quarta-feira, novembro 30, 2022

Gripen para o Brasil

Relatório ao Congresso dos EUA sobre o Programa de Caça F-15EX Eagle II

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Relatório do Serviço de Pesquisa do Congresso de 11 de outubro de 2022: Programa de Caça F-15EX Eagle II da USAF

Do relatório
Em 11 de março de 2021, a Força Aérea dos EUA recebeu seu primeiro caça F-15EX Eagle II. O programa original Eagle II pretendia entregar 144 aeronaves para substituir os antigos F-15Cs, a maioria dos quais está na Guarda Aérea Nacional; no entanto, a solicitação de orçamento do presidente do ano fiscal de 2023 ajusta a intenção de adquirir 80 aeronaves.

A proposta de orçamento para o ano fiscal de 2023 da Administração Biden incluiu um pedido de US$ 2,6 bilhões para comprar 24 aeronaves F-15EX, a penúltima aquisição para uma compra inicial planejada de 80.

A proposta subsequente de orçamento de defesa para o ano fiscal de 2022 solicitou cerca de US$ 1,32 bilhão em financiamento de compras para 12 Eagle IIs e US$ 133,5 milhões em compras antecipadas para futuras aeronaves. O orçamento proposto também solicitou cerca de US$ 118,1 milhões para pesquisa e desenvolvimento do F-15EX.

F-15EX Eagle II se preparando para lançar um AIM-120D no Weapons System Evaluation Program perto da Tyndall Air Force Base, em 25 de janeiro de 2022
Cockpit do F-15EX

Ato de autorização de defesa do ano fiscal de 2022: o projeto de autorização de defesa do ano fiscal de 2022 financiou a aquisição do F-15EX em US$ 1,76 bilhão, um aumento de US$ 576 milhões em relação ao nível solicitado, para “aeronaves adicionais, peças de reposição, equipamentos de suporte”.

Projeto de lei de dotações de defesa para o ano fiscal de 2022: O projeto de lei orçamentário final financiou a aquisição do F-15EX em US$ 1,16 bilhão para 12 aeronaves, US$ 82,4 milhões abaixo do pedido da Administração Biden, citando “transferência do ano anterior”.

A Força Aérea enfatizou que o F-35 e o F-15EX não são rivais, mas complementares. De acordo com a Força Aérea, o F-35 traz furtividade e fusão de sensores superiores; o F-15 pode transportar mais carga útil. (Oficiais da USAF descrevem isso como a diferença entre “capacidade” e “potência”.)

Para ler o relatório em inglês, clique aqui.

- Advertisement -

31 Comments

Subscribe
Notify of
guest

31 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Douglas Rodrigues

Interessante notar a adoção do famigerado WAD.
Lembro das críticas quanto a colocar esses no Gripen NG, depois a Suécia decidiu que os seus Gripen tb teriam o WAD e lá se foi mais uma torcida “contra”.
Agora a bola da vez é o IRST.

Rodrigo Martins Ferreira

O problema n é o WAD em si.. O F35 tem o DAS e um nível de fusão de dados e de consciência situacional acima de todos os outros.. Não só a tela com instrumentos comuns de vôo, mas toda a visão sintética do quadro tático a frente e isto não tem como fazer com MFDs comuns. Este é o diferencial do F35 e por isto o uso do WAD.. O F15, SH, Gripen e Eurofigher( que tb vai adotar um na modernização) tem o mesmo nível de sensores do F35 ? Este WAD do F15 replica os mesmos MFD´s… Read more »

Luiz Carlos - Pará de Minas

existem projetos diversos, mas esse vetor já nasceu pronto.
rapaz….. F15 é estado da arte. sempre insuperável. não me venham com gripen e outros penteadeiras de p luta que existem por ai.( cheio de luzinhas ) não tem pra ninguém .

Zorann

As críticas foram feitas à época devido ao alto custo de desenvolvimento da tela wide, cuja necessidade em relação ao preço, no F-39 não ficou muito clara.

Não mistura uma coisa com a outra.

Com tantas necessidades urgentes, questionou-se a prioridade deste item em relação ao preço.

Tallguiese

Boto mais fé no F-15.

rui mendes

Sem comparação, os Norte-Americanos já fizeram treinos com os dois caças e um F-35 abateu 4 ou 5 F15, sem os F15 sequer reagirem, foram abatidos sem saber.

Eduardo Angelo Pasin

O RCS do f15 é bem elevado.

Marcelo

Olha ai !!!

FB_IMG_16606916228547006.jpg
Carlos Campos

boto mais fé no F15 virando bola de fogo a mais de uma centena de quilometro igual aqule MIG que foi abatido na Ucrania com um míssil que veio da Bielorrusia, F35 é superior.

eliton

Algumas dezenas desse brinquedinho não iria fazer mal algum.

Rodrigo-brasileiro

Essa dupla é o sonho de consumo de muitas forças aéreas por aí.
Ainda tenho esperança de ver umas 2 dúzias do f35 lá em Anápolis, aquela bala de prata para ataques cirúrgicos.
Temos boas relações com os chineses, então não deixariam de nos fornecer componentes do f35 😂.

Frederick

Grande Águia.

Last edited 1 mês atrás by Frederick
Diego Tarses Cardoso

Então, interessante notar a distância de detecção do S-400 contra o F-35 e também F-15, é nítido que o F-35 consegue chegar bem próximo de qualquer alvo, lançar suas armas e sair, destruindo o alvo sem ele saber o que aconteceu.

Podemos perceber que o F-35 está se espalhando pelo mundo como barata, podendo se tornar o caça padrão da Otan, fazendo a gente pensar se aviões de geração abaixo da quinta geração não precisam de um artifício para mitigar essa vantagem stealth.

Last edited 1 mês atrás by Diego Tarses Cardoso
Eduardo Angelo Pasin

Acredito que o f35 é um caça para ter uma lagarta vantagem já no início do conflito, depois que as defesas aéreas do inimigo estiverem destruídas, não vai importar se é de 4 ou 5 geração

BVR

“…o f35 está se espalhando pelo mundo como barata.”
Kkkkkkkk !!!
Qto a necessidade de artifícios para os de geração inferior não serem caçados com tanta facilidade pelos de 5a, sinceramente não vislumbro saída – dado que sou mero entusiasta nível elementar. Tem gente aqui que é nível Hard e tem gente que é especialista.
Então passo a palavra.

Nonato

Há guerra eletrônica que cega radares.
Minimiza o problema.

Allan Lemos

Lindo demais o F-15.

Teropode

De perfil ele é meio quadrado, nos demais ângulos é de fato muito sinistro com suas protuberância eletrônica$ !

BVR

Putz !!
Mal comparando , o F-15 parece um cavalo voador. Todo robusto. Voa mais alto, mais rápido e vai mais longe. Pena que o seu rcs seja igualmente indigesto.
Mas é uma máquina e tanto.

Last edited 1 mês atrás by BVR
Nonato

Acho que poderiam tentar reduzir a assinatura…
Tinta RAM, aparar algumas arestas, mísseis stealth.

Last edited 1 mês atrás by Nonato
William Duarte

Para a geração e época dele, o mais belos de todos

paulop

Eu, particularmente, sou a favor da FAB pensar na possibilidade de constituir um núcleo de interceptadores de alta capacidade. Mantém a base com os Gripens e cria um núcleo mais robusto(talvez uns F35 ou até os F15 seriam interessantes).
Penso que seria um bom contraponto e garantiria uma significativa superioridade regional)
Abraço

Saldanha da Gama

Bom dia, alem de não por todos os ovos em uma cesta apenas.
Abraços

Bruno Vinícius

O F-15 é um caça muito imponente, belíssimo. Porém, ainda que tenha seu lugar no campo de batalha, é uma relíquia do passado. O futuro mesmo é a orquinha, que em vários exercícios já demonstrou ser capaz de aniquilar caças de quarta geração (incluindo o próprio F-15) e isso se reflete nos números que serão adquiridos pela USAF (e nas vendas para outros países).

Last edited 1 mês atrás by Bruno Vinícius
Recruta zero

O F4 tinha trabalho até a guerra do golfo em 1991 quando terminou seus dias fazendo missões SEAD que nem.existiam quando foi projetado ,com certeza ainda tem muito trabalho no campo de batalha para uma Águia experiente.

Last edited 1 mês atrás by Recruta zero
Bruno

Puro lobby para manter a linha da Boeing, favor pago com o dinheiro do contribuinte americano.

Pablo

A Usaf comprando mais caça de 4,5 geração, ai tem especialista que vem dizer que a FAB ta atrasada comprando o Gripen kkkkkk

luiz carlos - Pará de Minas

existem projetos diversos, mas esse vetor já nasceu pronto.
rapaz….. F15 é estado da arte. sempre insuperável. não me venham com gripen e outros penteadeiras de p luta que existem por ai.( cheio de luzinhas ) não tem pra ninguém .

Last edited 1 mês atrás by luiz carlos - Pará de Minas
rfeng

Os comentários estão voltados para o passado, o futuro esta chegando depressa drones e quem for tripulado vai virar baixa.

Wilson

27.000 verdinhas para cada hora voada vai dar quase US$ 200 milhões/ano para 36 aeronaves voando 200 h/ano e ainda mais no caso do RAFALE. Este é a principal motivo do F-39 ter emplacado na FAB.

Last edited 1 mês atrás by Wilson
Luis Costa

A questão é muito simples! A USAF decidiu reviver o programa F-15 para que a divisão de caças da Boeing não seja extinta! Não consideram a hipótese de apenas a Lockheed ser a única fornecedora de caças.

Últimas Notícias

Caça Gripen E recebe o Certificado de Tipo Militar

A obtenção de um certificado de tipo militar para um avião de caça é algo único. Um marco que...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -