Home Indústria Aeronáutica Japão solicita informações sobre opções para substituir caça F-2

Japão solicita informações sobre opções para substituir caça F-2

5472
27
Mitsubishi F-2
Mitsubishi F-2

O Ministério da Defesa do Japão está solicitando informações a fabricantes para seu próximo programa de aviões de combate, tomando um passo inicial em direção a uma aquisição que vai moldar a força aérea do país na metade deste século e talvez resultar em um desenvolvimento nacional.

O ministério está buscando informações sobre três alternativas: a criação de um novo tipo de caça, a modificação de um projeto existente ou a importação. O objetivo é substituir o Mitsubishi F-2.

Analistas acreditam que nenhum caça atual atende aos requisitos do Japão: caça bimotor de longo alcance, com baia interna para seis mísseis ar-ar.

Mesmo que a produção do futuro caça seja local, empresas estrangeiras poderão se beneficiar de um programa liderado por empresas japonesas. As respostas deverão ser entregues até 5 de julho.

27
Deixe um comentário

avatar
27 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
18 Comment authors
Aki vrx (Shandow)Guina (@souzajr2)LucasGuilherme PoggioJoao Henrique Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Nonato
Visitante
Nonato

Caça bimotor de longo alcance. Baias internas? Baias internas só o f22, F35 e Su50, certo?
Bimotor de longo alcance só se forem os russos e talvez o f15?
Será que o f15 silent Eagle tem baias internas?
Eu sempre dei valor ao alcance.
Esse negócio de ficar reabastecendo o tempo todo tem nada a ver. O limite entre território amigo, inimigo, hostil pode não existir e não haver a possibilidade de manter um avião para revo dando sopa…
Caça tem de ter independência e autonomia.

Marcelo Pamplona
Visitante
Member
Marcelo Pamplona

Estaria aí o parceiro internacional (e confiável) que pode viabilizar a retomada de produção do F-22?
Eu me lembro de ter lido que a exportação do Raptor estaria terminantemente proibida, salvo engano,
Poderiam rever tal proibição em prol de uniões estratégicas como esta?
Mera curiosidade.
Sds.

Ednardo de oliveira Ferreira
Visitante

Segundo wikipedia, a linha aérea de defesa japonesa é:

Mitsubishi F-2 64 (versão do F16)
F-4 Phantom II EF/RF-4EJ 71
F-15 Eagle F-15J 154
F35 – 42 encomendas

+

25 F2 de treinamento
45 F15 de treinamento

A tendência é que eles adquiram mais F35.

Andromeda
Visitante
Andromeda

E o dinheiro para isso? eles estão quebrados e querem se armar mais ainda???? é por isso que digo que o país está se preparando para a guerra pois está se chegando a uma situação em que não haverá solução financeira para o problema de caixa deles …. a guinada política para a extrema direita é indício disso ….

Marcelo Pamplona
Visitante
Member
Marcelo Pamplona

Ednardo;

Não creio que a tendência seja esta (compra de mais F-35).
Dados os requisitos estabelecidos, creio que vão adotar uma plataforma diferente desta, ainda que não seja o F-22.
Pode ser um desenvolvimento/variante deste projeto:
http://airway.uol.com.br/caca-invisivel-japones-vai-voar-em-fevereiro/
Até porque uma das possibilidades é talvez adotar um “desenvolvimento nacional”.
Sds.

Ederson Joner
Visitante

Quem está quebrado? Japão ou USA? Acho que não em!

Marcelo
Visitante
Marcelo

bimotor, com baia interna p 6 mísseis ar ar, só o F-22 que não é mais produzido, ou o Sukhoi T-50, que não está em produção ainda e o Japão não irá comprar. Ou seja, irão desenvolver um projeto próprio. Esse vai ser interessante de acompanhar.

João Paullo Sampaio e Conceição
Visitante
João Paullo Sampaio e Conceição

Seria um boa o Japão se aliar com a Alemanha, que procura um substituto para o Tornado, acho que os dois países querem aviões parecidos.

Reinaldo Deprera
Visitante
Member
Reinaldo Deprera

To com o Ednardo de oliveira Ferreira 27 de junho de 2016 at 13:43

Em breve será noticiado uma nova encomenda de F-35 feita pelo Japão.

Save Ferris!

Andromeda
Visitante
Andromeda

Ederson, antes do abenomics a dívida do governo japonês era de 270% sobre o Pib do país, agora com o abenomics superou em muito isso pois com a inflação conseguida a muito custo e a política de emissão de moeda (quantitative easing) esta dívida está muito maior, afinal precisava aumentar os impostos para arrecadar mais e diminuir o efeito negativo da inflação mas abe não conseguiu fazer isso até hoje …. antes do abenomics o governo japonês gastava perto de 1/4 de sua receita para pagar os juros de sua dívida .. cada aumento de 1% na inflação representava aumento… Read more »

Clésio Luiz
Visitante

O Japão faz isso direto. Considera um novo caça, chama os fabricantes ocidentais para dar uma olhada no que está disponível, depois declaram que nenhum concorrente atende seus requisitos e acaba gastando os tufos num projeto nacional. Foi assim com o F-1, T-4 e o F-2.

Podem acreditar que esses são os primeiros passos para a aquisição de um derivado daquele demonstrador que voou esse ano.

Jr
Visitante
Jr

Essa solicitação de informação de opções para substituir o F-2 é a maneira de viabilizar o Shinshin, pelos requisitos duvido que eles comprem mais F-35. Nenhum caça atualmente em produção agrega todos esses requisitos. Quando eles decidiram substituir os C-130 deles, eles fizeram a mesma coisa, mas nenhum dos concorrentes que responderam o RFI agregava os requisitos pedidos pelos japoneses, então eles partiram para o Kawasaki C-2

junior
Visitante

ué eles já não estão fazendo um caça assim?
https://youtu.be/PJZm_c5T9CA

Lyw
Visitante
Lyw

Pois é isso Júnior, e o X-2?

Acredito que os japas estejam mandando uma indireta para os americanos, de olho numa possível reabertura da linha de produção do F/A-22.

Fabiano
Visitante
Fabiano

Gente quem não sabe que o Japão queria F22 rsrsrsrs ,Israel.
O tio Sam diz
NO

Ednardo de oliveira Ferreira
Visitante

O F2 tem características de ataque. O f35 está mais alinhado a esta missão, apesar dele não ser biturbina.

Se fosse para substituir os F15, aí sim entraria com o F22.

A esta altura do campeonato, com tudo que é projeto stealth caríssimos e engasgando pelo mundo, seria muito temerário o Japão querer um projeto novo. Aliás, qualquer projeto novo levaria mais 15 anos para estar voando e operacional, pelo menos.

Joao Henrique
Visitante

Seria bom o Japão estudar a opção da SAAB que se não me engano, já tem estudos para um caça de 5 geração.

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

O F-22 sempre foi o sonho de consumo de Tóquio.

Lucas
Visitante
Lucas

Vocês esqueceram do J 20 atende aos requisitos do japão mas duvido muito.

Guina (@souzajr2)
Visitante

A solução do Lucas seria bem divertida!

Aki vrx (Shandow)
Visitante

Andromeda 27 de junho de 2016 at 15:39 Esta correto em quase tudo no seu comentário, porem gostaria de acrescentar alguns detalhes mais de metade do orçamento atual japonês são papeis emitidos cerca de US$500 bilhões de dólares por ano. Destes 500 Bi metade 250 vai para pagar juros e o resto vai para pagar o buraco na providencia social hoje quase 90% dos papeis emitidos são comprados pelo banco central japonês, ou seja o banco central japonês esta imprimindo dinheiro e comprando títulos do governo, esta operação poderia ter sido feita muito antes no inicio dos ano 2000 quando… Read more »

Andromeda
Visitante
Andromeda

Prezado Aki, também não sou economista mas pelo pouco que sei do assunto a inflação lá não decolou tanto quanto esperado pois o consumo não aumentou também. Com o dinheiro ganho na fase inicial do abenomics o governo esperava que as empresas e pessoas gastassem mais gerando inflação mas o temor quanto ao futuro fez com que todos poupassem novamente, ou seja, guardar o dinheiro embaixo do colchão como os japoneses sempre fazem … os juros negativos foram uma forma encontrada pelo governo de fazer as pessoas e empresas tirarem o dinheiro dos bancos e gastar mas ainda não está… Read more »

Aki vrx (Shandow)
Visitante

Andromeda 28 de junho de 2016 at 17:17 Obrigado pela reposta, realmente pode ser, mas não acredito que uma opção por guerra venha acontecer rápido eu chutaria que este cenário pode ocorrer por volta de 2040. Por volta de 2040 a população mais velha já teria diminuído muito, os mais novos são favoráveis a guerra, e claro com a população reduzida a economia tende a encolher e os problemas multiplicarem, dizem que com as políticas atuais somente por volta de 2050 o Japão deve se estabilizar e talvez voltar a crescer a taxas mais altas. Mas ate lá vai ter… Read more »

Andromeda
Visitante
Andromeda

Aki, O Brasil não queria entrar na segunda guerra mas os “nazistas” afundaram um navio brasileiro. Os EUA não queriam entrar na segunda guerra também mas ai os japoneses atacaram de “surpresa” Pearl Harbour. Os EUA queriam invadir o Iraque pois “descobriram” que o país tinha armas de destruição em massa ….. A vontade do povo parece que pouco importa quando se trata de fazer guerra … Ouço relatos de que Abe deseja forçar o alistamento dos jovens japoneses na força de auto defesa do país condicionando a oferta de empregos das empresas somente para aqueles que tenham servido na… Read more »

Nonato
Visitante
Nonato

O Japão quer provocar guerra contra a China? Para mim não faz sentido. A China ganharia. A não claro com a ajuda dos EUA. Não gosto de imperialismo. Nem americano e muito menos chinês. Mas se eu fosse a China não provocaria ninguém tão cedo. Eles estão crescendo e melhorando militarmente. Têm condições de em 10 a 15 anos estarem em pé de igualdade com os EUA. Arranjar guerra antes de poder dar conta é problema. E o Japão não acho que tenha condições de lidar com a China sozinho. Para os próximos anos o que podemos ver é a… Read more »

Andromeda
Visitante
Andromeda

Prezado nonato, Naquela região quem tem mais a perder no caso de uma guerra é a china, por isso acredite, eles são os que mais temem a guerra. Este país urra e posa de mau mas é tudo show para tentar manter os inimigos longes e assustados. A china atual se resume ao partido comunista e depois da segunda guerra mundial este partido conseguiu criar um país formidável à força, unindo etnias diferentes e entrando em conflito com quase todos os que o rodeiam. Por causa disso vive em constante instabilidade interna e externa que se não controlados podem colocar… Read more »

Aki vrx (Shandow)
Visitante

https://www.youtube.com/watch?v=_cfBGe100y0 Sobre os fundamentos de que os japoneses não tem divida nenhuma os defensores dizem que o governo japonês tem um patrimônio de US$7 Trilhões de dólares e o Banco Central Japonês tem US$3 Trilhões de dólares por tanto se o governo japonês quisesse fazer uma liquidação para zerar a divida total faltaria apenas US$1 Trilhão de dólares ou seja cerca de 25% de seu PIB. Isto sem dar um calote na própria população e instituições que compraram os títulos do governo. Por tanto se o governo aumentar o imposto de consumo para 10% e fizer algumas reformas no sistema… Read more »