domingo, agosto 1, 2021

Gripen para o Brasil

Boeing recebe contrato para inspeção estrutural da fuselagem dos A-10

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A companhia norte-americana Boeing anunciou hoje (29/09) que recebeu um contrato da USAF (U.S. Air Force) para fornecer serviços de apoio á frota de aviões de ataque A-10 Thunderbolt II. O contrato inclui o desenvolvimento de tarefas e a entrega de peças para o reparo de fuselagens de aeronaves em apoio aos parques de manutenção da USAF dentro do programa A-10 SSI (Scheduled Structural Inspection). O contrato de dois anos está avaliado em US$5,7 milhões.

A Boeing planejará todos os detalhes dos reparos, incluindo processos, ferramental, procedimentos, garantias de qualidade e materiais de treinamento. A Boeing também fará o reparo de algumas fuselagens iniciais antes de treinar o pessoal da USAF e fornecer apoio aos serviços de reparo das aeronaves em atividade. Todos os trabalhos de reparos serão executados por pessoal da própria USAF.

Este é o quarto contrato que a Boeing recebe para manter e prolongar a vida dos A-10. Em junho de 2007 a companhia norte-americana já havia recebido um contrato de dois bilhões de dólares referentes ao programa WRP (Wing Replacement Program), que previa a fabricaçaõ de 242 conjuntos de asa para o A-10.

FONTE/FOTO: Boeing/USAF

- Advertisement -

9 Comments

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Theo Gatos

Esse é nervoso hein….

E que longevidade!

Sds.

Giordani RS

242 conjuntos de asas…hummm…então esse é o número de A-10´s em operação…

Cristiano GR

Quais forças aéreas operam esse avião? Só a USAF?
O A-10 valeria ser comprado pela FAB, mesmo que fosse numa compra de prateleira. Claro que se fosse modelos zerados. Uns 10 já estariam de bom tamanho.

Sopa

Acredito que modernizando o AMX e equipando-os com aviônicos de ultima geração, bindagem, e novos sistemas de armas, seria compatível para essa função, vide o S-25 que até parece o AMX, falei besteira ??

sDs,

Leandro Requena

Tá ai uma questão para o pessoal do blog debater. Tem muita gente que vive metendo o pau nos aviões da FAB(eu sou um que não aguenta mais os F5!). Mas a USAF, a maior Força Aérea do mundo, sempre mantem uns “velhinhos” na ativa. É só ver os B-52, o A-10 e o T 38 Talon, jato treinador que será substituído apenas em 2017. Lógico que eles tem tudo o que existe de melhor e mais moderno(F15, F16, F18, F22, e futuramente F35). Mas quando determinada aeronave cumpre sua missão de forma eficiente, eles “seguram” ela na ativa por… Read more »

ABULDOG74

É uma aeronave insuperável até hoje, em termos de blindagem e poder de fogo.
Existe uma versão naval para o A-10?

Rodrigo

Não dá para comparar o A10 e o B52, que são únicos com o F5/Mirage X, que tem muitos aviões mais modernos do mesmo tipo.

O A10 e o B52, além do excelente desempenho para as suas missões ainda tem uma relação custo benefício, que inviabiliza o desenvolvimento de um substituto mais moderno, por isto vem sendo sucessivamente modernizados.

caipira

esse é o cara!

Flick

Eis aí um canhão que tem asas e voa roçando as copas das árvores…

Bela maquina!

Últimas Notícias

Aeronave P-3AM Orion completa 10 anos de incorporação à FAB

A data marcou a modernização da Aviação de Patrulha, pois o modelo possibilitou a detecção, localização, identificação e, até...
- Advertisement -
- Advertisement -