quinta-feira, outubro 21, 2021

Gripen para o Brasil

CLA lança ‘Improved Orion’ com sucesso

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Programa inclui mais quatro lançamentos este ano

imp orion

Apesar do mau tempo, o Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão, lançou no final da tarde de ontem o foguete de treinamento de médio porte Improved Orion durante a operação Maracati 1, uma parceria entre Brasil e Alemanha. O lançamento não envolveu carga útil, mas marcou a retomada das operações do CLA após aproximadamente dois anos.

A cronologia para lançamento do foguete foi iniciada às 8h30 e teve de ser interrompida duas vezes por causa da chuva. O tempo melhorou e ao meio-dia foi aberta a janela de lançamento do projétil, que aconteceu às 16h25. O Improved Orion atingiu altitude de 93,7 quilômetros e permaneceu no ar por cinco minutos. O foguete caiu no mar a 80,9 quilômetros da costa e atingiu velocidade final de 4.700 km/h (quatro vezes a velocidade do som).

O Improved Orion é um foguete de treinamento com motor monoestágio, não guiado, estabilizado por empenas e lançado de trilho. Tem 5,7 metros de comprimento e propulsor movido a combustível sólido. Tem capacidade para embarcar experimentos científicos com até 80 quilos.

Segundo o diretor-geral do CLA, coronel Nilo de Andrade, o evento foi considerado um sucesso porque atingiu seus objetivos – proporcionar treinamento para os funcionários do centro, verificar os meios operacionais do local (principalmente equipamentos de telemetria e de rede meteorológica) e promover o intercâmbio com o Centro Espacial Alemão (DLR) nos campos tecnológicos e científicos. “Demos capacidade operacional ao centro, sem dúvida”, afirmou Andrade.

Para 2009, são esperadas pelo menos mais quatro campanhas de lançamento: uma em julho, duas em setembro e outra em novembro. Todas com foguetes de médio porte. Apenas uma operação em setembro deverá levar carga útil, com experimentos de microgravidade.

Sobre uma nova campanha do VSB-30, principal projeto do programa espacial brasileiro, o diretor do CLA afirmou que um novo lançamento do foguete deve ocorrer no final de 2010, após a conclusão das obras do Veículo Lançador de Satélites (VLS). A última vez que tinha ocorrido uma campanha de lançamento no CLA foi em julho de 2007. Caso sejam confirmados esses lançamentos, 2009 será o ano com o maior número de eventos no local desde a explosão do VLS, em 2003. No acidente, morreram 21 técnicos do Comando-Geral de Tecnologia Aeroespacial, com sede em São José dos Campos (SP).

FONTE: O Estado de São Paulo
FOTO: CTA

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
João Curitiba

Muito bom este treianemnto, mas como andaria a reconstrução da plataforma que explodiu? Se é que está sendo reconstruída.

marcelo

ja tem um video do lancamento do foguete orion no you tube.esse que foi lancado sexta feira….poderia colocar aqui pra todos verem..ja que tambem no video fala das modernizacaoes que forao feito no centro de lancamento e muito mais………..emvez da foto do post .coloca o video

Cantarelli

Bom treino, 4,700 km daria um bom missil?

Marcelo Augusto

Olá! O Programa Espacial Brasileiro ainda se movimenta a passos de tartaruga. Acho que os Estados Unidos da América, no período entre 1945-1950, fez mais lançamentos de foguetes do que todo o Programa Espacial Brasileiro fez ao longo de toda a sua existência. Não se faz pesquisa espacial séria tendo apenas uma “meia dúzia” de universidades responsáveis pela formação de mão-de-obra para trabalhar nessa área e outra “meia dúzia” de centros responsáveis por fazer pesquisa e desenvolvimento dentro desse assunto. E dizer que, um dia, o objetivo do programa espacial era esse aqui: “That nation [Brasil] has announced that they… Read more »

Wolfpack

Avião desaparecido Rio-Paris da Air France, e as operações de busca só começaram no começo da manhã depois do sol nascer… Que vergonha… O controle do espaço aéreo está jogado na lama no Brasil. E as buscas serão realizadas com os bandeirulhas?

João Curitiba

Muito bom este treianemnto, mas como andaria a reconstrução da plataforma que explodiu? Se é que está sendo reconstruída.

marcelo

ja tem um video do lancamento do foguete orion no you tube.esse que foi lancado sexta feira….poderia colocar aqui pra todos verem..ja que tambem no video fala das modernizacaoes que forao feito no centro de lancamento e muito mais………..emvez da foto do post .coloca o video

Cantarelli

Bom treino, 4,700 km daria um bom missil?

Marcelo Augusto

Olá! O Programa Espacial Brasileiro ainda se movimenta a passos de tartaruga. Acho que os Estados Unidos da América, no período entre 1945-1950, fez mais lançamentos de foguetes do que todo o Programa Espacial Brasileiro fez ao longo de toda a sua existência. Não se faz pesquisa espacial séria tendo apenas uma “meia dúzia” de universidades responsáveis pela formação de mão-de-obra para trabalhar nessa área e outra “meia dúzia” de centros responsáveis por fazer pesquisa e desenvolvimento dentro desse assunto. E dizer que, um dia, o objetivo do programa espacial era esse aqui: “That nation [Brasil] has announced that they… Read more »

Wolfpack

Avião desaparecido Rio-Paris da Air France, e as operações de busca só começaram no começo da manhã depois do sol nascer… Que vergonha… O controle do espaço aéreo está jogado na lama no Brasil. E as buscas serão realizadas com os bandeirulhas?

Últimas Notícias

Acompanhe a estreia do 1º episódio da websérie Colaboração Real 4 no YouTube

Em 21 de outubro, às 11h, estreia o primeiro episódio da quarta temporada da websérie Colaboração Real no canal...
- Advertisement -
- Advertisement -