domingo, novembro 27, 2022

Gripen para o Brasil

Primeiro voo do caça russo Su-57 modernizado

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A United Aircraft Corporation (UAC) informou que no aeródromo do Flight Research Institute em homenagem a M.M. Gromov ocorreu o primeiro voo do caça Su-57 modernizado de quinta geração.

“A aeronave foi comandanda pelo piloto de testes do Sukhoi Design Bureau, Herói da Federação Russa, Sergey Bogdan . O voo durou 56 minutos e ocorreu sem problemas”, observou a UAC.

O caça está em testes de equipamentos atualizados, com funcionalidade ampliada, equipamentos de bordo com suporte inteligente e possibilidade de uso de novos tipos de armas.

O Su-57 é um caça multifuncional russo de quinta geração, criado pelo Design Bureau em homenagem a P.O. Sukhoi. O caça atualizado poderá receber o motor de “segundo estágio”.

Anteriormente, foi relatado que durante a chamada “operação especial” na Ucrânia, os militares russos desdobraram uma esquadrilha de caças Su-57 de quinta geração ligados a uma “rede de informação única” para destruir instalações de defesa aérea.

FONTE: gazeta.ru

- Advertisement -

104 Comments

Subscribe
Notify of
guest

104 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gabriel ferraz

Máquina formidável, mas de produção muito limitada ainda.

Fábio

Que banheira, mais um Su sucata, será que vão conseguir produzir uns dois por ano ?

Nilton L Junior

Capaz bot, esse negócio ai não existe, continue no algoritmo 00

oswaldo

A Estupidez se faz presente…. Bom e o F 35, que e caro e vive caindo…kkkkkk

Nei

Cai porque voa. Essa sua afirmação é vaga.
Agora, o SU-57 é sim um belo caça.

AZOR DE TOLEDO BARROS FILHO

Fabio Faria ?

Fabio Mayer

O caça nem entrou em operação e já está sofrendo modenização!

Alexandre Galante

O F-35 também rs.

Andre

Além de já ter entrado em operação, em diversos países, foram entregues mais de 800 F-35 contra 4 Su-57, ou, como disse o Fabio, nem entrou em operação e já passa por modernização, ao contrário do F-35.

Informação da TASS sobre terem sido entregues apenas 4 unidades do Su-57:
https://tass.com/defense/1494379

Pedro Calmon

O SU-57 é produzido artesanalmente na Rússia não só por razões econômicas mas também devido as sérias limitações técnicas da indústria daquele país.
Não foi por acaso que a Índia pulou fora do programa sem pensar duas vezes.

Mirade1969

Está dentro do cronograma russo ele não é fabricado por um consórcio de vários países pois assim o custo seria diluído e a produção seriada seria maior já que teria que atender os países participantes, quanto ao avião deve ser a primeira variante dele de outras que virão no futuro com novas melhorias.

Andre

Ele não é produzido por um consórcio de vários países prq nenhum quis embarcar nisso.

Quem teve mais oportunidades de analizar o projeto, os indianos, disseram que não entregaria o que prometia. Também foi oferecido aos turcos, que disseram preferir produzir sozinhos do que isso. Teve a notícia da venda para a Argelia, mas não passou de click bait…

Felipe Morais

Que cronograma é esse que, antes da entrada efetiva em operação, já previu uma modernização?

Douglas

Um conograma atrasado. Quando o desenvolvimento demora mais do que deveria é normal que alguns sistemas fiquem defasados.

suTERMINATOR

Sanções, componetes made in Russia e China e outros países aliados, e claro o motor que seria substituído.

Palpiteiro

Meu palpite é que somando a isso, embargos e os chineses fazendo seus próprios aviões. Vai ser difícil ter uma grande tiragem.

Nei

É está difícil a fabricação desse caça.

Luis Carlos

De novo?
Quantidade não qeur dizer qualidade.
As notícias de quedas, aterramentos e milhares de problemas mostram o falhanço do projeto.
Era pare ser o suprassumo e é uma fonte de problemas.
Problemas x 800.

Andre

Essa fantasia não se sustenta frente a opinião de diversos líderes de forças aéreas ao redor do mundo. Além de muitos operadores do f35 terem feito pedidos adicionais, vemos países tentando comprar, como a Turquia e os eau, e não conseguindo.

Mesmo com um ou outro problema é o suprassumo, o que há de melhor no mercado.

Sagaz

O suprassumo da Rússia está operando na Ucrânia? Foi lá na fronteira com a Polônia dar um “oi”? Isarel tem passeado ali na Síria.

Nei

Sua opinião não vale 1 centavo, frente a Comandantes e pilotos de diversos países que o adquiriram e o testaram.
Tem problemas sim, claro, mas sua análise é pífia.

Gerson Carvalho

Todos os F-35 te problemas, basta uma leitura sobre o tema

Paulo Omura

É verdade. Eu sou muito fã das aeronaves americanas. Mais o que lemos a respeito do f-35 e seus problemas de projeto e manufatura são inacreditáveis!!!

Andre

Basta uma leitura sobre o tema para perceber que está não é a opinião de quem opera o avião, já que muitos fizerem ordens adicionais de aviões.

É claro que quem é patrocinado pela saab vai falar mal do avião que ganhou do gripen em todas as concorrências que participou.

Datafire

Todos os caças novos tem problemas PONTO!
Vá fazer umas leituras sobre o F14, Eurofighter, F104, F5 etcetc.

Estes são resolvidos com o tempo.

Os russos e os chineses também, mas lá isso nunca é publico.

Paulo Brics

Li a pouco uma matéria no Breaking Defense onde os editores estadunidenses se referem à socialite problemática como “o infame e confuso f-35”. A matéria trata do fato dos PAs classe Ford de us$13 bilhões a unidade serem incapazes de operar a Jackfruit. E dizem que demorará anos para tal. Dos mais de 800 entregues a maioria esmagadora é para as F. Armadas dos eua. Eles são os pais do Frankenstein e tem agora a obrigação de carregar este fardo, este engodo que disseram que iria substituir todos os caças da Usaf e US Navy e que, provado seu fracasso… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Paulo Brics
Andre

Vc não viu as matérias de Israel e da Coreia fazendo novas compras?

Ou da Turquia e dos eau querendo muito o avião?

Talvez as matérias dele ganhando diversas licitações como na Suiça e na Alemanha, sempre sendo considerado o participantes mais capaz?

Você está com a leitura muito limitada.

Paulo Brics

Como já foi ressaltado N vezes por analistas, geralmente estas compras são decisões políticas e não técnicas. Principalmente em se tratando de equipamentos dos eua. Compram por pressão, por apoio militar, por ameaças de sanções, etc. Já está pra lá de comprovado e divulgado pelos próprios estadunidenses que esta plataforma fracassou em suas ambições e a própria Usaf já disse que a tarefa dele será relegada a apenas supressão de defesas AA. Comprar 2.000 aeronaves para esta tarefa?! Enquanto os caças legados continuarão a carregar o piano? Inclusive com o alcance dos mísseis anti radiação atuais e drones suicidas, esta… Read more »

Last edited 30 dias atrás by Paulo Brics
Andre

Acho que você só lê o que já está de acordo com o que pensa. A parte dos países que querem e não conseguem comprar o avião você leu? Algum desses analistas são decisores em qualquer processo de compra? Algum desses analistas analisaram diretamente o avião? Qual avião esses analistas indicam ser melhores que o F-35? É mentira que os usuários do F-35 nos EUA disseram que o avião fracassou. Todos os relatórios que apresentaram falhas indicam também que essas vem sendo corrigidas e que o programa do F-35 é um enorme sucesso, criando o mais avançado avião de caça… Read more »

Douglas

A compra alemã em detrimento do Eurofighter foi política também?

Inimigo do Estado

800 mas os proprietários já estão investindo em outros projetos, para se livrar da jaca voadora, a exemplo de Coreia do Sul, Japão e Inglaterra.

Andre

Não lhe falta boas intenções, apenas falta conhecimento.

Nenhum dos projetos apresentados são para substituição do F-35. Além disso, Coreia e Japao já apresentaram solicitações de compras adicionais, mostrando que estão muito satisfeitos com a compra do melhor caça disponível no mercado.

Nei

Nem desses projetos é um substituição do F-35. Leia e se informa meu carro.

Rui Chapéu

Só falta dizer o número de produzidos:

Su-57 = 16 e olha lá.

F-35 = 840+ (entre todas as versões).

E o Su-57 não entrou em operação bem dizer…. deve ainda estar em fase de estudos, pq a produção é artesanal ainda.

Mirade1969

Ele está sendo fabricado em série porém em pequeno número, todo avião é quase artesanal pois é todo rebitado e não fabricado em prensa e soldado como um carro. Por isso demanda mais tempo ainda mais sendo uma tecnologia nova.

Mirão

O F 35 nem sequer terminou todo o processo de aceitação para o serviço plenamente ativo.
E isso fica claro nos problemas com a pintura, o motor, e tudo mais que faz ele cair no chão como se estivesse na fase de prototipo.

Jagderv#44

Fora que, na realidade, não é o F35 o “concorrente” do Su 57, e sim, o F22 que já voa há uns 20 anos.

Paulo Omura

O F-22 é a máquina de guerra mais incrível já criada! Nenhuma outra coisa que voa é capaz de abatelo! É uma pena o programa dele ter sido encerrado em detrimento do problemático F-35.

Andre

Conforme noticiado pela Tass, 4 unidades produzidas do pepino da sukoi.

Realista

Cara pelo PIB da Rússia vc deveria sentir inveja deles.

Agora compara com o seu país ou com algum outro que se aproxima .

Nei

Sempre tirando o foco da discussão real e desmerecendo o Brasil. Vai se tratar.

Fabio Mayer

Eu entendi a ironia, Alexandre!

Mirão

hehehehehehhe

Felipe Morais

o F35 não entrou em operação?

O F35 já não tem uma linha de produção mais que consolidada?

Aiai viu Galante.

Andre

bora agradar o patrocinador

Grifon Eagle

Boa, foi cirúrgico agora Galante

Datafire

Que treta de comentário.

O F35 tem mais de 500 aparelhos ao serviço e totalmente operacionais (Além de IOC) e o SU57 tem 4 aviões na sua versão final.

Satyricon

Dizem as más línguas que a principal modernização é a troca do GPS Garmin veicular (ocidental), preso diretamente ao painel do caça, por um com baterias recarregáveis.
https://www.google.com/amp/s/www.businessinsider.com/russia-su34-jets-basic-gps-receivers-taped-to-dashboards-uk-2022-5%3famp

Tá difícil achar pilhas pequenas na terra de Putin.
Ainda bem que são só 4 aparelhos (isso cabe em qualquer mala de mão )!

Luis Carlos

Por isso mesmo.
Antes de entrar em produção de maneira açodada, como o F-35, eles procuram melhorar ao máximo.
O F-35 foi lançado e o rosário de problemas é por todos conhecido.

Fabio Mayer

Eu acompanho o Poder Aéreo desde o início da década de 2000, e sempre houve, aqui, matérias sobre o SU-57. Os russos querem mesmo é produzir o caça perfeito, o que vai ser a rainha das rainhas dos hangares.

Nei

Não a diferença é que EUA divulgam as coisas, dando certo ou errado.

“O F-35 foi lançado e o rosário de problemas é por todos conhecido”
Ai que está a diferença.

Adriano Madureira

O f-35 também filho… Modernização e ainda sequer conseguiu resolver seus mais de 800 defeitos.

Nei

Fonte?.
Quais foram resolvidos e quais faltam?
Não sabe né, então não fale amigo.

Rodrigo Andrade

É normal esse processo de atualização.
Fabricar um avião ainda mais sendo um projeto totalmente novo leva muito tempo e acabam acontecendo situações como está, pois, a tecnologia pensada no início do projeto se torna obsoleta antes da conclusão do projeto.

Jodreski

Essa não é a questão amigo. A filosofia russa de fabricar e ir implementando melhorias é assim e ela não tem que ser igual à ocidental. A questão relacionada ao Su-57 é que os Russos não dispõem de centenas de bilhões de dólares para investir em P$D igual aos EUA vem fazendo há mais de 40 anos. A diferença clara entre F-22, F-35 e o Su-57 é um reflexo disso. Tudo é uma questão de dinheiro e continuidade de processos e pesquisas. A F-1 não é muito diferente… equipes que dispõe de orçamentos maiores e detém os melhores laboratórios e… Read more »

Alex Rocha

Pode trocar o nome dele e colocar Windows

Ferreras

Uma dúvida, ele possuí componentes ocidentais? Se sim, o embargo seria suficiente para paralisar ou comprometer seriamente a produção?

Andre

Que produção? Com 4 unidades entregues desde 2019 da para falar em produção?

Andre

Mais um papelão russo. Com miseras 4 unidades entregue e já precisa de modernização.

Agora, de acordo com essa matéria, estão formando esquadrilha de 4 aviões por aqueles lados. Russos inovando…

https://tass.com/defense/1494379

Under a state contract with the Russian Defense Ministry for the serial production of Su-57s, four aircraft have been built as of today.”

Leonardo Bastos

Já saiu o novo motor…??

Nei

Não. E nem se sabe quando sairá.

Diego Tarses Cardoso

Já modernizado ? Achei que era um caça atual, pelo jeito já ficou ultrapassado.

Mirão

O F 35 é obsoleto também então né?

Rodrigo

Lote de produção será 2 naves mais 2 para tirar peça de reposição….russo inovando, mas vai fica bonito em desfile…

Mirão

Para os russofobicozinhos de teclado de plantão eu pergunto:

O F 35 já saiu da fase de protótipo?

Quanto o F35 do mês que vem realizar outra “Operação de Aterrisagem Especial” eu vou fazer essa pergunta aqui de novo.

Hcosta

9 acidentes em 7 anos e com 840 fabricados.

Faça as contas…

Leandro Costa

Acho que caiu menos do que o F-16 nos anos iniciais.

Andre

Já sim e está em operação nos eua, uk, israel, Japão, Austrália, Itália,….

Agora, 4 míseras unidades do pepino da sukoi e já precisam de modernização.

Sem contar a índia e a Turquia rejeitando embarcar nessa roubada…

Gabriel

O pepino da Lockheed ja passou por 4 modernizações.

Andre

Pepino que venceu todas as concorrências que participou, que seus clientes já fizeram novos pedidos, que outros países tentaram comprar e não conseguiram.

Qual empresa não adoraria ter um pepino desses, o melhor do mundo disponível no mercado, vendendo mais que pãozinho quente de manhã.

Só sendo muito putinzete ou patrocinado pela Saab…

Satyricon

Tipo as “operações de aterrissagem especial” que os jatos russos tem feito quase que diariamente nesta guerra?
Essas são espetaculares

Sagaz

Sukai, assim como o exército russo avança para trás a fa russa decola para baixo.

Nei

A pergunta é, quanto ganhas para puxar saco do Putin?

Faça as contas 840 7 acidentes. Rússia 4 produzidos e 1 já caiu.

https://www.aereo.jor.br/2019/12/24/caca-su-57-da-russia-cai-piloto-sobrevive/

Last edited 29 dias atrás by Nei
Maurício.

Eu acredito que o Su-57 só terá sua capacidade operacional plena (FOC) só quando seu motor definitivo estiver 100% funcional e integrado no caça, e pelo visto ainda vai levar anos. Quanto aos que estão falando do F-35, eu acho que o único país que já opera o F-35 na sua capacidade operacional plena (FOC) são os EUA, o resto dos países ainda operam o F-35 apenas na capacidade operacional inicial (IOC) portanto, também não estão 100% operacionais. Esses dias teve uma matéria falando dos F-35 da Coreia do Sul, onde um trecho da matéria diz: “Os jatos podiam voar,… Read more »

Felipe Morais

Quem falou em F35 foi justamente o editor do site. Ele trouxe o caça para a discussão. Dentro da discussão, pegando o seu comentário como parâmetro, o atingimento do FOC pelos EUA já é extremamente mais do que suficiente para que a comparação feita pelo Galante seja totalmente sem noção. E se você compara o nível de operação nos outros países, como o caso da Coreia do Sul, citado por você, também já é suficiente para colocar o F35 em um patamar mais avançado que o SU57. Como comparar o estágio de maturidade de um produto com mais de 800… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Felipe Morais
Maurício.

Felipe, eu sei que o primeiro que falou sobre o F-35 foi o Galante, e todo mundo sabe que ele sempre dá uma zoada no F-35, o que costuma magoar o coração de alguns, mas o pessoal também ia mencionar o F-35, mais cedo ou mais tarde, assim como nas matérias do F-35, alguém sempre acaba mencionando o Su-57, isso é óbvio, as comparações sempre vão existir. “também já é suficiente para colocar o F35 em um patamar mais avançado que o SU57.” Ué! Mas isso também é óbvio, o avião que deu origem ao F-35 levantou vôo em 2000!… Read more »

Hcosta

Definição de FOC segundo o departamento de defesa dos EUA FOC is defined as “in general attained when all units and/or organizations in the force structure scheduled to receive a system have received it and have the ability to employ and maintain it. The specifics for any particular system FOC are defined in that system’s Capability Development Document (CDD) and Capability Production Document (CPD).” “FOC is a certification event marking completion of training, providing maintenance facilities, and end of planned production of the item. This does not preclude additional orders to obtain the item outside that contract or after that… Read more »

Maurício.

Não é só questão de bases preparadas e o total de aeronaves entregues, o FOC envolve também a capacidade plena da aeronave, não adianta ter bases preparadas se o caça ainda apresenta algum tipo de problema.

Hcosta

E foi isso que perguntou?
O que escrevi foi que o FOC, de acordo com esta definição, só será atingido quando todos forem entregues e estarem operacionais, tanto as bases como os aviões. Como ainda faltam algumas centenas de F35 para serem entregues aos EUA, é muito mais fácil os países mais pequenos alcançarem o FOC.

Andre

Lei novamente a definição apresentada. Foc não tem relação com a capacidade da aeronave. Problema tudo tem, ainda não conseguiram inventar nenhum avião perfeito. Nossos f5 estão ai há 60 anos e ainda têm problemas.

Andre

Pelo visto vc não sabe a diferença entra ioc e foc e não está ligado a capacidade ou problemas do avião. Tanto nos EUA quanto na Coreia estão em ioc. Se não me engano foc no ru, italia, australia.

Marcelo

Caças furtivos !!!!

FB_IMG_16620724645716445.jpg
Maurício.

Na minha opinião, no quesito superioridade aérea e furtividade, o F-22 coloca todos os outros no bolso e sai para passear.

Heinz

O F-22 é a bala de prata dos americanos, para mim o melhor caça de superioridade aérea do mundo.

Nei

Merecia um novo, focado no F-22 com muita potência e manobrabilidade. Quem sabe o 6ª GERAÇÃO SEJA ASSIM.

Andre

O f22 tem supermanobrabilidade com empuxo vetorado, além de ter muita potência. O que faria bem para ele seria uma atualização dos sensores e da eletrônica.

Mas ele ainda está muito a frente dos concorrentes e os EUA têm muito tempo para desenvolver o NGAD com tranquilidade.

Grifon Eagle

Esse é o caça que vai fazer a diferença na guerra da Ucrânia.

Maurício.

De qual linha alternativa?

Leandro Costa

Em 2030, quem sabe, talvez faça.

Nilton L Junior

O que esta fazendo a diferença são os caças da nazucras né?

Leandro Costa

Ui, ficou com raivinha? Reclama com o tio Putim.

Maurício.

Nilton, a questão nem é essa, mas afirmar que o Su-57 vai fazer diferença na guerra na Ucrânia é forçar a barra, o caça ainda nem está plenamente operacional. Aliás, esses tempos atrás eu fiz uma lista dos armamentos que em tese, na cabeça dos torcedores iriam fazer uma diferença ou definir a guerra, já está desatualizada, mas era mais ou menos assim: Lado ucrâniano: Javelin NLAW Stinger Starstreak S-300 Switchblade T-72 Leopard Pzh 2000 CAESAR Harpoon M-777 M-270 HIMARS Lado russo: Su-35 Su-34 Ka-52 Mi-28 S-300 T-80 T-90 BMPT Terminator Obuseiro D-20 e D-30 S7m Malka BTR-80/82 S-400 TOS… Read more »

Leandro Costa

Isso aí. Em teoria, os Russos nem deveriam precisar de algo da ‘capacidade anunciada’ de um Su-57 para terem qualquer grande efeito no campo de batalha da Ucrânia. Que dirá algo que simplesmente ainda não foi totalmente desenvolvido, da qual essa nova ‘versão’ ainda carece de linha de suprimentos, etc. O caça pode ser absolutamente incrível, mas achar que vão fazer a diferença na Ucrânia em pouco tempo é forçar muito, mas muito a barra.

Nilton L Junior

Eu sei que não Mauricio mas um pouco de ironia não faz mal, o Leandro é gente boa mas infelizmente comenta como torcedor.

Andre

O que está fazendo diferença é a inovadora tática do avanço Putin. Essa é realmente impressionante.

Só quem usa chapéu de alumínio e acha que o afundamento do Moska é mentira para não conseguir ver a genialidade da nova tática.

J-20

Eu acho que os russos contavam com 2 coisas para o projeto do Su-57 funcionar bem: 1 – o grande contrato de fabricação em parceria com a Índia; 2 – uma compra de centenas de unidades pela China. Obviamente nós sabemos qual foi o resultado disso. A Índia pulou fora do projeto e está fazendo o seu próprio caça de 5ª geração através da estatal AMCA. A China desenvolveu 2 caças de 5ª geração para utilizar no mix Hi-low e não teria espaço para o Su-57, que seria algo redundante. A China ainda tem chances de comprar uma ou duas… Read more »

orivaldo

4 unidades entregues – Produção em série nível Brasil

Paulo Omura

É uma linda máquina. Mas acredito que hoje ainda não exista nada capaz de enfrentar em igualdade o F-22 Raptor Americano!!!

Carlos Gallani

Com todo respeito aos editores mas isso não deveria ser nem notícia além de algum rodapé, a Rússia não tem uma esquadrilha, tem um punhado de mockups que só servem para propaganda, mandar lá para operar regularmente e em profundidade lá na Ucrânia ninguém manda!

Victor

Que o bichão é bonito, não tem como negar!

olivete da silva

Eles não…mas nos estamos de cabeça no projeto AMX…daqui a pouco teremos nosso caça de 6º geração…só um detalhe…o mundo ainda esta no de 5º geração..é nois na fita..e gira o globo.

Rodrigo Martins Ferreira

Comparar isto ai com o F35 é piada..

São máquinas diferentes, de categorias diferentes e com missões diferentes..

O F35 é um divisor de águas tecnologicamente falando, por isto tantos problemas.

Diga-se de passagem o F16 tb era e os problemas foram muitos.

O Su57 de revolucionário é o nro de bots que ele desencadeia na internet para defendê-lo.

MGNVS

Olhando apenas a foto, me parece que esse modelo esta muito mais bem acabado que os antecessores. A indagação que continua fica sendo sobre as reais capacidades furtivas do caça, sobre os sensores e armamentos. Tbm ficam duvidas sobre o motor e se o acabamento dele vai ser nos mesmos moldes do motor do F-22 quanto a supressão da emissao de calor.

Nei

Melhor que o SU-57, só o CHECKMATE, que “não caiu nenhum ainda”.

Últimas Notícias

Russos dispararam mísseis de cruzeiro nucleares sem ogiva contra a Ucrânia

https://twitter.com/DefenceHQ/status/1596389927733927937 Aparentemente a Rússia está removendo as ogivas nucleares de antigos mísseis nucleares de cruzeiro e disparando as munições...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -