CISB oficializa acordo com CNPQ para bolsas de estudo financiadas pela Saab

    399
    2

    Em cerimônia realizada na última quinta-feira, 24 de novembro de 2011, foi oficializado o acordo entre o CISB – Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro e o CNPQ – Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, para a concessão de bolsas de estudo na Suécia a pesquisadores brasileiros. O Poder Aéreo esteve presente ao evento, que ocorreu durante o primeiro encontro anual do CISB, incluído na agenda do “Open Innovation Seminar” realizado entre 23 e 25 de novembro no Grand Hyatt Hotel, em São Paulo.

    O Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro foi inaugurado em maio deste ano, inspirado nos parques científicos suecos. Sobre as bolsas de estudo, o diretor Bruno Roldani do CISB disse que o objetivo é chegar a um número de 250. As primeiras 100 bolsas estão sendo financiadas pela empresa sueca Saab, que assinou o acordo oficializando esse financiamento.

    Roldani representou o CISB na assinatura do acordo que contou, em nome da Saab, com o diretor de tecnologia Pontus de Laval (a palestra de Laval no Open Innovation Seminar será objeto de outra matéria). Assinaram também o embaixador da Suécia no Brasil, Magnus Robach e, representando o CNPQ, o diretor de Ciências Agrárias, Biológicas e da Saúde, professor doutor Paulo Sergio Lacerda Beirão. Outras instituições aproveitaram a ocasião para assinar cartas de intenção.

    As bolsas são destinadas a pesquisadores de doutorado e pós-doutorado brasileiros, para pesquisas em instituições na Suécia. Sobre as bolsas, o embaixador Robach destacou a responsabilidade dos envolvidos em sua viabilização, afirmando que elas “não são tratadas como apenas 100 passagens aéreas para a Suécia”, e sim como oportunidades de geração de conhecimento. Laval, da Saab, ressaltou que além do conhecimento acadêmico os pesquisadores brasileiros terão a oportunidade de promover uma importante rede de relacionamento (network) com seus congêneres suecos, com benefícios tanto para a pesquisa sueca como para a brasileira. E Beirão, do CNPQ, agradeceu à intermediação do CISB que viabilizou as bolsas financiadas pela Saab e afirmou que, no contexto do programa Ciência sem Fronteiras do Governo Federal (lançado em julho deste ano), essas 100 primeiras bolsas deverão servir como modelo para novos acordos.

    VEJA TAMBÉM:

    Subscribe
    Notify of
    guest