terça-feira, janeiro 18, 2022

Gripen para o Brasil

FAB transporta cestas básicas, medicamentos e água em apoio à Bahia

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Nesta quarta-feira (29) duas aeronaves C-130 Hércules Força Aérea Brasileira (FAB) decolaram da Base Aérea do Galeão (RJ) transportando 46 militares do Corpo de Bombeiros Militares do Rio de Janeiro e 2 toneladas de equipamentos em apoio às vítimas das chuvas no Sul do Bahia.

Ainda pela manhã duas aeronaves H-36 Caracal da FAB decolaram de Ilhéus transportando aproximadamente 1500kg de colchonetes, travesseiros, cestas básicas, materiais de higiene pessoal e roupas para a cidade de Dário Meira (BA) e 2.300 kg cestas básicas e fardos de água para Ipiaú(BA).

A Força Aérea Brasileira (FAB) integra a cooperação mútua entre o Ministério da Defesa, o Ministério da Saúde e o Ministério do Desenvolvimento Regional, na ajuda humanitária em apoio aos municípios atingidos pelas chuvas no sul da Bahia.

O Comando da Aeronáutica mantém um esforço contínuo e permanente de seu efetivo e de suas aeronaves em atendimento às necessidades da população das áreas afetadas, neste momento de necessidade.

Outras missões

Sob a coordenação do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), de Brasília (DF), desde o início da situação de calamidade a FAB está engajada na operação, já tendo transportado mais de 45 toneladas de donativos alimentícios (perecíveis e não-perecíveis) para atender às populações mais atingidas pelas enchentes, com o emprego das aeronaves KC-390 Millennium do Esquadrão Zeus (1º GTT) nos dias 16 e 17.

Também no dia 17 a FAB também realizou o transporte de uma carga de 23 toneladas de alimentos não perecíveis pelo modal terrestre, em uma carreta do Centro de Transporte Logístico da Aeronáutica (CTLA). Além disso, um C-130 Hércules, operado pelo Esquadrão Gordo (1º/1º GT), transportou no dia 12 aproximadamente 2,5 toneladas de medicamentos.

FONTE: Força Aérea Brasileira

- Advertisement -

24 Comments

Subscribe
Notify of
guest
24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos

Fico imaginado se a FAB tivesse um cargueiro de maior porte, como C-5 Galaxy, nessas horas seria de grande ajuda.

Marcos10

Não, não seria. As pistas com capacidade paea recebê-lo seriam poucas.

José Carlos da Silva Peixoto

Concordo ! Como um C5 iria pousar em Ilhéus ?

Jefferson Henrique

Além de que não há aeronaves do tipo disponíveis no mercado, além do custo de operação e manutenção para ter quantos, 1 ou 2 ?

Leandro Costa

Não parece fazer muito sentido dado que boa parte das cargas transportadas nem chegaram no peso máximo de carga das aeronaves utilizadas. Apenas quando se faz o somatório é que se percebe o quanto foi transportado no total até o momento.

Barak MX para o Brasil

Não precisamos de C-5 Galaxy, só os EUA usam. Precisamos de C-17 ou A400M.

Marcos10

Nem C-17 ou A400. Para complementar a frota, e que serviria com aeronave multimissão, B.767 ou A.330.

Ramon

Se for para utilizar aeronaves que transportam muita coisa é melhor ter alguns chinook ou helicóptero de grande porte que conseguem transportar muita carga e pousar em áreas perto de onde aconteceu o desastre que um C-5 Galaxy, pois geralmente aqui no Brasil só aeroporto de capitais e bases aéreas que conseguem receber esse tipo de avião, realmente é um avião que leva muita coisa, mas aqui no Brasil os desastres tem uma característica que é de ocorrer em pequenas cidades em margem de rios ou de terreno mais montanhoso, por isso o melhor é ter uma capacidade de deslocamento… Read more »

Marco

Marcos em primeiro lugar precisamos dos 28 KC-390 originalmente contratados.

Wellington Góes

Com C-5 eu não diria, mas com C-17, ou Y-20, poderia ser. Com A330MRTT também.

Pedro Fullback

Nessas horas é que vemos que o número de 14 Kc 390 é muito pouco para FAB! Imagine você ter a responsabilidade de adestrar e manter os paraquedistas, ajudar na logística da Região Amazônica, ter a missão de fazer REVO, desastras naturais, Antártida, missão humanitária e ainda cumprir os anseios da FAB. Então, fica a pergunta, 14 Kc-390 é o suficiente para um país como o Brasil??

Ademais, ter 14 aviões não significa que eles sempre estão de prontidão, sempre teremos aeronaves fazendo manutenção, fora as possíveis perdas por acidente e etc.

Equilibrium

Imagine quantas aeronaves são necessárias para manter outros países com um pouco mais ou um pouco menos de nosso tamanho e população?
E a gente diminuindo pedidos?
Nem faz sentido
É só olhar como exemplo a Espanha. mesmo que o A400M (27 adquiridos) tenha sido um PESADELO, ela vai trazer o A200M.
Espanha, um país “sério” com 4,5 vezes menos população de habitantes e 17 vezes menos território que nós.
Fica ao critério dos senhores leitores.

Pedro Fullback

Prezado Equilibrium, pois é! E ainda tem gente que defende a FAB por reduzir o número de aeronaves.

Ivan herrera

Eu não defendo , só espero que saia um segundo lote de gripens e em seguida encomende pelo menos mais uns 10 kc390

Marcos10

Uma questão fundamental quanto ao segundo lote: quem vai bancar?
Esse primeiro foi feito com financiamento do governo sueco. O governo sueco vai financiar um segundo lote para ser fabricado aqui?
Se o GF vai bancar, porque já não bancos o primeiro?
O corte do Kc390 é para garantir verba para o Gripen? Ou o corte é porque qye não tem orçamento? Se não tem orçamento para a Embraer, vai ter oara a Saab?
Um país que vive de pires na mão, faz maus sentido pedir F35 de prateleira com financiamento por FMS.

EduardoSP

Sempre que se trata da.FAB quem banca é o Tesouro Nacional, também conhecido como você, o contribuinte.

Ivan herrera

Pedir f35 é uma coisa ,tio San liberar a venda duvido muito, sem contar custo com horas de vôo e manutenção Esquece esse caça

Allan Lemos

Faz todo sentido se você tiver em mente que a prioridade dos militares brasileiros sempre foi e sempre será o próprio bolso. O compromisso com a defesa da nação fica lá no final da lista depois do soldo, pensões, benesses, picanhas, lagostas e etc.

O pessoal aqui que tem militar de estimação pode me xingar e criticar a vontade, mas o que eu falei é a mais pura verdade.

Last edited 19 dias atrás by Allan Lemos
Rinaldo Nery

Que chato você não ter passado no concurso… Sinto muito. Ainda tem idade pra tentar de novo?

Allan Lemos

Graças a Deus já sou concursado, amigo. Se bem que concursos no Brasil não dizem muita coisa, né? Afinal, você está ai para provar o nível baixíssimo de conhecimento da maioria das pessoas que ocupam cargos no funcionalismo público brasileiro, civil ou militar. É mesmo muito triste.

Castro

Allan Lemos, desculpa perguntar: Você sabe quem é o Rinaldo Nery? outra Pergunta: O que você Acha do AT29?

  • Tem pessoas que tem a inteligencia de apenas passar em um concurso, porem não possui capacidade nenhuma de exercer as atividades que lhe são atribuídas como o minimo de eficiência.
Allan Lemos

Só um manezão que fica pateticamente tentando dar carteirada. Mas o presidente e seus ministros estão ai para comprovar que as forças armadas estão cheias de incompetentes.

Tem pessoas que tem a inteligencia de apenas passar em um concurso, porem não possui capacidade nenhuma de exercer as atividades que lhe são atribuídas como o minimo de eficiência.

Provavelmente é o caso do cidadão que você citou.

Eu por outro lado consigo exercer meu cargo com competência desde que eu entrei.

Mayuan

Em um país que não tivesse que ter gasto um rio de dinheiro não previsto pra remediar os efeitos de uma pandemia talvez…

Red Pill - 红色药丸

Que bom

Últimas Notícias

Chile quer comprar aeronaves britânicas E-3D Sentry ‘AWACS’ aposentadas

Uma fonte disse ao UK Defense Journal que o Chile está procurando comprar “mais de uma” aeronave E-3D aposentada...
- Advertisement -
- Advertisement -