quarta-feira, abril 21, 2021

Gripen para o Brasil

Militares procuram piloto desaparecido após colisão entre caças nos EUA

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Militares dos Estados Unidos estão procurando um piloto desaparecido após o choque entre dois aviões de combate F-16 que sobrevoavam o Oceano Atlântico, informou a Força Aérea americana.

Os caças teriam se chocado por volta das 20h30 de quinta-feira (horário local). Uma das aeronaves conseguiu pousar numa base aérea perto de Charleston, Carolina do Sul (sudeste dos EUA), onde os militares realizavam treinamento. O piloto, capitão Lee Bryant, está sendo submetido a exames, apesar de ter saído ileso do acidente.

Já o piloto do F-16 Fighting Falcon, da 20a. esquadrilha de caça, foi identificado como capitão Nicholas Giglio e está desaparecido, segundo nota da Força Aérea. A Guarda Costeira mobilizou navios, aviões e helicópteros para tentar localizar Giglio e seu avião.

FONTE: Último Segundo-AFP / COLABOROU: Hornet

- Advertisement -

21 Comments

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Andre Luiz

Porque sera que colizoes frontais entre caças sao mais comuns sobre o mar?

É mais facil ter uma desorientaçao espacial?

Galante

Andre, essas colisões não são frontais. Normalmente caças operam em duplas (elemento), líder e ala. Em algumas formações eles voam bem colados, quase asa com asa.

Ricardo GF

E aí, algum “sábio” pronto para dizer que só caças russos caem?

Casagrande

Galante

Sei que formações cerradas são necessárias para desorientação dos radares inimigos, principalmente quanto ao número de aeronaves da formação.
Mas, para que em treinamento, ainda mais uma dupla? Para que serve esta proximidade exagerada, perigosa mesmo?

Galante

Casagrande, você combate como treina. Se deixar pra voar cerrado só na hora do combate, o dia que precisar vão bater todos no ar.

Colt

Não vai aparecer alguém pra dizer que pode ter sido falha da aeronave?

Getulio - São Paulo

Eu pergunto aos entendidos, nossos caçadores treinam à noite nestas condições? Os Rafales que caíram outro dia, também se chocaram à noite.

Luís Aurélio

Ué, pensei que só os Rafale’s se chocavam!!! Cadê os gênios que questionaram a qualidade dos caças franceses? Questionem agora também a qualidade dos caças americanos.

FN

e ai os kras que estavam falando dos

FN

opa erro

mas…
cade os kra que estavam falando mal do Rafale?

Bozzo

Srs, o único caça que eu ainda não ouvi falar que colidiu em pleno ar foi o Gripen NG, de resto todos ja tiveram acidentes do tipo, devem ser uns avioezinhos mequetrefes esses, hein ??!!! rsrs

só pra constar o fort e o naval tão fora do ar ainda…

Challenger

O Gripen NG, não existe, ainda.

Todos os Aviões de Caça e pilotos estão sujeitos a esse tipo de acidente, então sem essa.

Challenger

Falha humana, talvez seja a maior causa destas colizões.

Felipe Cps

Uai, mas como é que uma das aeronaves conseguiu pousar? Não era pra cair? Afinal, é um monomotor!

Bozzo

calma Challenger, tava só brincando..

Colt

É o que eu sempre digo.

FN

Challenger em 16 out, 2009 às 21:10

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, boa velho

mas acidentes acontecem com todos aviôes sem novidade

sds a todos

aviãozinho

Vai ver foi como aquele acidente dos Russian Knight em que um Su27 bate a asa no outro. parece que um dos F-16 bater a asa no outro e esse que bateu a sasa ficou sem ela, e entrou em parafuso. O outro que tomou uma asada, não teve problemas para continuar voando. Gente isso é normal. Um legacy brasileiros nos EUA (eu acho que foi lá) se chocou com um ultraleve, milagrosamente o legacy conseguiu pusar(!), mas ele perdeu o bico e arrebentou partes da cabine, sem falar que os destroços do ultraleve arrebentaram a fuselagem dos jato. O… Read more »

A-Bomb

E teve um que saiu ileso.
Esse tem sorte.

Getulio - São Paulo

Os israelenses possuem um equipamento chamado EHUD/IAI e “…tem como uma de suas características a capacidade de emitir sinais de aviso aos pilotos para evitar colisões (entre aviões ou com o solo). O nome do sistema foi escolhido em homenagem a um piloto da Força Aérea Israelense, que morreu durante uma colisão entre o seu caça e outra aeronave durante um exercício de combate árero. (conforme Revista Força Aérea n. 59 – ago/set/2009).

AmigoDoAlém

AFeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
Vocês acreditam nas informações relatadas pela imprensaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
kkkkkkkkkkkkkkkk
isso é logica, todas as questões envolvendo o governo, principalmente nos eua, de forma alguma eles passam informações corretas……

Reportagens especiais

Momentos da história do AMX nos anos 80 em notícias do Estadão

Pesquisando no arquivo do Jornal O Estado de São Paulo, encontramos algumas notícias sobre o avião de ataque ítalo-brasileiro...
- Advertisement -
- Advertisement -