Novidades ‘guerreiras’ na aviação de transporte

    272
    17

    A Alenia e a ATK apresentaram a versão multimissão MC-27J do cargueiro C-27J Spartan, também capaz de ser artilhado. O MC-27J será equipado com sensores e armas em “palets”, podendo ser reconfigurado para apoiar operações especiais. O palet com um canhão GAU-23 de 30mm e 2 mil tiros pode ser instalado em 4 horas. A Alenia e a ATK estimam um mercado para 50 MC-27J nos próximos 20 anos.

    Já a a Airbus e a MBDA iniciaram testes do míssil antinavio Marte MK2/S na versão de patrulha marítima do cargueiro C-295, como já foi mostrado aqui (clique para acessar matéria).

    As notícias acima, junto com outros projetos recentes como o Harverst Hawk do USMC, o MC-130J da USAF, a proposta do Sea Hercules da Lockheed Martin e uma versão artilhada do C-295, sugerem que a Embraer deveria pensar numa versão multifuncional do seu cargueiro KC-390. O projeto poderia considerar desde o início a capacidade de receber sensores e armas paletizados para realizar outras missões além das originalmente previstas.