O acordo tornará mais fácil para os EUA e a OTAN defenderem a Suécia e a região nórdica, segundo o governo sueco

Durante duas guerras mundiais e uma guerra fria, a Suécia permaneceu neutra. Mas em Março, o país rompeu oficialmente com a sua tradição de 200 anos e tornou-se membro da OTAN.

O Riksdag (Parlamento da Suécia) aprovou o novo acordo de defesa com os Estados Unidos, assinado em dezembro. Isto dá aos americanos acesso a 17 bases militares suecas. Eles também estão autorizados a treinar, destacar militares e armazenar equipamentos de defesa na Suécia.

Esperava-se antecipadamente que o acordo fosse aprovado. Seis dos oito partidos do Riksdag apoiaram-no. As exceções foram o Partido da Esquerda e o Partido Verde.

O Acordo de Cooperação em Defesa (ACD) garantirá que os EUA possam rapidamente ajudar a Suécia em caso de crise. Também dará à OTAN uma melhor capacidade de defender os países bálticos e a Finlândia, segundo o governo da Suécia.

– Estamos vivendo a pior situação de segurança na Europa desde a Segunda Guerra Mundial, disse Aron Emilsson, dos Democratas Suecos, quando discursou no Riksdag antes da votação, informou o Dagens Nyheter.

A guinada para os EUA e a NATO é uma encruzilhada inovadora na mentalidade, na autocompreensão e na política de segurança da Suécia, acredita Tormod Heier, professor de estratégia e operações militares.

Ele enfatiza que o acordo é importante para a Suécia. Nos últimos 30 anos, o país não priorizou grandes somas de dinheiro na defesa, como a Noruega, entre outros. Assim, a dependência dos Estados Unidos aumentou.

Aos olhos russos, o acordo é percebido como um aumento de pressão, acredita Heier. Isso poderia levar a mais paranoia na cadeia de comando russa:

– A Rússia só lê uma coisa: o arquirrival no Ocidente, os EUA, ganhou uma presença militar muito mais forte em todo o Norte da Europa, diz ele à NRK.

Ele ainda não espera nenhuma resposta militar russa após a decisão de hoje.

– Afinal, eles são um mosquito militar comparado aos EUA e à OTAN. A Rússia não tem capacidade militar para enfrentar esta grande aliança, diz Heier.

A Rússia, no entanto, utiliza outras medidas “híbridas” no chamado campo da zona cinzenta, acredita Heier. Por exemplo, ações de sabotagem e ataques informáticos, ou tentativas de espalhar a agitação na população e minar a solidariedade com a NATO e os EUA.

Não segue a lei sueca

No entanto, muitos temem que o acordo DCA possa enfraquecer o controle nacional das autoridades suecas. O acordo estabelece que os americanos devem respeitar, mas não necessariamente seguir, as leis suecas.

Em casos extremos, a lei sueca pode ser posta de lado, explica Heier. Mas isto só acontecerá numa crise e quando for absolutamente necessário. Por exemplo, se a Suécia não conseguir defender-se.

– Será um tiro no braço quando se trata de manter a soberania sueca, diz Heier.

Antes da votação de terça-feira, Håkan Svenneling, do Partido da Esquerda, disse que o que a Suécia fez agora é há muito impensável na Suécia:

– Cedemos território a outro país, enfatizou Svenneling.

Os soldados americanos também estão isentos da jurisdição sueca. Isto significa que não podem ser julgados num tribunal sueco. No entanto, eles serão processados ​​nos Estados Unidos.

Vários políticos suecos têm-se mostrado céticos quanto a isto. Salientam, por exemplo, que as leis suecas sobre crimes sexuais são mais abrangentes do que as americanas.

– Na pior das hipóteses, isto significa que se os soldados americanos cometerem atos criminosos, como violência ou agressão sexual, não serão processados, diz Tordmod Heier.

Não descarta armas nucleares

Em contraste com os acordos DCA norueguês e dinamarquês, o acordo sueco não exclui os EUA da implantação de armas nucleares em solo sueco.

Tormod Heier sublinha que ainda são as autoridades suecas que têm a última palavra nesta matéria:

– São a Suécia e as autoridades suecas que decidem se as armas nucleares americanas chegarão ou não ao país.

Muitos ainda se perguntam por que a questão não está melhor esclarecida.

– Pode acontecer que as autoridades suecas não tenham essa experiência e não estejam tão conscientes destes pontos como os membros mais experientes da aliança na Escandinávia e na Dinamarca. Essa poderia ser uma razão possível, diz Heier.

Um debate semelhante ocorreu na Noruega em 2021, quando a Noruega introduziu um acordo de defesa semelhante.

FONTE: www.nrk.no

Subscribe
Notify of
guest

99 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
marcos.poorman

A Rússia está liberada para utilizar as bases militares em Cuba e na Venezuela? Veremos uma nova crise dos mísseis se essa situação se estender as armas nucleares?

Nelson Junior

A Russia não consegue nem usar as próprias bases militares contra a Ucrania… A Russia achou que era um “player” forte na conjuntura mundial e quebrou a cara… No mundo, tudo gira em torno de $$$, e se você olhar o quanto a Russia gasta ou gastou nos ultimos anos para “atualizar” suas forças armadas, e comparar com EUA e OTAN, não dá 1% do valor… Agora então, depois da guerra da Ucrania que só fez a EUROPA acordar e voltar a investir pesado em defesa, essa diferença vai ficar infinitamente maior… E a Russia só está “aguentando” essa guerra… Read more »

Leonardo Bastos

Aí entende, viu…?? Rsrsrs

Allan Lemos

A Rússia nāo é um player mundial e ainda assim é preciso uma aliança de mais de 30 países para contê-la?

Imagine se fosse.

Nelson Junior

Campeão, A Ucrania está aguentando a Russia usando apenas infantaria (praticamente)… A Ucrania tem 100x menos meios aéreos, 100x menos artilharia e mesmo assim a Russia não consegue grandes avanços… No caso de um conflito contra os EUA ou a OTAN, seria completamente diferente. Primeiro a aviação: Nos primeiros dias o objetivo seria obter supremacia aérea e destruição de radares e baterias anti aérea… Feito isso seria facil destruir a artilharia Russa usando avião… E sem o apoio de artilharia, acabou o exército Russo… Os EUA e a OTAN só não acabaram com essa guerra ainda, porque isso “movimenta” interesses… Read more »

Maurício.

“Os EUA e a OTAN só não acabaram com essa guerra ainda, porque isso “movimenta” interesses financeiros e politicos também…”

Os EUA e a OTAN só não acabaram com essa guerra ainda porque eles só chutam cachorro morto, e quem tem c* tem medo!

Mauro Cambuquira

Então o Ton “CRUIS”, o ´Maverick´, seria o líder de uma grande ala de ataque, dando fim ao conflito em um só cena. Incrível. Muito fácil.

Nelson Junior

Nem precisaria incomodar os caras

Last edited 1 mês atrás by Nelson Junior
Joao

Com o fim da Guerra Fria, as Forças da OTAN diminuíram muito.
Por isso, precisam de juntar todos.
Imagine a GB, França e Alemanha novamente com seus 350.000 homens….
Se aumentarem só em 50% já é muito.
Fora Bélgica, Holanda e Dinamarca que praticamente não tem mais forças pesadas.

Essas alterações atuais podem gerar muita confusão ainda.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER

Na verdade, a Rússia está comprando munição da Coreia do Norte, não armamentos em si… e ela vai vencer a guerra, o problema é que o custo lhe será proibitivo…

Jacinto

O que você está descrevendo (vitória a custo proibitivo) é uma derrota estratégica.

FABIO MAX MARSCHNER MAYER

É mesmo!

Marcelo

O que nao falta na Rússia é dinheiro para guerra, a grana vem do petroleo,gas,ouro,diamante.
Todos os países do mundo tem interesse em comprar os produtos russos com desconto para diminuir o custo de vida da sua população e diminuir o custo do seus produtos para aumentar a competitividade e venda no mercado internacional.

Jacinto

Era exatamente isso o que pensavam os dirigentes soviéticos…

LUIZ

E a indústria da guerra russa produz 3 vezes mais que o ocidente. Explica aí? E porquê a superpotencia EUA precisa de mais de 30 países pra se achar o fortão? Mesmo com tudo esse poder saíram correndo do Vietnã e do Afeganistão.

Last edited 1 mês atrás by LUIZ
Nelson Junior

Porque a guerra não é com os EUA, e este é o que mais lucra com essa guerra…
Se fosse interesse dos EUA acabar com essa guerra, já teria sido feito a muito tempo…
Sadan Russein apostou contra os EUA e não durou 1 mês (na época era um dos maiores exércitos do mundo)…
E acho que nem o exército iraquiano se mostrou tão incopetente como está se mostrando o da Russia

LUIZ

Saddan não fortaleceu suas defesas contra o inimigo. Ele tinha uma grande força, pra una grande força precisa ter uma frente protegida e uma retaguarda forte. As guerras hj são diferentes de 30 anos atrás. A Rússia tinha um exército pras guerras antigas assim como todas as outras forças armadas.

KKce

Porque a economia do ocidente não está toda voltada pra sustentar um cenário de guerra né “jênio”.

LUIZ

A indústria bélica ocidental não tem estrutura pra uma guerra. A Rússia tem 3 vezes mais e mesmo assim não cobre os gastos.

Jacinto

Produção de munição para artilharia é facilmente escalável. 105 anos atrás, em 1915, os britânicos produziam 70 mil projeteis de artilharia por mês, mas isso era pouco e tiveram uma crise política. Adaptaram sua economia para o esforço de guerra – como os russos estão fazendo – e no ano seguinte, em julho de 1916, estavam produzindo mais de um milhão de projeteis de artilharia por mês. É tudo uma questão de o quanto você quer arrebentar com sua economia a longo prazo: quanto mais esforço para produzir coisas que explodem e não geram valor, maior a explosão da própria… Read more »

LUIZ

“A Russia não consegue nem usar as próprias bases militares contra a Ucrania…”

Contra a OTAN você quer dizer né? Porquê constantemente aeronaves de reconhecimento da OTAN e satélites passam informações coletadas das instalações militares russas pra os ucranianos, se não são eles próprios que atacam as bases russas.

Jacinto

Mas Cuba e Venezuela querem estas bases lá?

LUIZ

E você acha que não?

Jacinto

Eu acho que se quisessem mesmo já teriam feito o tratado.

Orivaldo

Utiliza as da Coreia do.Norte

Alecs

“Afinal, eles são um mosquito militar comparado aos EUA e à OTAN. A Rússia não tem capacidade militar para enfrentar esta grande aliança, diz Heier.”

Moriah

O preço da liberdade, dirão muitos. Putin conseguiu quebrar 200 anos de neutralidade sueca, mais uma pro perfil dele no Wikipedia. A invasão da Ucrânia está saindo mais caro pra Rússia que imaginado. Finlândia entra na conta também.

Leonardo Bastos

E Putin é o novo Hitler tb, né…??

Marcos Silva

Quase isso. Tão incompetente quanto!

Nilo

Está saindo muito mais para os Ucranianos e europeus.

Moriah

Está saindo caro pra todo mundo

Nilo

Tem quem esteja ganhado, EUA, quebrou o mercado lucrativo de gás e petróleo dos russos com europeus, EUA está lucrando vendo gás extraido de xisto.
A indústria bélica americana está ganhado mercado antes cativo dos russos.

LUIZ

Os ucranianos que já tão sendo rejeitados na Europa pelos gvs que os acolheram. Esse casamento de bondosos com os refugiados ucranianos já tá no limite da bondade europeia. Agora já falam em mandar essa gente pra guerra.

Iran

Está saindo caro tanto para a Rússia quanto para a UE, mas só iremos saber de fato quem se saiu pior quando a guerra acabar.

LUIZ

A Suécia indo no mesmo caminho do Japão e da Alemanha se tornando um puxadinho dos EUA.

Jacinto

Japão e Alemanha estavam completamente destruídos após a 2ª Guerra Mundial e hoje são países ricos e desenvolvidos… não me parecem que estão reclamando muito.

Charle

A comparação é inválida. Houve um plano de contigenciamento há 80 anos. Ou seja, o contexto era completamente diferente.

GFC_RJ

“Eles são um mosquito militar comparado aos EUA e à OTAN”
Rapaiiiizzzz…
Quando eu era criança na 5a série, geral ia zuar! “Uaaahhhh!!! Chamou a mãe de careca e o pai de cabeludo!!!”

Last edited 1 mês atrás by GFC_RJ
Leandro Costa

Eu pensei exatamente a mesma coisa quando li a frase heheheheh

Bispo de Guerra

Essa do “mosquito”… rolou um ódio contido…rs.

Abriram as pernas para os EUA ..depois de 200 anos de altivez…

Países de “submissos” não são respeitados historicamente… só faltou “queimar” a bandeira… se é que me entendem.

Nilo

Mais um laranja.
EUA tem um laranjal na Europa desde a segunda guerra mundial.

Orivaldo

Tipo a Coreia do Norte. O Pitin está lá naquela maravilhosa nação

Nilo

Assim como os EUA na Arábia Saudita rsrs

Fabio Araujo

As ameaças do Putin tornaram um dos maiores pesadelos russos realidade a saída para o Mar do Norte na mão da OTAN.

Moriah

Exatamente. O cara não é confiável e alguém em sã consciência vai acreditar nele após tantas mentiras? Não… Nem o finlandeses e muito menos os suecos. Moldávia que não afie sua zabla não para ver… Ainda que nem consiga usá-la.

Jacinto

E perderam o controle do Mar Negro também, já que os turcos não permitem mais o transito de navio militares russos pelos estreitos que ligam o Mar Negro ao Mar Mediterrâneo.

Leonardo Bastos

Alguém está ganhando muito com i$$o…

Marcos Silva

Todo mundo. Menos a república da banâmias.

Nilo

Engano seu.

JHF

Caso a Embraer jogue direitinho, pode ficar nos próximos 10 a 20 anos com a divisão aérea militar da SAAB. De certo, entre os States e a França já já vão soterrar esta capacidade sueca. Continuar a fazer Gripen na linha da Embraer deveria ser uma prioridade do estado Brasileiro. Só precisa de mais um comprador para o Gripen. Mantendo esta capacidade periga até de entrar para valer no projeto do 6G. Aviação militar da Suécia para a Suécia morreu na hora que eles entraram no Club de compras OTAN. La quem manda está claro, e não vai ser aturada… Read more »

Leandro Costa

Baboseira incrível. A Suécia normalmente compra motores e armamentos dos EUA e continua com o desenvolvimento aeronáutico interno. Não vi o mesmo acontecendo com França e Inglaterra.

Inglaterra que sofreu mais, mas bem mais devido à diminuição da economia Inglesa no pós-Guerra e mesmo assim continua projetando e desenvolvendo aeronaves e com indústria bélica bastante ativa. O mesmo vale para a França. E também para outros países Europeus

RMS

Putin é um “jenyo”

Diego

Essa pessoa esta igual eu na escola procurando encrenca escoltado por um amigo parrudo do meu lado

Hilton

Eu li direito? A Rússia um mosquito militar? É isso mesmo?

FABIO MAX MARSCHNER MAYER

Quanto tempo pro pessoal do “fora imperialismo yankee” sugerir cancelar o programa do F39, porque ele está sob suspeita dado o acordo Suécia-EUA?

Rodolfo

Ja tava cheio de componente americano a começar pela turbina.

Bueno

Não espalha , esta galera é bem seletiva, kkk..

Kommander

“Os soldados americanos também estão isentos da jurisdição sueca. Isto significa que não podem ser julgados num tribunal sueco. No entanto, eles serão processados nos Estados Unidos”

Pra mim, isso já é demais. Demonstração de submissão e liberdade para um exército estrangeiro fazer o que quiser no seu território.

EduardoSP

Imagino que seja uma cláusula padrão dentro do cenário da Otan. São quase trinta países transitando pessoal e equipamento militar o tempo todo entre seus territórios. E fazem isso há setenta anos.
Eles certamente têm bastante experiência em lidar com esse tipo de situação e esses acordos devem ser padronizados.

Charle

As crianças e adolescentes que moram perto de bases ianques sabem muito bem o que é a justiça dos EUA.
Seus algozes, tadinhos, saem do Japão para serem julgados e receber “tratamento psiquiátrico nos EUA para que a justiça de um país estrangeiro, no qual eles dominam e predominam, não cometa injustiças contra eles”.
Fiquem espertos e resguardem-se suecos (as).

Last edited 1 mês atrás by Charle
Jacinto

As bases navais russas na região de Murmansk, que abriga a Frota do Norte, acabam de se tornam indefensáveis para os russos.

Cerberosph

Talvez seja por isso que a fab queira f16, agora a otan vai precionar para matar o gripen para venderem seus aviões.

Leandro Costa

O que você falou não faz o menor sentido nem no Mundo Bizarro.

Bueno

vozes da minha cabeça KKKK

bruto

nada vê.

Rui Mendes

O Grippen é um dos melhores caças, ao serviço da NATO e UE, então que lógica tinha, tentar prejudicar um caça que está entre as suas armas e com a empresa dona do caça, também ser no território NATO e UE???
O Grippen está aí e vai continuar muitos anos, mesmo que não venda para muitos países, aliás tal como o Viggen e seus antecessores.

Charle

Olha que isso não é algo impossível não. Estratégias estão em pleno andamento. Só não vê quem não quer ver.

Ermoamster

200 anos de neutralidade pra virar uma colônia e ocupado igual a Alemanha e Japão…. grande presente.

Rui Mendes

Não foram ocupados, estás todo equivocado, foi a Suécia que pediu, para os ter no seu território e acaba no dia que a Suécia quiser.
As colónias não mandavam nada no seu território, quem mandava eram as potências colonizadoras, na Suécia quem manda no país, como é lógico, é a Suécia.
Da Alemanha e Japão, nem vou com comentar, pois não é sério, comentários sem lógica e verdade.
Quem está parcialmente ocupada é a Ucrânia, pelos invasores Russos, quem é capacho é Bielo-Russia, mas esses vocês gostam.

Jacinto

Sim, chega a dar dó dos japoneses alemães e suecos…uma vida muito sofrida a deles.

Santamariense

Hehehehe…boa!!

Rodrigo G C Frizoni

O grande mestre da estrategia Putin gerando resultado kk

LUIZ

E estratégia da OTAN? Fortaleceu as parcerias entre a Rússia>China>Irã>Afeganistão>Coreia do Norte. O Paquistão que sofreu um golpe quando o primeiro ministro estava fortalecendo o comércio com a Rússia.

Dudu

Quem manda na Suécia é o seu patrão. Alguém ainda tem dúvida que o cancelamento da licença para a Embraer fabricar o Gripen F no Brasil, sete dias após o governo sueco oficialmente pedir para entrar na OTAN, foi um aceno para o patrão dos suecos?

LUIZ

Ainda acham favorável essa expansão da OTAN.

Leandro Costa

comment image

ô…

Bueno

Acho que esta teoria é meio que fora da realidade… Se começarmos a pontuar algumas equipamentos e armamentos que o Brasil compra de países da OTAN isto que vc falou cai por terra
Centauro II
Converta Classe Tamandaré
Iveco LMV 4×4 
Submarino Classe Riachuelo
Helicóptero H225
R-99 /E-99 (Modernização recente)
Modernização dos Helicópteros da MB
Manutenção dos C-130 em portugal

Só por estes ai nos estamos mais alinhado com a OTAN do que a Suecia

Last edited 1 mês atrás by Bueno
Dudu

Comparar o Gripen F ao caríssimo e duvidoso Centauro 2, as fragatas Tamandares, ao LMV 4×4, aos H 225 ou ao R-99/E-99 é de uma ignorância sem tamanho porque todas são tecnologias convencionais. O Gripen F só pode ser comparado com o VLM e com o futuro submarino nuclear. E advinha quem mais trabalha de forma subterrânea para atrasar ou sabotar tais projetos? O agora patrão dos suecos. Nós escolhemos o Gripen por duas razões: Por ele ser a oferta mais barata e a então Suécia, um País neutro. Muita coisa aconteceu nos últimos dez anos e o mundo mudou.… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Dudu
Leandro Costa

Cara, você é hilário! Mas tem imaginação. Você já pensou em escrever romances de intrigas internacionais em um Mundo paralelo? Seria algo que uma mistura de Tom Clancy com Issac Asimov e uma pitada de Jorge Amado. Aposto que ganharia uma grana!

bit_lascado

Se fizer roteiro de filme ai o Oscar vem!

Leandro Costa

Depois que aprovaram um orçamento milionário para aquela superprodução de ficção científica chamada ‘Pearl Harbor’ acho que tudo é possível!

Iran

Ficção história é legal kkk

Leandro Costa

Ah sim, tipo Bernard Cornwell ou WEB Griffin, mas esse aí está mais para “The Man in The High Castle” do Philip K. Dick, o mesmo cara que escreveu o livro que deu origem ao filme “Blade Runner” 😛

Bueno

Respondi de forma respeitosa seu questionamento afirmativo, com evidencias. Seu questionamento : “Alguém ainda tem dúvida que o cancelamento da licença para a Embraer fabricar o Gripen F no Brasil,” Evidenciei que o Brasil já tem parcerias com países da OTAN, não fiz comparação de equipamentos , Acho que vc esta com um forte vies de confirmação e é patológico que sua mente não esta aberta para ver a realidade dos fatos. Se os EUA quisesses ferrar com a EMBRAER criaria regras para que seus produtos não entrasse lá. Talvez você não saiba, a EMBRAER tem uma fabrica nos EUA… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Bueno
Santamariense

Duvidoso Centauro II? Sério? Kkkkkkkkkk
O Gripen F não é tecnologia convencional? Tem algo de revolucionário nele?? Ora, por favor …

Santamariense

Cara, procura ajuda … essa tua fixação é caso para um profissional …

BraZil

kkk pobres suecos…acabou-se enquanto nação independente e isso (independência) é algo que de que eles se orgulhavam tanto..

fulcrum

A china é dona de parte dos meios por lá, é só começar vazamento interno de segredos e a suecia desmonta.

Jacinto

Sim, pobres suecos, eu morro de pena deles.

BraZil

Bom dia Jacinto. Concordo e também morro, eles agora serão ocupados por uma potência estrangeira, Como Japão e Alemanha são, que não respeitará nem seguirá as leis Suecas, terão que se adaptar a milhares de tropas ocupando suas terras, movimentações intensas em mar, terra e ar, perturbando seus cidadãos e suas tranquilas fazendas, (são 17 bases aéreas em um país que não é grande) terão artefatos nucleares em seu território e resíduos a ser descartados, terão obrigações financeiras extras e fixas,em um patamar que não tinham antes, com os tais protetores invasores, terão que adaptar seu modo de vida a… Read more »

Ricardo Torres

Quais artefatos nucleares na Suécia?? E resíduos??

Um pouco mais de realismo e menos paranóia e teorias conspiratórias!!

Last edited 1 mês atrás by Ricardo Torres
BraZil

Bom dia Ricardo. Realismo é o que não falta em meus comentários, meu caro, mas vc quer qual realismo? o realismo aprovado pela Casa Branca? esse é apenas uma das versões…e haverá sim nikes e resíduos…interprete bem os comentários (haverá) futuro, que poder a curto ou a médio prazo…pesquise e veja os problemas que os Japoneses tem com a questão das nukes americanas em seu território, isso já foi até, crê-em alguns, razão para atentado contra primeiro ministro…

Emmanuel

É como se você deixasse o seu vizinho alcóolatra, que bate na esposa e nos filhos, com passagem policial por tentativa de homicídio de um terceiro vizinho, morar no seu quintal.

Vai dar certo Suécia. Deixa que os yankees cuidem dos seus em seu território. Não vai dar nada. Confia.

profyler

zzzZZZzzzZZZzzZZZzzz

Felipe

Não torço pelos russos, mas entendo que foi a OTAN que avançou demais para perto da Rússia provocando a situação atual. Os ucranianos estão resistindo bravamente mas não tem como vencer esta guerra, só estão atrasando o inevitável que é a anexação de parte da Ucrânia à Russia. E chamar a Russia de mosquito militar é ridículo, claro que a OTAN é mais poderosa mas depois dos EUA a Rússia segue sendo a segunda maior potencia militar do planeta e agora está com um acordo de mutua defesa com a Coreia do Norte, uma ditadura com armas nucleares.

adriano Madureira

Presentão, um bom alvo nuclear nas costas…

Se não tinha um, agora terão 17, entrou na histeria anti-russia agora tem que receber o bonus e o onus de entrar na NATO.

Jacinto

Os russos já estavam treinando ataques nucleares contra a Suécia em 2013. A Força Aérea Sueca, inclusive, foi muito criticada porque não tinha uma força de reação rápida e os aviões russos chegaram a 35km da fronteira sueca sem nenhuma reação. No fim, foram 2 F-16 dinamarqueses que escoltaram os russos.

Iran

Por enquanto, podemos dizer sem dúvidas que os EUA é o único país que se beneficiou 100% com a guerra na Ucrânia, talvez Índia e China também em proporções menores.

Maurício Fonseca

Suécia e Austrália abriram a porteira para os EUA.