Home Guerra eletrônica Ataque eletrônico de Su-24 russo teria ‘paralisado’ sistema Aegis americano

Ataque eletrônico de Su-24 russo teria ‘paralisado’ sistema Aegis americano

1761
21

Советский бомбардировщик СУ-24

É o que diz reportagem da rádio Voz da Rússia, sobre recente incidente no Mar Negro com o destróier USS Donald Cook (DDG 75) da Marinha dos EUA, no Mar Negro. Aeronave teria utilizado o sistema Khibiny de neutralização radioeletrônica de última geração. Clique aqui para saber mais, no blog do Poder Naval.

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
6 anos atrás

Aham. E só não atiraram porque era época de páscoa e o coelhinho poderia ficar “babo” e não trazer ovinhos de páscoa pros pilotos…

Ah, “Voz da Rússia”…

Joner
Joner
6 anos atrás

Claro, normal!!!!

Será que não ficam com vergonha de escrever um texto desses?

Os americanos só não derrubaram o jato por que o inimigo tem ogivas nucleares “no coldre”.

Se não, o SU teria virado migalha.

Não é o SU-24, o SU-27/30/35, MIG’s, Bulavas e Borei’s.
É todo o conjunto russo a disposição que impede que por exemplo a OTAN sobrevooe a Criméia e imponha uma zona de exclusão aérea.

Lembram dos Rafales sobre a Líbia em poucas horas? Chutar onça morta é facíl, agora quando suas chances de sair são pequenas, os números são proibitivos.

jairo boppre sobrinho
jairo boppre sobrinho
6 anos atrás

Como o Vader disse uma vez – estes aviões da Russia, nada mais seriam do que alvos – falar é fácil.
Abs

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
6 anos atrás

Senhores: A notícia é tão falsa como uma nota de 3 reais. Inicialmente pelo fato da Voz da Rússia ser mentirosa compulsiva e mestre de barrigadas. Aqui vão duas das mais famosas: – O Hamas teria derrubado um F-16 israelense sobre Gaza; – Os Russos teriam abatido “Mísseis balísticos” disparados pelos EUA, a partir da Espanha em direção à Síria. No mais a própria leitura da notícia revela o seu incrível tom farsesco. Vamos à leitura desse trecho: “Após o incidente, como escreve a mídia estrangeira, o Donald Cook entrou com urgência num porto da Romênia, onde 27 tripulantes do… Read more »

Observador
Observador
6 anos atrás

“Ataque eletrônico de Su-24 russo teria ‘paralisado’ sistema Aegis americano”.

Até parece…

Alguém já leu a Voz da Rússia? Só falta notícias sobre abdução, de tão absurdo que é.

Aham, claudia, senta lá…

Vader
6 anos atrás

Sinceramente não sei porque o PA repercute esse tipo de factóide…

Almeida
Almeida
6 anos atrás

Antes que o Ivany venha aqui questionar os comentários dos demais colegas, um pouco de Física:

A potência de um emissor de ondas eletromagnéticas é diretamente proporcional à energia usada pelo mesmo. Como um caça com reserva de potência da ordem de alguns kW pode neutralizar um sistema embarcado em navio com potência da ordem de alguns MW, mil vezes mais potente?

Isso sem falar na eletrônica embarcada, onde além da potência necessária aos processadores, também é preciso espaço e capacidade de resfriamento.

PS: a “Voz da Rússia” é controlada pelos amigos do Putin.

Ivan
Ivan
6 anos atrás

Ka ka ka…

Vader
6 anos atrás

Fernando “Nunão” De Martini
22 de abril de 2014 at 16:42 #

Tem razão Nunão, me desculpe. Ao menos serve para dar umas boas risadas, hehehe…

Sds.

ricardo_recife
ricardo_recife
6 anos atrás

É tão divertido que eu quase morro de tanto rir.

Um Arleigh Burke sendo jammeado por um SU é a grande piada do ano.

Abs,

Ricardo

Iväny Junior
6 anos atrás

Almeida Eu já vinha falar que isso era bastante improvável. Só seria possível se o avião soltasse uma mini-bomba nuclear para paralisar os sistemas. Eu falei em outros tópicos justamente que essa manobra foi só pra atingir distância de tiro sem ser detectado e depois subir pra mostrar que chegou. Uma simples provocação. Acontece em ambos os lados. Mas aí está. No outro tópico eu concordei com o Bosco (neste assunto do Su-24). Meus comentários aqui não tem a ver com qualificar ou desqualificar foristas, ideologias, empresas, etc. Eu venho aqui pra me inteirar sobre aviação e interagir com os… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
6 anos atrás

Amigos,

Do jeito que os caras da Voz da Russia escreveram, ate parece que o SU-24 possuia um dispositivo para irradiar um pulso eletromagnetico (EMP).

Tal sistema nao caberia nem dentro de um B-52, quem diria um SU-24.

O artigo nao passa de uma obra de ficcao cientifica militar russa.

Alem do mais, os sistemas eletronicos do Arleigh Burke, possuem protecao contra ataques usando EMPs.

Colombelli
Colombelli
6 anos atrás

É lamentável ver um país que ja foi a segunda potencia militar do planeta se valer de expedientes canhestros como este.

Além de tudo algo pouco inteligente, pois um mecanismo importante de “guerra psicológica” que seria uma agência de notícias se torna um folhetim bufo e risível.

Está na hora de os russos começarem a cair na realidade de sua nova posição e pararem de fazer fiascos. Acaba sendo patético, até triste ver isso.

Mauricio R.
Mauricio R.
6 anos atrás

Outro dia foi o drone, que assumiram o controle.
Desta vez o ataque eletrônico que paralizou o o navio americano.
Nossa, fodásticos esses russos.
Isso que dá, essa trtanqueira de Ucrânia, não ter reagido e matado algumas dúzias de operativos russos.
Os caras estão se achando a última bolacha do pacote.

Рустамом Bogaudinov
Рустамом Bogaudinov
6 anos atrás

Calm druzyaeto usual speculation of one man who has done an incredible version, then some began to distribute it
Naturally it’s a duck-though there is a complex

Calma druzyaeto habitual especulação de um homem que fez uma versão incrível, em seguida, alguns começaram a distribuí-lo
Naturalmente é um pato-embora haja uma complexa

caio
caio
6 anos atrás

saudações amigos,

esse é aquele tipo de matéria para alegria geral dos fanboys vermelhinhos kkkkk. quantos não acreditaram!!!!

Nick
Nick
6 anos atrás

Aham, jamearam o AEGIS……… senta lá… 🙂

[]’s

Ivan
Ivan
6 anos atrás

Рустамом Bogaudinov,

Os mitos e lendas da internet começam desta forma.

Em português chamamos de contrainformação, ou seja, o “ato de silenciar ou manipular a verdade”, normalmente começando com “notícias” obscuras e “fontes” secretas, que tendenciosamente chegam a um alvo específico ou a comunidade em geral, muitas vezes usando meios de comunicação de massa (jornalistas simpatizantes) ou através da internet, um canal global de dados… que podem ou não ser verdade.

A Wikepedia é extremamente didática em definir e explicar o que raios é contrainformação, mas certamente você conhece bem o assunto.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Contrainforma%C3%A7%C3%A3o

Cordiais saudações,
Ivan Ivanovich. 🙂

Grievous
Grievous
6 anos atrás