Home Aviação de Transporte Motivo de viagem de Renan com jato oficial contraria regra da FAB

Motivo de viagem de Renan com jato oficial contraria regra da FAB

524
8

EDA 60 anos - C-99 da FAB taxiando sob forte chuva na manhã de sábado - foto Nunão - Poder Aéreo

vinheta-clipping-aereoNo pedido do avião da FAB que solicitou para ir de Maceió à Bahia, onde participaria de festa de casamento ao lado da mulher, no dia 15, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) listou um motivo que não existe no decreto que regulamenta o uso de aeronaves oficiais.

A Folha apurou que Calheiros especificou como “missão institucional” o motivo da viagem a Trancoso no ofício encaminhado à Aeronáutica. No formulário padrão, sugerido pela Aeronáutica, o solicitante precisa dizer se o motivo da viagem é “segurança ou emergência médica”, “serviço” ou “deslocamento para o local de domicílio”.

Segundo decreto que regulamenta o uso dos aviões por autoridades, as solicitações precisam atender a um desses três itens, que estão em ordem de prioridade.

Calheiros, contudo, não usa o modelo sugerido pela FAB para solicitar voos, no qual os três itens estão expressamente listados e precisam ser selecionados.

A assessoria do senador não respondeu aos questionamentos da reportagem. Também flagrado usando avião da FAB para viajar com a noiva e amigos, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) segue o padrão da FAB.

Ele marcou o item “serviço” ao pedir um avião para 14 pessoas com destino ao Rio, mesmo tendo ficado longe dos camarotes oficiais durante a final da Copa das Confederações, no último fim de semana, segundo a assessoria do deputado.

Renan e Alves devolveram aos cofres públicos o dinheiro das viagens, reveladas pela Folha. O ministro da Previdência, Garibaldi Alves, que usou jato da FAB para ir ao Rio, onde assistiu à final da Copa das Confederações, também ressarcirá a União.

FONTE: Folha de São Paulo

8
Deixe um comentário

avatar
8 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
Carlos Alberto SoaresVaderMauricio R.juarezmartinezMarcos Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Eduardo RA
Visitante
Eduardo RA

Acho que depois dessas, a GTE Airlines deve diminuir a sua atividade.
Pelo menos por um tempo.
Se tivermos quem nos informe desses “desvios de função”, a redução será mais significativa e duradoura.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

OK!
Vou ver o preço de passagem em uma companhia de baixo custo, daquelas compradas com seis meses de antecedência, com custo de R$200 ida e volta entre Brasilia e, sei lá, Fortaleza (?), dai requisito um Legacy 600 da FAB. Vou de GTE, ida e volta, mas pago R$ 200 como reembolso.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

off topic

Mais briga entre Embraer e Bombardier essa semana: disputa para venda de 60 jatos para a AA.
(Fonte: Valor)

Marcos
Visitante
Member
Marcos

mais off topic

Primeiro voo de um B.787 para o Brasil foi pela…

… pela Ethiopian Airliners.

(Época)

juarezmartinez
Visitante
Member
juarezmartinez

Nova denominação da força:

FAB = Família a bordo.

Grande abraço

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

OFF TOPIC…

…mas nem tanto:

AA perto de encomendar mais aeronaves regionais, c/ Bombardier ou Embraer:

“The order including options and purchase rights is in the “ballpark” of about 60 aircraft, they say. This is feasible under the limits put in place by a memorandum of understanding (MOU) between American, US Airways and their respective pilots unions this past December.”

(http://www.flightglobal.com/news/articles/American-close-to-regional-aircraft-order-with-Bombardier-or-Embraer-387929/)

Vader
Visitante
Active Member

Pois eu acho que a FAB já está jogando m. no ventilador, por conta do possível cancelamento do FX2.

Carlos Alberto Soares
Visitante