sexta-feira, setembro 30, 2022

Gripen para o Brasil

Azerbaijão vai modernizar seus MiG-25 Foxbat

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

MiG-25

O Azerbaijão vai modernizar o interceptadores Mikoyan- Gurevich MiG -25 (codinome Foxbat na OTAN) que pertencem à Força Aérea daquele país da Ásia Central.

A agência de notícias APA relata, citando fontes militares, que o programa de modernização das aeronaves em desuso será implementado pela Unidade de Reparos de Aeronaves do Azerbaijão.

A modernização do MiG -25 oferece oportunidades no país e no exterior. A Unidade de Reparos de Aeronaves do Azerbaijão já conduziu vários projetos de modernização do MiG- 25 Foxbats até o momento. O último projeto da unidade foi a modernização dos MiG- 25 Foxbat da Força Aérea da Argélia.

De acordo com as informações de centros internacionais, o inventário da Força Aérea do Azerbaijão inclui dez MiG- 25 Foxbat, sendo seis dos MiG- 25PD e quatro MiG- 25RB .

De acordo com os relatórios da ONU, o Azerbaijão havia comprado oito MiG- 25 Foxbat do Cazaquistão em 1993.

FONTE: APA http://en.apa.az/news/206598 (tradução e edição do Poder Aéreo a partir do original me inglês)

- Advertisement -

45 Comments

Subscribe
Notify of
guest

45 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alfredo Araujo

Imagina o tamanho da “bolota” de um cachote desses no radar de um F-22 !?!

Clésio Luiz

Imagina um F-22 tentando interceptar um desses numa corrida de reconhecimento de uma posição fora do hemisfério frontal…

Carlos Alberto Soares

Caso se decidem por um overhaul top com o Tio David e o primo Jacob iam ficar bem melhores.

Sds

Edcarlos Prudente

Lembrando que essa é a aeronave tripulada mais rápida em operação no mundo! Características do interceptador que é, ou seja, voar rápido e alto! Incrível mesmo é o tamanho do radar que essas coisas podem levar! Imaginem um radar moderno instalado em uma aeronave dessas!

Almeida

O tamanho desses motores me impressiona TODA vez que vejo uma foto deles! Cabe uma pessoa em pé dentro daqueles bocais exaustores!

Almeida

F-22A perseguindo um Mig-25: F-22A: Mach 2.25 (1,500 mph, 2,410 km/h); supercruise: Mach 1.82 (1,220 mph, 1,963 km/h) Mig-25: Mach 2.83 (3,200 km/h, 1,920 mph) continuous engine limit, with afterburners. Sim, o Mig-25 é uns 800Km/h mais rápido que o F-22A em grandes altitudes e com pós combustores ligados. Mas quanto tempo ele pode manter essa velocidade? Uns 6min, enquanto o F-22A pode manter mach 1.6 por mais de uma hora. Sendo assim, o Mig-25 só acelaria para a velocidade máxima para fugir caso soubesse que está sendo engajado por alguém. Enquanto isso o Raptor vai chegando de mansinho perto… Read more »

Alfredo Araujo

Sem contar q um avião desse tamanho, em um projeto onde nem deveriam saber o que era RCS (na década de 60 já se conhecia sobre isso?), ele deve aparecer nos radares de um E3, ou de um AESA moderno, muito antes do piloto saber que está sendo observado

Alfredo Araujo

Falando nesses motores enormes… devem ser facilmente localizados por um IRST… correto ?

Marcos

Só uma correção: a velocidade máxima do Mig-25 é mach 3.2 enquanto o F-22 tem velocidade máxima de mach 2.

Os F-14 iranianos derrubaram aos montes os Mig-25 iraquianos. Os pilotos conseguiam saber que era um Mig-25 devido a velocidade indicada no radar, acima de mach 3.

Reinaldo Deprera

Marcos, você deve saber que chegaram até a derrubar 2 de uma vez com apenas 1 Phoenix. Russos dão prioridade em superar ou igualar um equivalente ocidental, em detrimento do “conjunto da obra”. MIG-25 é bom de publicidade e ruim de combate. Durante a guerra Irã-Iraque lutou em condições melhores que as do Irão e tomou uma surra dos F-14. O incidente do F-18 que dizem que talvez tenha sido abatido por um R-40 disparado por um MIG-25, foi uma exceção. O maior indício disso é o histórico do R-40, um míssil que tem o hábito de não acertar seus… Read more »

Rogério

O MiG-25 nem vai ver quem o engajou.

Marcos

Quando lembro a Guerra Irã – Iraque e a total superioridade dos jatos ocidentais frente aos russos, acabo dando razão ao Vader, que afirma que a opção pelos Rafale por parte dos indianos se deve ao fato de estarem buscando um jato de superioridade aérea, mostrando que os Sukhoi são inferiores.

Alfredo Araujo

Reinaldo Deprera
5 de fevereiro de 2014 at 12:36 #
Marcos, você deve saber que chegaram até a derrubar 2 de uma vez com apenas 1 Phoenix.

Nesse incidente eram Mig-23

Reinaldo Deprera

Alfredo, valeu pela correção.

Iväny Junior

O Mig-25 é um tipo de interceptador de longo alcance, grande altitude e velocidade. É um ótimo avião para o que foi concebido. Muito robusto, sendo ele e seu irmão mais novo, o Foxhound, os únicos capazes de operar no inverno siberiano. O próprio F-15 ensina que para mascarar um grande RCS só com guerra eletrônica pesada. Dependendo de como esteja a vida útil das células, um radar potente e um armamento no estado da arte fazem desse vetor, ser, ainda capaz de operar no T.O. moderno. Daí a comparar com o F-22 é covardia. O F-22 engajando 1×1 o… Read more »

glaison

Olha a comparação que os senhores estão fazendo.
F-22 com MIG-25.

O Azerbaijão não esta melhorando eles para enfrentar F-22 e F-35. Eles devem ter em mente melhorar contra caças de 4G, 4,25G. Sei lá, talvez contra F-16, F/A-18, Tornado, MIG-23, MIG-29. Que estaria ao alcance deles de enfrentarem.

Claro, que se os F-22 invadirem, eles podem tentar a sorte. Assim como o Brasil até que cheguem os Gripen.

E se os F-22/35 vierem contra nós, vamos fazer o que com F-5M? Mesma coisa, tentar a sorte.

Oganza

É apenas uma elucubração espontânea e sem pretensões, mas quando falam de todas essas guerras e conflitos onde o equipamento ocidental (US) deu um “banho” no oriental (Russo), sempre me vem a cabeça a questão da doutrina, mais até do que a qualidade do equipamento. Os russos criaram uma doutrina que aparentemente só serve para eles ou um equipamento que só serve a sua doutrina. Então fico me perguntando o porque de sua doutrina/equipamento não ser minimamente eficiente na mão de terceiros? E para responder isso me vem outra pergunta: será que repassam tim-tim por tim-tim sua doutrina para o… Read more »

Clésio Luiz

Almeida, o MiG-25 tem um raio de ação supersônico superior a qualquer caça, com exceção do MiG-31. O raio de ação dele com pós-combustor é muito semelhante ao “seco”. Isso acontece porque os motores dele foram otimizados para operar dessa forma. Ele é altamente ineficiente em velocidades subsônicas, semelhante ao que ocorre com o SR-71. O raio de ação do F-22 em supercruise é menor do que em velocidades subsônicas, algo em torno de 300 a 400km apenas. Dito isso, a capacidade dele de perseguir um MiG-25 de reconhecimento é menor do que se pensa. Mísseis como o AIM-120 tem… Read more »

Reinaldo Deprera

Tenho uma dúvida. Qual a velocidade máxima de disparo de um AIM-120D e um R-40D?

Alfredo Araujo

Oganza… Acho q o amigo se esqueceu do Vietnã comunista…

Eles seguiram a doutrina chino/soviética e conseguiram usar seus aviões e misseis AA com grande eficiência contra o gigante norte americano

Edcarlos Prudente

Alguém sabe me dizer se é verdade que alguns MIG-25 desenterrados do deserto no Iraque foram levados desmontados para os Estados Unidos?!

Almeida

Só comparei os dados do F-22A com os do Mig-25 genérico porque alguém levantou que este não conseguiria interceptá-los. Também acho absurda a comparação, mas é um cenário possível (Mig-25R fazendo recce em alta altitude e velocidade sobre território protegido pelos norte americanos). Marcos, sua info está parcialmente enganada. Sim, a velocidade máxima do Mig-25 é de mach 3.2, mas operacionalmente ele nunca chega lá pois isso pode destruir o motor (e matar o piloto que teria que se ejetar à mach 2+). Operacionalmente ele só voa até mach 2.83 e na maior parte do tempo ele fica em mach… Read more »

Oganza

Alfredo Araujo,

verdade, mas no geral, apoiados pelos números americanos (muito maiores), o resultado ainda ficou em uma média de 3×1 para os americanos.

Sem falar que a tática vietnamita diferia da soviética, que consistia em bater e correr ou atrair os ACs americanos para zonas de sítios SAMs.

Sds.

Almeida

OBS: inclusive o recorde mundial de ejeção, tanto em altitude quanto velocidade, é de um piloto russo de Mig-25R na década de 1970. O motor esquerdo do Mig-25R dele explodiu em voo, à mach 2.8 e mais de 20.000m de altitude, fazendo com o que o jato fizesse uma curva de mais de 9G pra esquerda e o ejetando automaticamente quando este estava ainda à mach 2.6. Imaginem a situação. Felizmente ele apagou no processo e só acordou no solo quando estava sendo resgatado. Quebrou quase todos os ossos que vocês puderem imaginar mas ficou bem depois, voltando a voar.… Read more »

Vader

Ah claro, o Su-25 pode fugir do F-22 seeeeeeee… não tiver AWACs… Ou então seeeeeeee… Ninguém o vir chegar… Ou então seeeeee… ele vier de ré… Ou então seeeeee…

Seeeeeee… pinguim voasse…

Ora, tenham pena da inteligência alheia… Se esta quizomba soviética da década de 60 fosse tão boa o MiG-31, seu sucessor, seria o melhor caça do mundo… E sabemos que ele está beeeeeeem longe disso…

Tô chegando à conclusão que o antiamericanismo de alguns lhe comeu o cérebro e deixou no lugar só as orelhas de abano… 🙂

Wagner

o RAFALE NAO ESTA SENDO NEGOCIADO DEIDO A INFERIORIDADE ALGUMA DE SEUS SUKHOIS, MAS APENAS PARA complemento da frota. sao avioes bem diferentes. beem diferentes mesmos. Alem disso, os sukhoi indianos podem e devem receber modernização de avionicos, é natural que esteja um pouco defasados ja que sao mais antigos. essa lenda de que a india quer rafales pq odeia seus sukhois é mera propaganda sem base alguma criada pelo Vader para denegrir os russos, que ele tanto odeia. Eu cheguei a conclusao de que o odio a Russia por parte dele comeu o cerebro dele mesmo… se olha no… Read more »

Wagner

lembrando que o Mig 25 é bem mais antigo e jamais foi projetado para lutar contra um f 22, portanto a comparação é descabida de fundamento. até pq os russos mantem o Mig 31 nessa função de interceptador de grande velocidade, e mesmo o mig 31 nao foi feito para combater stealths, mas apenas bombardeiros tipo o B 1. So tem uns 20 Migs 25 ativos ainda na Russia. dados do warfare.be O equipamento russo perdeu porque era exportado sem avionicos e seus usuarios geralmente careciam de treinamento. Se tivessem lutado com condições menos piores, os escores seriam diferentes. Os… Read more »

Marcos

Wagner

“O equipamento russo perdeu porque era exportado sem avionicos e seus usuarios geralmente careciam de treinamento.”

Essa história não se sustenta. Os iraquianos, com apoio integral dos russos, não conseguiram derrubar um único avião iraniano, estes com embargo total. Só vieram a ter sucesso quando o Iraque adquiriu emergencialmente um lote de Mirage F1, cujos pilotos foram combater com poucas horas de voo na aeronave. Portanto, sim, as aeronaves e seus sistemas embarcados fizeram a diferença.

Mauricio Silva

O Mig-25 (na sua versão de interceptação) é um aparelho que não encontra modelo paralelo no ocidente: ele está mais para um “caminhão” que leva SAMs a grande altitude do que para um caça. Sem deméritos, ele foi projetado assim, para fazer parte de uma estratégia de defesa baseada em radares e mísseis no solo. Seu radar deveria ser usado somente na etapa final do engajamento, guiando os mísseis (os gigantescos R-40) a seus alvos (bombardeiros, principalmente o XB-70 que não se tornou operacional). Até lá, os Migs-25 seriam guiados por terra. Comparar o Mig-25 com o F-22 é misturar… Read more »

Vader

Ora não seja mentiroso Wágner… Não existe aeronave que võe “sem aviônico”, e ninguém no planeta seria tonto de comprar nem um Cessna 170 sem aviônicos, quanto mais um caça que võe a mach 2+. Colocar a culpa da eterna derrota do material soviético frente aos caças ocidentais é ignorar a realidade. Como pontuaram acima, foi só darem caças ocidentais pros iraquianos e a coisa apertou para os iranianos… Não tenho ódio à Rússia, mas sim ao antiamericanismo barato e rastaquera que leva cidadãos como você a querer comparar o lixo soviético ao material bélico de melhor qualidade do mundo.… Read more »

juarezmartinez

Eu gostaria de sabe quanto temp aqueles motores aguentam com PC full, mach 3, sem literalmente a temperatura ir para caça do capeta, acho que não pode manter isto por muito tempo.

Grande abraço

Alfredo Araujo

Eu me pergunto se realmente vcs estão lendo os comentários… Onde que estamos comparando Mig-25 com F-22 ??

Eu que comecei comentando sobre o tamanho de um Mig-25 na tela de um F-22… dai veio alguém e disse q seria dificil um Mig-25 ficar na tela de um F-22 por causa da sua velocidade… dai veio outro e colocou os misseis, possivelmente usados nessa interceptação à um avião Mach3…. e ETC !!!!

Gutex

Estes caças estão sendo modernizados dentro do contexto do TO do Azerbaijão. Os grandes inimigos deles não são os EUA que, ao invés, os apoiam, e sim a Armênia, que ocupa parte de seu território desde um armistício assinado em 1994. Portanto, estes MIG-25 serão modernizados para manterem capacidade de interceptação frente aos caças russos estacionados na Armênia.

Joner

Em um documentario que vi um certa vez, quando da primeira guerra do Iraque, os pilotos americanos forão instruidos para não entrar em combate com os Mig’s 25 e 29, mesmo a USAF com seus F15, sabiam pouco sobre os novos MIG’s, que apresentavam graficos fantasticos.
Logo descobriram que os iraquianos não sabiam pilotar os aparelhos, pois em combates inevitaveis, alguns pilotos iraquianos simplesmente colidiam com o solo!!!!!

Mauricio Silva

Olá Roberto Santana. O Mig-25 é o exemplo máximo da doutrina de avaliação de projetos soviéticos no período da Guerra Fria: na hora de formular planos de defesa e especificações para novos caças, o Mig-25 era apresentado como um aparelho superior a qualquer outro do ocidente; quando se comparava o desempenho específico e a efetividade perante os aperelhos ocidentais, o mesmo Mig-25 era visto como um tosco e primitivo caça. Nem tanto ao mar, nem tanto a terra. O Mig-25 foi concebido para operar numa estratégia definida de defesa, com uma missão específica. E dentro desse TO, o aperelho era… Read more »

Almeida

Roberto F Santana, Acho que você substimando o que já falaram mal de Gripen NG, Super Hornet e Rafale aqui nesse blog hahaha! De tijolo, avião de papel e até jaca já chamaram caças por aqui. Sossega com o Mig-25. Ninguém tá falando nada de mais ou de menos do que ele é (ou foi). Está todo mundo ciente que era um ótimo interceptador de bombardeiros na Guerra Fria, além de um ótimo avião de reconhecimento em grandes altitudes. Até trouxe pra discussão a qualidade de seu assento ejetor, que mesmo projetado para ejeções subsônicas (como quase todo assento deste… Read more »

Iväny Junior

Eu só imagino a perícia dos pilotos de voar esse monstro sem “fly-by-wire”. É ainda impressionante como bem falou o Almeida.

Com muitos avanços eletrônicos, seu irmão mais novo (Foxhound) ainda é o melhor avião do mundo no que se propõe, e já com todos os avanços da 4ª geração.

Estou sedento por um novo Mig. A “descoberta” dos Mig-29 alemães, e sua procedente modernização pela antiga DASA, geraram um vetor que o F-15 não aguentava. O Mig-35 é basicamente uma versão do 29, e o 42 stealth infelizmente foi cancelado, mas sobrevive no J-20…

Carlos Alberto Soares

Lord Vader e demais colegas :

http://www.youtube.com/watch?v=WoPfRd3p9gk

Carlos Alberto Soares

Caro Bob e demais colegas :

http://www.youtube.com/watch?v=2K7xXf9Fxvc

Rinaldo Nery

Falando sobre a superioridade ocidental sobre oriental, estava eu em Houston, em 2004, treinando em simulador na Flight Safety, quando fui a um museu aeronáutico particular, num aeródromo executivo, do qual não me recordo o nome. Tinha muitas aeronaves interessantes, dentre elas um He-111, um F-105, Mig 21, Mig 15, F-104 e outros. Lá comprei um livro sobre a Força Aérea Norte Vietnamita, escrito por um Coronel romeno, que havia sido Adido lá, com muitas fotos e dados extraídos dos arquivos daquela Força Aérea. Tirando o caso Irã-Iraque, normalmente, a história é contada pelos vencedores. A Força Aérea Norte Vietnamita… Read more »

Carlos Alberto Soares

Caro Rinaldo Nery

Valeu, bem interessante a História do Charlie e demais afirmações.

Sds

Iväny Junior

Caro Rinaldo Nery

Tenho conhecimento dessas afirmações, mas você não recorda o nome do livro?

Jackal975

Dia após dia a beligerância nos comentários me afasta cada vez mais da Trilogia. Uma pena.

Rinaldo Nery

Iväny, desculpe mas não me recordo. Faz tempo. Deixei o livro lá em Anápolis, no Esquadrão.

Iväny Junior

Certo Rinaldo, não tem problema. É que sempre gosto de aumentar a minha biblioteca sobre o assunto. Hoje mesmo vi a página dos ases norte-vietnamitas. Tocavam o terror no f-4 com seus Migs 17 e 21.

Últimas Notícias

Força Aérea Brasileira inaugura nova estação radar de vigilância aérea em Rondônia

Estação será usada pelo Sistema de Controle do Espaço Aéreo (CISCEA) para auxiliar na proteção de fronteiras do Brasil A...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -