quarta-feira, junho 16, 2021

Gripen para o Brasil

Array

30 anos de embargo…

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres
- Advertisement -

109 Comments

Subscribe
Notify of
guest
109 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wolfpack

Quem nao tem cao caca com gato… Os Iranianos devem estar fabricando as proprias pecas de reposicao e deve-se considerar tambem o tempo de voo de cada uma destas aeronaves, se ficarem o maior parte do tempo em angares, com manutencao adequada, devem estar em condicoes de voo excelente.

JMRC

Esse F 14 da foto é muito bonito.

lvs

Sera que eles estao fazendo como os chineses? usando engenharia reversa e fazendo eles mesmos as proprias peças de reposicao?

joao terba

A Russia ou a China estão na retaguarda não tenho a menor dúvida,vocês acham que a Coreia do Norte,Paquistão,Índia e o Irã chegaram a essa tecnologia sózinho eu acho que não.

madvad

nossa…VISUALMENTE o Tomcat parece estar em excelentes condições.

Gustavo

eu não entendo isso muito bem, mas, os EUA proibiram o Irã de utilizar essas aeronaves? por favor me respondam!

João Curitiba

Caro Gustavo

Eles não têm como proibir, mas pararam de fornecer manutenção, assistência técnica e melhorias. Enfim, abandonaram os iranianos a própria sorte. E parece que a sorte deles está boa.

Abraços

Sir

O termo técnico é “canibalização”.

Mirage

Eles aprenderam com os Chinas… olham para um objeto, copiam e fabricam. Simples assim. Transferência de tecnologia rsss

Existe até um desenvolvimento de um caça sobre o “chassi” do F-5.

Abraços

Tiago Jeronimo

O importante não é que eles estão voando e sim QUANTOS ainda voam, duvido que sejam muitos F-14…

Wolfpack

A historia eh mais o menos assim, Xa que governava o Ira antes de 79 foi um super aliado americano e do ocidente ate a revolucao Islamica que colocou no poder o Aiotala que estava exilado na Franca, neste meio tempo houve o exilio do Xa e sua familia e os fundamentalistas assumiram o poder, invadiram a Embaixada Americana e tomaram um monte de gente como refem (o Mahmoud Ahmadinejad foi um dos sequestradores da Embaixada na epoca). Isso nao tem problema, pois a Dilma esta ai pronta pra ser Presidente do Brasil e fez coisa pior no passado. Bem,… Read more »

Tadeu

abaixo um vídeo que mostra um pouco da força aérea iraniana nos dias atuais.

“inclusive apresentando os mais de 150 aviões iraquianos que os xiitas da força aérea de Saddam Hussein simplesmente presentearam ao Irã, nas duas Guerra do Golfo. Entravam nos aviões e iam pousar nas bases iranianas – e estão lá até hoje.”(texto do ‘bitt’)

“no final do filme, o caça que está sendo desenvolvido pela indústria local, com base no F5E”(texto do ‘bitt’)

Vídeo no YouTube:

http://www.youtube.com/v/V4EwVMARTPg&rel=1&fs=1&showsearch=0

Tadeu

o link é muito comprido…

vou tentar quebra-lo, talvez seja necessário copiar e colar num editor de texto, aí retirar eventuais espaços e depois colar no navegador,ufa!

http://www.youtube.com/swf/l.swf?swf=http%3A
//s.ytimg.com/yt/swf/cps-vfl87635.swf&video
id=V4EwVMARTPg&rel=1&eurl=&iurl=http%3A//
i3.ytimg.com/vi/V4EwVMARTPg/
hqdefault.jpg&sk=66i4TAvgCc8nLUl7CaWYUfm
J00d9o2RaC&fs=1&showsearch=0&cr=US&avg_
rating=4.63157894737&length_seconds=
530&allow_ratings=1&title=IIAF%26IRIAF%20H
istory

Wolfpack

De vez em quando voces encontram o Oliver North na Fox News falando do Front e Batalhas epicas americanas. O Reagan morreu depois de acabar com Uniao Sovietica, o Bush (sem comentarios), os Falcoes Dick Cheney, Donald Rumsfeld, Paul Wolfowitz e mais um que nao me lembro o nome dominaram o pedaco por um bom tempo e fizeram o maior estrago possivel na imagem americana nos ultimos anos com a invasao ao Iraque. Os Senhores da Guerra formaram o Terceiro Reich Americano e fizeram uma busca pelo oleo negro seu norte. O resto todo mundo sabe. As armas de destruicao… Read more »

Mauricio R.

Mas e qntos sobraram? E o que foi perdido na guerra c/ o Iraque? O que foi fornecido de peças de reposição no tempo de Xá e depois no que ficou conhecido como “Irã-contras”, já foi, acabou. A canibalização não te acrescenta equipamento, vc o tem enquanto houver de onde tirar peças, depois bye. E pessoal apto? Mtos fugiram p/ o Ocidente e não querem nem saber de voltar, outros os barbudinhos simplesmente mataram. E F-4 e F-14 não é qq mané que mantém operando, não são da mesma cepa que F-5 tem que ter know how, então dizer que… Read more »

Rodrigo Cesarini

Não se esqueçam do escândalo do contrabando de peças para F-14, onde oficiais corruptos da Marinha americana desviavam milhões em peças dos estoques, para vender no mercado negro.

É esse o verdadeiro “milagre” da disponibilidade do Tomcat persas. E por causa desses canalhas o congresso determinou a a destruição, pura e simples, de TODOS os F-14 existentes.

Para os fãs dessa linda máquina, é de cortar o coração as fotos do sucateamento.

Abraços

welington

Parabéns aos iranianos, a Rússia possui dois F-14 e eles com certeza ajudaram os iranianos, sou totalmente contra estes embargos como ocorreram com a Venezuela ou com o Irã, se formos contra a política americana poderemos ter embargos iguais a estes caso o F-18 SH seja o caça escolhido.

Tadeu

Nos tempos do Xá Rezha _Parlevi… “Inicialmente, a Imperial Força Aérea Iraniana adquiriu 30 F14A, diversos kits de sobressalentes e 454 AIM54. Esse contrato, conhecido como Persian King e fechado em janeiro de 1974, se afigurava como a maior venda de armamento da história dos EUA, no valor de 320 milhões de dólares. No final do ano, os iranianos manifestaram interesse em adquirir mais 50 F14A e quase 300 mísseis, bem como um sistema de radar terrestre no valor de cerca de 600 milhões de dólares. Toda a encomenda alcançava os 2 bilhões de dólares e era, de fato, a… Read more »

J Roberto

Rodrigo Cesarini Cortar o coração é saber que tem um monte deles para ser desmontados no deserto,envelhecendo contra o tempo… O fato interessante é a informação de que os F14 Tomcat armazenados no deserto, após a sua aposentadoria em 2006, estão sendo desmontados e destruídos, porque os EUA temem o contrabando de peças para IRÃ. Fora a US NAVY, o IRÃ foi o único outro operador do F-14, em um tempo em que os EUA era aliado do IRÁ (antes da revolução) foram vendidos para este pais 79 F14A, dois quais estimasse que pelo menos 20 ainda estejam em condição… Read more »

Tadeu

“A revolução islâmica de 1979 interferiu com o programa de desenvolvimento dos F14, visto que os norte-americanos não estavam dispostos a permitir que um sistema de armas avançado em mãos hostis. Mas o fato é que já haviam centenas de especialistas treinados nos EUA, inclusive mais de 80 pilotos. Embora técnicos norte-americanos tenham tentado sabotar mísseis AIM54 e motores de reserva, o pessoal iraniano já era capaz de fazer manutenção no equipamento. Uma boa situação, pois logo a nova força aérea do Irã teria muita ação pela frente. Os primeiros combates entre Iraque e Irã aconteceram em 4 de setembro… Read more »

Dom Ron

Tadeu em 05 abr, 2009 às 16:04

Nesse video mostra os Tucanos, que ficaram muito bonitos com o padrão de camuflagem do deserto.
Inclusive, gostaria muito de saber como foi que o Irã conseguiu esses Tucanos da Embraer, uma vez que os EUA com certeza não permitiriam esse tipo de venda!

Abs!

Getulio - São Paulo

O Irã moderno começou com Xá Reza Pahlev, que com a riqueza do petróleo e apoio do ocidente, diga-se, EUA, tornou-se a força mais poderosa do oriente médio, mais que Israel. O Xa comprava o que havia de melhor no mundo. E naquela época, decada de 70 o F-14 era o melhor avião do mundo. Naquela época, no governo Carter uma operação de comandos não teve êxito em resgatar os reféns americanos no Irã, com a queda dos aviôes com a morte de todos, virando um grande escândalo político internacional na época. A guerra Irã-Iraque causou milhares de mortes de… Read more »

Getulio - São Paulo

Em tempo: Com a revolução Iraniana o Xá foi deposto, pois não era for que se cheirasse, também, o povo o odiava. Os reféns eram americanos da embaixada americana que fora invadida pelos revolucionários islâmicos.
Este avião o caça F-14 pode-se dizer, “era o caça”. Eu meus era e ainda sou fã deste avião, não posso negar, depois dele, só o SU-35.

Getulio - São Paulo

Em tempo III: Para sentir o caça é só assistir Top Gun, com Tom Cruise

Tomcat

Pessoal, eu ainda estou vivo e vôo pelo Irã!
🙂

Márcio

o F14 da foto foi remotorizado…os escapes dos motores estão diferentes…

Hornet

Tomcat em 05 abr, 2009 às 23:43

hehehe…Boa!

abraços

Microfone

Márcio em 06 abr, 2009 às 0:23

o F14 da foto foi remotorizado…os escapes dos motores estão diferentes…

É assim mesmo Márcio, procura no airliners pra ver.

storm

A dupla F-14 e míssil Fênix foram durante muito tempo a melhor combinação de vetor e arma do mundo. Tornando o Tomcat o melhor interceptador já produzido, pois era um sistema de arma completo, com mísseis de curto, médio e longo alcance. Juntamente com o seu grande raio de ação e o seu poderoso radar. Eu como muitos aqui sou fã incondicional deste avião que uniu extrema beleza com extrema letalidade, e é muito triste velos no deserto aguardando a destruição justamente porcausa do contrabando de peças p/ IRÃ A muitas especulações sobre como os Iranianos conseguiram manter os tomcats… Read more »

Mauricio R.

“o F14 da foto foi remotorizado…os escapes dos motores estão diferentes… É assim mesmo Márcio, procura no airliners pra ver.” Atenção, “engenharia de plastimodelismo” em ação!!! É pior que papel, aceita absolutamente qq absurdo. Russos e chineses e quem quer que seja, não tem fabrica de peças p/ F-14, pelo simples fato de que não é um produto das industrias desses paises!!! A forma como se fabrica uma turbina na Russia e China é mto diferente da americana, idem p/ os aviônicos, as interfaces padrão americanas não são as mesmas que a Russia e a China estão acostumadas a uasar.… Read more »

Dalton

Caro Storm, Como vc, sou fã do F14, mas discordo quando vc escreve que os F14 estao aguardando a destruiçao no deserto justamente por causa do contrabando de peças para o Irã. Tais avioes abandonados no deserto, estao sujeitos a terem suas peças roubadas e enviadas ao Irã,é verdade, coisa que os EUA se esforçam para que nao aconteça, mas as causas deles terem sido retirados de serviço sao: O F14 estava sendo subutilizado há muitos anos, foi inclusive configurado para bombardeio e era o que estava fazendo no Iraque e Afeganistao…simplesmente lançando bombas, coisa que os F18 fazem muito… Read more »

max

Tom cats forever !!!!enven from Iran

SOu fã dessa caça e não acreditava que os F-14 iranianos continuassem a voar..shame on you US congress!

fernando
gil

Colegas, bom dia!!! Parabéns ao Wolfpack,Tadeu e outros que lembraram bem como a coisa rolou…desde da decada dos anos 80. A parte as especulações possíveis quanto a engenharia reversa, etc, nós ocidentais estamos acostumados a confundir árabes com persas…isto por causa do islamismo, contudo, na érea de domínio tecnológico a pega é bem diferente. Eu diria que o interesse e a capacitação e o potencial são totalmente diferente…eles estão muito mais para a pega dos indianos do que dos árabes..tanto é que desenvolveram uma excelente capacitação na área de manutenção de aeronaves da qual temos pouca noção…desmontam, copiam, melhoram e… Read more »

madvad

Dalton, quando vc diz: “O F14 estava sendo subutilizado há muitos anos, foi inclusive configurado para bombardeio e era o que estava fazendo no Iraque e Afeganistao…simplesmente lançando bombas, coisa que os F18 fazem muito melhor. O F14 também tinha manutençao complicada, coisa agravada quando tais manutençoes tem que ser feitas em hangares de porta-avioes milhares de milhas de suas bases em terra.” Não é verdade.No ocaso da sua carreira, os Tomcats começaram sim, a voar missóes de ataque com bombas guiadas eetc, e estes Tomcats receberam o apelido de “Bombcats”..e segundo o cmte da operação no Afeganistão, os F-14… Read more »

Dalton

Madvad, complementando o que escrevi, usar o F14 , o bombcat, para atacar alvos em terra apenas, era uma subutilizaçao,já que ele foi idealizado para defesa aerea como vc mesmo escreveu e as provaveis ameaças desapareceram, POR HORA, com o fim da guerra fria. OS F18SH podem até nao ser tao precisos quanto os F14 modificados , embora tenha lido que sao tao eficientes quanto nesta funçao, porém exigem menos da metade do tempo para manutençao, estao mais disponiveis para voar missoes de combate, aumentando a taxa de sortidas , tem maior alcance e podem levar uma variedade maior de… Read more »

Lecen

Alguém olhou o link que o “fernando” disponibilizou?

O Su-35 realmente está no páreo.

Mais uma prova da falta de clareza do F-X e da má-fé do Ministério da Defesa.

Seria interessante que o Galante criasse um tópico sobre este link.

Matheus Borges

Bem, voar eles voam… mas quais são as armas que carregam?

Rasga-latas?

Se alguem souber o que o irã usa como armas em seus aviões por favor, digam!

=D

gaspar

mudando um pouco de assunto< “srael Aerospace anuncia joint venture com Synergy no Brasil Reuters – Via Editora Abril (Reportagem de Tova Cohen) A empresa estatal Israel Aerospace Industries (IAI) disse neste domingo que vai estabelecer uma joint venture no Brasil com o conglomerado sul-americano Synergy Group. A joint venture será apresentada em evento aeroespacial e de defesa da América Latina, que acontecerá no Rio de Janeiro entre os dias 14 e 17 de abril. O empreendimento conjunto irá desenvolver, integrar e auxiliar uma diversidade de produtos de defesa e aeroespaciais, e fornecer serviços comerciais de aviação. A nova empresa… Read more »

Marcos T.

Vi o Link, não acho que seja uma fonte segura de informações.
Acho que não passa de escaramuças de quem tá fora do páreo.

Marcos T.

E tem mais: quando os russos venderam o Caça pra Venezuela, botaram uma pá de cal por cima do negócio.
E pra não ficar feio pro Brasil compramos ums Helicopteros, só pra acomodar. Tudo é politica e Interesses, sempre.

Tadeu

gil em 06 abr, 2009 às 12:15 “…eles estão muito mais para a pega dos indianos do que dos árabes..tanto é que desenvolveram uma excelente capacitação na área de manutenção de aeronaves da qual temos pouca noção…” Gil, concordo com você, tem uma noticia no site do Pravda (o site “puxa a brasa” para o lado dos interesses russos, más enfim…) que confirma esta capacidade dos iranianos, abaixo: “A comunidade internacional, está discutindo o lançamento de um impulsionador norte-coreano com um satélite, ou possivelmente uma ogiva, mas não observaram o anúncio do Irão que disse que seu satélite tinha terminado… Read more »

Roberto CR

Lecen

Eu li a matéria mas, como afirmou o Marcos T., é difícil confiar nas fontes de informação russas na internet. O Pravda está aí para a nossa diversão inclusive.

Ali também fala da versão do Mi-35 Hind E vendidos à FAB. O negócio não havia sido acertado para a compra da versão Mi-35 M?

Abs

joao terba

A Rússia e a China estão transferindo sua tecnologia para países aliados,a China diz que quer investir na America Latina,imagine a Venezuela possuindo esta tecnologia para lançamento de foquetes.

Madara "Flanker"

Eu tiro o chapéu para FORÇA AÉREA IRANIANA pela sua engenharia reversa!!

Os especialistas da FAB deveriam fazer um curso por lá!!

Abraços.

gil

Tadeu boa noite!!! Eu iria mais longe nas observações sobre a real capacitação e o potencial criativo dos iranianos, mas há muita “onda contra” e a guerra da contra informação é feroz. Assim, os feitos deles vão passando desapercebidos, mas a CIA e o MOSAD sabem tudo e estão muito preocupados com isso!!! Eles mesmos,os iranianos,não parecem muito preocupados em alardear o seu real poder a não ser quando estão sobre pressão muito forte, exemplo caso dos S-300 (os Russos pensavam em em dissimular o fornecimento para cacifar numa negociação anti-misselshield com os USA)qdo os S-300 já estavam operacionais em… Read more »

AL

Pessoal, hoje em dia até pode ter engenharia reversa, mas na década de oitenta, o lema era: “Inimigos, inimigos, negócios à parte”. Como assim? Sabem quem fornecia não só peças como armas americanas (inclusive Mawericks) para o Irã? ISRAEL!! Parece coisa de maluco, mas não é. Pode parecer estranho, mas a coisa toda era favorecida pelos próprios americanos, o governo mesmo, Israel entrava nessa história como intermediário, que entregaria a vistosa muamba. O Irã, que tal como Chaves hoje, brada contra o Tio Sam mas fazia negócios com eles, não se fazia de rogado, aceitava sem pestanejar. Com Israel no… Read more »

Edmar

Caros Amigos.: Vimos que os Iranianos estão se saindo bem em repor peças destes aviões.., pelo jeito, eles olham e copiam.., como o “Amigo” no “parágrafo” acima comentou. Por isso é que eu sou contra a compra dos “Boeing F/A-18 Super Hornet”.., imagina, o Brasil compra esses aviões e depois os EUA mete o pé, e não fornece mais nada para nós, e a FAB fica a Deus dará. Eles não querem nem passar a “transferencia de tecnologia para nós”. Eles não vão revelar o código fonte para nós. Na verdade, não é bom comprar os aviões americanos. Por isso… Read more »

Dalton

AL,

talvez a motivaçao americana tivesse a ver com o fato deles nao desejarem um Iraque muito forte, pois Saddam invadiu o Irâ para tornar-se a maior potencia da regiao.
Imagine Saddam no controle do petroleo do Iraque e Irã ?

Edmar,

Suecia e França sao parceiros de longa data dos EUA, quem garante
que estes paises ficarão do nosso lado em caso de problemas com os EUA?

abraços

Edmar

Caro Amigo Dalton.:

Concordo com sua teoria.., mas nós não iriamos ter contato diretamente com os Americanos.., França e Suécia, teriam que pensar em muito para tomar tal decisão. Além disso, França e Suécia vão transferir maior quantidade de tecnologia para nós, e o mais interessante é que conforme a compra, o código fonte também vai ser transferido.

Já os Americanos, não vão transferir o código fonte, o que não interessa em nada para o Brasil.

Reportagens especiais

Stealth: por que os europeus demoraram tanto para adotar a tecnologia?

Mesmo depois do desenvolvimento pelos americanos de aviões de combate dotados de tecnologia furtiva F-117A Nighthawk, B-2 Spirit, F-22 Raptor, F-35 Lightning II,...
- Advertisement -
- Advertisement -