quarta-feira, maio 12, 2021

Gripen para o Brasil

Bundeswehr diz adeus ao Bell UH-1D ‘Huey’

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Por mais de 50 anos, o “Huey” estava sempre lá quando era necessário. Mas agora o helicóptero Bell UH-1D foi finalmente substituído pelo Airbus H145.

Na presença da Ministra da Defesa alemã Annegret Kramp-Karrenbauer, o último dos três helicópteros SAR deixou o serviço em Holzdorf em 12 de abril.

Por meio século, o som característico do helicóptero de resgate Bell UH-1D da Bundeswehr (Defesa Federal), carinhosamente conhecido como “batedor de tapete”, podia ser ouvido no céu.

A partir de 1968, a Bundeswehr adquiriu gradualmente 340 UH-1Ds. As máquinas foram utilizadas para transportar pessoas, para combater incêndios florestais e inundações, bem como para serviços de busca e salvamento (SAR – Search and Rescue).

Operado há anos pela Força Aérea, esta missão vem sendo executada pelo Exército Alemão desde 2013. Devido à pandemia do coronavírus, o último UH-1D só foi substituído na segunda-feira em uma cerimônia curta e com poucas pessoas.

O H145 LUH SAR foi escolhido como sucessor do “Huey” em dezembro de 2018 e a entrega do primeiro helicóptero ocorreu um ano depois.

Nesse ínterim, todas as sete máquinas encomendadas foram entregues ao Exército e o treinamento de todos os 51 pilotos foi concluído antes do Natal de 2020.

FOTOS: Bundeswehr / Peter Straub

- Advertisement -

15 Comments

Subscribe
Notify of
guest
15 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Tutu

Quando um projeto é bom ele dura mesmo.

Last edited 27 dias atrás by Tutu
Fernando

Maquinaça o Bell UH-1H. Saudades de trabalhar com esta máquina. Aliás ontem um Bell UH-1H passou voando bem aqui sobre a minha casa… claro que saí correndo para ver, pois seu ruído característico se escuta de longe… e é música para os ouvidos.

Leandro Costa

Concordo muito. Não haviam muitos desses aqui pelo RJ, mas desde que a polícia adquiriu uns dois deles, de vez em quando vejo um passando. Escuto primeiro para depois ver, claro hehehehehe

Flanker

É policial ou de alguma empresa privada. Das FFAA não é.

Bruno

Aqui no Rio a PMERJ e a PCERJ operam o UH-1. Cada uma com um exemplar.

Last edited 26 dias atrás by Bruno
Agnelo

Só q não é o modelo H, confere? É mais novo, né?

Leandro Costa

São os ‘H’ mesmo Agnelo. Só tiveram overhaul completo e os motores, mesmo senso os mesmos, são relativamente novos, estrutura revisada, etc. Mesmas duas pás de sempre.

Luiz Trindade

Os helicópteros da Bell marcaram uma geração… São pau para toda obra mas infelizmente chega um momento que fica muito dificil manter os mesmos pelo custo da manutenção… Vai deixar saudades quando o último voar pela sua última vez!

Rodrigo LD

Eterno ícone das asas rotativas. Lenda. Único em todos os aspectos. Me entristece muito ver essas maquinas sendo espetadas em praças públicas aqui no Brasil, para a felicidade dos pichadores e vândalos. Em Santa Maria-RS, existe um totalmente vandalizado e esquecido. Doado para a prefeitura e esquecido. Ver https://www.santamaria.rs.gov.br/noticias/14422-prefeito-farret-inaugura-monumento–com-helicoptero-a-forca-aerea-brasileira-em-rotatoria-da-br158 . O 5º/8º Gav, que o operou por tantas décadas, poderia manter ao menos um em condições de voo, servindo para datas festivas, exposições e para manter viva a memória das gerações que operaram e mantiveram essa máquina. Sou realmente um fã do “Sapão”. Certamente ainda operará por muitas décadas ainda,… Read more »

Last edited 27 dias atrás by Rodrigo LD
M65

Por isso que defendo que aeronaves e outros equipamentos belicos, exceto aqueles que são monumentos na frente de OMs, sejam expostos no interior de ambientes privados e públicos, como aeroportos e rodoviárias, por exemplo. Assim, ficam livres de vandalismo

JOSÉ CARLOS MESSIAS

Bell UH-1H, o Sapão ou ‘Hazão’ sempre uma máquina formidável!

JuggerBR

Praticamente um fusca dos céus. Pau pra toda obra e manutenção muito conhecida.

Caio

O h145 vem se mostrando o substituto natural do sapão. Bem que poderiamos está produzindo ele em grande quantidade, para patrulha, salvamento, acompanhamento dela cavalaria como os EUA, mas creio que seu brilho, mesmo no Brasil chegará.

Eric

Seria uma excelente escolha, ou até mesmo o H135, mais leve e barato, são bimotores que poderiam ser amplamente utilizado nas FAs e na segurança pública.

Pablo Maroka

O risco de tetano era muito grande

Reportagens especiais

Gripen, I’m your father!

O Saab 37 Viggen (nome do raio do deus nórdico Thor) é talvez o caça sueco mais famoso, tanto pelo...
- Advertisement -
- Advertisement -