sexta-feira, maio 7, 2021

Gripen para o Brasil

Índia fecha acordo para compra de helicópteros e jatos russos

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A Índia concordou em comprar dezenas de helicópteros militares russos e kits de montagem de jatos Sukhoi em encontro realizado nesta segunda-feira em Nova Déli, onde os líderes dos dois países reafirmaram seu compromisso de uma parceria estratégica.

“A Rússia é um parceiro chave em nossos esforços para modernizar nossas forças armadas”, disso o primeiro-ministro indiano Manmohan Singh ao das as boas vindas ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, um “um importante amigo e o arquiteto original da parceria estratégica Índia-Rússia”.

A viagem de um dia de Putin, sua primeira à Índia depois do início do seu atual mandato, ressalta o interesse da Rússia no país, um aliado regional e agora parceiro no grupo Brics de países emergentes. Um jornal indiano havia publicado que Putin enfatizou que “aprofundar a amizade e cooperação com a Índia está entre as nossas maiores prioridades em política externa”.

“Índia e Rússia mostram um exemplo de liderança responsável e ações coletivas na arena internacional”, disse. Fontes na indústria de defesa russa haviam dito que a visita renderia acordos de mais de US$ 7,5 bilhões (cerca de R$ 15,5 bilhões). Entretanto, os principais acordos parecem ter ficado em uma cifra mais baixa.

Pessoas ligadas ao Kremlin disseram que a Rússia vai vender 71 helicópteros militares MI-17 V-5, no valor de US$ 1,3 bilhão, além de US$ 1,6 bilhão em kit tecnológicos para a montagem de 42 jatos Sukhoi SU-30MKI. O ministro das Relações Exteriores da Índia disse que o acordo original por esses jatos foi feito no ano passado.

Separadamente, o Russian Direct Investment Fund (RDIF), um fundo soberano, e o banco de empréstimo indiano State Bank of India, vão investir até US$ 2 bilhões para financiar projetos de cooperação econômica.

O RDIF informou em comunicado que as instituições vão trabalhar juntas para facilitar o acesso a capital de longo prazo e promover investimentos mútuos nos dois países.

FONTE / FOTO DE BAIXO: Folha de São Paulo (com agências internacionais e foto AFP

FOTO DO ALTO: Sukhoi

- Advertisement -

23 Comments

Subscribe
Notify of
guest
23 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Augusto

Por falar em helicópteros, pelo cronograma as 3 Forças Armadas deveriam receber até o fim de 2012 mais 1 EC-725, cada. Alguém tem notícia?

Marcos

Desculpem minha ingenuidade, mas o que são kits tecnológicos?

Darkman

Os Indianos não param de comprar o Brics vai vai ircs sem o B ou seja sem Brasil ou B de bobos e por aí vai !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

jacubao

Enquanto isso, num gigante anão…

thomas_dw

O rosto do Putin e´uma mascara de Botox …

ernaniborges

Talvez seja um modelo de absorção de tecnologia interessante para nós, já que temos muita experiência em apertar parafusos (HELIBRAS).

De qualquer forma, é melhor do que comprar um caça de prateleira, pois garantiria alguns postos de trabalho por aqui e facilita a aquisição de conhecimento necessário à sua manutenção.

Giordani

Esses indianos adquirem equipamento militar como quem vai ao supermercado…

A balança do terror Paquistão vs Índia está totalmente pendendo para o lado indiano! Quanto à China, acho que ainda pende um pouco para o lado chines…

São uns trouxas esses indianos. Gastando bilhões em tecnologia ao invés de construírem estádios de futebol…

Requena

Giordani

Grande sacada. Com os 14 bilhões gastos nos estádios da Copa dava pra fazer muita coisa em termos de defesa…

Mas pra quê deixar a iniciativa privada fazer os estádios se o governo pode fazer, tudo com preço superfaturado?

Marcos

É o xiguinti, cumpanherada:

Na década de 70 xó compramos ox Mirage III porque ox Gloxter Meteor tinham virado mingau. Axim, só vamos comprar alguma fighter nova quando ox fê-xinco não tiverem maix condixões de xaírem do xôm.

Faltam xinco diax para o fim do pograma fê-xis.

Ozawa

Esqueçam esse negócio de Brics ! Isso não é verdade ! A sigla certa é Rics ! O “B” só existiu num tempo de câmbio favorável e demanda incomensurável por commodities. Foi conjuntural. O estrutural é a verdade ! Um país com uma educação básica pífia, recorrentemente na rabeira de todos os testes de educação e uma defesa patética em todos os segmentos das FFAA, não pode ser levado a sério, e não o é, em nenhum fórum mundial ! E nada do que diga será levado em conta efetivamente… Rics ! O termo certo para esse grupo de potências… Read more »

Soyuz

Esta é a musica tema das relações de fornecimento de material militar entre Rússia e Índia;

Perguntaram pra mim
Se ainda gosto dela
Respondi, tenho ódio
E morro de amor por ela

Hoje estamos juntinhos
Amanhã nem te vejo
Separando e voltando
A gente segue andando
Entre tapas e beijos

Eu sou dela, e ela é minha
E sempre queremos mais
Se me manda ir embora
Eu saio pra fora ele chama pra trás

Alfredo Araujo

Ozawa… E o q a China e a India fazem de diferente do Brasil ? Por acaso a grande parcela da India/China possui educação basica, ou sequer condições minimas de sobreviver ?? India e China desfilam um crescimento econômico baseado na escravidão de milhoes de pessoas q trabalham a niveis insalúbres, em fabricas, para q uma pequena porcentagem da população ostentar esse dinheiro… Vc falou em câmbio fávorável para exportação de commodities… E o controle cambial que a China promove ? E a grande bolha que eles estão formando ??? A grande diferença desses 4 paises é q o Brasil… Read more »

Ozawa

Alberto, Qto aos índices de educação, em todos os níveis, desde a básica aos prêmios mais laureados, os relatórios das agências mundiais estão aí como fonte de comparação entre o Brasil, a Rússia e a China… Ora, com a devida vênia, não há comparação entre eles em todos níveis educacionais ! O Brasil é pífio ! Em índices relativos e absolutos. Democracia ? Hummm ! Deixe-me ver… Você fala dos quesitos de rotatividade, aparente, de poder; e eleições, dita, diretas; e ainda mandatos, digamos, temporários ? No campo teórico, talvez… Mas 25 anos dessa aparente “democracia” a “la brasileira” nos… Read more »

Ozawa

digo, Alfredo…

Abs.

uitinaxavier

Ozawa disse: 25 de dezembro de 2012 às 18:07 Parabéns Ozawa, exatamente isso que vc disse criticar por criticar e fácil se prender a essa teoria que o Brasil e um pais pacifico e não precisa de defesa mais que ridículo, querer citar escravidão na China, Índia e Russia, mais ridículo ainda, e o Brasil de meu deus onde a politica e uma lastima onde a educação e péssima onde as Faculdades são péssimas não tenho vergonha de ser brasileiro, mas as vezes e de se pensar. “Uma nação que confia em seus direitos, em vez de confiar em seus… Read more »

Alfredo Araujo

uitinaxavier disse: 25 de dezembro de 2012 às 23:06 Cara, quem está criticando por criticar ??? E quem disse que o Brasil não precisa de defesa ??? Achou ridiculo o comentário sobre a escravidão na China e India ? Procura saber quanto ganha um metalurgico… Procura saber quanto é o salário vs o que ele produz… Trabalho com sistemas… procura saber quanto ganha um indiano com 3x mais conhecimento e estudo q eu. Sinceramente, eu acho q vc não leu os comentários… E pior, não pensou e nem sabe sobre o q estamos discutindo… Ozawa, Eu não quis defender a… Read more »

Vader

Esse Putin é um Stálin de terno.

Mauricio R.

A Índia chia, esperneia, ameaça, mas volta a comer na mão dos russos, tem jeito não.
A China PRC negaceia melhor do que eles.
Lembrando que sobreçalentes e consumíveis p/ caças “Flanker” e helicópteos “Hip”, constavam de uma solicitação do MoD indiano ao mercado em geral, devido a diversos problemas c/ seus fornecedores russos.

Vassili

sinceramente, não troco nossa república de bananas por nenhum dos integrantes do BRICS. Quem não estiver contente com nossa realidade social, política, militar, etc…….. que coloque a boca no trombone, saia às ruas e faça com que vejam sua indignação. Ou então tirem passaporte, vendam todos seus bens e se mudem para a China. Aposto como logo se acostumarão com termos como censura política, internet, comentários alheios em fóruns como este sendo monitorados, etc………

Quem não estiver contente, que se mude……………….

Vassili

Srs editores,

Se considerarem meu comentário anterior fora dos padrões propostos belo blog, peço que o retirem do ar. Tenho plena consciência que fugi totalmente do âmbito da Trilogia, que existe para discutir assuntos de Defesa.

No mais, agradeço a atenção prestada pelos srs por todo o tempo que frequento esta casa.

abraços.

Requena

Um dia ainda vou fazer uma pesquisa aqui no blog de tudo o que a Índia comprou nos últimos 3 anos. Acho que vou levar um susto… 🙁

Que inveja do diabo…:(

Mauricio R.

OFF TOPIC…
…mas nem tanto afinal tb tem a ver c/ “Flankers”, mas desta feita na China PRC, o vizinho:

(http://rusnavy.com/news/othernavies/index.php?ELEMENT_ID=13692)

E “sobrou” p/ a Embraer, tb:

(http://china-defense.blogspot.com.br/2012/12/chinas-new-y-20-military-heavy-lift.html)

Aqui, a mesmaaeronave, de uma outra fonte:

(http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2012/12/what-does-chinese-y-20-tell-us.html)

Reportagens especiais

Poder Aéreo nos Estados Unidos: CAF AIRSHO – parte 2

Como dissemos na primeira parte desta reportagem, no nosso primeiro show aéreo nos EUA não pegamos um tempo muito...
- Advertisement -
- Advertisement -