Home Aviação Militar FAB participa do Exercício Multinacional PANAMAX 2018

FAB participa do Exercício Multinacional PANAMAX 2018

4786
5

A coalizão foi liderada pelos Estados Unidos e contou com mais 15 países

Militares do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE) e do Comando de Preparo (COMPREP) participaram do Exercício Multinacional PANAMAX 2018, no período de 31 de julho a 10 de agosto. Esta é uma iniciativa dos Estados Unidos da América (EUA), por meio do seu Comando Sul (SOUTHCOMM), para simular um conflito com uma força insurgente de um país fictício, que teria por objetivo impedir o fluxo de navegação marítima pelo canal do Panamá.

A coalizão foi liderada pelos EUA e contou com outros 15 países, entre eles o Brasil. Os militares da comitiva participaram da operação em três locais distintos: em San Antonio, Texas, eles participaram do MNFS (Multi National Forces South), responsável pelo Comando da Operação; em Tucson, Arizona, o COMAE comandou o Componente Aéreo do Exercício (CFACC); na cidade de Suffolk, na Virgínia, dois militares do COMAE trabalharam diretamente na Direção do Exercício.

“Participar de um evento com essa magnitude e complexidade é uma excelente oportunidade de ganho operacional para o COMAE e para a FAB. Durante a PANAMAX, pudemos vivenciar diversas situações que nos ajudaram a compreender as dificuldades encontradas em um conflito real. Além disso, a participação dos nossos militares na Direção do Exercício será aproveitada em breve, durante a COMAEX, treinamento simulado de guerra aérea que será realizado no COMAE, no mês de setembro”, comentou o Chefe do Centro Conjunto de Operações Aéreas do COMAE, Brigadeiro do Ar João Campos Ferreira Filho, Comandante da Força Aérea Componente (CFACC) durante a PANAMAX.

FONTE: Força Aérea Brasileira

5
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Rinaldo Neryluiz antonioFredWalfrido Strobel Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Eu só encontrei foto de gente mexendo no computador, é treinamento real ou só video game(simulação)?

Fred
Visitante
Fred

“video game” não é. Muito, mas muito longe disso.

luiz antonio
Visitante
luiz antonio

e nossas Forças Armadas, necessitando de equipamentos decentes para operarem, recebem ingressos para Play Centers e Vídeos Games. Estão brincando, não a FAB, a MB e o EB claro. Estão treinando com o que é possível….e….segue o enterro.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Não adianta ter equipamentos de ponta e não saber operá-los na sua plenitude (Venefavela). Uma campanha aérea combinada, padrão OTAN, é uma atividade bem complexa, e pode sim, ser treinada ¨na carta¨(simulada), com softwares bem efetivos. Usamos o software MARTE no Exercício AZUVER das Escolas de Comando e Estado-Maior. Ter um oficial general brasileiro comandando um exercício desses, nos EUA, demonstra nossa capacidade de operar e conduzir campanhas complexas no padrão OTAN. A CRUZEX está aí pra provar. Além disso,é uma grande oportunidade de aprender com quem sabe (EUA), além de verificar, in loco, sistemas e métodos no estado da… Read more »

Walfrido Strobel
Visitante
Walfrido Strobel

Com certeza não é “video game” de brincadeira, parece ser uma simulação completa com o planejamento não só de uma missão isolada, mas de toda a operação.
Não se ofendam com a brincadeira…..