Home Noticiário Internacional Dez mil horas de Gripen na República Tcheca

Dez mil horas de Gripen na República Tcheca

185
27

Durante o último “NATO Days 2010”, o maior evento na área de defesa na Europa Central, a Força Aérea da República Theca celebrou 10.000 horas de voo com a sua frota de 14 caças Gripen. Isto equivale a 140 horas de voo por aeronve por ano, um número impressionante.

“Em maio último, nós chegamos na metade do contrato [de arrendamento] dos caças Gripen, e estamos muito orgulhosos de atingir esta marca de 10.000 horas nestes caças. Parece fácil dizer isso agora, mas tudo foi fruto de muito trabalho, competência técnica e capacidade dos pilotos, assim como da equipe de solo,” disse o brigadeiro Jiří Verner (Força Aérea da República Tcheca).

“Nós estamos satisfeitos com o programa Gripen, ele está funcionando muito bem e estamos esperançosos para os próximos cinco anos. Espero que a cooperação entre a República Tcheca e a Força Aérea da Suécia continue e só posso esperar o melhor do programa”.

Meta importante

O brigadeiro Anders Silwer, Comandante do Comando do Componente Aéreo da Força Aérea da Suécia, entregou pessoalmente ao brigadeiro  Verner um quadro com dois caças Gripen da Força Aérea da República Tcheca para comemorar esta importante meta atingida no programa de cooperação binacional.

FONTE: Saabgroup

Subscribe
Notify of
guest
27 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ricardo_Mga
Ricardo_Mga
10 anos atrás

Só pra saber galera, quantas horas de Voo fora da frança o rafaele tem?

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá,

Parabens ao Gripado, kkkkkkkkkkk.

Falando serio é uma marca consideravel já que por lá quem sempre deus as cartas foram os Russos.

Ricardo_Mga é dificil saber, mas os Rafale-M estiveram no Afeganistão por muito tempo operando em batalha real, coisa que se diga de passagem que o gripado nunca fez

Abraços,

Giordani RS
Giordani RS
10 anos atrás

Parabéns ao Gripen.
Daria uma boa matéria um comparativo de horas voadas dos principais caças da atualidade e os clássicos…

Pois é…com exceção do J-29(o barril voador), nenhum caça sueco tem uma ficha de combate…mas mesmo assim, parabéns, é uma marca importante e significativa.

vplemes
vplemes
10 anos atrás

Batalha real? Fala sério! A grande diferença entre o que os caças da OTAN fazem no afeganistão, e os treinos de lançamentos de bombas, é que lá no Afeganistão morre gente (em terra). Porque do ponto de vista de valor em combate é quase zero. Não existe qualquer tipo de oposição aérea. Não existe qualquer tipo de oposição terrestre (baterias SAM, canhões AA). E para completar, os rafales vão lá mais por força de propaganda do qualquer outra coisa. Pois, para ir la no Afeganistão jogar bomba em guerrilheiro, e ainda precisar de M-2000 para designar o alvo era melhor… Read more »

jakson almeida
jakson almeida
10 anos atrás

Edcreek eu acho que o Ricardo queria saber é quem “fora” da frança opera o rafale e nos sabemos que a jaca não foi vendida pra ninguém.
Agora olhem o sorriso na cara do oficial tcheco ,e tem gente jurando que a Rep.Tcheca vai devolver os gripen’s.

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá,

Batalha é batalha são armas reais o tempo todo, é real não é ensaio controlado. O foco foi ataques ao solo, e esse ano tem mais O NAe Frances estará por lá até o fim do ano.

Então os F-16/A-10/Tornados estão só fazendo propraganda? A França não deve aproveitar a oportunidade de teste? é cada uma….

Abraços,

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Edcreek
10 anos atrás

“Edcreek em 30/09/2010 às 10:05” Nesse ponto, concordo com você, Edcreek. Acho que muita gente confunde experiência em combate (em um conflito) com combate aéreo (entre caças) e a validade das duas experiências. Participar de um conflito implica em testar a disponibilidade de um vetor na linha de voo e sua manutenção longe de casa, a logística, a efetividade do armamento, dos equipamentos, precisão etc, tudo isso em situações reais. E por situações reais, um exemplo é que, se der algum problema no avião (independentemente de ser abatido ou não – pode ser um problema de manutenção gerado pelas condições… Read more »

Paulo Silva
Paulo Silva
10 anos atrás

Galera, bom dia!

Este Gripen C/D seria excelente para a FAB. Sei que nao tem autonomia, e isto é um problema em país continental como o nosso, porém, poderiamos ter os 120 espalhados em bases. Teriamos 10 esquadroes por todo o Brasil.Já o Gripen NG, pode ser um grande risco futuramente. Também acredito que seria uma boa idéia um HI-LO com SH/Gripen C/D.

Abracos

Paulo

Ricardo_Mga
Ricardo_Mga
10 anos atrás

Galera o gripen da republica Tcheca ta com uma média de 140 horas de voo por ano, alguem sabe qual a média anual de horas de voo dos rafaeles da força aerea Francesa?

Vader
10 anos atrás

“Nós estamos satisfeitos com o programa Gripen, ele está funcionando muito bem e estamos esperançosos para os próximos cinco anos. Espero que a cooperação entre a República Tcheca e a Força Aérea da Suécia continue e só posso esperar o melhor do programa”.

Ora, ora, ora, mas não foi outro dia mesmo que ouvi de alguma rafalechete ensandecida que a República Tcheca estava “louquinha pra trocar seus Gripen C/D por Eurofighter Typhoon”?????? 🙂

Cada uma…

Giordani RS
Giordani RS
10 anos atrás

“vplemes disse: 30 de setembro de 2010 às 9:59 Batalha real? Fala sério! A grande diferença entre o que os caças da OTAN fazem no afeganistão, e os treinos de lançamentos de bombas, é que lá no Afeganistão morre gente (em terra). Porque do ponto de vista de valor em combate é quase zero. Não existe qualquer tipo de oposição aérea. Não existe qualquer tipo de oposição terrestre (baterias SAM, canhões AA). E para completar, os rafales vão lá mais por força de propaganda do qualquer outra coisa. Pois, para ir la no Afeganistão jogar bomba em guerrilheiro, e ainda… Read more »

Edu Nicácio
10 anos atrás

Go, Gripen! Go!

CAL
CAL
10 anos atrás

Se eu fosse negociador da SAAB no fx 2, ofereciria gripens c usados gratuitamente para FAB em emprestimo, assim deixaria que ela conhecesse sua operacionalidade e com mais vontade ainda de adquirir esses caças!

leonardo angelozi
leonardo angelozi
10 anos atrás

Não adianta palpitar, a FAB fez o relatório com milhares de paginas e tem gent dando pitaco com quatro linhas achando isso, aquilo… Apenas quem esta la dentro no “olho do furacão” sabe qual a necessidade e qual a possíbilidade de compra e menutenção de equipamentos, se foi feito um relatório é por que foram feitos estudos , estudos esses que mostram qual a melhor vetor para a FAB. Se a FAB escolheu o melhor, ou menos pior Gripen, é porque ele atende as necessidades operacionais e técnicas da Força. Sem mais (obs. Não torço nem para x ou y,… Read more »

leonardo angelozi
leonardo angelozi
10 anos atrás

Peço desculpas pelos erros de português.

CAL
CAL
10 anos atrás

É mas pra levar essa o molusco e o nj terão que receber um cafezinho melhor do que o françes!

Galileu
Galileu
10 anos atrás

hahaha Verdade Vader cadê o maluco que disse que a R.Tcheca não curtiu o Gripen ahahah

Nick
Nick
10 anos atrás

Parabéns a Força Aérea da República por esse evento. Não há dúvidas que parte desse sucesso se deve à disponibilidade e os baixos custos operacionais, sem deixar de ser um caça eficaz para o TO dos dias atuais.

Agora, fico imaginando quando os nossos pilotos vão comemorar 10.000 horas voando no Rafale…..ou 10.000 horas estacionados no hangar.

[]’s

Nick
Nick
10 anos atrás

Só complementando. : Força Aérea da República: Tcheca.

[]’s

Gumpy
Gumpy
10 anos atrás

São Gripens arrendados, daqui a 5 anos, saberemos se eles serão devolvidos ou não em 2015…

O leasing de 10 anos, aproximadamente 20 bilhões de coroas tchecas (pouco mais de um bilhão de dólares) de 14 caças suecos Gripen, acordado em 2003.

Mas os Tchecos tem que voar muito mesmo, tão pagando pelo leasing!!!

Falken666
Falken666
10 anos atrás

O bichinho é bom mesmo…

Edcreek
Edcreek
10 anos atrás

Olá,

É isso ai Nunão teatro real é teatro real, se quem esta no ar falha seja pelo piloto, aeronave ou sistemas as tropas em terra ou civis padeçem.

Não é atoa que temos uma diversidade/quantidade enorme de aeronaves operando lá. Pode ser qualquer coisa menos brincadeira, basta ver que a cada ano as tropas em terra sofrem mais baixas, apesar da absurda cobertura aerea.

CAL pelo que eu saiba não existem Gripens-C/D disponiveis os que estão estocados na Suecia pelo que eu saiba são A/B, mas não posso afirmar, alguem saberia?

Abraços,

Sopa
Sopa
10 anos atrás

Esse FX-X é uma sacola !!! não aguento mais !!!

Sopa
Sopa
10 anos atrás

Há tinha esquecido de perguntar o RAFALE não tem capacidade de iluminar um alvo terrestre ??

Sds.

Klevston Kstonboner
Klevston Kstonboner
10 anos atrás

Parabéns para a jaca sueca, há esqueci! A salada sueca meus parabéns.

Fabio ASC
Fabio ASC
10 anos atrás

Nunão, concordo 100% com vc.

E digo mais, o Brasil devia mandar um navio para patrulhar a costa africana contra os piratas, já que temos uma frota mercante transitando por ali comfrequência.

Com certeza acrescentaria muito à MB.

Regis Campos
Regis Campos
10 anos atrás

O negócio que o Brasil “deveria” fazer, não fez. Agora tudo o que nos oferecem são caças meia-vida, meia-quilometragem, meia-utilidade…. Se o Brasil fosse esperto tinha feito um acordo com os russos e pegava o pacotão “superioridade aérea” com os Sukroi Super Flanker ou o novo Mig-35 novinho em folha e com várias tecnologias que poderiam ser chupadas para os Embraers numa possível montagem dos gigantes nas instalações da empresa, tais com a tecnologia supersônica que a empresa ainda não domina. Mas vamos catar esses cacas franceses Rafalele que voam pouco e ruim e apanham até de seu irmão mais… Read more »