terça-feira, junho 15, 2021

Gripen para o Brasil

FAB cria frota de caças para reforçar defesa da Amazônia

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

F-5EM

Em meio à tensão entre Venezuela e Colômbia, país deslocará até 16 F-5M para Manaus

ELIANE CANTANHÊDE
COLUNISTA DA FOLHA

Brigadeiro Juniti Saito diz que a intenção do governo é renovar totalmente a frota de caças e chegar a 88 novos aparelhos até 2025

Num clima de tensão e de armamentismo entre países da América do Sul -como Colômbia e Venezuela-, o governo brasileiro vai criar a primeira unidade de aviões de caça na Amazônia a partir do ano que vem, quando deverá ser transferida para a região uma frota inicial de 12 a 16 aviões do tipo F-5M, que hoje compõem a força operacional de Natal.

Os F-5M são jatos supersônicos adquiridos nos anos 70, modernizados pela Embraer nesta década. Eles vão ficar baseados em Manaus, enquanto as únicas frotas da FAB existentes na região (de turboélices Super Tucanos fabricados pela Embraer) devem continuar em Porto Velho e Boa Vista.

A informação foi dada ontem pelo comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, em palestra a oficiais da reserva, na qual adiantou que a intenção do governo é renovar totalmente a frota de caças e chegar até a 88 novos aparelhos até 2025.

Desse total, 36 serão obtidos inicialmente com o programa FX-2, a ser fechado neste ano. Estão em disputa o F-18 Super Hornet da Boeing (EUA), o Rafale da Dassault (França) e o Gripen NG da Saab (Suécia).
O vencedor não apenas fornecerá as 36 primeiras unidades, como será base para as etapas seguintes da renovação, substituindo gradativamente os Mirage e os F-5, da década de 1970, e o AMX, programa Brasil-Itália da década de 1990. A expectativa da FAB é que, além de adquirir aeronaves, o país também possa se habilitar a montá-las e a produzir parte de suas peças internamente.

Os concorrentes acenam com a possibilidade de integrar às suas aeronaves componentes que venham a ser fabricados no Brasil, que passaria assim a ser fornecedor nos pacotes de exportação da vencedora.

Os governos e as empresas estrangeiras que concorrem têm tido uma atuação agressiva com o governo, o Congresso e a imprensa, já que se trata de uma das maiores disputas no setor hoje. Além do Brasil, só Índia e Dinamarca estão em processo de compra de caças.

Os novos caças vão aprofundar o remanejamento das bases da Aeronáutica (iniciado com a nova frota de Manaus), que tem dois objetivos básicos: atender a Amazônia e começar a patrulhar a área do pré-sal, faixa de 800 quilômetros entre Espírito Santo e Santa Catarina.

Visando esses dois alvos, o ministro Nelson Jobim (Defesa) irá na próxima quarta para a Itália, onde visitará estaleiros e discutirá parcerias na área de navios-patrulha, que atuam tanto em alto-mar quanto em rios. Esse é um novo projeto da Marinha, agregado ao pacote com a França de compra de submarinos Scorpène e de construção de um submarino nacional de propulsão nuclear.

Jobim, que conversou ontem com o chanceler Celso Amorim no Itamaraty, também discute com países da África, como Angola, uma política comum de proteção do Atlântico Sul. Defesa e Itamaraty tentam acertar ainda projetos de cooperação com a China para desenvolver e operar porta-aviões e um discurso comum do Brasil na conferência internacional sobre o TNP (Tratado de Não Proliferação Nuclear), que a ONU patrocina em abril de 2010.

Jobim fez um apelo a Amorim para que o Itamaraty acelere a assinatura de um acordo Brasil-EUA, para que a Força Aérea norte-americana possa adquirir cem aviões Super Tucano da Embraer sem licitação agora e a Marinha do país possa fazer o mesmo mais adiante.

FONTE: Folha de São Paulo

SAIBA MAIS:

NOTA DO BLOG: O deslocamento de um esquadrão de F-5EM para a Amazônia já vinha sendo estudado há algum tempo. Tal medida vem em boa hora, uma vez que a região amazônica é bastante devassada e não possui cobertura aérea suficiente para pronta resposta, em caso de necessidade. É bom que os vizinhos saibam que existe algum poder de dissuasão do lado de cá.

- Advertisement -

90 Comments

Subscribe
Notify of
guest
90 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leandro

Essa foto está linda hein…
Alguém sabe me dizer se dos 36 novos caças do FX-2 algum vai para essa nova base em Manaus?
Qual será o destino inicial desses caças? GDA, 1º/1º (Senta a Pua) ou o Pacau?

flavio

quem diria que um dia os EUA iriam estar interessados em comprar caças fabricados no Brasil…

Vitor Hugo Freias

O Pacau vai ser transferido e operado com F5 os comprados da Jordania, inicialmente segundo um SO do PAMA_SP falou que não irá ser modernizado, pois teria que ter outro contrato para inclui las no programa de modernização.
A Base de Urapes que esta em Fase de construção que será a localidade da Base de Caças da FAB.

À La Chasse!

gerson

Caros amigos,

“Um acordo na área de defesa em negociação entre o Brasil e os Estados Unidos poderá representar a venda de até 200 aviões Super Tucano, da Embraer, para as Forças Armadas americanas. “Existe a possibilidade de compra direta, sem licitação”, disse ontem o ministro da Defesa, Nelson Jobim. O avião brasileiro já disputa uma licitação da Força Aérea dos EUA para cem unidades.”

Fonte: DefesaBrasil.com

Acho que vão fechar um Grande acordo de defesa, o que vai por o Brasil definitivamente como uma potência na região! Vamos aguardar pra ver as condições deste acordo!

Vitor Hugo Freias

E só para falar de transferências ano que vem o Rumba vai ser transferido para Natal ai ficará as 3 forças da FAB juntas (Caça, Transporte e Rotativas)

Alfredo.Araujo

Eu nao acho mto acertada essa decisão nao…

Os bicudos M se revelaram bons guerreiros, mas um problema cronico q nao foi resolvido é a questao do pequeno raio operacional..

Um avião para a Amazonia deve ter como caracteristica principal, o raio operacional!

Na minha opniao, os bicudos iriam para Anapolis, os Jaguares iriam para a Amazonia e o esquadrao guardiao ficaria tmb na Amazonia…

Ou quem sabe se deixassemos Brasilia sem defesa aerea dessemos a sorte de algum SU-30 jogar uma bomba no Planalto!?!?! =D

RenanZ

Nada contra os ALX, mas
agora sim a Amazônia
poderá ser bem defendida !!!

Paulo Renato

Pois é lendo o post anterior e lendo esse agora, estou vendo que o caldo está engrossando.Até acho que já deveria ter uma base na Amazônia faz tempos, mas com o que foi colocado no post anterior, acho que a coisa está ficando séria. Será que isso pode abalar uma possível vindo dos Super Hornet para o FX2 ??? Será que esse acordo vai ficar somente na compra dos ST e não vai ter nenhuma contra partida do nosso Governo ??? Será que o pacote do FX2 pode vim recheado de mas alguma coisa que ainda não sabemos ??? Quero… Read more »

Wolfpack

Mais uma foto do Gripen NG…

Wolfpack

Oh desculpem, é o bicudo com pintura de guerra na selva sobre o mar azul…

WAR

Sabem de uma coisa? Acho que a coisa ta indo, surpreendentemente e muito bem.
Parabéns ao governo, no que ele tem de bom.
No que ele (e qualquer outro) tenha de ruim, SENTEMOS A PUA.

Azul&branco

Não dá mais para aturar as mentiras perpetradas pelos “jornalistas” apaniguados pelo partido! Usam termos imprecisos e mentiras para ludibriarem a opinião pública e corroborarem as falcatruas governamentais. QUE FROTA SERIA ESTA? FROTA? Não seria ESQUADRÃO? Que armamentismo parte da COLÔMBIA? oS COLOMBIANOS estão à décadas lutando uma guerra de vida ou morte contra a CORJA SEMI-HUMANA NARCO-COMUNISTA farc? Quem está se armando é aquele monte de esterco HUGO CHAVEZ que integrante da GANGUE liderada por outro monte de estrume LULA DA SILVA. Os dois facínoras, acobertados pelos covardes como esta “senhora”, cada dia avançam no projeto internacional de lançarem… Read more »

Azul&branco

há decadas…

A-Bomb

Aleluia fizeram algo.
Vamos ver se assim esse Bolivarianos entendem que estamos de olho.

OS caças não são grande coisa mas é melhor que nada.

Agora que fique claro que é só para os Pseudos Comunistas latinos.
Porque para Tio Sam ja isso não é nada.

Billy

Tirando o acesso de fúria acima, o amigo tem certa razão. É impressionante a profusão de jornalista que, não dominando o assunto nem tendo cultura suficiente para abordagem dos problemas intrínsecos, se arriscam a escrever sobre temas político-militares. Estranho também é o rebaixamento do nível dos artigos postados aqui no Blog. Este tipo de notícia, do modo como foi colocada, achamos em qualquer periódico de banca de jornal dirigido àqueles que não entendem do assunto.

Roberto

Caro wolfpack,

Realmente o F5 poderia ser considerado o Gripen daquela época, mas não vejo isso como demérito.

O F-20 Tigershark , um proposta da Northrop de atualização do F5-E teria sido um ótimo caça para a FAB e se estivesse voando hoje com a atualização do F5-M bateria de frente com qualquer caça na teatro operacional da América do Sul 😀

No mais, 88 Rafales… nada mal 😀 ou quem sabe 36 Rafales e 52 Gripens NG que seria uma solução mais econômica….

[]’s

Challenger

Bela foto

Concordo com a criação de uma unidade em Manaus, mas acho que deveria ser mantido um Esquadrão em Natal, até por que ele seria a linha de frente na defesa no Atlantico Norte.

1maluquinho

Acho jogada de marketing do Obama pra favorecer os Hornet embora os SP sejam reconhecidamente otimos.Sonhei que fechamos com a Desault e que compramos o projeto Gripen.Gentilezas dos Lulistas para Bolivarianos mas quando o pau cantar vamos pra cima deles.Brasil acima de tudo,ate mesmo de Deus.

1maluquinho

Ninguem fala dos F-16 nossos baseados no RJ.São invisiveis.Com o Cipan-Sivan e a transferencia q veio temos condições de monitoramento por satelite e termico.Isso proporciona bases em pontos chaves para pronta resposta.A tempos ja saimos da era do radio.O Brasil tem surpresas para o cobiçador.O maior produtor de grãos,carnes e minerios.Maior deposito de agua potavel e jazidas petroliferas inestimaveis.É necessario e urgente implementar condizente defesa.

Esdras

“Defesa e Itamaraty tentam acertar ainda projetos de cooperação com a China para desenvolver e operar porta-aviões”

Que legal

Getulio - São Paulo

O Brasil pela sua dimensáo deveria comprar o Rafale e o super Hornet F-18. O Rafale para da Defesa Aérea em Brasília, substituindo os Mirage-2000. Os F-18 para substituir os F-5 agindo mais na regiáo litoränea, face às suas qualidades navais, mais adequado a interdição naval e defesa da área do pré-sal.
Posteriormente, com a aquisiçào das tecnologias americanas e francesas, construir um caça de 5a. geração. Eu faria isso.

emerson

Bem, eu vejo interessantes informações na declaração de Saito. 1) apenas um caça será escolhido para a FAB no FX-2 (derrubando a tese do Hi-Low). Quem levar os FX2 agora, vai garantir os próximos lotes. 2) o número total de caças será de 88 (eu estimava em 100 para a FAB e 20 para a MB), dando uma dimensão total do tamanho da FAB para os próximos anos. Isso implicará que alguns esquadrões serão desativados. Acho que o Centauro e Adelphi serão extintos com a desativação dos AMX. 3) A FAB irá substituir primeiro os Mirage 2000 do Jaguar, e… Read more »

emerson

Alíás, frota pode ser usada como coletivo de aeronavas sim. Podemos falar na frota da TAM, na frota de aviões de carga da FAB, na frota de helicópteros na cidade de São Paulo.. e de uma frota de caças posicionada em Manaus. Se na organização da FAB se referir a um esquadrão ou esquadrilha, não importa. O texto esta exato no sentido de colocar um grupo de aeronavas posicionada em Manaus… se isso resulta do estranhamento entre a Venezuela e Colômbia, isso eu não posso assergurar.. melhor perguntar a Saito, sem duvida o mais brilhante comandante da FAB nos últimos… Read more »

Luiz Antônio Cavalcanti

Caramba, mas Natal vai ficar desguarnecida?

emerson

Por que tem gente que ainda insiste na ideia de adquirir dois modelos?

“O vencedor não apenas fornecerá as 36 primeiras unidades, como será base para as etapas seguintes da renovação, substituindo gradativamente os Mirage e os F-5, da década de 1970, e o AMX, programa Brasil-Itália da década de 1990”

precisa de mais?

Getulio - São Paulo

Em tempo: o que o país teria a perder comprando os dois caças. Nada! Só tem a ganhar com off-set, transferencia de tecnologia, investimentos nas indústrias brasileiras, abertura do mercado norte americano, etc. É como comprar um boi e ganhar uma boiada, na minha opinião. É preciso pensar grande, face às dimensões que o Brasil representa, ainda mais, sendo novo membro do Conselho de Segurança da ONU. O número de 88 caças é nada numa guerra real. A invasáo do Iraque foi realizado com mais de 3.000 aviões, na guerra do Kosovo, ídem, sáo guerras de coalisóes. A Índia se… Read more »

emerson

Luiz, olha onde fica Natal e vai ver que é uma base de patrulha oceânica… não tem sentido torna-la uma base como Canoas e Anápolis. SantaCruz, ao menos, esta exatamente entre BH, Sampa e Rio, e juntinho de Angra e próxima a nova base de submarinos… agora, Natal é também o principal centro de treinamento da FAB…

paulo

Caramba, eram 120, agora são 88?
Isso pra um país que precisaria no mínimo de 210 vetores de ponta pra formar uma defesa condigna com o que se pretende defender (amazonia e pré-sal)
Será que ele não quis dizer 88 só baseados no Norte (amazonia e quiçá uma base em Roraima)???
88 Rafales, Gripens ou F18 é muito pouco pro tamanho do Brasil.

André

Paulo,
Também sempre ouvi dizer que seriam 120 caças. Agora serão só 88?
Espero que o decréscimo de aviões pare por aqui…

1maluquinho

O unico uso de caças na amazonia é para fazer frente a uma possivel invasão aerea porque não se ataca com aviões (ar-terra) em tão densa floresta.Ja o perimetro de patrulhamento de fronteira sim é enorme e complicado.Deveriamos tambem dar prioridade a defesa terra-ar pois ela pode causar pesada perda ao agressor mais forte.O Gripen cai como luva para a amazonia e o Rafale ao resto do pais.Mas ainda em nenhum lugar eu li citação de F-16 comprados no governo Fernando Henrique (aqui no RJ tem uns 36 em Santa Cruz e quem sabe mais por ai).

Getulio - São Paulo

Penso que para atender as necessidades do país, equiparado a potência média, entre os BRICS – Brasil, Russia, India, China e Sei lá mais o que, precisa proteger a riqueza gerada, pois diz o ditado popular que de nada adianta colocar a fechadura depois de arrombada a porta. A riqueza de um país e seu potencial gera cobiça de outros, e assim por diante. Se alguns reclamam dos apenas 24 SU-30 do Chaves, a China planeja milhares deles, tendo clonado o SU-27 e 30, conforme matéria já apresentadas neste blog. A índia por sua vez já possui 200 SU-30 e… Read more »

emerson

88 caças na América Latina é mais do que a Venezuela e Chile juntos. Mas a comparação Brasil x India e Brasil x Iraque são muito ruins. A Índia esta em guerra com o Paquistão há 40 anos. Grande parte de seu PIB é empregado nessa guerra, que trás vantagens políticas para uma elite de castas que não se importa com a pobreza de 1 bilhão de habitantes miseráveis. Ela usa o estado de guerra como justificativa para permanecer no poder e direcionar seus recursos em benefício dessa elite (PIB Brasil = 1,7 trilhão de dolares, ou 8700 per capita;… Read more »

Matheus Felipe

88 ele disse até 2025.

Sabemos que os AMX serão desativados por completo em 2030.

Serão 120 caças mesmo.

1maluquinho

Não iludam-se.Americanos não repassaram jamais tudo pra nós e os Franceses mesmo que quisessem não podem porque os codigos fontes pertencem a Intel (Americana).Mas então o que ganharemos?Ganharemos experiencia e capacidade de começar.O Gripen é o melhor projeto pra isso.Mas so apartir de 2014?E ate la?Necessitamos pra ontem de aeronaves.O problema é muito serio e porque não expo-lo a opinião publica?Apesar das dificuldades e defasagens temos nos desenvolvido a passos largos na area de defesa terrestre,aerea,aeroespacial e cientifica.Na ultima guerra do golfo unidades Sauditas e Americanas iam todas as noites atacar tropas Iraquianas na fronteira com o Kwait.Em determinada noite… Read more »

emerson

BOa conta Matheus.

paulo

Parece uma piada de mal gosto F-5 contra os SU-30.

ADS

1maluquinho

Voce que pensa que não temos inimigos pois muitos de nossos vizinhos nos invejam.Quem não iria querer ter um pais tão vasto e rico como o Brasil?Acham que as 200 milhas nauticas foram criadas por acaso e o petroleo la é coincidencia?Na decada de 70 setelites Americanos mapearam e rastrearam todas as nossas riquesas que hoje estão assentadas embaixo de todas as reservas indigenas e florestais da amazonia.O alto Rio Negro é petroleo puro ate a fronteira com a Venezuela.Ja sabiamos a tempos e tambem da area maritima.Não tinhamos tecnologia pra saber isso.Alguem nos repassou não foi?Quem foi?O Americano com… Read more »

Getulio - São Paulo

Em tempo: Olhem que fui bonzinho, que cada SU-30 vale por dois F-5M, pois numa avaliação que se fez na época do FX-1, o SU-30 poderia substituir 4 (quatro) aviões de ataque numa frota aérea, além de poder “enxergar” mais longe com seu radar e os sofisticados mísseis russos de última geração.

Getulio - São Paulo

Em outras palavras, a nível de força de combate regional, os 24 SU-30 do Chaves, valem o dobro de F-5M, e o quadruplo de A-1 nossos.

Jacubão

Será que a FAB poderia retirar de vez esses AIM-9B das fotos para não passar vergonha…
Cruz credo. Querer tirar onda com os dinossauros dos SIDEWINDER já é demais.

Bronco1

1maluquinho,

Você nunca ouviu falar deles muito provavelmente porque, obviamente, não existem F-16 comprados no governo FHC, muito menos F-16 comprados em qualquer tempo baseados no Rio de Janeiro, na BASC.

Nem de brinquedo.

paulo

É o chapolin colorado da um pau na gente com os su-30

ads

Edson

Meus amigos moro no rio de janeiro “a cidade maravilhosa” e tô muito preocupado é com a criminalidade existente aqui. Enquanto não existir investimentos em educação e saúde, valorização dos trabalhadores, reformas as mais diversas tributária, judiciária, fiscal e política. Não adianta compra aviões, navios e armamentos que não vai ajudar o povo em nada e podendo no futuro inclusive ser usado contra o proprio povo.

emerson

Bem, no mano-a-mano, os Sukhois são superiores, mas temos uma situação mais complexa. Primeiro, os F5M estão interligados por datalink com os guardião e com os Cindacta, o que dá uma vantagem táctica tanto sobre o Su30 quanto sobre o F16. Basta lembrar que em uma da Cruzex, os F5M abateram os Mirage2000N da franceses que estavam apoaidos por um E-3 usando o Derby. Outra coisa, AMX não é para defesa aéria nem combate aério. É uma aeronava estratégica para destruir alvos localizados. Nunca haverá um combate aéreo entre AMX e qualquer aeronave porque eles não fazem isso. Então, não… Read more »

1maluquinho

Gostei de parte de seu comentario Emerson.Depois da primeira guerra do golfo os EUA impuseram 1 embargo economico ao Iraque que resultou na morte de aproximadamente 300 mil crianças por falta de comida e remedios e o mundo não fala disso.Mas guerra meu amigo não tem perspectivas ou projeções.Elas acontecem e pronto.Temos sim de nos resguardar.Hoje somos o maior produtor de grãos do mundo e de carnes tam bem,ou seja,o maior exportador e produtor de comida e todos precisam comer.Temos jazidas minerais incalculaveis e o petroleo,agurdem,seremos tambem o maior produtor.Todos nos invejarão,todos nos cobiçarão.Temos ou não temos de nos preparar… Read more »

1maluquinho

Edson nosso maravilhoso pais e rico tambem é cheio de contrastes.Doi ver o maior produtor de comida ter filhos que passam fome.Se não se tem segurança meu amigo,não se tem alicerce para se resolver mais nada.Falta saude,falta comida,falta educação,falta tudo.Se voce enviar 1 comboio de cestas basicas para serem destribuidos em area carente se não tiver escolta sera saqueado e com certesa a maioria que realmente necessita não vera 1 grão porque em tudo na vida é a lei do mais forte.

emerson

depois dizem que eu que escrevo tolices….

1maluquinho

Na escola não ensina que tinhamos a segunda moeda mais forte,atraz so da libra esterlina.Tinhamos a segunda esquadra mais forte,atraz somente da Inglaterra e tinhamos a segunda esquadra mercante,atraz so da Holanda.Enquanto isso nos EUA se plantavam algodão.Nosso Imperador inteligente e modernista implementava industria e modernizava.Iluminação publica,ferrovias entre outras coisas.E encaminhava o pais para o parlamentarismo.Quando virou republica tudo isso se acabou e deixamos de desenvolver-nos.O problema é a falta de cultura porque infelizmente a boa cultura não esta ao alcance de todos.Em muito copiamos os Americanos que no fundo são produto de sub-cultura como nós ao inves de copiarmos… Read more »

A-Bomb

O Debiloide da Venezuela tem su-30 (capados que a China rejeitou) mas e dai?
Ele tem pilotos?
Os su-30 voam sozinhos?

E tem mais!!
Eles não tem soldados meus amigos.
O pais nem autosuficiente em alimentos é.
Ou voces acham que eles vão comer e beber petrolio.

Venezuela nãa aquenta um mes de guerra com o Brasil (na realidade nem com a Colombia)
Com os Estados Unidos então acho que não vai nem uma semana.

Carlos Velasco

O Brasil não possui inimigos? Gostaria de saber então como deveria chamar os membros da casa de Windsor, que incentivam a criação de nações indígenas em territórios ricos em minérios estratégicos. Isso só para ficar num exemplo. Até poderia não ter inimigos neste momento, mas quem pode falar pelo futuro? Se analisarmos o passado da humanidade, não há razões para acreditar que a paz é o destino do Brasil. Ainda mais se considerarmos que o nosso território dispõe de riquezas minerais e de potencial agrícola sem paralelo, ou seja, que as tais potências armadas do planeta não possuem. O Brasil… Read more »

Reportagens especiais

Viggen, I’m your son! – parte 2

Em 3 de junho de 1992, o Parlamento Sueco concedeu à FMV a aprovação para a encomenda do segundo...
- Advertisement -
- Advertisement -