sexta-feira, setembro 30, 2022

Gripen para o Brasil

FAB transportará coração de D. Pedro I de Portugal ao Brasil

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Em reunião, Comandante da Força Aérea Brasileira e Ministro das Relações Exteriores trataram sobre o transporte da relíquia, que chegará ao país no dia 22 de agosto

Às vésperas do bicentenário da Independência do Brasil, o coração de D. Pedro I será transportado de Portugal ao Brasil nas asas da Força Aérea Brasileira (FAB). O translado da relíquia foi uma das pautas da reunião que aconteceu nessa sexta-feira (12/08), no prédio do Comando da Aeronáutica, em Brasília (DF), entre o Comandante da FAB, Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos de Almeida Baptista Junior, e o Ministro das Relações Exteriores, Carlos Alberto Franco França.

Segundo o Ministro Carlos França, é a primeira vez, em 187 anos, que o coração de D. Pedro I deixa a cidade do Porto para uma solenidade no Brasil. “É de grande significado que o país receba o coração do seu libertador. É uma relíquia que ficará exposta, com visitação pública, no Palácio do Itamaraty, de 23 de agosto a 8 de setembro”, explicou.

Ainda de acordo com o Ministro das Relações Exteriores, o transporte do órgão está sendo planejado com muito cuidado e terá todo o apoio da Força Aérea Brasileira. “Se não fosse isso, não conseguiríamos trazê-lo em um voo comercial ou em um voo fretado. E isso é muito simbólico”, pontuou.

O Embaixador informou também que a relíquia será recebida com Honras de Chefes de Estado em Brasília (DF). “E será um elemento catalizador muito relevante para as celebrações do bicentenário da Independência”, completou.

Já o Tenente-Brigadeiro Baptista Junior acrescentou que o encontro foi de grande importância para reforçar a relação entre a FAB e o MRE. “Foi tratado, especialmente, sobre a chegada do coração de Dom Pedro I, relíquia que chegará de Portugal, no dia 22 de agosto, em um avião da FAB, após quase dois séculos. Além disso, o Ministro veio aqui externar o reconhecimento do MRE com relação ao apoio que a Força Aérea dá nas missões humanitárias e em todos os eventos solicitados”, frisou.

FONTE: Força Aérea Brasileira


NOTA DA REDAÇÃO: Quer discutir esse e outros assuntos com leitores da Trilogia Forças de Defesa em tempo real? entre no nosso grupo de WhatsAppclicando aqui.

- Advertisement -

146 Comments

Subscribe
Notify of
guest

146 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Funcionário da Petrobras

Dinheiro jogado fora.

Douglas Rodrigues

Se contarmos que tanto dinheiro é jogado fora com outras bobagens (como por exemplo fundo partidário bilionário), esse é um valor bem investido sim, faz parte da história do Brasil – aí não adianta depois vir dizer que o país não preserva seus museus, ou para o caso da FAB, equipamentos que estiveram em seu inventário.

Rafael Coimbra

(off topic)… E nada na trilogia sobre o CHI 0 X 2 EUA? Nota de repudio e exercícios…. Sentiram o golpe!

Frederick

Exato.
Digno de uma monarquia, diga-se.

Last edited 1 mês atrás by Frederick
Deadeye

Aqui temos o exemplo do “patriota” pós 2016, acha que se preocupar com a rica história do Brasil em uma data tão especial é “perda de dinheiro”.

Frederick

Caro compatriota,

Um dos maiores sinais de amor à nossa nação mãe é zelar pelas suas finanças. Nesse sentido, penso que o mesmo recurso poderia ser voltado para ações mais perenes de valorização da memória nacional, que, concordando com o confrade, é valiosa e riquíssima.

Funcionário da Petrobras

Concordo que o bicentenário é importante, mas precisa trazer o tal coração?
Ficaremos mais cultos com a vinda do coração ao Brasil. Livros e museus para que né?
Poupe-me por favor.

Camargoer.

Olá FP; O problema nada tem a ver com o translado do coração de Pedro I para o Brasil. Isso seria (e talvez seja) apenas mais um evento dentro da celebração do bicentenário. A pergunta que faço é simples: quais são os outros eventos organizados? Temos apenas três semanas para a data.

Agressor's

“O Brasil, potência de primeira ordem, uma nação independente, sob o legítimo herdeiro da monarquia, Pedro, o Grande, seu Augusto defensor.” Fonte: Historia do Brasil-reino e Brasil-imperio compreendendo: A historia. Autor: Alexandre Melo de Moraes, pág. 01.

AMX

Não. Dinheiro investido na memória histórica do país.

Henrique

Não podia trazer alguma coisa do segundo? tinha que trazer o do pior Pedro disponível…

Mafix

Voce mal conhece a historia de P.I ,mais um alienado …

Agressor's

Infelizmente o braziu só conhece a história de Cuba ou União Soviética, nas escolas eles só ensinam isso. Nosso país nasceu grande, porém muitos maus brazilerus denegriram a imagem do Brasil, tarefa suja essa, que vem sendo realizada desde a queda do Império Brasileiro, devido ao golpe da República. Nossos heróis verdadeiros nunca morreram de overdose. Como diz o Emilli Dukai (O ensino público muitas vezes pode ser instrumento de manipulação política) e infelizmente isso aconteceu com o surgimento da República e está acontecendo exatamente agora com o Brasil e o mundo. Triste realidade!! Os professores de história antigos, tinham… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
Henrique

Então nós conte sobre a história do grande Pedro 1….
.
comece contando sobre a parte que ele rasgas a constituição, dissolve a constituinte e soca goela abaixo aquela bizzarrisse de parlamentarismo invertido onde se conclama um absolutista
.
Vai… Me desaliena

Last edited 1 mês atrás by Henrique
Camargoer.

Olá Henrique. Sobre D.Pedro I, recomendo o livro 1822, do Laurentino. Sobre D. Pedro II recomendo “As barbas do imperador”

Mars

Camargoer esse livro aborda a infância de D. Pedro II? Eu estou em busca de algo que aborde mais o aspecto psicológico dele, como a ausência dos pais e pressão para ser o novo regente moldou ele como líder.

Camargoer.

Olá Mars. O livro é bom. Ele aborda todo o segundo reinado. Pode ser um bom ponto de partida para a sua pesquisa. Eu também gosto da trilogia 1808, 1822 e 1889 do Laurentino. É bem fácil de ser lida. Ele escreve muito bem. Sobre esta questão psicológica, eu acho que é preciso ter um pouco de cuidado sobre a tentativa de fazer um perfil psicológico de uma pessoa morta tantos anos depois. Lembro de uma biografia de Hitler (Kershaw) que toma este cuidado de evitar especulações sobre a sua vida, focando nos documentos históricos e depoimentos.

Rinaldo Nery

Li os três, muito bons. Parece que Laurentino mora em Itu.

Camargoer.

Oi Rinaldo. O Laurentino está com uma nova trilogia sobre a Escravidão. Já estão disponíveis os volumes 1 e 2. São bem legais também.

Rinaldo Nery

Vou adquirir.

Camargoer.

Olá RInaldo. Comprei recentemente um livro do THomas Skidmore “Uma história do Brasil”, mas está na pilha de livros para serem lidos. Estou lendo “A história da riqueza no Brasil”, do Jorge Caldeira.

Rinaldo Nery

Skidmore é um brasilianista antigo, estudioso no nosso País.

Mars

Grato pelas recomendações Camargoer!

Claudio Moraes

Ótimos livros, li e também recomendo as barbas do Imperador! Se descreve todo o segundo reinado até o golpe republicano e o exílio do Imperador. Eu penso ser engraçado como que meia dúzia de gente da elite junto com outras meia duzias de militares conseguiram dar o golpe no governo? Deodoro dando golpe e ao mesmo tempo dando vivas ao Imperador. Pedro ll já desacreditado do próprio governo e nem reagiu.E é assim até hoje, com a própria República. Esse país infelizmente tem certas coisas para se pensar.

Last edited 1 mês atrás by Claudio Moraes
Curiango

Viva a Armada Imperial!!

Wilson Look

Você sabe porque a constituinte e a chamada constituição da mandioca foram anuladas?

Como curiosidade a Constituição de 1824 foi literalmente o trabalho inicial da constituinte(antes dela entrar em disputas internas)com pequenas mudanças que a deixaram mais liberal, em relação a anterior.

E para ele ser um absolutista, deveria ter o controle absoluto, o que não era o caso.

Henrique

“E para ele ser um absolutista, deveria ter o controle absoluto, o que não era o caso.” . não imagina.. o sujeito só podia dissolver o parlamento a hora que quisesse e podia escolher membros a revelia do Parlamento… se acha que o “invertido” foi colocado lá por “fake news de esquerdista pró revolução francesa” né… . E a constituição que o Pedrinho rasgou era mais liberal que a que ele socou pq não tinha aquele absurdo de “poder moderador” e era defendida por quem não queria um maluco autoritário como rei . Nessa época não tinha nem ~30 anos… Read more »

Wilson Look

Você não entende o que é o poder moderador, ou poder real como o criador desse conceito se referia. O poder de Dom Pedro I não se deve ao poder moderador, se deve que além do poder moderador ele era o chefe do poder executivo, e foi essa ligação que decretou a sua abdicação em 1831 e foi isso que levou a que no reinado de Dom Pedro II fosse criado o Presidente do Conselho de Ministros que passou a ser o chefe do poder executivo. Só para saber dissolver o Parlamento só era possível se o Conselho de Ministros… Read more »

Henrique

“E sobre absolutismo, o Rei é a lei máxima, sua palavra está acima de tudo, nada está acima dele, a partir do momento que uma Constituição é criada e adotada o regime deixou de ser absolutista.” . vai quebra a coluna ai amigo… esse contorcionismo ta rivalizando com do pessoal que defende o Putin. . não importa se o papel tava ou não formalizado o maluco usou da força/violência pra parar com a tramitação da constituinte e socar o ponto de vista dele em todo mundo, isso É absolutismo puro da melhor qualidade, não é minha interpretação ou revisionismo…. é… Read more »

Wilson Look

Não é. Todo tipo de regime tem características únicas que definem qual é qual, no absolutismo o rei governa por direito divino, todos os poderes estão concentrados nele. Dom Pedro I estava mais alinhado ao grupo dos Andrada, que defendia uma monarquia constitucional, com uma maior centralização do poder no Rio de Janeiro, em oposição tinha os Liberais que defendiam um Estado descentralizado(eram até favoráveis a adoção do republicanismo) e os Portugueses que defendiam um Estado Absolutista, eram esses três atores que compunham a constituinte, e esses três estavam mais brigando entre si do que discutindo a constituição quando a… Read more »

Wellington Kramer

Talvez se vc se interessasse em conhecer melhor antes de falar… Nesta excepcional coleção tem a biografia de D. Pedro I. Grátis. É só baixar.
https://www2.senado.leg.br/bdsf/handle/id/574685

Henrique

Já li, não muda o fato dele ser um lixo de pessoa e político

Camargoer.

Caro Henrique. Um dos maiores equívocos que alguém pode cometer é confundir a obra com o autor. Por exemplo as obras de Wagner. Além disso, é preciso tomar cuidado para jamais julgar uma pessoa que viveu anos, décadas ou séculos a partir dos conceitos morais e éticos do presente. Talvez seja preciso mudar seu ponto de vista. Figuras histórias como Pedro i e Pedro II, Getúlio, JK e outros tantos precisam ser vistos sob o prisma histórico separado do seu caráter pessoal. Em termos políticos, D.Pedro I foi capaz de coroar o seu filho como Imperador do Brasil e sua… Read more »

Henrique

Eu sei disso… isso que torna ele mais lixo.. Pq o Pedro 1 não era um zé qualquer, o cara tinha acesso a informação, o cara tinha acesso a bons contatos na época, tinha apoio das elites incluindo das províncias que estavam p*tas com o pai dele e quando chega a hora da verdade o infeliz ferra com todo mundo.
.
Cara só deu sorte de não ter implodido o Império já de inicio pq a elite da época queria o sistema de monarquia e casou de ter o Pedro II lá, se não tinha rodado todo mundo

Alexandre

Caro Camargoer, seria interessante abordar a questão de Pedro I através da realidade da população pobre e miserável que eram a maioria absoluta dos brasileiros. Sou leigo nesse assunto, mas tenho a percepção que para o poder instituído na época isso (os miseráveis) não constituíam um problema a ser trabalhado. Caso eu esteja equivocado por gentileza me corrija .

Nascimento

Se não fosse por ele nosso país não seria nem independente.

Lixo são esses positivistas fracassados do EB que nunca criaram a tão sonhada república avançada que tanto prometeram ao Brasil, mesmo tendo dado golpes e governado o país umas 3 vezes.

Last edited 1 mês atrás by Nascimento
Wellington Kramer

E entendeu?

Henrique

“Já li, não muda o fato dele ser um lixo de pessoa e político”

Wilson Look

O que teria para trazer de Dom Pedro II se o mesmo jaz enterrado no Mausoléu Imperial em Petrópolis. Seus restos mortais foram transladados para o Brasil, junto com os de sua esposa, por ocasião do centenário da independência do Brasil.

Por curiosidade, tirando o coração, os restos mortais de Dom Pedro I e de suas 2 esposas estão no monumento da independência em São Paulo, o coração fica em Portugal a pedido do mesmo.

Henrique

então não trás nada, doa o dinheiro da viagem pro Mausoléu Imperial em Petrópolis

Wilson Look

Se decidiram trazer o coração para o Brasil como parte das comemorações do bicentenário, não é sua opinião que vai mudar isso.

E querendo ou não foi Dom Pedro I quem proclamou a independência e manteve a Nação unida.

Camargoer.

Olá Wilson. Pois é. O coração de Pedro I será trazido para a celebração dos bicentenário mas o desfile militar no Rio de Janeiro foi cancelado.

Wilson Look

Pelo menos a Parada Naval não foi, até a presente data.

Pena que demorei para ir atrás, senão teria comprado as moedas comemorativas que o Banco Central lançou.

João Adaime

Caro Henrique Não é necessário trazer dom Pedro II. Ele já repousa por toda a eternidade no seu (dele) amado Brasil. Seus restos mortais, assim como de alguns familiares, estão no Mausoléu Imperial, que é uma capela situada ao lado do adro da Catedral de São Pedro de Alcântara, em Petrópolis, estado do Rio de Janeiro. Ali estão o imperador, a imperatriz dona Teresa Cristina, a princesa Isabel, seu marido Gastão de Orléans, conde d’Eu, o príncipe Pedro de Alcântara e sua esposa a condessa Elisabeth Dobrzensky. No centro da foto estão os restos mortais dos imperadores. À esquerda da… Read more »

Mausoléu Imperial.jpg
Carlos Campos

O II teve só que cuidar do País, o I fundou o País e teve logo que colocar os políticos no lugar deles, pois queriam que o Imperador fosse uma figura pública sem poderes, os políticos voltaram ao poder absoluto por meio de um golpe de estado, e sabemos a merd@ que deu, inflação logo de cara, ditadur@, golpes, país só dando voos de galinha, não tinha medo das potências estrangeiras e hj é subalterno, Dom Pedro I foi muito importante para o país, mas os Iluminados Políticos e Oficiais das Forças Armadas tinham uma proposta “melhor”

Camargoer.

Caro Carlos. A proclamação da independência foi um golpe. As elites do Rio de Janeiro viram na Monarquia um modo de garantir a integridade territorial e evitar a fragmentação em repúblicas, como aconteceu na América Espanhola. Esta elite latifundiária temia tanto uma revolução burguesa quanto o fim do regime escravocrata e menos a ameaça de um reforma agrária. A Constituição de 24 reflete o caráter elitista e excludente do Brasil Império (começando com o voto censitário e passando pela manutenção da escravidão e do poder latifundiário). Ainda que Pedro I tenha abdicado sob forte pressão política, a decretação da maioridade… Read more »

Wilson Look

Para os padrões da época, o voto censitário era a norma, a manutenção da escravidão sim pode ser condenada, só coloco ressalvas pelo fato do Brasil na época ter ela muito mais enraizada em sua sociedade do que os demais países sul americanos(até onde eu saiba)o que dificultava a sua abolição.

Já sobre o poder latifundiário concordo, já era o período da revolução industrial e a revolução burguesa entra nesse meio.

Camargoer.

Caro Wilson. O voto censitário aparece como meio da elite latifundiária em manter o seu poder político. A Constituição dos EUA (1787), por exemplo, deixa aberta as regras de cadastramento eleitoral aos EUA, colocando apenas limite de idade (25 anos). Com o fim da escravidão em 1865, sendo a garantia constitucional do voto á todos os homens de 1870, mas apenas em 1920 foi garantido o voto feminino e em 1971 a idade caiu de 25 para 18 anos. Então, a escolha da restrição do voto no Brasil foi uma opção da elite para manter o controle político.

Wilson Look

Não foi apenas a restrição no voto, já que tinha que ter uma certa renda para exercer um cargo político na época.(e é incrível que mesmo com a queda do sistema censitário na constituição de 1891 mantiveram o voto aberto para manipular os resultados, sendo que isso já era um problema desde o Império).

Camargoer.

Olá Wilson. De fato. Se por um lado, a América espanhola caminhou em direção à fragmentação política, seguindo o caminho republicado (bastante inspirada na independência dos EUA), a vinda da Corte portuguesa para o Brasil inibiu (com a força do aço) os movimento revolucionário/republicano no Brasil. É certo também que a proclamação de independência e a coroação de Pedro I também evitou o florescimento de uma revolução burguesa, permitindo que a mesma elite latifundiária e escravocrata continuasse no poder inclusive durante todo o período de Pedro II. As restrições do voto durante o período imperial é a expressão da concentração… Read more »

Carlos Campos

lembrar que era tão enraizado que os Negros tinham escravos, e eles vinham de regiões escravocratas da África, o próprio Zumbi era escravocrata.

Camargoer.

Caro Carlos. A escravidão aconteceu na maior parte da história humana. Até o período das grandes navegações, a escravidão era uma condição relacionada com vitórias ou derrotas em guerras. A escravidão baseada na cor da pele só surge a partir da colonização da América. Lembro de um sociólogo da Sorbonne dizer que “o racismo foi inventado pela escravidão, não o contrário”. Os antigos egícios, os gregos, romanos, os árabes.. todos tinham economias baseadas no trabalho escravo sem que isso significasse segregação racial. As sociedades feudais trocaram a escravidão pela servidão, mas continuaram sociedades nas quais a riqueza era baseada na… Read more »

Alexandre

A transição para herdeiros, grande parte daqueles que vieram a constituir a “classe burguesa” nada mais eram do que filhos e netos da classe latifundiária.

Camargoer.

Olá Alexandre. O que caracteriza um classe social é a sua relação com os meios de produção. Desde a invenção da agricultura, o principal meio de riqueza foi a possa da terra. Quem tem a posse da terra tinha a posse dos excedentes de produção. Ainda hoje a questão da posse da terra é um tema de conflito social. Por milhares de anos, a produção de bens de consumo (roupas, sapatos, ferramentas etc) foi produzido por artesãos. A burguesia surge apenas com a revolução industrial (assim como da classe de operários assalariados). Os interesses econômicos e políticos da classe latifundiária… Read more »

Felipesimoes

Excelente explicação.

Carlos Campos

Sim foi um ato de Golpe mesmo, mas pelo bem do “País” que não queria mais se submeter à Lisboa, quanto ao Caráter Elitista da Constituição da época, vários países do mundo tinha requisitos iguais a estes, então simplesmente dizer que era elitista por esse ponto sem levar em consideração à época é falta de conhecimento e pura raiva contra a monarquia, pq era o normal do mundo, a manutenção da Escravidão não era uma vontade da Casa Imperial, desde D. João VI já era criticada, D. Pedro I também não gostava e Dom Pedro II só no final de… Read more »

Wilson Look

Apenas sobre a industrialização, foi uma série de fatores políticos, sociais, culturais, econômicos, naturais e geográficos.

Apenas citando alguns:
Falta de uma política econômica;
Ausência de carvão mineral de qualidade no território nacional;
A Serra do Mar;
A crença popular de que produtos nacionais são inferiores aos produtos importados;
Mercado consumidor nacional, com poder aquisitivo mais limitado;
ETC…

Em resumo, a industrialização do Brasil demorou tanto por pura falta de interesse dos grupos no poder.

Agressor's

Durante o Estado Novo, pode-se dizer que Vargas foi um ditador. Mas do ponto de vista histórico não podemos falar que ele foi um fascista totalitário. Apesar de a memória de Vargas estar diretamente ligada aos anos da ditadura do Estado Novo, para a classe operária brasileira ele foi um herói pelos avanços trabalhistas promovidos durante o seu governo…

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
Alexandre

muito obrigado caro Camargoer.

Agressor's

O pecado de PII foi ter sido de uma época de conterrâneos muito aquém. Pedro era muito à frente de seu tempo. Não sei se por falta de instrução ou mero cinismo, nosso povo era (ainda é) muito imaturo politicamente, penso. Pensar em bem comum, o melhor para a nação, era coisa do imperador e sua família, o resto é o que a gente vê até hoje…

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
Henrique

“o I fundou o País e teve logo que colocar os políticos no lugar deles, pois queriam que o Imperador fosse uma figura pública sem poderes,” nossa que kibisurdo quererem que o rei fique no lugar correto dele… imagina se o rei fica dando pitado em todo o governo o que ser aqui poderia acontece?.. seila… talvez últimos 1000 anos da historia da Europa até aquele momento? . . Ai a desculpa padrão dos monarquistas: “mas a ripubirica” . Amigo.. a República só existe graças o governo de m****DA dos Pedro’s e pq eles se metam onde não devia… estranho… Read more »

Carlos Campos

Pois é tu só faz referência ao fato de que teve que colocar os políticos no lugar deles, um bando de Santos que queriam o melhor para eles, ops digo para o Brasil….. a República veio por que os recursos do país estavam começando a ser direcionados para a Industria, tanto uma pessoa comum estava começando a ganhar prestígio dentro do Império, Visconde de Mauá, não era filho de oficial, não era de família nobre, e ainda falava coisas absurdas como: escravidão é um atraso para o país. outro ponto foi frouxidão do Pedro II em não ter pedido para… Read more »

Curiango

Glória e Honra a Armada Imperial!

Fernando Vieira

Os restos mortais de D. Pedro II encontram-se sepultados na Catedral de São Pedro de Alcântara em Petrópolis – RJ. Também estão lá sua esposa Leopoldina, a Princesa Isabel e o Conde D’eu.

Dada a logística imagino que a aeronave empregada será o A330 recém incorporado né?

Clésio Luiz

Devo dizer que os costumes de outrora me parecem bizarros, olhando daqui do século 21. Eu já tinha visto preservação dos corpos inteiros de dignatários, mas de um órgão em especifico, essa é a primeira vez que ouço falar.

Diegolatm

Tambem acho bizarro.

Camargoer.

Olá Clesio O coração de Santos Dummont também está preservado fora de seu túmulo, no Museu Aeroespacial.

Leandro Costa

Ia comentar justamente isso, Camargo.

Camargoer.

Sobre o coração de Pedro I (Pedro IV em Portugal), talvez seja uma oportunidade importante dentro do que seriam as celebrações de 200 anos da independência. Estou bastante decepcionado com a ausência de celebrações.

Rinaldo Nery

Estava na AFA quando eu era Cadete (83/86).

Rudi PY3TO

Saudaçoes Coronel..me responda: o que leva um cidadão a negativar seu comentario?

Pedro

Também não entendi o fato de ser negativado, mas, deve ser pelo fato do Coronel não ter, se imiscuído dos casos do aumento de soldo, as questões das lagostas, isenção junto a reforma da previdência, tudo isso no auge da pandemia. Pelo que lembro, as negativações, sempre foram neste sentido.

Rinaldo Nery

O mesmo que levou a negativar o seu. Tenho alguns desafetos aqui. Principalmente adoradores do Nine Fingers.

Camargoer.

Olá Rinaldo, Discordo. A despeito de divergirmos em muitas coisas, sou um grande admirador seu desde quando li uma reportagem sobre a história do A29. Do mesmo modo, muita gente costa de negativar o que escrevo, alguns em mesmo ler. Os desafetos devem ser ignorados. Os amigos celebrados.

Rinaldo Nery

Isso, com certeza. Não me preocupo com ” negativações” .

Pedro

Verdade, mas não veja como desafetos, continue na parte técnica, isso engrandece o debate, até pq se formos para o debate ideológico aqui, como tudo neste País, acontecerá a divisão.

Rinaldo Nery

Concordo. Mas tem muito lacrador aqui. Gente jovem (menos de 40), provavelmente.

Camargoer.

Olá Pedro. O debate ocorre entre quem tem ideias diferentes, necessariamente. É possível discordar, contrapor ou até se opor de modo educado e respeitoso. O problema nunca foi discordar mas tornar do debate (seja técnico ou político) em uma questão pessoal.

Hcosta

Foi o próprio que fez a promessa de deixar o coração à cidade do Porto.

https://www.rtp.pt/play/p7378/e495679/visita-guiada
https://www.rtp.pt/play/p7378/e494239/visita-guiada

Para quem quiser saber mais…

Carlos Campos

foi um pedido dele, ele deu seu coração para cidade do Porto

Andrigo

Posso estar enganado, mas se me lembro bem até o orgao sexual de Napoleão Bonaparte estava preservado em algum lugar por aí, logo um coraçao é “fichinha”…

DOUGLAS TARGINO

Concordo plenamente! Temos que valorizar nossa história, que aos poucos vem sendo destruída aqui no Brasil!

Carlos Campos

e querem tranformam o Antigo Palácio Imperial no RJ em Museu da Diversidade, prefiro ver ele só as ruínas do que ser refeito e profanado,

Camargoer.

Olá Carlos. O prédio que pegou fogo em 2018 era do Museu Nacional (tive a sorte de visita-lo antes do incêndio. Minha filha não). O Museu imperial esta em Petrópolis. O Paço Imperial é um centro cultural. Imagino que você não teve a chance de visita-lo antes do incêndio, caso contrário nunca diria que prefere vê-lo em ruinas.

Carlos Campos

Eu disse PALÁCIO IMPERIAL, era a residência oficial do Monarca, depois transformado em Museu, eu não tive a sorte de ir lá, menos um motivo para eu querer um dia ir no RJ, quanto a dizer que eu prefiro ver ele em ruínas do que ser um antro de toda merd@ antinacional que é o querem que ele seja, prefiro sim ver ele em ruínas.

Last edited 1 mês atrás by Carlos Campos
Camargoer.

Olá Carlos. Exato. O antigo prédio do Museu Nacional, que pegou fogo, era o prédio da Quinta da Boa Vista, que serviu de moradia para D.João VI, Pedro I e depois Pedro II até construir sua moradia em Petrópolis. A perda do patrimônio histórico, científico e cultural decorrentes do incêndio é incalculável. Eu não sei o que será feito no local. Só sobraram algumas paredes. Uma parte do acervo (bem pouco) foi recuperado. Eu não sei o que pode ser feito lá.

Frederick

Ignore. É uma patacoada que desocupados espalharam por aí e gente de boa fé crê como se verdade fosse.

Rinaldo Nery

Estive lá uma vez, em 2005, qdo morava no Rio. Fiquei extremamente decepcionado com o descaso com um patrimônio belíssimo. Deveria ter sido totalmente restaurado, e aberto à visitação (todos os cômodos), tal qual o palácio imperialem Madrid. Esse visitei em 2009. Larentino diz, em seu livro, que o palácio era a casa do maior mercador de escravos do Rio de Janeiro. Foi “requisitado” pela família imperial. Os jardins, belíssimos, estavam um lixo.

Camargoer.

Olá Rinaldo. De fato, o prédio estava bastante deteriorado. Por outro lado, o acervo era muito bom. Lembro até das múmias egípcias doadas para D. Pedro II que faziam parte do acerto e na entrada tinha um meteorito gigantesco.

Carlos Campos

a anos o descado com o Palácio, mas dinheiro pra put@ria e projetos horríveis tinha.

Rinaldo Nery

É verdade que o prédio era responsabilidade da UFRJ?

Camargoer.

Olá Rinaldo. Eu não sei dizer se o prédio era de responsabilidade da UFRJ. Teria que verificar. Talvez ele estivesse apenas cedido para a UFRJ. Como era um prédio histórico, talvez estivesse sob a responsabilidade de outro órgão do governo federal. Por outro lado, o acervo do Museu Nacional estava sob a responsabilidade da UFRJ. Eu teria que tentar conversar com algum colega da UFRJ sobre isso.

Felipe Morais

Embora muitos sejam contra e adjetivem como besteira, eu acredito que o simbolismo e instituições são parte importante da identificação de um povo como nação.

Nesse ano, apesar dos apesares de uma briga política sem fim, comemoramos o importantíssimo aniversário de 200 anos de nosso país. E o fato, em si, contribui para a homenagem a esse marco histórico. Que possamos caminhar para que nossos filhos e netos comemorem o aniversário de 300 anos e assim sucessivamente.

Camargoer.

Olá Felipe. Acho que os 200 anos de independência é um momento para se repensar muita coisa. Lembro que os 500 anos do desembarque de Cabral trouxe muitas discussões importantes á tona. Os 200 anos da independência também devem servir para este momento de reflexão. O pais perdeu a chance desta discussão em 1989 nos 100 anos de República.

Felipe Morais

Concordo Camargoer. Como em nossa vida, em que há marcos históricos que nos fazem refletir e, as vezes, agir para nos transformar ou ao ambiente ao nosso redor, uma nação, sem embargo das reflexões e amadurecimentos rotineiros, deve encarar momentos históricos para repensar sua trajetória e o futuro que se espera. E mesmo que seja difícil de visualizar, dentro de um embate político e social, estamos discutindo e repensando. Às vezes retrocedendo. Às vezes avançando. Saímos de uma grande crise política e institucional, que acarretou em um impeachment. A democracia e o regime político se manteve, mesmo a desgosto de… Read more »

Marcelo M

O rei soldado não conta com tanto prestigio por aqui, mais lembrado por suas farras do que pelo esforço que fez para manter a estabilidade politica na monarquia. Em Portugal, ele teve o cerco do Porto e a vitória contra o usurpador Miguel, para justificar sua posição de herói nacional. Era bom de farra e de guerra. Mas diante da crise em que vivemos, não justifica gastar com tantas horas de voos pra trazer pra cá uma mera relíquia.

Gabriel BR

Ave Glória ! Ave Império!

Saldanha da Gama

2!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Carlos Campos

França Católica Monárquica e Tradicional tá morrendo. querem mudar os traços de Notre Dame, importam muçulmanos e deixam eles aplicarem seu modo de vida na França, sou a favor de fronteiras abertas, mas quem entra tem que obedecer as regras do lugar em que vive.

JCP

Ave Império!

Ivanmc

Muito bom, continuem assim! Um trabalho formidável, sempre se superando. Eu nunca me desaponto.

Jefferson Ferreira

FAB podia mudar para CAB – Companhia Aérea Brasileira

Porque ultimamente só tem se especializado em transporte de autoridades ou do que sobrou deles rs…

Ivanmc

Eles transportam muitas coisas, prezado, Jefferson Almeida.

Heitor

Além de nojento, mórbido e fúnebre… É dinheiro jogado fora

Camargoer.

Caro Heitor. A pergunta mais importante seria “quais são as celebrações programadas para comemorar os 200 anos de independência?”.

Camargoer.

Olá a todos. Visto que perderemos a chance de celebrar o bicentenário da independência, talvez possamos pensar realmente na celebração do centenário da Revolução de 30, visto que estaremos todos mortos para celebrar o bicentenário da república.

Rafael Oliveira

A “revolução” de 30 não deve ser comemorada, assim como não deve a “revolução” de 64.
Comemoremos os 50 anos da Constituição de 1988.

Camargoer.

Olá Rafael. Celebrar não é comemorar, mas abrir o debate, discutir seus impactos na história do país. É preciso lembrar que ela foi, enfim, a revolução burguesa que modificou a estrutura social do país. 64 foi um golpe de estado, não uma revolução. Sobre a CF88, devemos comemorar anualmente. Viva a CF88.

Rinaldo Nery

Castelo Branco assumiu em 15 de Abril, com a anuência do Congresso. Está nas atas do CN. Jango FUGIU pro Uruguai e deixou o cargo vago. Golpe seria se tivessem arrombado a porta, prendido ou matado o Jango.

Camargoer.

Caro Rinaldo. Um golpe de estado é um processo essencialmente contra a Constituição. Ele tem período preparatório de conspiração, tem um período de execução e um período de consolidação. As correlações de forças políticas (apoio popular, apoio internacional, traições dentro do grupo conspirador, habilidade política dos envolvidos).Existem diversos tipos de Golpes de Estado. Alguns fracassam outros não. O golpe liderado por Pinochet com apoio da CIA que resultou no assassinato de Allende e na instalação de um ditadura teve sucesso. O golpe contra Chaves fracassou e o fortaleceu. O golpe contra Gorbachev fracassou mas levou a URSS ao colapso. O… Read more »

Rinaldo Nery

Não vejo nada de tão fantástico nessa constituição socialista de 88. Direitos suecos com orçamento de Moçambique. 250 artigos e mais de 100 emendas. Causa estrutural da maioria dos nossos problemas.

Camargoer.

Olá Rinaldo. A CF88 foi redigida de um modo diferente de todas as anteriores. Lembro dos debates na escola e na elaboração de conferências municipais e estaduais (fui eleito como representante da minha turma na elaboração de propostas na minha escola e participei da eleição dos representantes de minha escola para a etapa municipal). Estas sugestões foram levadas para a Assemblia Constituinte. Outro ponto importante foi a própria eleição dos representantes de modo direto e secreto, como nunca havia sido feito em nenhuma assembleia constituinte anterior. Os trabalhos constituintes foram acompanhados pela imprensa e o tema era nacionalmente debatido diariamente.… Read more »

Rinaldo Nery

O fato de ter sido redigida “democraticamente” não produziu um bom resultado.

Camargoer.

Caro Nery. Uma constituição democrática é um documento de compromisso. Resulta de um acordo entre classes que disputam direitos e privilégios. Uma constituição não-democrática será apenas a imposição de uma classe já no poder sobre as demais.

Carlos Campos

quem comemora a República, cada ano que passa menos gente liga pra esse data, na verdade é uma data de reflexão, como que saímos de modelo que não era perfeito mas evoluía o país para um que só trouxe desgraça e rivalidades politicas onde hj odiámos uns aos outros e metade da população quer um c@rrupto na presidência. um judiciário que acredita que estão acima da constituição e legislam sem pode para tal, um senado que é frouxo e feito e que tem criaturas que só não estão presas pelo poder de seu cargo.

EduardoSP

A monarquia podia ser ótima, mas só para quem era branco.

Wilson Look

O certo seria dizer quem era latifundiário.

A grosso modo havia as mesmas mazelas de favores como temos hoje na política. Quando se sentiram ameaçados, derrubaram a monarquia.

Von Richtoffen

Desperdício de dinheiro público. Viesse de TAP.

tsung

ai é dinheiro pra eles

Agressor's

Mas é claro, com certeza. A prioridade deve ser para o transporte dos hérois do povo de nossa grande república de ratanabá!

Agora imaginem como vai ser no debate eleitoral dessas eleições:

“Vc é mentiroso”- Candidato, “Azul”
“Mas vc também é ” – Candidato, “Vermelho”
“Vc é ladrão” – Candidato, “Vermelho”
“Mas vc também é.” – Candidato, “Azul”
“Vc é corrupto.” – Candidato, “Vermelho”
“Mas vc também é.” – Candidato, “Azul”…Essas eleições prometem, viu…É a farra do boi…Irrrruuu…E viva a democracia…KKKKKKKKKKKK… 😀

Last edited 1 mês atrás by Agressor's
Henrique

TAP iria perder o coração do pedrinho assim como perdeu as malas do Caifa kkkkkk

Hcosta

É D. Pedro I do Brasil e D. Pedro IV de Portugal?

Camargoer.

Olá Hcosta. Sim. Pedro foi coroado Pedro I do Brasil e depois Pedro IV de Portugal

Hcosta

A minha questão é a lógica do título deste artigo de D. Pedro I de Portugal…

Gabriel BR

Exactamente!!!!
Foi o maior estadista do Brasil , autor da Independência , promulgador da Constituição mais longeva da História do meu país , Garantidor da unidade territorial e da estabilidade.

Hellen

Portugal não queria aceitar a independência do Brasil. No entanto, com a ajuda da Inglaterra, os dois países chegaram a um pacto: Portugal reconheceria a independência, e em troca o governo britânico exigiu que o Brasil pagasse um débito de 2 milhões de libras que Portugal devia a Inglaterra.
Nossa divida externa começou ai !!! Kkk

Wilson Look

Não foi isso na verdade. Esse valor foi calculado por uma comissão mista de barsileiros e portugueses para determinar o dano causado pela guerra de corso promovida pelo Brasil contra Portugal, foi um dos termos para Portugal reconhecer a independência do Brasil.(nesse tratado também estabelecia que Dom João VI seria o Imperador do Brasil, nesse caso foi uma última tentativa de salvar a ideia do Reino Unido de Potugal Brasil e Algarves).

André Luís

Ave Império!

Claudio QUADROS

Um pergunta cadê acioes exército comprou não se fala mais neles o de foi para ?

Wilson Look

Se estiver falando dos Sherpas, eles não foram comprados. A compra deles estava atrelada a uma mudança na lei que estabelece quais meios aéreos o EB pode operar, chegou a fazer uma mudança mas ficou muito subjetivo então voltaram atrás(teve uma pressão da FAB também, que não gostou nenhum pouco de como a lei tinha ficado) e desde então não se falou mais no assunto, possívelmente a ideia está parada, ou morreu.

Claudio QUADROS

Obrigado amigo muito triste .

Camargoer.

Olá Claudio. Estes Sherpas eram aviões obsoletos. O comandante da FAB afirmou que ela tem horas de voo disponíveis em aviões mais modernos, seguros e econômicos, como os C105, mas que dependem de recursos de custeio para voarem. Esta compra seria um erro e um desperdício de recursos. Criar um esquadrão de transporte do EB significaria duplicar uma infraestrutura de apoio que a FAB já tem. Como ficou demonstrado pelo próprio EB ao contratar um voo charter para levar as tropas para o treinamento nos EUA, o EB tem duas opções mais baratas e eficientes. 1. transferir seus recursos de… Read more »

CET

Dom Pedro 1 ou ” Guatimozin ” ???

Rinaldo Nery

Soberano Grão Mestre do GOB.

Jaime

Para interessados, excelente livro sobre a Independência, seu contexto e personagens:

Os Pilares da IndependênciaPontes, Evandro

História factual, sem ideologia marxista que impregna a análise do período e que defenestrou um passado de gigantes e de valores elevados.

É gratuito para download na biblioteca da Funag, segue:

https://funag.gov.br/biblioteca-nova/produto/1-771

Se puder, faça esse favor a si mesmo e se precava contra os embustes que serão contados até o bi-centenário

Frederick

Perda de tempo.
Um lunático, como muitos em voga, que esconde-se em antimarxismo para panfletar delírios.

E que nada tem a ver com o tema deste fórum.

Jaime

Deixando de lado tua adjetivação histérica e vazia, a bile afeta a razão pois Dom Pedro I e Independência tem total relação com este post e amplo debate dentre os mais de 100 comentários prévios.

Não sejam queimadores de livros, ainda mais dos que se quer leram, papagaios de panfletagem política.

Aos que valorizam o saber, reforço a indicação de leitura.

Frederick

Sem choro. A crítica, minha percepção individual, foi à obra que te arrebatou e ao seu autor, não a você. Saiba diferenciar um de outro.

Divulgue e leia o que bem entender. Estamos em uma República livre. Essa estória de restrição literária cabia aos monarcas e ao dono do coração que está por vir.

Jaime

Não entendi a crítica direta a mim, meu comentário não dá margem a tal entendimento.

O tema do fórum parece, agora, ‘ter a ver’ com Dom Pedro. Ok, já é um avanço.

Frederick

Sim. Saudosistas de um sistema decadente e pretérito tornaram a sua sugestão “literária” pertinente.

Vitória, sim?

Wilson Look

Olha que Dom Pedro I, tinha o desejo de punir os jornais que falavam mal de seu governo ele tinha, mas ele nunca conseguiu isso, a visão de que o País precisava de liberdade de imprensa acabou prevalecendo no Parlamento e no Senado.(veja que estou dizendo em punir não de restringir, a discussão era sobre se devia ou não punir severamente quem fala-se o que o governo não quisesse ouvir).

Vale dizer que em nenhum momento ninguém falou sobre censura prévia na época, isso só veio a ocorrer no Estado Novo e no Regime/Ditadura Militar.

Jaime

https://www.youtube.com/watch?v=cKav2jnQUSA&t=38s

segue apresentação da obra pelo autor

Marcelo Tadeu

Engraçado, damos emprego e regalias de 2 em 2 anos para mais de 20.000 parlamentares e chefes do Executivo e isso não é dinheiro jogado fora!!!

Marcus Luiz

VIVA NOSSOS LIBERTADORES!!
BRASIL ACIMA DE TUDO!!
DEUS ACIMA DE TODOS!!!

Last edited 1 mês atrás by Marcus Luiz
Rodrigo

Governo sendo governo, agora pergunta para as autoridades que estarao no evento algo da história…
Mas Brasil é Brasil…

marcos vinicius

Pedro, se o Brasil se separar, antes seja para ti, que me hás de respeitar, que para algum desses aventureiros”

Apenas cinco batalhas? Nao houve.

Valor 2,4 milhoes de libras esterlinas pagos a Portugal. Isso sem contar o raspa cofre que Joao VI, fez antes de retornar.

Últimas Notícias

Embraer entrega E-Jet de número 1.700

São José dos Campos - SP, 29 de setembro de 2022 – A Embraer atingiu um novo marco no...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -