Home Força Aérea Brasileira Áudio e texto da audiência com o comandante da Aeronáutica no Senado

Áudio e texto da audiência com o comandante da Aeronáutica no Senado

284
1

Saito no Senado - foto FAB - agência Força AéreaO Senado disponibilizou o áudio e o texto (notas taquigráficas, sem revisão), da audiência realizada nesta última terça-feira com o comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro do ar Juniti Saito, na 32ª Reunião Extraordinária da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional. O foco foi a discussão sobre o programa F-X2, que visa adquirir 36 novos aviões de caça para a Força Aérea Brasileira.

Para acessar o áudio da reunião, clique aqui.

Para acessar as notas taquigráficas, clique aqui.

O texto taquigrafado só inclui, no momento de publicação deste “post”, as primeiras declarações da reunião. Já os arquivos de áudio (de um minuto cada) vão das 14h30 às 17h49.

COLABOROU: Justin Case

1 COMMENT

  1. Nao escutei o audio, e como o texto menciona, a taquigrafia esta incompleta; assim, antecipadamente, faco esta ressalva.

    No mais achei interessante as explicacoes, e aqui algumas observacoes:

    – tive a clara impressao que existe uma preferencia do Comandante Saito, embora esteja nas entre-linhas e, evidentemente, nao implica que qualquer vencedor seria welcome;

    – Sinceramente achei que muito da apresentacao do Brigadeiro Affonso foi dedicado a falar das compensacoes comerciais e o nome da Embraer foi mencionado excessivamente; a apresentacao enfatizou a industria de defesa (e o nome da Embraer foi mencionado 22 vezes), enquanto a prioridade que eh a seguranca da Nacao, me pareceu, foi mencionado apenas de passagem; faltou enfase. Talvez isto tenha sido uma decisao de “marketing” junto aos politicos, mas nao me pareceu o foco correto. A prioridade eh a defesa/seguranca da Nacao (palavras pouco mencionadas).

    Que a Embraer fale da Embraer, que o Min. da Industria fale, que o MinDef fale com relacao a END, mas a enfase da FAB nao deveria ser, neste momento, a Embraer, mas a questao critica operacional da FAB p/ cumprir sua missao. Relembro que apenas li a taquigrafia; tb acredito que os colegas entendam que nao se trata de criticar a Embraer, mas que a enfase na audiencia no Congresso.

    – Tambem foi mencionado 121 volumes de documentos e 20 mil paginas produzidas. Acredito que uma parte significativa destes documentos tambem existem em softcopy: pergunta? Eh costume da comissao da FAB trabalhar com sistema criptografados? Pergunta por razoes obvias.

    []s!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here