Home Noticiário Internacional Parlamentares do Kuwait vão ‘grelhar’ autoridades que comprarem o Rafale

Parlamentares do Kuwait vão ‘grelhar’ autoridades que comprarem o Rafale

318
221

Elemento-de-Rafale-com-turbinas-em-pós-combustão-foto-via-Dassault-Aviation-revista-Fox-three-n14

vinheta-clippingA AFP informou que no último domingo, 11 de abril, um bloco islâmico de quatro parlamentares do Kuwait, que se opõe à compra do caça francês Rafale pelo país, avisou que vai “grelhar” altos funcionários se o acordo for assinado. Faisal al-Muslin, porta-voz do bloco para reforma e desenvolvimento, disse em uma coletiva de imprensa que “a assinatura do acordo significa que vamos ‘grelhar’ qualquer um que seja responsável por autorizá-lo”.

Contudo, ele não especificou se o primeiro ministro ou o ministro da defesa estariam entre as autoridades com as quais o bloco pretende acertar as contas caso o acordo de bilhões de dólares, envolvendo entre 14 e 28 caças Rafale, seja assinado.

Outro parlamentar do bloco, Jamaan al-Harbash, que tem se pronunciado contra o acordo por vários meses, disse haver documentos do ministro da defesa recomendando que a compra seja suspensa: “Os relatórios concluem que o avião não é tecnicamente avançado, e seu preço é muito caro, assim como de suas peças de reposição. Se o acordo for adiante, será um desperdício maciço de recursos públicos.”

Ambos os parlamentares ressaltaram que sua oposição ao negócio nada tem a ver com qualquer animosidade em relação à França. Outro parlamentar, Mussallam al-Barrak, falando em nome de outro bloco de quatro parlamentares de oposição, declarou mais tarde total apoio a qualquer questionamento político em relação ao acordo do Rafale.

O chefe de estado-maior das Forças Armadas Francesas, almirante Edouard Guillaud, defendeu o Rafale como um dos melhores aviões de combate do mundo, afirmando que as negociações sobre o acordo estão prosseguindo com transparência completa. Segundo a agência oficial de notícias, KUNA, o almirante disse que “a França propôs ao Kuwait a substituição de seus velhos Mirage pelo avançado Rafale, e o governo Kuwaitiano solicitou que se estudasse a oferta.” Guillaud disse também que o Kuwait mandou especialistas à França para avaliação cuidadosa dos jatos, acrescentando que Paris também fará uma proposta para vendê-los aos Emirados Árabes Unidos.

O bloco “Ação Popular” vem se opondo a diversos programas de aquisição de armamento, nos quais se inclui o do Rafale. No mês passado, o Ministro da Defesa, Sheikh Jaber Mubarak al-Sabah, disse que a aquisição do Rafale continuava sendo uma prioridade para o  Kuwait. Em outubro do ano passado, o Kuwait e a França assinaram um novo acordo de defesa, e discutiram detalhes sobre a compra do Rafale. Em novembro, o parlamento votou, por unanimidade, o pedido para que uma auditoria investigasse acordos da França e dos Estados Unidos, para aviões de transporte Hércules, uma fábrica de munições e os jatos de combate.

FONTE: AFP, via The Tocqueville Connection, atualizado às 15h43 de 14/4 com informações de reportagem de 13/4 do The National

FOTO: Dassault Aviation (Fox Three n.14)

NOTA DO BLOG: quando do pronunciamento do presidente Lula em 7 de setembro do ano passado, anunciando ao lado do presidente Sarkozy que seriam iniciadas conversações para a aquisição do Rafale, o  Poder Aéreo (assim como boa parte da imprensa) deu como certa a vitória do caça francês no programa F-X2 e escreveu o post: “Brasil é o primeiro comprador internacional do Rafale” (clique no título para ler).

De lá para cá, foram seis meses de espera, e achamos que o título acabaria se tornando “mentiroso”. Não exatamente por haver chances do Rafale ser preterido, pois na opinião do Poder Aéreo este continua sendo o grande favorito pelas razões político-estratégicas já muito discutidas por aqui, mas porque, com o passar do tempo, outros países poderiam vir a ser os primeiros compradores internacionais do avião.

Mas, nesse mesmo período de tempo, duas compras tidas como certas e iminentes (Kuwait e Emirados Árabes Unidos) começaram a demorar para se concretizar. E você? Acha que poderemos reeditar a notícia “Brasil é o primeiro comprador internacional do Rafale” em breve? Ou ainda vai demorar e outro país poderá ser o primeiro? Ou o Brasil não vai comprar o Rafale? Dê a sua opinião.

VEJA TAMBÉM:

221
Deixe um comentário

avatar
219 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
73 Comment authors
VaderIlya EhremburgVaderCarlos AugustoRAFAEL (RS) Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Rodrigo
Visitante
Rodrigo

O Rafale é um excelente projeto, mas não vale o que custa e lidar com os franceses é sempre complicado.

Desde a semana passada os Esquilos da MB estão “groundeados”, porque a Turbomeca, não consegue resolver um problema nos motores da frota.

Outros órgãos policiais e FFAA estão com o mesmo problema e em breve poderemos ter um “apagão” dos Esquilos no Brasil.

Se fazem esta lambança toda com o Arriel que é um projeto muito velho, vale a pena acreditar que com o M88 será muito diferente ?!

Nadir
Visitante
Nadir

E lembrar que na votação aqui do site em relação a qual caça o Brasil deve adquirir, a turminha votou maciçamente nesta carroça aérea!
Hehehe!

Wolfpack
Visitante
Wolfpack

Parabéns Nunão, pelo menos continuam na mesma linha editorial… não percam o foco…
Pelo menos a foto é fantástica.
Será muito triste para o Blog ver o Rafale na FAB, mas terão que se acostumar ao fato, em breve.

Ozawa
Visitante
Ozawa

Nunão, você é corajoso em fazer essa pergunta… Podia ter dito: “LInha de tiro em segurança, alvos à frente, fogo à vontade…”

Bem, vai meu tiro: Pelas últimas investidas da SAAB junto à grande imprensa, políticos específicos, vendendo seu projeto como o preferido da FAB e o mais econômico para o Tesouro, e pela repercussão positiva dessa tese nos ouvintes médios, e mesmo alguns especializados no tema… Não reproduziria mais esse título com convicção.

“Brasil é o primeiro comprador internacional do Rafale ou Ne Me Quitte Pas”

drcoakroach
Visitante
drcoakroach

Supondo que a entubada aconteca e o Brasil compre o Rafale (estou comecando a duvidar). Se venderem o Rafale p/ outros paises depois, provavelmente nao havera um parafusinho brasileiro nos Rafales vendidos, e estaremos mais longe do que nunca de ter um fighter nacional; e mais um monte de empresas medias brasileiras na UTI. Se o Brasil comprar o Gripen, tudo que for produzido aqui, nao serah produzido em nenhum outro lugar, inclusive Suecia. Isto fale p/ os Gripen NGBr como p/ qualquer outra exportacao da SAAB (um dia els acabam se mudando de mala p/ cah). E ainda estaremos… Read more »

Curvo
Visitante
Curvo

Será que a idéia da “grelha” não poderia “pegar por aqui” ?

Nadim Chaachaa
Visitante
Nadim Chaachaa

Ao meu ver o Rafale está adquirindo uma imagem tão ruim no mercado internacional, inclusive graças ao seu alto custo geral, que ele se tornará a antítese do que foi a família Mirage, um fracasso de vendas no mercado internacional. Dessa forma, se o Brasil confirmar essa escolha, não será o primeiro país a se tornar cliente dessa aeronave no mercado internacional mas o único. Quanto a “grelhar”, é no mínimo um termo engraçado. Para se ver como, pelo menos no Kuwait, eles levam a sério a aquisição de material de defesa e seu custo de aquisição. Podemos dizer, depois… Read more »

RLeal71
Visitante
RLeal71

O melhor termo usado aqui pra definir o FX-2=Rafale: ÚNICO.

Só meu Brazil, mesmo…

(ainda tenho fé no Lulinha :-))

josé gabriel
Visitante
josé gabriel

auguem poderia me dizer se o avião americano tem mais qualidade que o frances?

Antonio M
Visitante
Antonio M

“…seu preço é muito caro, assim como de suas peças de reposição …” Isso é muito importante ! Faz-se uma analogia fácil com automóveis: Vejam o preço de BMWs, Audis de 1995, 96, 97. Preço de caro popular. O cidadão vai lá e compra. Depois na hora que precisar comprar uma peça, cai de costas e tem de vender o carro por menos do que pagou! Peguei esse exemplo no Mercado Livre: Chrysler Stratus Stratus Le Mec. – 1996 – 99.082 km – R$ 15.500,00 !!! Uma reportagem na Folha de São de Paulo, poucos anos atrás, mostrou esse mesmo… Read more »

Alexandre GRS
Visitante
Alexandre GRS

Prezados, Uma coisa é fato: quando o Brasil assinar definitivamente o contrato de obtenção do Rafale, o mundo começara a olhar com outros olhos esse vetor e, obviamente, estudar o processo de seleção ora em voga. Acredito que temos uma grande oportunidade em mãos. Cabe a nós decidirmos se a queremos ou não… A bem da verdade, é sabido que, a comunidade internacional espera ansiosamente pela difinitiva escolha do vetos pelo governo brasileiro afim de nortear outros processos. Quanto a denuncia do Blog estar fazendo campanha contra o Rafale acho que não procede. Até porque, como na nota dos editores… Read more »

Vetusto Douto
Visitante
Vetusto Douto

Não vai dar Rafale, podem ficar descansados.
Se der, ele não virá. Alguém vai providencialmente barrar ou encontrar algo para emperrar a discussão do contrato.

Não posso dizer mais nada, mas desse susto (o Brasil ser o único comprador internacional do Rafale) eu não morro mais.

RLeal71
Visitante
RLeal71

A campanha contra o Rafale não é do blog, é dos que acessam o blog. Este espaço é democratico, onde são lançados temas que são discutidos por todos… Se há dúvidas sobre qualquer um dos vetores, ela não é culpa do blog, mas pode ser do preço apresentado, da real transferência de tecnologia, da hora de vôo, do alinhamento politico-estrategico do Brasil, da dependencia de um único fornecedor, da dependência de um possível algoz no futuro, etc. A relação entre Estados e regida por interesses e não por amizade. Olha nossa relação com Portugal? Então a verdade que as dúvidas… Read more »

luiz-sp
Visitante
luiz-sp

JA venho falando alguns meses onde a fumaça a fogo , porque não houvimos esses comentarios de todos od outros concorrentes , porque será ? também acho muto caro manter os rafales e ainda mais com o comentario do nosso amigo rodrigo , pois temos que ser lógicos quantas e quantas matérias falaram sobre o rafale , e que até mesmo a frança diminuiu a expectativa de compra pois é caro sua hora de voô e reposição alem do mais a longo prazo como será o custo disso tudo , já os concorrentes estão correndo por fora dessas situações .

Ricardo
Visitante

“…Outro parlamentar do bloco, Jamaan al-Harbash, que tem se pronunciado contra o acordo por vários meses, disse haver documentos do ministro da defesa recomendando que a compra seja suspensa: “Os relatórios concluem que o avião não é tecnicamente avançado, e seu preço é muito caro, assim como de suas peças de reposição. Se o acordo for adiante, será um desperdício maciço de recursos públicos…”

Acabaram de jogar agua neste Chopp…

Se eles avaliaram desta forma… Imagina a briga que vai ser aqui …

[ ]´s

Alexandre GRS
Visitante
Alexandre GRS

Prezado Vetusto Douto,

Sinto-lhe informar-lhe mas o Rafale virá sim. Também não posso dizer mais nada mas, isso é tão certo quanto “2 + 2 = 4”.

Sds.

hms tireless
Visitante
hms tireless

O parlamentares Kuwaitianos resumiram perfeitamente o que é o Rafale: Não é o mais avançado(nem Radar AESA tem, coisa que o Super Hornet tem desde 2006), é o mais caro (isso já foi caudalosamente comprovado) e também é o que possui a manutenção mais cara (fato também já comprovado). Lógicamente os ardorosos defensores do Rafale vão repisar os já batidos argumentos de defesa ou seja, a tal “ToT irrestrita”, a informação(falsa) veiculada por um obscuro Blog francês e repetida por eles à exaustão segundo a qual o Rafale teria humilhado o Super Hornet, o Typhoon e o Raptor. Ah! e… Read more »

Esdras
Visitante

Para quem já vendeu Mirage na década de 70 que nem Skol em dia de copa, e agora não consegue vender mais nada!!! tratou mau o cliente, se ele tiver opção e nunca mais volta……e opção é o que não falta.

Rogerfer
Visitante
Rogerfer

Eu acho que vocês podem manter a notícia do jeito que está. Mesmo que demore mais. Também acho que se o Kuwait vai comprar de prateleira, então não precisa comprar necessariamente o mais caro pois existem opções no mercado. Acho que é isso que eles questionam. A logística e manutenção ficaria mais caro. Não são as mesmas condições oferecidas no FX-2.

Que venha o Rafale-BR!

Vetusto Douto
Visitante
Vetusto Douto

O problema está aí Alexandre, nem sempre 2 + 2 resultam em 4…
hehehe.

jomado
Visitante
jomado

…tomara que o brasil não seje comprador dessa jaca…(joça).

Ilya Ehrenburg
Visitante
Ilya Ehrenburg

Cria lendas é fácil. Desmontar as superstições geradas pelas construções de mitos, é árduo! Dizer que os “Esquilos” estão impossibilitados de voar, na Marinha do Brasil, por culpa da motorização e da empresa produtora dos mesmos, “Turbomeca”, é jogar no outro (“Turbomeca”), uma responsabilidade que cabe à Marinha, pois, o mesmo não se verifica nas polícias e outros órgãos do Brasil e do mundo, que utilizam o modelo de helicóptero mais vendido no globo. Os jatos da “AIRBUS”, são em grande medida, franceses, bem como boa parte dos carros da nossa frota viária. Por que se compram sempre os grandes… Read more »

LBacelar
Visitante
LBacelar

hms tireless disse: 14 de abril de 2010 às 13:29 Cara vc não se cansa dessa ladainha? Eu mesmo até játe mandei o link do patricks aviation com a noticia dos typhoons caino como patos, não foi só no blog frances não a noticia correu o mundo. Opior cego é o que finge que não vê! outra coisa vc ainda vive na década de 90? pois o Rafale está em fase final de integração do RBE2E nesse ano ainda o radar AESA estará totalmente operacional, sendo assim, antes de cuspir desinformações para confundir os outros, seria legal vc pesquisar um… Read more »

M1
Visitante
M1

“Alexandre GRS disse:
14 de abril de 2010 às 13:28
Prezado Vetusto Douto,

Sinto-lhe informar-lhe mas o Rafale virá sim. Também não posso dizer mais nada mas, isso é tão certo quanto “2 + 2 = 4″. ”

Depende de quem faz a conta, se for o presidente………….

hehehehe

Alexandre GRS
Visitante
Alexandre GRS

Prezado Vetusto Douto, Concordo. Citando George Orwell: quando o estado quer que dois mais dois sejam cinco, assim o é. Mas nesse caso, pelas informações que tenho, a conta se concretizou corretamente. Obviamente que espero o melhor para o nosso país. Sempre. E fico intrigado quando vejo comentários que assuntam o grandes gastos que teremos… Vejam, quando se gasta no congresso? no senado? enfim, nas esferas públicas? quanto se gasta em pensões? Será que a discussão de oneração do erário público segue o viés correto? Estamos investindo em tecnologia da mais alta ponta. Isso é onerar? Creio que a discussão… Read more »

Cronista
Visitante
Cronista

1) Rafale Caríssimo, capacidade e disposição de transferência efetiva de tecnologia sob suspeita (péssimo histórico francês), qualidade do atendimento pós-venda em cheque, produto que começa a ter a pecha de “problemático”, com altíssimo custo político aqui e em outros países; 2) Gripen Bom preço, proposta de desenvolvimento industrial coesa e factível, aliança com a Embraer positiva (as duas empresas “pegam” o que há de melhor no mundo e juntam em plataformas de sucesso), apoio político crescente, apoio do empresariado crescente, projeto com fôlego para cerscer (Gripen -> Gripen NG -> Super Gripen ???) 3) F-18SH bom preço, proposta realista (americanos… Read more »

Ilya Ehrenburg
Visitante
Ilya Ehrenburg

Sr. Jomado,

A “Jaca” possui o menor RCS e o melhor desempenho de vôo, entre os três competidores. Detém a melhor suíte de contramedidas (SPECTRA), além de um radar AESA já integrado (algo que o F-18E, também possui).

A “Joça” humilhou o F-18E SH, em várias oportunidades, nos exercícios conjuntos da OTAN. Procure nos fóruns militares e verás, não uma ou duas, mais várias imagens do F-18E, bem como do “Typhoon”, no HUD do “Rafale”.

Vá com calma, caro “Jomado”. Há uma campanha emocional por aí. Coisas de lobistas. Não se deixe envolver por estas pessoas.

MrFranchi
Visitante
MrFranchi

Creio q a notícia acima referida seja a melhor coisa q podemos imaginar para nossos movimentos populares também fazerem com aqueles q escolherem o mais caro. Se houve diminuição do preço na oferta francesa, dane-se! A hora/voo não diminui e é isso q importa… Quanto à notícia de que as “Rajadas” se tornaram naquele momento o fighter da FAB, penso q poderia ser modificada. Mas, meus caros, lembre-se que os americanos sempre tem a última cartada. O que foi acertado no encontro com Robert Gates? Na verdade, penso q seja assim: americanos compram 200 Super Tucanos, enquanto Brasil compra 36… Read more »

RLeal71
Visitante
RLeal71

Caro Alexandre GRS,

Sobre os gastos públicos de que voce falou é bom lembrar que para as FA são um pouco diferente no que tange a parte operacional. Sei porque estou aqui. Quando falta $$$ o primeiro a sentir o corte é a parte operacional, o restantente… fica para os generais, almirantes e brigadeiros te responder, ok? Então ter um vetor caro quer dizer menos horas de vôo, e pronto! Simples assim.

jomado
Visitante
jomado

Ilya Ehrenburg disse: 14 de abril de 2010 às 13:48 Sr. Jomado, A “Jaca” possui o menor RCS e o melhor desempenho de vôo, entre os três competidores. Detém a melhor suíte de contramedidas (SPECTRA), além de um radar AESA já integrado (algo que o F-18E, também possui). A “Joça” humilhou o F-18E SH, em várias oportunidades, nos exercícios conjuntos da OTAN. Procure nos fóruns militares e verás, não uma ou duas, mais várias imagens do F-18E, bem como do “Typhoon”, no HUD do “Rafale”. Vá com calma, caro “Jomado”. Há uma campanha emocional por aí. Coisas de lobistas. Não… Read more »

Nick
Visitante
Nick

Minha visão é que o Rafale está amparado pela tropa de choque francesa dentro do Governo, e somente o Sr.Presidente, considerando outros fatores além dos acordados com a França e indo contra essa tropa, poderia mudar essa escolha. Uma solução de compromisso seria simplesmente empurrar a escolha para o próximo inquilino do Palácio da Alvorada Se vier o Rafale, na minha opinião estaremos condenados por 40 anos com esse caça, podendo dar adeus à qualquer caça de 5ª geração, que deveria ser o principal objetivo para a FAB. Quando muito, fabricaremos sob licença variantes do Rafale. Rafale Cabriolet, Rafale FLEX… Read more »

Vader
Visitante
Member
Vader

Guess who´s back? Back again… 🙂 LBacelar disse: 14 de abril de 2010 às 13:40 Cara vc não se cansa dessa ladainha? Todo mundo que conhece um pouco de exercícios militares já falou que não dá para concluir que um vetor é melhor que outro com base num simples exercício, que não se sabe em que condições foi efetuado, com que equipamentos, etc. No mais, o Patrick Aviation claramente copiou a notícia do mesmo “obscuro blog francês” citado pelo amigo hms tireless ______________ Ilya Ehrenburg disse: 14 de abril de 2010 às 13:48 “A “Jaca” possui o menor RCS e… Read more »

jomado
Visitante
jomado

…Vetusto Douto disse:
14 de abril de 2010 às 13:35

O problema está aí Alexandre, nem sempre 2 + 2 resultam em 4…
hehehe.
…tomara que o governo ceda a pressão e mude para o gripen…para que a embraer venha a ter seu vetor…senão o brasil vai ser sempre dependente das outras nações…além de fomentar o desenvolvimento da industria estrangeira…em detrimento da nossa, inclusive da nossa soberania…!

Fsinzato
Visitante
Fsinzato

“Curvo disse: 14 de abril de 2010 às 13:00 Será que a idéia da “grelha” não poderia “pegar por aqui” ?” Irá, se os negócios for efetuado com o grupo do Sr. Serge Dassault. Infelizmente o processo de reaparelhamento da FAB se tornará uma verdadeira guerra jurídica, por desrespeito a princípios básicos que regem nossa democracia, como já amplamente discutido neste blog e outras mídias. A única hipótese plausível para se fechar o contrato com a Dassault sem qualquer risco de pendengas jurídicas e respectiva anulação do contrato em forte prejuízo a Força, seria a convocação do orgão responsável pela… Read more »

jomado
Visitante
jomado

Fsinzato:…faço das tuas as minhas palavras…!

rober
Visitante
rober

Nunão vc requentou essa matéria?,porque essa campanha toda contra o rafale,acho que o blog cada vez se torna mais pobre nos comentários dos participantes!,grande parte dos comentáristas que defendiam o rafale já não dão suas opiniões, pois cansa,fica agora essa turma de sempre com comentários delirantes e que nada acrescentam,pois os defensores do rafale bem o mal acrescentavam muito ao blog,mas o caça do qual defendemos sofre sempre uma campanha de linchamento,quero ver se vai sair a reportagem com os riscos do gripen!

rober
Visitante
rober

Porque vc não faz uma reportagem sobre a sessão na câmara do qual o jobim participou,no qual é muito esclarecedora!
Invês disse segue a campanha de linchamento do rafale!

Carlos Ivan
Visitante
Carlos Ivan

Faltou informar que o tal “bloco islâmico” é composto por apenas 04 parlamentares, num universo de 28 que compõem o Parlamento do Kuwait. Ou seja, é uma minoria que está fazendo barulho, mas não tem poderes de vetarem a compra, se assim desejar o governo do Kuwait…

Fsinzato
Visitante
Fsinzato

“jomado disse:
14 de abril de 2010 às 14:17
Fsinzato:…faço das tuas as minhas palavras…!”

Grato

Abs.

drcoakroach
Visitante
drcoakroach

“GUERRA DE PALAVRAS: VS RAFALE TYPHOON  Após a Mostra Dubai Air na web distribuiu uma série de relatórios oficiais sobre exercícios realizada nos Emirados Árabes Unidos com dois Rafales e tufões. O facto de estes relatórios não são oficiais poderia ser um sinal da nossa francês concorrente frustração em não ter assinado o contrato com a muito esperada ou UAE possivelmente, até mesmo para satisfazer uma necessidade básica para o desenvolvimento notícias positivas sobre o momento não exportadas lutador. Os relatórios não-oficiais foram divulgados usando os pilotos da Força Aérea Francesa que Rafale usaram seus blogs para dizer que… Read more »

Vader
Visitante
Member
Vader

drcoakroach disse:
14 de abril de 2010 às 14:29

É pois é meu caro, mas assim mesmo as rafalechetes seguem com a ladainha… isso quando não tem a audácia de dizer que o Rafail “esfregou” o F-22 (pffff)… 🙂

Sds.

Alexandre GRS
Visitante
Alexandre GRS

Prezado RLeal71,

Compreendo a sua assertiva. De fato é isso mesmo que ocorre. Digo de causa própria que bem o sei.
Porém, o que eu quis dizer é que a discussão em voga deveria ser o porque de gastarmos tanto com alguma instituições públicas e menos com outras.
É isso que deveríamos cobrar. Não discutirmos que o investimento em alta tecnologia é certo ou não.

Sds.

Alexandre GRS
Visitante
Alexandre GRS

Prezado Vader,

Você sofreu Bulling na escola? rsrsrs
Brincadeira rsrsrs

Sds.

Eduardo
Visitante
Eduardo

Kakakakaka

Boa essa Alex!

LBacelar
Visitante
LBacelar

Muito boa a sua fonte,

Bem, se o site OFICIAL dos entusiastas do EF2000 dissesse o contrario seria de assustar.

Sinceramente não adianta eu sou mais um que abdicará dos direitos de expor a opnião no blog, pois não existe imparcialidade aqui.

Forte abraço a todos

ezeca
Visitante

para a pesquisa pq não tem:

-Comprar Ralfale e Gripen NG para produção local, fazendo um High/Low mix

Vader
Visitante
Member
Vader

Alexandre GRS disse:
14 de abril de 2010 às 14:44

Prezado não sei o que é isso, não é coisa do meu tempo.

Sds.

PS: Duduzinho, duduzinho, tsc tsc tsc… Tio tá de olho hein? Conta pra mamãe tá? Ela é “braba”… Vai ver desenho vai?

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

O Typhoon muito mais caro e ineficiente que o Rafale, segundo os especialistas de internet, segue sendo vendido, .

Qual o problema do Rafale, então ?

Pensar eu sei que dói no começo, mas depois que vocês acostumarem vão ver que é legal 😉

Galileu
Visitante
Galileu

vão grelhar hahaahahha

Esquece a JACA e compra tudo em ST.