terça-feira, janeiro 18, 2022

Gripen para o Brasil

China rejeita pedido norte-coreano por caças, diz jornal

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

j-10

Hu Jintao disse ao líder Kim Jong-il que o país protegerá a Coreia do Norte em caso de ataque

Barra de Cinco Pixels

vinheta-clippingSEUL – A China rejeitou um pedido do líder norte-coreano, Kim Jong-il, para que Pequim enviasse ao regime comunista de Pyongyang de forma gratuita vários aviões caça J-10, informou nesta quinta-feira, 17, o jornal sul-coreano Chosun Ilbo.

O jornal, que cita uma importante fonte da Coreia do Norte, assegurou que o dirigente norte-coreano fez o pedido ao presidente da China, Hu Jintao, durante a viagem que realizou à China entre os dias 3 e 7 de maio.

Hu disse a Kim que China protegerá a Coreia do Norte em caso de um ataque, e assegurou que o país não precisa possuir este tipo de armamento, acrescenta o jornal, de linha editorial conservadora e normalmente crítico ao regime de Pyongyang.Os aviões de combate J-10 pertencem à última geração de caças desenvolvida pela China.

A negativa de Pequim ao pedido pode ter feito com que Kim antecipasse seu retorno a Pyongyang em um dia.Um refugiado norte-coreano de alta categoria citado pelo jornal indicou que Kim Jong-il poderia estar sentindo a ameaça de um possível ataque militar por parte de Coreia do Sul e Estados Unidos por conta do afundamento em março do navio de guerra sul-coreano Cheonan, após as acusações formais a Pyongyang.

Outro refugiado, ex-membro do Exército norte-coreano, assinalou que as Forças Aéreas do país comunista são muito inferiores às da Coreia do Sul, que possui caças F-15 e F-16.

Kim Jong-il viajou à China em busca de apoio econômico e diplomático do Governo de Pequim, o maior aliado de Pyongyang, em meio à crescente tensão entre as duas Coreias pelo caso do Cheonan.

Uma equipe internacional de investigadores revelou em 20 de maio que o afundamento, que causou a morte de 46 marinheiros sul-coreanos, foi causado por um torpedo norte-coreano, embora a Coreia do Norte negue sua participação no fato.

O Conselho de Segurança da ONU estuda uma resposta internacional contra Pyongyang, que acusa Seul de ter inventado o resultado da investigação internacional e ameaçou realizar ações militares caso as Nações Unidas imponham sanções.

FONTE: EFE, via Estadão

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

9 Comments

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos

Certa vez postei; Se a guerra entre as Coreias realmente acontecesse ela poderia tomar outras dimenssões, tais como um embate entre EUA e China de forma quase que direta, e porque? Simples, os Chinesses a pouco tempo tiveram que engolir um gato de RÉ, que foi os EUA vendendo armamento para Twaiwan, ilha que a China chama de rebelde. Como aconteceu na decáda de 50, com toda certeza iria se repetir, pois de forma alguma os Chinesses iram permitir o dominio da Coreia do Norte pela do sul, isso implicaria em os EUA fazer praticamente, de forma direta, divisa de… Read more »

Vader

Hahaha, Marcos, sem alarmismos ok? O fato de a China ter se recusado a dar armamentos de ponta ao Maluco Atômico é só mais um sinal do distanciamento entre Pequim e Coréia Vermelhuxa. Na verdade a Coréia Setentrional tá tão isolada que não consegue ajuda de verdade nem de seu único aliado. Prelúdio do fim patético de um dos últimos redutos da corja comunista. No mais, o Maluco Canceroso não quer armas para se defender da Coréia do Sul, mas sim para poder atacá-la caso sofra (e sofrerá) novas sanções. Como ele não tem capacidade para atacar a CS com… Read more »

JACUBAO

Se o bicho pegar, a China vai falar: Eu não conheço essa pessôa e nem esse país.
Agora podem jogar as pedras. 😀

Aldo Ghisolfi

Minha opinião é no sentido de que a geopolítica chinesa não permite que a Coréia do Norte, que está isolada do mundo e nada tem a dar para a China, seja armada por ela; entendo que a China haverá de confrontar os EEUU apenas da boca p’rá fora, nunca num outro confronto armado. Ninguém quer a Coréia do Norte e, realmente, a efetiva possibilidade de milhões de famintos nas suas fronteiras haverá de fazer a China administrar a situação muito mais política do que militarmente, apesar da voz grossa e dos muitos milhares de soldados que mantém na área. A… Read more »

Marcos

Vader

Espero que sim, mas duvido muito, claro que o peso economico hoje é o principal mecanismo neste mundo globalizado.
Só não acredito que a china vai deixar a CN na mão, eu entendo sim, que a CN está a fim de provocar a CS, no caso da corveta (e já tem alguns falando no caso do F5 tambem), mas neste ultimo, eu já duvido, a CN vai provocar sim, ela esta desesperada com esses embargos.
Só resta esperar os proximos movimentos e ver no que vai dar.

Vader

Marcos: A China mudou muito desde que entrou na OMC. O PCC não é mais Partido Comunista Chinês, mas sim Partido Capitalista Chinês. Eles viram como é bom ter verdinhas no bolso, em vez de meter o pau em quem tem e tentar exportar seu patético projeto de revolução socialista. A China continua sendo uma tirania. Uma ditadura da nomenklatura dirigente sobre 1,5 bilhão de escravos. Um Estado policial que mata seus opositores sem dó nem piedade, e ainda cobra a munição da família do morto. Mas não é mais comunista faz tempo. Nesse sentido, eles irão pensar com o… Read more »

Aldo Ghisolfi

Estrategicamente, sob a ótica chinesa, até acho que seria bom um confronto entre as duas Coréias, pois tudo demonstra a vitória do sul, o que retira o problema do abrigo e da fome da frente chinesa. Vencida a Coréia do Norte, o mundo, centrado na Coréia do Sul, passaria a atender o problema interno da Coréia, desta feita unificada pela guerra. Evidentemente via EEUU, Rússia, China. E, obviamente, o Brasil!, se o Lula e o MAG continuarem mandando.

Marcos

Caro Vader

Concordo com vc em partes, mas ainda não acredito que a China va realmente deixar a CN “na mão”.
Agora só nós resta esperar e torçer para que se realmente este embate começar que termine rapido, pois o povo da CN mereçe coisa melhor do que esta dinastia que se perpetua no poder.

Marcos

Sds

Últimas Notícias

Último voo operacional da aeronave CC-115 Buffalo no Canadá

O voo operacional final para a aeronave CC-115 Buffalo foi realizado no dia 15 de janeiro pelo 442º Esquadrão...
- Advertisement -
- Advertisement -