quarta-feira, novembro 30, 2022

Gripen para o Brasil

Taiwan tratará voos da China no espaço aéreo como ‘primeiro ataque’

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Taipei alerta contra incursões na zona de 12 milhas náuticas. Última tentativa de deter a campanha de pressão militar de Pequim

Taiwan alertou que trataria qualquer incursão chinesa no espaço aéreo da ilha como um “primeiro ataque”, já que Taipei busca impedir Pequim de aumentar a pressão militar ao redor da ilha.

O ministro da Defesa, Chiu Kuo-cheng, disse aos legisladores em Taipei que o ministério estava levando essas incursões mais a sério após uma recente onda de voos mais próximos de aviões de combate e drones chineses. Pressionado sobre se a violação do espaço aéreo de Taiwan por qualquer avião de combate seria vista como um primeiro ataque, Chiu disse “sim”, sem elaborar qual seria a resposta.

“No passado, dissemos que não seríamos os primeiros a atacar, o que significava que não faríamos isso sem que eles disparassem projéteis de artilharia ou mísseis, etc., primeiro”, disse Chiu na quarta-feira. “Mas agora a definição obviamente mudou, pois a China usou meios como drones. Portanto, ajustamos e veremos qualquer cruzamento de aeronaves ou embarcações como um primeiro ataque”.

Taiwan está tentando reafirmar uma zona de amortecimento que a China erodiu, principalmente desde a visita da presidente da Câmara, Nancy Pelosi, à ilha em agosto. Desde então, uma média de 10 aeronaves militares chinesas por dia cruzaram a linha mediana que divide o Estreito de Taiwan ou no canto sudoeste da maior zona de identificação de defesa aérea da ilha, de acordo com dados compilados pela Bloomberg.

Até agora, aeronaves militares e navios de guerra chineses mantiveram-se bem fora da área menor de 12 milhas náuticas (22 quilômetros) que Taiwan considera como definindo seu mar territorial e espaço aéreo. Taiwan reagiria militarmente se as forças chinesas cruzassem a linha de 12 milhas náuticas, informou a Reuters em agosto, citando uma autoridade taiwanesa não identificada.

Chiu pareceu ir mais longe em resposta à pergunta de um legislador na quarta-feira sobre os recentes voos de drones sobre ilhas controladas por Taiwan localizadas na costa chinesa. Em 1º de setembro, Taiwan derrubou um drone civil perto da Ilha Kinmen, depois que outras tentativas de repeli-lo falharam.

“Primeiro ataque ou não, desde que qualquer aeronave ou embarcação chinesa cruze a linha, nós a destruiremos”, disse Chiu. “Já fizemos o ajuste.”

Taiwan deve ser uma questão central no congresso de duas vezes por década do Partido Comunista da China, programado para começar em 16 de outubro. Espera-se que o presidente chinês Xi Jinping assegure um terceiro mandato no poder e pode enfrentar uma pressão maior para colocar Taiwan sob o domínio de Pequim, como parte de um objetivo de longo prazo de rejuvenescimento nacional.

Chiu disse na quarta-feira que as atividades da China destruíram o conceito de linha mediana, que os EUA esboçaram décadas atrás para evitar um conflito entre os dois lados. Pequim disse que não reconhece a linha mediana e culpou o apoio mais vocal de Washington a Taiwan por aumentar as tensões.

Os militares taiwaneses planejam continuar a patrulhar e treinar a leste da linha, disse Chiu. Ainda assim, Taiwan queria minimizar o risco de um acidente que resultasse em erros de cálculo, acrescentou.

“Faremos o nosso melhor para evitar um pequeno incidente que possa agravar a situação”, disse Chiu. “Mas se a China continuar com ações repetidas, mostraremos nossa vontade.”

FONTE: Bloomberg

- Advertisement -

21 Comments

Subscribe
Notify of
guest

21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
sub urbano

“qualquer aeronave ou embarcação chinesa cruze a linha, nós a destruiremos”, disse Chiu. “Já fizemos o ajuste.”

Esse general Chiu é bem atrevido kkk. Vamos ver se quando o continente tiver desembarcando 2 milhões de soldados nas praias de taiwan ele vai continuar peitudo assim.

Estimativas do Pentágono é de que a China seja capaz de mobilizar e armar 30 MILHÕES de soldados!

Last edited 1 mês atrás by sub urbano
Rodrigo

Não vai dar em nada jogou para torcida não sou louco de derrubar um caça chinês

Marcelo

Esta demonstrando força e coragem confiando na ajuda do pentágono !!!

Last edited 1 mês atrás by Marcelo
Gustavo

Na verdade estão levantando a bola pra China cortar né.
Besteira total fazerem isso.

Tutor

Vai fazer nada. Só vai correr até o final da coleira e latir.

Alex Silva

“Taiwan tratará voos da China no espaço aéreo como ‘primeiro ataque'” : 自吹自擂容易,做事难 (kkkkkkkk …)

Matheus

Então se um caça Chines estiver sobrevoando dentro sob solo Chines(onde a ADIZ Taiwanesa passa), Taiwan vai lançar misseis anti-aéreos?
Pago pra ver, muito fácil rosnar quando (ainda) tem apôio americano.
Agora depois de Vietnã e Afeganistão, eles ainda tem toda essa fé no Tio Sam?

TJLopes

Taiwan reagiria militarmente se as forças chinesas cruzassem a linha de 12 milhas náuticas, informou a Reuters em agosto, citando uma autoridade taiwanesa não identificada.

Interpretação de texto faz bem, recomendo.

Last edited 1 mês atrás by TJLopes
rui mendes

NATO e EUA derrubaram o governo(????) dos Talibãs, que fugiram para a clandestinidade (Paquistão e montanhas), passou mais de uma década, ao que Nato e EUA decidiram que nada mais podiam fazer, pois o inmigo estava sempre escondido e os EUA já tinham lá posto um governo, que seria legitimado com eleições, formaram, equiparam e treinaram umas forças armadas e polícia nacional e então nada mais poderiam fazer, mas ao anunciar a retirada, foi o caos entre os Afegãos, por isso ao contrário do que muitos anti-ocidente tentam fazer passar, os Talibãs não ganharam nada, apenas ficaram á espera, que… Read more »

Luis Carlos

Que medo.
Só pelo mapa dá para saber que se a China espirrar, Taiwan morre de pneumonia.

Rodrigo

No 60 minutos aquele programa perguntaram para Biden, se China invadir, homens e mulheres americanas iram lutar em uma guerra no outro lado do mundo e o Biden disse sim…USA irá intervir

Slow

E tem gente que acredita ..

WSilva

Homens e mulheres americanos morrer por Taiwan? Só se for homens e mulheres sul coreanos e japoneses naturalizados americanos em cima da hora…rs

Luiz Trindade

Já era sem tempo!!! Mesmo sabendo que se a China quiser invadir Taiwan, vai faze-lo, tem de vender esse prato da maneira mais indigesta possível. E se ainda assim a guerra for já declarada perdida, que se faça tática de terra arrasada com material radioativo para matar milhares de soldados chineses por contaminação.

Cicero

Desculpe, mas tive que negativar. Que Taiwan tem que se defender, isto é óbvio, mas o lance de espalhar material radioativo e matar MILHARES por contaminação, me desculpa, é caso para psiquiatria.

rui mendes

Mesmo.
Em casa, em frente ao computador, acham se a salvo de tudo.
Brincar aos nucleares, muito dvepressa pode chegar na porta deles.
Nuclear são armas, para não usar nunca, por alguma coisa o criador da bomba atómica, ficou deprimido, ao perceber o monstro que tinha ajudado a criar e não tinha nem dez por cento da potência de uma só ogiva actual.

Luiz Trindade

Quem falou que sou à favor do uso da armas nucleares?!? Que caso não lembre Taiwan não tem. Mas caso vc não lembre a China tem armas nucleares sim. Eu falei do uso de espalhar material radioativo como último recurso de Taiwan se a guerra estiver perdida. Vcs lêem e interpretam da maneira que querem e não do jeito que esta escrito!

Luiz Trindade

Cicero… Eu disse espalhar material radioativo como último recurso. Porque se for para entregar o território de bandeja para China então que entregue logo. Não vejo esse objetivo por parte de Taiwan. Graças à Deus!

Von Richtoffen

Vai acabar acontecendo, de forma comercial. Guerra não é boa pra ninguém…

Carlos Campos

Eu aposto que não, afinal eles não tem feito nada demais em relação as provocações chinesas, ainda mais derrubar um caça chinês, a China é outra frouxa: se passar no estreito de Taiwan vai ter severas consequências, EUA passam lá e nada acontece. únicos países que vejo serem agressivos com entradas assim é a Rússia e a Turquia.

rui mendes

Cada comparação, a China como outros países, não gosta de show off, mas apesar de eu ser a favor de Taiwan, sei que no dia que a China resolver passar as actuais fronteiras de Taiwan, acabou, vai até ao fim, até anexar Taiwan e poderio não lhe falta, infelizmente.

Últimas Notícias

Embraer recebe pedido de cinco aviões E195-E2

São José dos Campos - SP, 30 de novembro de 2022 – A Embraer recebeu um novo pedido firme...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -