Home Indústria Aeroespacial Boeing completa modernização dos CF-18 Hornet do Canadá

Boeing completa modernização dos CF-18 Hornet do Canadá

363
21

CF-18 Hornet Canadá - fotoForça Aérea Canadense

Entrega da 79ª e última aeronave modernizada foi feita em cerimônia em Mirabel, Quebec

A Boeing completou ontem a modernização dos CF-18 Hornet do Canadá. A última aeronave foi entregue numa cerimônia ao Canada Canadian Department of National em Mirabel, Quebec, na indústria L-3 Communications MAS, que realizou o upgrade. O trabalho foi realizado em 9 anos, em duas fases.

Na fase 1, completada em 2006, foram atualizados os aviônicos, radar, rádio e capacidade de armas.

Na fase 2, foram implementadas as seguintes melhorias:

  • Sistema de Data-link, que permite às forças canadenses a operarem com forças americanas e de outras nações;
  • O capacete Joint Helmet Mounted Cueing System para seleção de alvos;
  • Novos displays coloridos para aumentar a SA (situational awareness – consciência situacional);
  • Um sistema de chaff-e-flare atualizado.

A fase 1 custou US$436 milhões e a Fase 2 US$ 150 milhões. A Boeing projetou as modificações e completou duas aeronaves protótipo. A L-3 Electronic Systems, lacalizada em Halifax, Nova Scotia, realizou as instalações nas 77 aeronaves restantes.

CF-18 2

CF-18 4

FONTE: Boeing / FOTOS: Força Aérea Canadense

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ilya Ehrenburg
Ilya Ehrenburg
10 anos atrás

Se a memória não me falha, os canadenses estavam interessados em vender boa parte destes vetores. Como são muito menos exigidos que aqueles embarcados, os F-18 do Canadá, penso eu, seriam uma benção como vetores embarcados do A-12, São Paulo. Ou seja, uma opção melhor que o “upgrade” dos A-4KU.

emerson
emerson
10 anos atrás

Cada aparelho ficou em cerca de 7,4 milhões de dólares, um valor intermediário entre o F5M (5 milhões) e o A4M (dez milhões). Considerando que o Peru está disposto a investir cerca de 10 milhões de dólares na modernização de cada um de seus Mirage2000, acho que podemos começar a usar o valor de 10 milhões como padrão para qualquer modernização. (que fique um alerta para a Romênia. Seus f16 ainda custarão mais 250 milhões de dólares no futuro). Sobre o uso dos F18 excedentes do Canadá para a MB, acho que a modernização dos 12 A4 (a um custo… Read more »

José Maria Bravo
José Maria Bravo
10 anos atrás

Desde a criação do Norad, e do consequente funeral do excelente Avro CF-105 Arrow, os “Cannucks” estão fadados a usar de seu dinheiro público para manter uma frota que possa atender aos interesses de defesa dos EUA, e não mais que isso. Acho que se aplica perfeitamente ao Canadá aquele “desdito” centenário de Porfírio Díaz: “Tan lejos de dios y tan cerca de los Estados Unidos”. Quanto ao F-18 antigo no Alfa-12, sou velho o bastante para lembrar da propaganda original do Hornet, quando de seu lançamento: o primeiro avião embarcado a dispensar vento relativo no convôo para decolar. Claro,… Read more »

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

Este sim um bom negócio!

Alex
10 anos atrás

225 a marinha ainda vai estar com esse porta treco SP.

Erikson
Erikson
10 anos atrás

Ilya

Posso até estar enganado, mas os Hornet´s superam o limite de peso das catapultas do A-12 que são 20 ton, então ele não poderia operar na sua capacidade.

Nick
Nick
10 anos atrás

Esses FA-18 C Canadenses seriam uma solução mais efetiva para o A-12…

Houve negociação?? sondagens?? Nossos A-4 modernizados me parecem efetivos apenas para manutenção de doutrina, junto com o A-12; aguardando quem sabe os novos PAs planejados pela MB.

[]’s

Ilya Ehrenburg
Ilya Ehrenburg
10 anos atrás

Pela leitura dos links aqui colocados (Acima, por A. Galante às 19:11), pude perceber que o uso de aeronaves F/A – 18 podem ser úteis à Marinha do Brasil, pois a experiência francesa, quando dos estudos para substituição dos veneráveis F-8 Crusaders, demonstraram que as alterações necessárias seriam mínimas, estando as catapultas, elevadores e cabos, afeitas às aeronaves.

Lembro que a versão que participou deste testes era a F/A-18A. A versão “E”, batizada de “Super Hornet”, não existia nem em sonho.

Leamartine Pinheiro de Souza
10 anos atrás

http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,MUL1545310-5601,00-TREINAMENTO+MILITAR+COMANDADO+PELO+BRASIL+TERA+PRESENCA+DOS+CACAS+RAFALE.html

Treinamento militar comandado pelo Brasil terá presença dos caças Rafale

O maior treinamento de guerra no ar da América do Sul já tem uma estrela este ano – os caças franceses Rafale. A França acaba de confirmar presença com o modelo militar na operação Cruzeiro do Sul, que acontece a cada dois anos a comando do Brasil.

Harpia
10 anos atrás

As vantagens dos CF-18 do Canadá, seria o fato de não operarem embarcados, portanto estão gozando de exelente saúde e uma maior vida útil se compararmos com os da USNAVY.
Seriam uma exelente aquisição para a MB, que teria toda a calma do mundo para receber os futuros caças e criar a sua própia doutrina.

Harpia
10 anos atrás

Pena que não estão a venda. 🙁

Harpia
10 anos atrás

Vixi maria…
Agora o bicho vai pegar de vez.
SU-30 (Venezuela), RAFALE (França), F-18 ou F-16 (EUA), F-16 (Chile), F-5EM (Brasil), MIRAGE 2000C (Brasil)…
Essa CRUZEX vai ser a do século e os nossos editores irão acompanhar até o último instante. 😀

Rodrigo
Rodrigo
10 anos atrás

O mito do Rafale maravilha, vai começar a ir pro saco este ano.

Harpia
10 anos atrás

Ops…
Off-topic acima…

Fabio
Fabio
10 anos atrás

(off-topic – e comentário já postado, mas vale a pena ver de novo hehehe) Olha ai a grande oportunidade: a CRUZEX! coloca os F5-M + derby + R99 como “inimigos” e do outro lado: F-18 (EUA), F-16 (CHILE), SU-30 (VENEZUELA), rafale (FRANÇA) e gripen NG (SUÉCIA) com todos os observadores militares da AL assistindo e monitorando! o melhor desempenho F-18/rafale/gripen NG leva o FX-2!! e de quebra ainda tem uma avaliação das forças aéreas chilenas e venezuelanas! haaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa haaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa haaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa Esqueci que o gripen “NÃO EXISTE” !!! OK OK OK não existe: não pode querer participar!!! hauhauhauhauahuahuahauhauhauhauahuahauhauhau (como alguns acreditam… Read more »

Nick
Nick
10 anos atrás

Essa Cruzex vai ser quando??

Se demorar muito pra assinar, vai ser um pega-pra-capar mesmo…hehehehe

[]’s

Nick
Nick
10 anos atrás

complementando,

Os Russos poderiam mandar os SU-35BM para fazer uma demonstração….

[]’s

Harpia
10 anos atrás

E nós vamos nos deliciar com os resultados e explodir esse blog de comentários.
Vai ser recorde atráz de recorde em comentários.

Giordani RS
Giordani RS
10 anos atrás

O Canadá é outro daqueles “sempre” presente Exemplo do Passado a ser estudado…Tinham TUDO para ter uma indústria aeronáutica própria! Mas alguns políticos servindo a interesses e$cu$o$ arrasaram com o próprio Futuro!!!!! O que fizeram com o Arrow não existe! Foi surreal! De Potência a mero coadjuvante, tanto da Grã-Bretanha, quanto dos EUA…

Nick
Nick
10 anos atrás

Caro Ronaldo, e as regras de engajamento deveriam ser: sem regras!!

Talvez apenas considerar 2 x 2 revezando em agressores e caps de defesa, mas, valendo de misseis BVR até canhões 😀
Obs: só terminaria com os pilotos ejetando ou o caça caindo….hehehe

E o vencedor levaria o FX-2….

Caro Giordani, só uma observação:

Eles continuam subsidiando pesadamente a Bombardier , a Embraer que o diga.

[]’s