O Comando Indo-Pacífico dos EUA realizou o exercício Valiant Shield 2024, de 7 a 18 de junho, em Guam e outros locais do Pacífico, envolvendo Exército, Marinha, Força Aérea, Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA e outras forças. Pela primeira vez, o exercício multinacional cobriu uma área maior que as edições anteriores.

Caças F-16 dos EUA pousaram nas bases aéreas japonesas de Hachinohe e Matsushima, simulando contingências em que bases aéreas dos EUA no Japão fossem atacadas. Essas bases japonesas abrigam caças e aviões de reconhecimento da Força de Autodefesa do Japão (SDF).

O exercício envolveu treinamentos conjuntos entre militares dos EUA e da SDF em outros locais do Japão, como Hokkaido, Kyushu e a ilha de Ioto.

A decisão dos EUA de conduzir parte do exercício no Japão visou fortalecer sua capacidade de resposta rápida em caso de contingência militar nas áreas ao redor do Japão, especialmente considerando a China.

FOTOS: @potettan620, no X

VEJA TAMBÉM:

Valiant Shield 24: aliados dos EUA se reúnem no Indo-Pacífico

Subscribe
Notify of
guest

12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
MMerlin

Redação está querendo fazer o remédio descer de forma homeopática.
No caso o F-16, rs.

Douglas Rodrigues

No caso, nem tão homeopática assim… Temos uma dose cavalar de notícias sobre o F-16 nos últimos dias… O que sabem que não podemos saber? rsrs

Rafael Coimbra

Como falei em algumas postagens anteriores sobre o tema.. não adianta fugir… A FAB deve estar preocupada com o fato de ter poucas perspectivas em relação a vendas do F39… o Gripen E será caro de manter com poucas unidades operacionais pelo mundo. Quem sabe a venda para Colômbia possa apresentar um novo cenário, mas acho difícil. O F16 é a solução mais realista p nossa Força Aérea.

Chris

Pela nossa propria experiência… Eu só me preocuparia com a futura manutenção do Gripen… Se fosse um Dassault (Dei ate graças a Deus, que o desejo do L pelo Rafale não se concretizou. heheh). Tivemos que aposentar todos os Mirage ha muito tempo, pelo alto custo de upgrades, certo ? Mas voamos com F-5 e AMX ate hoje.. Ate A-4 ja ressuscitamos. O motor é o mesmo do F-18 e o restante, imagino que teremos capacidade de fabricar ou adaptar por aqui, com a transferencia de tecnologia. Acho que a preocupação da FAB é em relação ao tempo… Ela precisa… Read more »

Minuteman

Toda a mídia especializada de defesa e geral do país está falando do F-16.

Importante para que o povo não se assuste aos chegarem os primeiros aviões ao país no ano que vem.

Last edited 24 dias atrás by Minuteman
Rodrigo

Não duvido mais. E não ficaria triste tb.

Fernando "Nunão" De Martini

Não. Apenas coincidência nesse caso. Tem sempre muita matéria sobre F-16 porque, além de muitos países operarem, a USAF vive fazendo exercícios pelo mundo afora.

Cafasape

Acredito que a questão do F-16 na FAB, faz parte, apenas, de uma possibilidade, pelo que eu entendi, está apenas em estudo junto com outras possibilidades. Mas…seria um tremendo erro, acrescentar a já, enorme cadeia de suprimentos, operação, treinamento e apoio, outra logística, onerando, demasiadamente e sem necessidade, os cofres já arrasados da nação. Os esforços na aviação de caça, deveriam se concentrar na aquisição de mais gripens echo e fox, dentro do aumento permitido no contrato atual e a compra, posterior, de mais um lote em outro contrato. E não me venham falar dos Gripens charlie e delta, porque… Read more »

Last edited 24 dias atrás by Cafasape
Franz A. Neeracher

Interessante que mesmo tendo 2 esquadrões de F-16 baseados fixos no Japão, os EUA ainda enviaram alguns F-16 da Minnesota ANG.

Jagder#44

A alemoada Amish têm que treinar também Franz.

Desc

Em breve em uma base aérea perto de você

Antônio

Comprar caças usados…fala sério!!!