Home Aviação Militar Esquadrão de treinamento da Força Aérea dos EUA recebe dois primeiros KC-46A

Esquadrão de treinamento da Força Aérea dos EUA recebe dois primeiros KC-46A

3201
8
KC-46A Pegasus
KC-46A Pegasus

Em 10 de fevereiro, a Boeing entregou sua segunda aeronave de reabastecimento aéreo KC-46A Pegasus ao 56th Air Refueling Squadron da USAF na Base Aérea de Altus, Oklahoma, de acordo com um porta-voz da empresa.

O 56th Air Refueling Squadron é responsável pelas tripulações do KC-46A, manutenção e treinamento de suporte. A porta-voz da USAF, Tenente Abigail Pongracz, disse em 11 de fevereiro que a Altus AFB está iniciando um período de familiarização de sessenta dias em que a manutenção, equipamentos de voo, polícia, bombeiros, operações de aeródromo e outras tripulações serão capazes de obter experiência prática na aeronave. Três KC-46A adicionais serão entregues à Altus AFB nas próximas semanas, de acordo com um comunicado da Boeing.

A 97th Air Mobility Wing, desde que foi selecionada em abril de 2014 como a unidade de treinamento formal do KC-46A da USAF, se preparou para receber a aeronave. Isso incluiria a construção de um novo centro de treinamento formal e extensões de hangar, junto com a permanência do primeiro esquadrão KC-46A.

No entanto, a tenente Pongracz disse que a base aerea de Altus AFB modificou a infraestrutura previamente estabelecida, como os hangares existentes, de unidades de treinamento de voo, como o Lockheed Martin C-5 Galaxy e o Lockheed C-141 Starlifter. Ela acrescentou que a nova construção inclui simuladores, salas de aula e treinadores de fuselagem. O 56th Air Refueling Squadron faz parte da 97th Air Mobility Wing.

8
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
4 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
8 Comment authors
Marcelo AndradeFredteropodeHumbertoMarcos10 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Rui chapéu
Visitante
Rui chapéu

Vou perguntar de novo nesse tópico: Qual vai ser a aeronave base que usarão pra trocar todos 707 militares que ainda usam no mundo?
Será o 767 que foi baseado esse, será o 737 que foi baseado o P-8, será o 787 dreamliner de tecnologia mais nova?
Alguém se arrisca?

BILL27
Visitante
BILL27

767

Marcos10
Visitante
Marcos10

Reabastecimento: 767
Vigilância: 737

teropode
Visitante

Acredito no 767 , além de abastecer poderiam utiliza-lo também para vigilância e interferência eletrônica, tem espaço de sobra nele , um 3 em 1 interessante . Pods eletrônicos, tanques subalares e torpedos .O Gordo nasceu pra isto ..

Humberto
Visitante
Humberto

O avião base é o 767 (que é um mix das versões 200, 300 e 400) mas com cockpit do 787. Ele irá substituir os KC 135 (que tem como origem o Dash 80 que deu origem tb ao 707) americanos e os KC 10.
Vários países utilizam o 767 200 como plataforma básica para o reabatecedor já a FAB deseja o 767-300.
A França, possui o KC 135FR (que é uma versão remotorizada do KC 135F) mas não acredito que vão para o KC 46, tendem a ir para o A330 MRTT.
O P-8 tem como base o 737.

Marcos10
Visitante
Marcos10

Estranho q não tenham pedido com motores mais modernos: um 767 neo.

Fred
Visitante
Fred

Fará um mês que um Pegasus operado pelo 418th Flight Test Squadron abasteceu um F-35 em Edwards. Uma imagem muito interessante.

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Puxa, gostaria de ver uns 4 aviões desses na FAB, sei que é devaneio mas, alguém sabe sobre o KC-X? O contrato foi desfeito mesmo com a IAI? Apesar dos KC-390 começarem a entrar em operação, precisávamos de aviões tipo o 767 para transporte estratégico.