Home Indústria Aeroespacial 432 Super Hornet entregues

432 Super Hornet entregues

208
13

Super Hornet VFA 137 em formação - foto USN

vinheta-destaque-aereoA Boeing informa que até 1º de maio de 2010 um total de 432 caças F/A-18 E/F Super Hornet haviam sido entregues. A USN recebeu 234 do modelo F e 186 do modelo E, distribuídos em 10 “Carrier Air Wing”, formando 19 esquadrões. Deve-se somar a estes números os 12 F/A-18F já entregues à RAAF (Royal Australian Air Force – Força Aérea Real Australiana).

Entre junho de 2009 e maio de 2010 foram produzidos e entregues 32 aeronaves. Uma média de 2,6 Super Hornet por mês.

LEIA TAMBÉM:

FONTE: Boeing

Subscribe
Notify of
guest
13 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Ricardo
9 anos atrás

Incrível =D

Luiz Ricardo
9 anos atrás

qual a diferença entre o Super Hornet E e F?
abraço!

Dalton
Dalton
9 anos atrás

uma pequena atualização:

já são 20 os esquadrões de FA-18E/F a bordo de dez dos onze
porta-avioes, um está indisponivel até 2013 passando por reabastecimento e grande modernização.

Além dos 20 esquadrões há 2 esquadrões que fornecem FA-18E/F substitutos, os chamados “Fleet Replacement Squadron” .

sds

Marcos
Marcos
9 anos atrás

Este seria o caça para FAB agora, mas os EUA não querem parceiros.
Para um (Breve) futuro seriam os SU-35 e o pak Fa, mas ainda não somos capazes de sair da saia dos EUA.
Então nos resta o Gripen, que diante de seus concorrentes é o Melhor.

Luiz Ricardo
9 anos atrás

Eu pensava que existia alguma diferença por exemplo >

SH E > melhor desempenho ar-ar

SH F > melhor desempenho ar-terra

( eu sei que são multi tarefas hehe )

Enfim… Obrigado 😀

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Luiz Ricardo
9 anos atrás

“Luiz Ricardo em 20/06/2010 às 21:45” Luiz, seu pensamento faz sentido. A versão biposta (F) do Super Hornet pode ser configurada para treinamento de pilotos que vão converter para o modelo, com instalação de manche, manete e pedais no cockpit traseiro. E pode ser configurada para diversas missões que são melhor executadas com um segundo ocupante como oficial de armamentos, em que as interfaces para voo são substituidas por interfaces para controle de armas e sensores. A conversão leva algumas horas, se não me engano. Assim, o F pode ter um desempenho “ar-terra” superior ao E, quando configurado para ser… Read more »

ZE
ZE
9 anos atrás

São 444 vetores até agora, pois em 2015 haverá 539 Super Hornet e Growler (sua versão de guerra eletrônica). Ambos usando o motor F-414. “Entre junho de 2009 e maio de 2010 foram produzidos e entregues 32 aeronaves. Uma média de 2,6 Super Hornet por mês”. Só para comparar: Em 2010, 11 Rafales serão construídos. Em 2013, 4 Rafale serão construídos. Em 2015, 1 Rafale será contruído. Quaisquer dúvidas vejam a Lei de Programação Militar Francesa. O Rafale tem uma MÉDIA de 8,2 vetores entregues por ano (em 10 anos), contra uma MÉDIA de 32 vetores do Super Hornet (em… Read more »

ZE
ZE
9 anos atrás

Luiz Ricardo disse:
20 de junho de 2010 às 21:06

E: monoposto

F: biposto

[ ]s

Vplemes
Vplemes
9 anos atrás

Adoro este caça, ele sempre foi meu favorito. Pena que as maquinações vermelhuchas empataram o finado FX2 (ou alguém em sã conciencia acredita que vai dar em algo?).

ZE
ZE
9 anos atrás

Meus caros, a comunalidade entre o Gripen NG e os Atuais 444 Super Hornet e Growler (até 2015, 539 vetores) se dá em uma das áreas mais importantes concernentes ao custo (na verdade, A MAIS IMPORTANTE):

SEU MOTOR F-414, COM MAIS DE 1.000 UNIDADES PRODUZIDAS ATÉ AGORA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

E isso, NÃO pode ser replicado pelo Rafale.

O Rafale é um caça SEM ESCALA !!!!!!

Sem esquecer da comunalidade de 50% entre o Gripen (mais de 232 vetores já produzidos) e o Gripen NG.

[ ]s

ZE
ZE
9 anos atrás

Essa eu nem precisei responder.

O Poggio foi mais rápido !!!

[ ]s