quarta-feira, abril 14, 2021

Gripen para o Brasil

Embraer: Confirmado contrato com a Argentina

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O governo da Argentina oficializou a compra de 20 jatos regionais modelos 190 e 195 da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer). O acordo de que deveria ter sido anunciado na última visita do presidente Lula ao país vizinho, ocorrido no mês passado, só foi firmado na manhã de ontem com a recém reestatizada Aerolíneas Argentinas.

Os valores não foram revelados, mas estima-se que sejam da ordem de US$ 650 milhões. A compra será realizada via empréstimo feito pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES). Mas há expectativas que alcance a médio prazo um montante superior a US$ 1 bilhão.

O acordo binacional ainda envolve outros interesses na área, como a reativação da Fábrica de Materiais de Córdoba, que produzia aviões militares e se encontrava desde os anos 90 sob responsabilidade da companhia norte-americana Lockheed Martin. Nos últimos meses, a unidade fabril foi retomada pelo estado argentino.

Contrapartidas

A Embraer terá por força de contrato estabelecido em regime de off set, que exige contrapartida por parte do vendedor, recuperar as condições produtivas da unidade fabril argentina onde serão produzidas peças de reposição e partes de aeronaves, nacionalizando parte da frota da Embraer no país, além de tornar-se um centro de manutenção dos aviões.

O anúncio oficial será feito pelos governos dos dois países ainda em data a ser definida. A assessoria do presidente Cristina Kirchner estuda sua vinda à fábrica sede da Embraer, situada em São José dos Campos ( SP). As negociações entre o presidente Lula e Kirchner tiveram início ainda na campanha presidencial argentina, quando a então candidata apresentava a ex-estatal brasileira como um modelo a ser seguido e se comprometia em trazer uma subsidiária para solo portenho com apoio do governo brasileiro.

Segunda etapa

Nas negociações ficou acertado que o BNDES financiará 85% das venda das aeronaves. Essa seria a primeira fase, em caráter emergencial, mas que pode atingir numa segunda etapa ao montante de US$ 1 bilhão entre empréstimos e financiamentos. Em 2007, ambos os presidentes chegaram a anunciar formalmente a ida da Embraer para a Argentina, o que acabou sendo desmentido pelo presidente da empresa brasileira, Frederico Curado.

FONTE: Gazeta Mercantil

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Jony Costa

Ajudona essa do Brasil aos hermanos!!!

Baschera

Ao contrário… são negócios de uma empresa privada nacional, com crédito do mesmo banco que já financia as vendas da mesma em outros mercados.
Vamos parar de pré-conceito…
Ou queriam que fossem comprar da AirBus, da Boeing ou quem sabe dos novos concorrentes russos e chineses ??
Sim, por que os mesmos já estavam rondando, lá do alto, mas estavam.
Escrevam e guardem, quando a China entrar definitivamente neste mercado de E-Jets, não vai sobrar pra ninguém.

Sds.

Francisco AMX

Baschera, de qua adiantou o mundo punir a Argentina pelo calote, que o Brasil tratou de segurar no osso quando teve que pagar…, muito antes nós erramos e pagamos pelo erro, acho que a Argentina não pagou nada e se bota banca com o Brasil nas negociações do Mercosul. A verdade é o seguinte, o BNDES tá aí para servir poucos! reserva uma pequena parte para fincanciar pequenas empresas, com juros de mercado, e burocratiza bem este processo, mas para liberar 700milhoes para a Globo, Bilhôes para alavancar negócios de grande conglomerados é vap-vupt! pq não financia de fato parcerias… Read more »

Baschera

Francisco AMX, Neste aspecto eu comcordo 100%. As pequenas e médias empresas brasileiras estão a mingua….. ninguém, deste ou de outros, governos lhes dá qualquer incentivo. Já os grandes….. Mas assim mesmo, mantenho meu post anterior. No entanto, a notícia abaixo, bem, aí já é apelação….. e de mau gosto…… Sds. CHÁVEZ NEGOCIA EMPRÉSTIMO DE US$ 10 BI COM BNDES- 21 de maio de 2009 • 22h58hs. CARACAS, Venezuela, 22 Mai 2009 (AFP) – O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, negocia um empréstimo de 10 bilhões de dólares com o brasileiro Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), revelou… Read more »

Jony Costa

Bem ajuda sim, já que serão 20 novas aeronaves e ainda com financiamento de 85%, fora o off-set pra colocar a fábrica lá deles em funcionamento, ta bom demais. Mas não reclamei não e muito menos tenho preconceitos para com os nossos vizinhos, isso é bom em vários sentidos. E claro que prefiro empregos a serem criados aqui no Brasil do que nos outros paises citados. Melhor para nós, mas só espero que eles paguem todos os emprestimos e que façam mais encomendas!

Saudações.

Virtualxi

Não gosto dos argentinos, e não venha me chamar de preconceituoso porque quando o assunto é argentina, ao inferno com eles e seus defensores. Excelênte notícia esta, afinal quando tudo terminar os argentinos serão devedores no BNDS, e espero que o próximo presidente, com certeza menos puxa saco dos hermanos e mais brasileiro de coração, possa cobrar e bem cobrado. Infelizmente a recuperação da indústria aeronáutica deles em nada é bom para nós, afinal no continente americano sul espero ver somente uma estrela brilhar, e a da Embraer. O negócio foi bom para a Embraer, bom para os argentinos e… Read more »

Virtualxi

Afinal é a única coisa boa que vem daquelas bandas.

Noel

“CHÁVEZ NEGOCIA EMPRÉSTIMO DE US$ 10 BI COM BNDES”, realmente se essa notícia se confirmar, vai ser f***, com essa grana, dava prá financiar a aquisição das novas escoltas e mais NaPaOc prá nossa falida MB, e mais Submarinos, pois os encomendados irão apenas substituir os “alemães” ao longo dos anos; caças e substitutos pros Xavantes prá FAB e prá MB; sistemas de defesa antiaérea pro EB; ou aplicar na infraestrutura geral, como: recuperar a nossa malha viária e férrea, reformar todas as Universidades públicas, investir nos tão badalados projetos sociaia, etc… dá até prá fazer um churrasquinho; nem vou… Read more »

Sopa

Cara eu gosto do Lulinha, mas isso é burrice, emprestar $$ pra quem afirma que vai dar calote, burrice não …Muita mas muita burrice !!
Acorda Lula!!!!!!!!!!

PS; da vontade de chorar !!
Sds

Anti-Virtualxi

Não gosto do Virtualxi, e não venha me chamar de preconceituoso porque quando o assunto é Virtualxi, ao inferno com ele e seus defensores.

Sérgio

Pessoal, temos que criar massa consumista. Queiram ou não eles estão sendo o nosso quintal – Argentina, Paraguai, Bolívia, Venezuela, Perú, Uruguai -fornecedores de mão-de-obra barata, matéria prima, Foods. Analisem o nosso parque industrial e o deles. Sufocamos. Dependem de nós e É OBRIGAÇÃO alimenta-los. Eles crescendo irão consumir mais e a maioria das empresas de porte instaladas são nossas.
Armas para Q.

Jony Costa

Ajudona essa do Brasil aos hermanos!!!

Baschera

Ao contrário… são negócios de uma empresa privada nacional, com crédito do mesmo banco que já financia as vendas da mesma em outros mercados.
Vamos parar de pré-conceito…
Ou queriam que fossem comprar da AirBus, da Boeing ou quem sabe dos novos concorrentes russos e chineses ??
Sim, por que os mesmos já estavam rondando, lá do alto, mas estavam.
Escrevam e guardem, quando a China entrar definitivamente neste mercado de E-Jets, não vai sobrar pra ninguém.

Sds.

Francisco AMX

Baschera, de qua adiantou o mundo punir a Argentina pelo calote, que o Brasil tratou de segurar no osso quando teve que pagar…, muito antes nós erramos e pagamos pelo erro, acho que a Argentina não pagou nada e se bota banca com o Brasil nas negociações do Mercosul. A verdade é o seguinte, o BNDES tá aí para servir poucos! reserva uma pequena parte para fincanciar pequenas empresas, com juros de mercado, e burocratiza bem este processo, mas para liberar 700milhoes para a Globo, Bilhôes para alavancar negócios de grande conglomerados é vap-vupt! pq não financia de fato parcerias… Read more »

Baschera

Francisco AMX, Neste aspecto eu comcordo 100%. As pequenas e médias empresas brasileiras estão a mingua….. ninguém, deste ou de outros, governos lhes dá qualquer incentivo. Já os grandes….. Mas assim mesmo, mantenho meu post anterior. No entanto, a notícia abaixo, bem, aí já é apelação….. e de mau gosto…… Sds. CHÁVEZ NEGOCIA EMPRÉSTIMO DE US$ 10 BI COM BNDES- 21 de maio de 2009 • 22h58hs. CARACAS, Venezuela, 22 Mai 2009 (AFP) – O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, negocia um empréstimo de 10 bilhões de dólares com o brasileiro Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), revelou… Read more »

Jony Costa

Bem ajuda sim, já que serão 20 novas aeronaves e ainda com financiamento de 85%, fora o off-set pra colocar a fábrica lá deles em funcionamento, ta bom demais. Mas não reclamei não e muito menos tenho preconceitos para com os nossos vizinhos, isso é bom em vários sentidos. E claro que prefiro empregos a serem criados aqui no Brasil do que nos outros paises citados. Melhor para nós, mas só espero que eles paguem todos os emprestimos e que façam mais encomendas!

Saudações.

Virtualxi

Não gosto dos argentinos, e não venha me chamar de preconceituoso porque quando o assunto é argentina, ao inferno com eles e seus defensores. Excelênte notícia esta, afinal quando tudo terminar os argentinos serão devedores no BNDS, e espero que o próximo presidente, com certeza menos puxa saco dos hermanos e mais brasileiro de coração, possa cobrar e bem cobrado. Infelizmente a recuperação da indústria aeronáutica deles em nada é bom para nós, afinal no continente americano sul espero ver somente uma estrela brilhar, e a da Embraer. O negócio foi bom para a Embraer, bom para os argentinos e… Read more »

Virtualxi

Afinal é a única coisa boa que vem daquelas bandas.

Noel

“CHÁVEZ NEGOCIA EMPRÉSTIMO DE US$ 10 BI COM BNDES”, realmente se essa notícia se confirmar, vai ser f***, com essa grana, dava prá financiar a aquisição das novas escoltas e mais NaPaOc prá nossa falida MB, e mais Submarinos, pois os encomendados irão apenas substituir os “alemães” ao longo dos anos; caças e substitutos pros Xavantes prá FAB e prá MB; sistemas de defesa antiaérea pro EB; ou aplicar na infraestrutura geral, como: recuperar a nossa malha viária e férrea, reformar todas as Universidades públicas, investir nos tão badalados projetos sociaia, etc… dá até prá fazer um churrasquinho; nem vou… Read more »

Sopa

Cara eu gosto do Lulinha, mas isso é burrice, emprestar $$ pra quem afirma que vai dar calote, burrice não …Muita mas muita burrice !!
Acorda Lula!!!!!!!!!!

PS; da vontade de chorar !!
Sds

Anti-Virtualxi

Não gosto do Virtualxi, e não venha me chamar de preconceituoso porque quando o assunto é Virtualxi, ao inferno com ele e seus defensores.

Sérgio

Pessoal, temos que criar massa consumista. Queiram ou não eles estão sendo o nosso quintal – Argentina, Paraguai, Bolívia, Venezuela, Perú, Uruguai -fornecedores de mão-de-obra barata, matéria prima, Foods. Analisem o nosso parque industrial e o deles. Sufocamos. Dependem de nós e É OBRIGAÇÃO alimenta-los. Eles crescendo irão consumir mais e a maioria das empresas de porte instaladas são nossas.
Armas para Q.

Combates Aéreos

Análise: o Poder Aéreo nas Malvinas

A Guerra das Malvinas (ou Falklands), ocorrida em 1982 entre a Argentina e a Inglaterra, colocou em evidência a...
- Advertisement -
- Advertisement -