segunda-feira, julho 4, 2022

Gripen para o Brasil

Projeto de aeroporto em Caieiras é rejeitado pelo DECEA

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A Aeronáutica rejeitou o projeto de construção de um terceiro aeroporto na Região Metropolitana de São Paulo pela iniciativa privada. A avaliação do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) é de que o plano apresentado pelas construtoras Andrade Gutierrez e Camargo Correa para Caieiras, a 30 km do centro de São Paulo, é inviável, pois causaria interferências nos aeroportos de Cumbica, Viracopos, Congonhas e Jundiaí.

Quando se leva em consideração o volume de tráfego aéreo da região, um aeroporto em Caieiras ficaria no meio de um espaço aéreo já tumultuado – a área chamada Terminal São Paulo, que corresponde a 33% de todo o tráfego do País, concentrado em apenas 1,2% do território nacional. Essa configuração, segundo o Decea, não foi analisada pelas construtoras no projeto.

Nos moldes de Cumbica, Caieiras seria internacional, teria duas pistas de pouso e decolagem e uma capacidade inicial para 22 milhões de passageiros. Seria o primeiro aeroporto totalmente operado e construído pela iniciativa privada. A construção de um terceiro aeroporto em São Paulo, porém, vem sendo apontada pelas autoridades paulistas como uma das prioridades da Região Metropolitana para os próximos anos.

FONTE: O Estado de S. Paulo

- Advertisement -

5 Comments

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader

Não sou contrário a aeroportos construídos e geridos pela iniciativa privada. Acho que deveria ser liberado, desde que não entrasse 1 centavo de dinheiro público. Mas Caieiras fica a 40 minutos de carro de Viracopos! Que vantagem Maria leva em construir um aeroporto aí, com os mesmos problemas meteorológicos (neblina) de Cumbica? Viracopos é um aeroporto que fecha 2 dias por ano! É servido pela 2a melhor autoestrada DO PAÍS e pra boa parte da cidade de São Paulo sai muito mais rápido ir pra Campinas e embarcar em SBKP do que ir pra Guarulhos pra embarcar em SBGR, ou… Read more »

Dario

Oi Vader não existe birra dos paulistanos. Acontece que a iniciativa privada está cansada do poder público. Ao invés de ajudar, atrapalha. Em tudo, há “esquema”. Dinheiro para investimentos, quando tem, some! Precisamos repensar o Estado. Não vejo problemas em parceirias entre o poder púbico e a iniciativa privada. Sou contra os desvios de verba, cabines de emprego. Quando o governo quer, ele faz. Veja o exemplo do GTE, em Brasília, q

Dario

que tem a frota mais moderna da FAB. Por que será? Quer pegar contrabandista e prender bandido? Vá aos portos e aeroportos.

Antonio M

Outra solução é viabilizar melhores linhas de trem e metrô para inteligar os aeroportos e cidades.

O projeto de trem/metrô do centro de São Paulo até Guarulhos tem projeto a muitos anos mas, a execução sempre esbarra em alguma coisa. Vai saber ….

O aeroporto de Congonhas no coração de São Paulo não recebe uma linha de trem ou metrô e há um projeto de trem leve (sobre rodas) a algum tempo, e nem falam mais em execução.

E assim vão levando, com essa prioridade a nossa infraestrutura …

Dario

Antonio … esse é o caminho.
Por isso, neste momento, sou a favor das privatizações. Infelizmente, onde tem o dedo do Estado, tem desvios. Em Campinas, os políticos só falavam do “trem bala” entre SP e RJ. Depois da queda do prefeito, não falam mais nada sobre o assunto.

Últimas Notícias

FAB intercepta aeronave carregada com 500 kg de drogas

Atuação da Força Aérea tem como objetivo defender o espaço aéreo e proteger as fronteiras do país A Força Aérea...
- Advertisement -
- Advertisement -