contas, o Sr. Sarkozy não é amiguinho desta turma toda? Se é mesmo tão amigo como se acha, a turma no GF não teria o menor pudor em ajudá-lo, anunciando a compra, pois já fizeram coisa muito pior na política externa. Ou o Rafale perdeu esta ou, se ganhou, o francês baixinho não é tão bem relacionado com a turma como se diz, e daí não existe o menor interesse em ajudá-lo. Mas eu acredito em outra hipótese. A eleição francesa é só uma desculpa, para embarrigar a decisão para o segundo semestre. Em meados do ano,… Read more »

juarezmartinez

Grifo disse: 1 de abril de 2012 às 11:55 Istoé – E a troca de informações com a Índia sobre a compra que eles fizeram de 126 caças Rafale? Muita gente interpretou como mais um aval brasileiro ao avião francês. Celso Amorim – Não tem sentido. Minha visita à Índia para firmarmos essa cooperação já estava marcada muito antes de eles definirem a compra. Coincidiu de optarem pelo Rafale na semana em que fui lá. Caro Ministro, muito obrigado pelo esclarecimento. Devo dizer que esta intepretação foi feita pela imprensa com base em uma nota da própria Assessoria de Comunicação… Read more »

Baschera

Observador,

Lembre-se que em visita ao Palácio do Eliseu, o Sarkô não quis receber a Dilma quando esta era apenas candidata…. embora as pesquisas já a declaressem vencedora das eleições.

Mulher é vingativa…… rsssss.

Sds.

Giordani RS

Nada de novo no front…

Magal

Mais de 10 anos de bla bla bla bla bla…

Bom… já tivemos o TF-33 e o F-80 como caças de primeira linha… pelo visto logo logo estaremos com S Tucano e chamando de caça.

🙁

edcreek

Olá,

Amigos é simples o vendedor do Rafale no Brasil é o Sarko e não a Dassault, se o vendedor sair ainda há esperanças para o F-18 em caso contrario, é Rafale ou nada. analizem os ultimos eventos e somem as peças…

Abraços,

Giordani RS

“Percam todas as Esperanças. Estamos todos no inferno…”
(Dante Alighieri)

Requena

Nem me dei ao trabalho de ler o que esse “borra botas” falou. Ele não decide nada, porque ele é um nada. Um sem moral que ninguém respeita. O episódio da lista de assinaturas dos militares, que estrategicamente desapareceu da mídia, é a prova de que ele é um completo inútil. Se tivesse um mínimo de honra e caráter teria renunciado. Mas esse verme não tem nenhuma virtude. Engoliu seco a humilhação para poder continuar aproveitando as benesses do cargo. Até mesmo essa entrevista a Istoé, notória por ajudar a colocar panos quentes em crises de governo, foi arranjada pra… Read more »

DrCockroach

Curiuoso lendo a materia postada pelo Baschera que o Min. FP desconhecia totalmente os problemas que estao aparecendo no processo de selecao do Rafale na India. Ele que teria produzido uma avaliacao paralela.

Mas tem muita gente neste governo determinada a fechar com o rafale, nao hah duvidas.

[]s!

Últimas Notícias

VÍDEO: Colaboração Real 4 – Episódio 15 – O Comando de Preparo

A implementação de um sistema como o Gripen Brasileiro, gera um grande desafio para os profissionais que conduzem esse...
- Advertisement -
- Advertisement -