quinta-feira, março 4, 2021

Gripen para o Brasil

Caças Rafale M na defesa aérea da França

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

De 6 de julho a 3 de agosto de 2010, a aviação naval francesa (aéronautique navale) participa da atividade(Permanence Opérationnelle – PO (Permanência Operacional) com um destacamento de caças Rafale M. Desde o 11 de setembro de 2001, a Marinha reforça regularmente o dispositivo, cujo principal responsável é o Armée de l’air (Força Aérea Francesa), para assegurar a soberania do espaço aéreo francês 24 horas.

As aeronaves ficam sob a autoridade direta do primeiro ministro e do CDAOA (Commandement de la Défense Aérienne et des Opérations Aériennes – Comandante da Defesa Aérea e das Opérações Aéreas), prontos para decolagens em 2, 7 ou 15 minutos. Os caças Rafale da Marinha são baseados em Lann Bihoué (Lorient), um dos pontos estratégicos para a garantia da total cobertura do espaço aéreo francês.

FONTE / FOTO DE BAIXO: Marine Nationale (Marinha da França)

FOTO DO ALTO: Netmarine

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

29 Comments

Subscribe
Notify of
guest
29 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Latino

Sobre o acidente com caças franceses Rafale M que cairam no Mar Mediterrâneo .Ninguem disse + nada .

aposto que o Brasil não deve ter nem pedido informações aos franceses .

sds

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin

Precisa falar alguma coisa? Algum dos(ou os 2) pilotos fez caca e se chocaram no ar, simples.

Roberto F Santana

Colisão em formação a culpa é sempre de um somente.

Robson Br

Latino disse:
19 de julho de 2010 às 14:03

Acidentes acontecem, mas o que ocorreu com o Gripen foi algo inusitado.

Dois aviões cairam no mesmo dia com o mesmo piloto.

O piloto pegou o avião e numa demonstração caiu com ele.

Pegou outro avião para uma nova demonstração no mesmo dia e caiu de novo.

Posso garantir: Não foi culpa do piloto!!!!

Roberto F Santana

Empreguinho bom esse hein? Robson.

Rodrigo

Latino disse:
19 de julho de 2010 às 14:03

O oficial só irá sair depois de todos os possíveis negócios com exportações derem certo ou micarem de vez…

A FAB procurou saber o que aconteceu, pode ficar tranquilo…

😉

Barry.Br

Eu acabei de dar uma olhada no site da Statens haverikommission (SHK), vi todos os acidentes dos Gripen (documentados em inglẽs e sueco) mas não a informação do RobsonBr. Por favor, sr. Robson informe qual o ano que isto ocorreu porque parece que nem os suecos sabem disso.

Do Rafale – um houve falha geral da navegação outro dois bateram no ar, alguém cometeu algum erro ou houve novamente alguma falha no sistema anti-crash.

Marcos

Robson Br

Como voce sabe, voce era o piloto?
Brinquadeiras a parte, mas realmente, como voce sabe.
Eu pesquisei e não achei.

Sds

Robson Br

Eu não era o piloto do gripen.

Basta pesquisar aqui no poder aéreo, ou perguntar para a turma, pois o pessoal aqui é especializado em gripen .
rsrsrrssr

tem aqui no poder aéreo

Calheiros

Cara essa foi boa ou muito azar, um piloto cair duas vezes no mesmo dia com dois aviões diferente sem precedente na historia da aviação, e o pior o cara não ter-se machucado na primeira queda.esse ganhou de meu pai na decada de 50 quando era técnico da FAB caiu numa semana com um DC3 o famaso douglinha e duas semana depois caiu novamente com um catalina.

Marcos

Robson Br

Valeu

Jakson Almeida

Olha a coisa com as rafaletes,caracaletes e as scorpenetes esta ficando tão seria que ate inventado acidentes os caras estão.

Robson Br

Marcos disse:
19 de julho de 2010 às 21:05

ok
rsrsrsrsr
mas foi verdade….e não foi culpa do pobre piloto e sim dos sistemas da aeronave.Nem tudo é perfeito.

Mas o assunto é do rafale: que diferença faz um caça operacional, participando ativamente da defesa da pátria de um que se apresenta pela primeira vez em público como um demo….Pô nem protótipo????

Guilherme Poggio

um que se apresenta pela primeira vez em público como um demo….Pô nem protótipo????

Ahhhh então ele existe! 😉

Robson Br

Jakson Almeida disse:
19 de julho de 2010 às 21:13

Tá poder aéreo. É só perguntar para as gripetes.
Saiu também no dicovery

Robson Br

Quando é para falar de falhas do super, incomparável, superior, infalível……..Gripen….ninguem aparece para comentar….agora negar é muita desinformação.

Cade a turma…..

Vader

Robson, nunca ouvi falar desses acidentes.

Mas se vc quiser a gente pode começar a discutir porque o Super-Hiper-Mega-Ultra-Power Rafale “humilhador de Typhoon” e “esfregador de F-22” não vende. Que vc acha? 🙂

No mais, post que fala da JACA eu pulo… ganho tempo com coisas mais importantes, rsrs…

Abs.

Vader

Pessoal: don´t feed the trolls… 🙂

ZE

Pessoal, eu não entraria nessa seara do qual avião é que caiu mais !!!! Só por desencargo de consciência, aí vai o link: http://www.aereo.jor.br/2010/01/22/quem-caiu-mais/ Gostaria se salientar que, o avião mais seguro é o Super Hornet; O Gripen (não o NG) vem em 2º lugar; Na lanterninha, temos o Rafale. Atentem: Para se fazer o devido cálculo, não apenas temos que pegar o número de aviões de caíram !!! Temos que calcular o total das horas voadas e dividí-lo pelo número de aparelhos acidentados. Assim teremos X acidentes por Y horas voadas. De longe, a maior frota é a de… Read more »

John Top Gum
Alexandre Galante

Sobre acidentes com Gripen, temos vídeos aqui no Poder Aéreo:

http://www.aereo.jor.br/2009/10/01/acidente-com-um-gripen-em-2-de-fevereiro-de-1989/

Clevston Kvowster

Pergunto isso para esquentar então nossa discussão (amigável e acalentadora) isso para os amantes de caças como nós: Se cada um de nós soubéssemos é claro pilotar de verdade um caça, em qual dos tres você queria estar?
1-F 18 Super Hornet
2-Saab Gripen (NG ainda não existe)
3-Dassaut Rafale
Por favor respondem para mim, em qual destes você queria estar em um combate real é claro.Nada de simulações…

Clevston Kvowster

Há esqueci de responder: Eu queria estar em um!
1º-F 18 Super Hornet
2º-Rafale
3º-Gripen.

Rodrigo

Vader disse:
19 de julho de 2010 às 21:32

Em caso de emergência, chame o F4 que ele resolve.

Justin Case

Amigos,

(off-topic)

Hoje é 20 de julho, dia do aniversário de Santos Dumont.

Parabéns aos aviadores, aos aeronautas, aos que os apoiam e a todos os simpatizantes.

Abraços,

Justin

“Justin Case supports Rafale”

Justin Case

Amigos, Análise sobre o futuro dos investimentos em Defesa na Europa: França: os meios de comunicação comentam que o País se prepara para uma Terceira Guerra Mundial Por Kumaran Ira 20 de julho de 2010 Vários grandes jornais franceses afirmam que os governos europeus estão aumentando as suas despesas militares para se prepararem para a guerra em grande escala no futuro… … Na verdade, a França dedicou imensos recursos para as Forças Armadas. Em 2008, a França apresentou um Livro Branco sobre a Defesa, a definição da orientação estratégica das Forças Francesas. Este Livro Branco previu a estabilidade do orçamento… Read more »

Rodrigo

Qualquer tipo de redução ao programa do Rafale, simplesmente extinguirá o programa.

Não existe mais o que cortar do programa dele.

Só não vê quem não quer.

ZE

Justin Case disse: 20 de julho de 2010 às 11:44 Amigo Justin Case, o jornalista que escreveu essa BESTEIRA, o senhor Kumaran Ira, deve estar sob o efeito de alguma substância !!!! É exatamente o contrário que está acontecendo !!!! No caso específico da França, o programa Rafale não pode ser ainda mais diminuído, senão ele PARA. No caso do A 400M, no que pese a França falar que quer manter todas as encomendas, você tem que saber que, querer é uma coisa, já poder é uma outra totalmente diferente. O Orçamento das Forças Armadas da França diminuiu 10% no… Read more »

Combates Aéreos

Constant Peg, o programa secreto da USAF que usava aviões russos para treinamento

A Força Aérea dos EUA revelou em 2006 uma parte da complexa série de programas que obtiveram, testaram e...
- Advertisement -
- Advertisement -