terça-feira, agosto 3, 2021

Gripen para o Brasil

Rússia anuncia entrega dos primeiros três Mi-35M ao Brasil

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Mi-35 1

vinheta-clippingA Rússia entregou o primeiro lote de helicópteros de ataque Mi-35M (Hind E) ao Brasil, segundo o porta-voz da Rosoboronexport. Sergei Svechnikov disse hoje no Chile, na FIDAE 2010, que um total de 12 helicópteros serão entregues sob o contrato assinado em 2008, no valor de US$ 150 milhões.

A versão de exportação do Mi-24 Hind é o Mi-35M, que foi usado extensivamente no Afeganistão. O Mi-24/35 tem uma capacidade única de ataque e de transporte de tropas.

O jornal paulista Valor Econômico informou que os Mi-35 serão usados na região Amazônica, em conjunto com os aviões de vigilância da Embraer.

A região Amazônica, nas fronteiras da Venezuela e da Colômbia, é a localização preferida de narcoterroristas e traficantes de drogas.

Mi-35 2

FONTE: RIA Novosti / FOTOS: US Army

SAIBA MAIS:

- Advertisement -

66 Comments

Subscribe
Notify of
guest
66 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Francoorp

Mas não entendi bem… entregaram ou vão ainda entregar as unidades?

A manchete diz uma coisa e a reportagem outra! 😕

Vamos esperar pra ver se já terminaram de fazer as compatibilidades da aeronave, mas como estes meios estão operativos em centens de países tenho certeza que vai dar tudo bem! 😉

Valeu!! :mrgreen:

Galileu

Única coisa descente que a FAB e que talvez o EB faça, foi de ter adquirido os Mi-35

E pelo que sei a contra gosto, porque a FAB não queria os Mi teve que engolir porque o Amorim negociou o fim do embargo russo a nossa carne, se comprometendo a comprar umas arminhas….

E o EB só vai entrar nessa, se a FAB for com a cara dos Mi-35.

Se já não bastasse o Governo os velhos e gordos das nossas forças também não cooperam nenhum pouco…

fullcrum

Problemas resolvidos ou é apenas marketing do fabricante. De qualquer forma continuo curioso para ver o Mi-35 operacional e com seus sistemas de armas, se é que a FAB vai mostrar!!!!

demolidor

Uma pergunta apenas: como ficou a tranzação dos Mi 35 para o EB.ja defeniram a quantidade ou continuam na espera e boa vontade do MD.

latino

Os soviéticos chamavam o mi-35 de “crocodilo voador”.

acho que vai ser um test drive para os vetores russos .

to na torcida por ele .

emerson

Esse valor do contrato esta um pouco estranho. 12,5 milhões de dolares por cada aeronave esta muito baixo. É mais barato do que os valores dos UH60.

Quanto vale um Mi35 novo e equipado?
E o valor do treinamento das equipes de manutenção e pilotagem?

Harpia

Então era para ser cahamado no Brasil de “jacaré-açu voador”, rsrsrs… 😀
Imaginem a FAB com 60 e o EB COM UNS 120 DELES?
Naveguei na maionese.

emerson

por outro lado, se 150 milhões são para o primeiro lote, isso fica em 50 milhões por aeronave, incluindo treinamento e armamento.

então faz sentido.

mas quanto seria pelos outros lotes?

Francoorp

emerson em 25 mar, 2010 às 18:41

Os 150 milhões são para as 12 aeronaves!!

“que um total de 12 helicópteros serão entregues sob o contrato assinado em 2008, no valor de US$ 150 milhões.”

Valeu!!

Francoorp

emerson em 25 mar, 2010 às 18:39

“12,5 milhões de dolares por cada aeronave esta muito baixo. É mais barato do que os valores dos UH60. ”

Não coloquei no outro post, mas isso é completamente normal para os equipamentos Russos, pois se não fosse assim, os armamentos Russos não teriam tanto sucesso internacional!! 😉

Valeu!!

Ilya Ehrenburg

Estes vetores foram adquiridos através de uma nebulosa negociação, com mercadores da morte, paquistaneses, sob forte lobby capitaneado por um Brigadeiro Fabiano, na reserva. Pois, o preço foi elevado para o modelo, e não baixo. Nesta negociação, não houve a cobertura necessária para apoio pós – venda, como seria natural, se adquirido diretamente do fabricante. Daí a demora para equalização com os sistemas fabianos, de outra forma, viriam do fabricante já adequados para a fonia e NVG usados pela FAB. Outra lembrança: foi nesta negociação, que o Paquistão adquiriu 80 MAR-1, cuja notícia causou um embaraçoso mal – estar com… Read more »

Nick

Essa foto de baixo não se parece com a Amazônia 😀

Vamos aguardar o anúncio oficial da FAB.

[]’s

Getulio - São Paulo

O MI-35 é uma excelente arma aérea. Pela primeira vez a FAB tem em seu inventário um legítimo helicóptero de ataque. Mais ele pode transportar tropas totalmente equipadas tipo comandos, tanto para combate ou salvamento de piloto.
Segundo a revista Asas o MI-35 da FAB vem todo equipado com os sistemas mais avançados, inclusive pode usar tanto o GPS como o GLONASS para navegação ou ataque.
Possui dois canhões direcionaveis e os mísseis anti- tanque e ainda os tradicionais foguetes e todo tipo de uso.

Getulio - São Paulo

Se fosse para comprar um jacaré de estimação eu compraria este aí.

Fabio Mayer

Estas aeronaves são excelentes para o cenário amazônico, especialmente no combate ao narcotráfico, o país deveria é emplacar a compra de mais lotes.

O armamento russo é bom, barato e confiável, por isso que é bem vendido pelo mundo afora, porque atende às necessidades de defesa de países que não tem o poderia econômico europeu ou americano.

Getulio - São Paulo

O que é de estranhar é o uso do capacete da FAB no crododilo MI-35, pois quem compra o helicóptero não pode obter o capacete russo, equipamento completo? É uma operação meia boca, “compra quase tudo”.
O helicoptero foi testado por um oficial da FAB que só tem elogios para o equipamento. Disse que é a primeira vez que a FAB possui um helicóptero de ataque que vai provocar mudanças positivas em suas operações aéreas.

grifo

Rússia anuncia entrega dos primeiros três Mi-35M ao Brasil Resta saber a quem a Rússia entregou, porque a FAB ainda não recebeu oficialmente nada. Os russos ainda estão batendo cabeça lá na BAPV. Estes vetores foram adquiridos através de uma nebulosa negociação, com mercadores da morte, paquistaneses, sob forte lobby capitaneado por um Brigadeiro Fabiano, na reserva. Caro Ilya, o que exatamente é nebuloso nesta transação? Dá para esclarecer? Pois, o preço foi elevado para o modelo, e não baixo. Nesta negociação, não houve a cobertura necessária para apoio pós – venda, como seria natural, se adquirido diretamente do fabricante.… Read more »

Radical Nato

Pra mim não se parece com um jacaré.

Acho que se parece mais com um inseto gigante, tipo assim, um gafanhoto.

Sd.

Matheusts

que sonho realisado agora acho que se a FAB realmente gostar tanto
o EB deve testar comprando mais 8 lotes para FAB e EB

Ilya Ehrenburg

Sr. Grifo;

Nebuloso, por envolver uma triangulação, por majorar o preço da aeronave sem contrapartida para isto, pela presença de atravessadores paquistaneses na efetuação deste negócio. Pois foi através destes senhores, que se deu a transação com a Rosobonoroexport.

Em tempo: fui suficientemente claro na minha intervenção anterior, onde expus algo que é de domínio público. Daí, devo dizer que o recorte de citações de palavras minhas, para mim, teve uma conotação ostensivamente ofensiva, aliás, como de resto é o que se observa sempre em tais práticas.

Fabio Mayer

Com tod o respeito ao Ilya, acho que esta foi uma das compras mais transparentes já feitas pela FAB.

O Brasil foi lá e as trocou por um desemargo de carnes, isso foi claro.

Acertou o preço, que é publico e notório.

Recebeu as aeronaves no prazo estipulado, se não estão operacionais, é outro assunto, mas os russos entregaram-nas dentro de um prazo razoável, que não é aquele palhaçada de comprar helis franceses para começar a recebe-los 4 anos depois.

Fabio Mayer

Aliás,

Fica e OFF TOPIC, com o perdão dos administradores do blog:

O Brasil comprou helis franceses que não sabe quando vai receber.

E pretende coprar caças para que eles cheguem, com MUITA boa vontade, em 2014.

Isso é RIDÌCULO! Que existe prazo para entrega de materias militares eu compreendo, mas é excessiva a leniência com esses fornecedores no contexto de penúria de nossas FFAA.

Se é desse jeito, melhor o material russo, que é entregue logo, é bom e mais barato.

Pedro

Vem que tem!!! tomara que depois dos iglas e Mi-35m, que venham o Pak-Fa,já pensou? Claro… dpeois dos franceses… rafale e pak-fa??! é possível? oO

grifo

Nebuloso, por envolver uma triangulação, por majorar o preço da aeronave sem contrapartida para isto, pela presença de atravessadores paquistaneses na efetuação deste negócio. Pois foi através destes senhores, que se deu a transação com a Rosobonoroexport. Caro Ilya, quem representa a Rosoboronoexport é um problema dela, não da FAB. A FAB assinou um contrato com a Rosoboronoexport, não com qualquer paquistanês, e este contrato recebeu o endosso do governo da Rússia. Em tempo: fui suficientemente claro na minha intervenção anterior, onde expus algo que é de domínio público. Não, não foi. Na verdade você tentou insinuar que haveria corrupção… Read more »

Rodrigo Cesarini

Vamos lá pessoal, sem insinuações, se sabem de algo deem nome aos bois.

ditongo

Seria legal se os Mi-35 viessem armados com aquele canhão duplo de 30mm que fica na lateral do “aligator”. Pena que não virão com eles.

Cara vi num vídeo demonstrativo que os 30mm fazem maior estrago em blindados leves.

Luan

Essas fotos são dos Mi-24 mais antigos,notar que os trens de pouso são retrateis.

[]’s

Ilya Ehrenburg

Sr. Grifo;

Mais uma vez, usas do recurso, insidioso, de recortar minhas palavras para ancorar as vossas maneiras rudes. Não o faça, pois eu não o permito!

A triangulação paquistanesa é conhecida e foi narrada em Fóruns e Revistas. Bem como dita a mim, pessoalmente, por jornalistas de minha estima. Não vou me repetir, que seja a última vez.

Quanto à honestidade, saiba, que caso estivéssemos face a face, saberias a cobrança que faria de ti, na conta da honra, sobre quem chamas de desonesto!

E tenho dito!

Fabio

Ilya Muito blá blá blá da sua parte e nada de “provas”…mas já que diz que sabe “isso e aquilo”…deveria fazer uma denuncia no min público! Quanto aos heli russos…eu quero esperar para ver…sobre a logistica/operacionalidade/desempenho dessas máquinas em ambiente de selva… Só espero que não sejam como os misseis antiaéreos russos “iglas”… cheios de “nomes”, mas que não comprovaram sua fama com desempenho no EB… Mesmo assim me divirto no blog com os comentários de tantos “entendidos” sobre material russo, cheios de teorias e com tabelas de manual do frabricante decoradas… huahuha… todos dias dou boas risadas com os… Read more »

bulldog

Ilya Ehrenburg,

Fico imaginando qual desculpa vc teria pra foto em que ví o Saito sentado no cockpit de um MI35 do nosso lote, na fábrica.

ditongo

vocês poderia parar de brigar e me responder: quais armamentos serão usados nos Mi-35 da FAB sua aplicação tática, objetivos numa missão e a que ameaça se opõe?

Com a palavra, os editores.

NOTA DOS EDITORES:
COM A PALAVRA, O CAMPO BUSCA DO BLOG, NO CANTO SUPERIOR DA PÁGINA, À DIREITA.

grifo

Mais uma vez, usas do recurso, insidioso, de recortar minhas palavras para ancorar as vossas maneiras rudes. Não o faça, pois eu não o permito!

Como vê Ilya, não estou nem aí para a sua permissão.

A triangulação paquistanesa é conhecida e foi narrada em Fóruns e Revistas. Bem como dita a mim, pessoalmente, por jornalistas de minha estima.

Só falta você nos explicar o que a FAB tem a ver com isso. A FAB comprou os helicópteros da Rosobonoroexport, se a ela (Rosoboronoexport) resolveu pagar comissão para um paquistanês é problema dela.

Edmar

Caros Amigos.:

Estes Helicópteros são uns dos melhores do mundo, tem um ótimo sistema de armas e ainda pode transportar tropas.
A FAB poderia obter estes 12 helicópteros e o Exército Brasileiro poderia vim obter umas 24 unidades.

Abraços.

StoppingPower

Só não entendo por quê pra FAB e não pro EB…

Lucius Clay

Espero que o Exército compre uns dois lotes.

Radical Nato

“Mais uma vez, usas do recurso, insidioso, de recortar minhas palavras para ancorar as vossas maneiras rudes. Não o faça, pois eu não o permito!”

Put’s! lembrei-me meu amigo da época do Brasil colônia, quando Dom Pedro I foi seu primeiro imperador.

Sds.

Ps! Peço-lhe que me permita o uso do recurso copiar/colar, pois é muito prático e economiza bastante tempo.

“saiba, que caso estivéssemos face a face, saberias a cobrança que faria de ti, na conta da honra, sobre quem chamas de desonesto!”

Esse blog tem cada figura!!! ahahaaahahaha!!!!!

Alex Nogueira

Até que enfim vamos ter helicópteros com poder verdadeiro de ataque e defesa. Usar “Esquilo” para fazer ataque só mostrava o quanto estavamos defasados :S

Raphael Barros

Com certeza foi um ótima compra senão a melhor desde o fim da guerra fria.

O Nosso país carece mais de SAMs e helicopteros de ataque 12 Mi-35M é um bom número mais não o suficiente para o tamanho de nosso territorio na minha opnião Uns 60 Mi-35M e mais 50 Mi-28N.

Poderia ser adquirido tambem uns Mi-24 usados para serem operados pelas polícias de elite no combate ao tráfico de drogas.

Alex Nogueira

Com certeza a policia do Rio e de outros estados que lutan contra o tráfico seriam muito mais respeitada se usassem o MI-35. Queria ver a cara dos traficantes quando dessem de cara com um bixão desse ai hehehe

supervaldo

Senhores…permitidos e não permitidos, que bla bla bla chato… O importante é…estão chegando, vão para uso, será avaliado a sua confiança de operação, sistemas, e então poderemos confiar ou desconfiar mais dos russos… Creio que a longo prazo, nossas F. Armadas começarão a mostrar mais os dentes (ou garras). são compras pequenas? sim mas estão acontecendo, (pequenos lotes do Sabre, fx2 seja qual for, os Macaés e scorpene para MB, novo urutu) e não esqueçam a autorização constitucional para aumento do efetivo das 3 forças. Parece pouco, e é comparado ao tamanho do Brasil e dos nossos desejos, mas é… Read more »

Paulo

Uma boa aquisição, se comprovada sua eficiência, para os Fuzileiros Navais e no futuro, equipar os navios de assalto anfíbio.

PilotoVirtual

Parece que o Ilya Ehrenburg, sumiu.. Já era tarde…

Paulo Costa

Se voces pesquisarem na internet,em outro forum tem as discussoes sobre o assunto,e pessoas dizem não querem falar mais .Enfim..
A venda para o paquistão foi cancelada, não sei porque….
No youtube tem o Mi-35 com canhão de 30mm,e na frequencia de tiros mais rapida desestabiliza o Mi-35,foi acertada a compra do canhão gsh 23mm duplo,funciona bem e é movel,o de 30mm é fixo.Para blindados tem os misseis Ataka que resolvem o problema.

heyarth

Pessoal, cadê o Ilya Ehrenburg???
O bixo pegou ar…rsrs

Bosco

Interessante que os russos insistem com o sistema CLOS com link de RF nos seus mísseis antitanques lançados por helicópteros, enquanto o ocidente vai de laser semi ativo, radar de onda milimétrica e imagem térmica.
Apesar da qualidade dos mísseis ar-ar, anti-navio e sup-ar dos russos, seus mísseis anti-tanques parecem estar a um passo atrás em relação ao ocidente.

MA

Putz, na primeira foto dá pra notar o grau de desvio que o foguete S-8 sofre em sua tragetória!

Paulo Costa, se não me engano é o contrario, a versão com o canhão duplo 23mm GSh-23 possui uma plataforma semi-móvel, de amplitude limitada e a versão com o canhão 30mm possui plataforma móvel 360º (foi a que compramos se não estou enganado)

MA

É Bosco, mísseis anti-tank russos ainda possuem esse defeito de serem guiados por metódos totalmente passivos.
Contudo os mísseis mais novos possuem são guiados por feixes de laser e seus receptores são na traseira do míssel, menos vulneráveis a contra-medidas e jammers que os guiados por RF, como o Ataka.

Bosco

MA,
sem dúvida o sistema de orientação “beam-riding laser” ajuda no quesito “resistência a interferência”, que diga-se de passagem não é tão grande no caso de combate a tanques, mas ainda obriga o lançador, no caso o helicóptero, a se manter alinhado com o alvo, sem poder se evadir.
Sem falar que não permite ao míssil uma trajetória parabólica, que além de possibilitar um incremento de alcance, permite que o tanque seja atingido na parte de cima, salvo se for usado a “overfly top attack”, que não é o caso dos mísseis citados.
Um abraço.

MA

Sem dúvida o maior defeito dos mísseis russos por enquanto é o fato de limitarem o número de alvos, com um apenas por vez (no caso do Vikhr, a velocidade do míssel ajuda a reduzir um pouco a desvantagem, pois não demora tanto para atingir o alvo, podendo selecionar outro em menos tempo) e o fato do lançador necessitar estar voltado ao alvo para que seja feito o lançamento. Alcance não é muito limitado, o alcance do Vikhr é igual ao do Hellfire americano, e um míssel anti-tanque supersônico deixa um MBT fora de combate qualquer que seja o lugar… Read more »

Parthenon

Concordo com o amigo, que citou que o mesmo pareçe um GAFANHOTO, nada haver com um jacaré, crocodilos e outros.

E que venham +!

Últimas Notícias

Pilotos russos usaram receptores GPS feitos nos EUA durante missões de combate na Síria

Pilotos militares russos usaram receptores comerciais GPS de navegação por satélite durante suas operações de combate na Síria, de...
- Advertisement -
- Advertisement -