Home Sistemas de Armas Iraque quer comprar caças F-16 neste ano

Iraque quer comprar caças F-16 neste ano

279
154

air_f-16s_usaf_iraq_lg

O Iraque pretende adquirir neste ano sua primeira esquadrilha de caças F-16 da Lockheed Martin, para proteger o país contra supostas ameaças de Irã e Síria depois da saída das forças norte-americanas do país, disse à Reuters na terça-feira o comandante da Força Aérea iraquiana.
O brigadeiro Anwar Ahmed disse esperar assinar um contrato para a compra de 18 unidades avançadas do F-16, o que consumiria grande parte dos bilhões de dólares que o país deve investir em equipamento militar nos próximos anos.
“Isso é importantíssimo para nós”, disse ele por telefone durante visita a Washington. “É uma prioridade.”
Ele disse que, se as verbas forem liberadas pelo Parlamento, sua meta é comprar até 96 F-16s até 2020. Ele se referiu aos modelos F-16C/D Block 50/52 atualmente sendo produzidos para Polônia, Israel, Grécia e Paquistão.
“Precisamos desses aviões para a defesa do nosso país”, disse ele, que citou o Irã como um possível ameaça, junto com a Síria, país que segundo ele serve de portal para “terroristas” que buscariam desestabilizar o governo do primeiro-ministro Nuri al-Maliki.
Se as verbas forem liberadas e o acordo for concluído neste ano, os dois primeiros F-16 pilotados por iraquianos estariam patrulhando os céus do país em 2012, segundo o brigadeiro.
Até lá, as forças dos EUA já terão de ter deixado o Iraque, conforme um acordo bilateral do ano passado.

Subscribe
Notify of
guest
154 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Goiano
Goiano
11 anos atrás

Srs,

Não é referente ao assunto título mas será que alguém pode confirmar essa mat´ria do link?

grato

http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2009/03/30/o-super-tucano-generico/

Jacubão
11 anos atrás

Aí é demais.
Até o Iraque vai chutar o Brasil em tempo recorde.
O FX se arrasta por quase vinte anos e mesmo assim o nosso ministro fica fazendo “docinho” para os concorrentes. Vai chegar a hora em que os caras vão ficar p… da vida e passar a oferecer caças do tipo DRAKEM, F-105 e MIRAGE IIIC.
Arrêgo Brasil.

gil
gil
11 anos atrás

F-16C/D Block 50/52…..kkkkkkkkk….ahahahahahahaah!!!!
Chegou a hora legal…vão esvaziar um deserto e encher o outro!!!!
vai caco velho reformado….vem petroleo fresco com desconto…
Ou os gringos são bestas???!!!

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
11 anos atrás

O Iraque invadido até hoje pelos EUA, que caça vocês acham que ele iria comprar Thyphoon, Rafale, gripen, ou qualquer porcaria americana? Os EUA querem manter a linha de produção dos f-16, são muitos empregos e os custos dos f-16 americanos baixam porque eles ainda continuam sendo fabricados.

carlos
carlos
11 anos atrás

Não esqueça que agora o Iraque faz parte dos USA, po isso eles vão compra os F 16, fora os tanque e os carros blindados ou vc acha que eles vão compra armamento militar da Russia, China ou qualquer outro pais, lembrando a vc que os USA cancelaram todos os contratos do Iraque com a Russia no campo militar.

Shinigami
Shinigami
11 anos atrás

Que negocio da China, vão repassar os F-16 usados que serão substituídos pelo F-35! 96 novos eu duvido que vão comprar…

Rodrigo Rauta
Rodrigo Rauta
11 anos atrás

Bom, novos ou não, o q importa é que eles virão…se forem usados , mas vierem no padrão block 50/52 tipo os do Chile, ja vão estar melhor que a gente….ehehehehe
No mais , do jeito que a coisa ta la, ate os nossos Mirage 2000 tavam bom pra eles.
Abraço a todos.

marlos barcelos
marlos barcelos
11 anos atrás

Rodrigo Rauta

Nossos mirage 2000 tem a mesma capcidade ar-ar dos f-16 e nossos f-5 tem mísseis BVR, será que os f-16 do iraque terão mísseis BVR? os f-16 do chile não tem, se fosse hoje combater nossos f-5 contra os f-16 chilenos, daríamos uma surra neles, porque eles só tem mísseis de curto alcance e nós podemos abatê-los a 60km de distância.

Bosco
Bosco
11 anos atrás

A “porcaria” americana deu de lavada no “maravilhoso” material russo.
Depois vocês ainda querem que eles comprem das prateleiras russas.
Mui amigos!

welignton
welignton
11 anos atrás

22 Mi-17 para o Iraque!!!

marlos barcelos
marlos barcelos
11 anos atrás

Bosco

Quando? Se for a guerra do Iraque tenha paciência, era 1 piloto iraquiano contra esquadrilhas inteiras de caças americanos com apoio de awacs e satélites, nesse caso é covardia, só queria saber que combate aéreo houve em condições de gualdade ou quase isso com f-16 e sukkois su-27, ou migs-29?

Gustavo
Gustavo
11 anos atrás

equipamento militar russo é uma porcaria, tirando alguns itens, o equipamento ocidental é infinitamente melhor. Ou algum bobinho aqui acha se estourar a guerra entre as Coréias os mig-29 da Coréia do Norte poderão fazer algo contra os f-15 e f-16 da Coréia do Sul?

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Marlos,
o seu raciocínio lógico foi perfeito em relação aos F-16 chilenos X os F-5 brasileiros.
Há tempos eu venho tentando sem sucesso colocar em palavras essa situação tática que você acaba de simplificar de maneira sublime para fazer você entender a relação que há entre o F-22 e o Rafale.
Um grande abraço!

welignton
welignton
11 anos atrás

Se a coréia tiver apoio de aeronaves de alerta antecipado, radares terrestres, satélites, armamentos mais atuais não, mas se fosse em um combate de igualdade(O que nunca ocorreria) contra os F-16 poderiam sim ter supremacia mas em relação aos F-15 somente os Flakers para disputar, mesmo porque o F-15 é um caça pesado assim como os Flankers e o MIG-29 é um caça médio.

welignton
welignton
11 anos atrás

Se a Coréia do Sul tiver…

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Marlos,
eu não tenho culpa se os americanos pegam pesado na guerra. Eu vou mandar um e-mail pra Casa Branca pedindo ao Obama pra ele maneirar da próxima vez e pegar mais leve. rsrs….

Gustavo
Gustavo
11 anos atrás

welignton,

ambas coreias tem aviões de alerta antecipado?

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Apoio de satélites só pra comunicação e navegação (GPS). Satélite não dá apoio direto em combate aéreo. Ainda!

Tiao
Tiao
11 anos atrás

Marlos

Mais uma vez eu tenho que concordar com vc, como disse o Bosco seu raciocinio lógico foi perfeito tanto na questão da Guerra Iraque quanto na F5 x F16 do chile…

welington
welington
11 anos atrás

Monitoramento, “inteligencia”…

Bosco
Bosco
11 anos atrás

O Brasil pode pegar seus F-5 com apoio do KC 135, R-99, data-link e Derby e dar um pau nos F-16 chilenos que a gente acha bonito, natural e bate palminha.
Os EUA não podem fazer o mesmo, que é covardia.
Aí fica difícil!

marlos barcelos
marlos barcelos
11 anos atrás

Bosco f-22 e rafale são situações diferentes, ambos terão combate bvr os rafales com os meteor e os f-22 com AIM-120, o meteor será um míssil mais avançado com capacidade de empuxo, percisão e manobra bem maiores, quanto a quem destrói quem depende de uma série de fatores, primeiro quem localiza quem primeiro, e depois que tipo de míssil será empregado, os f-22 dizem ser stealths, é verdade se utilizarem radares no padrão OTAN, acima de 1gz de freqüência, os Rafales também tem material ram que diminui bastante a capacidade dos radares de localizá-lo, os f-22 levam vantagem nesse aspecto,… Read more »

marlos barcelos
marlos barcelos
11 anos atrás

radares de baixa freqüência localizam stealths a longas distâncias e materiais ram não funcionam com esses radares, aqui uma vez postaram um site que falava do material ram produzido pelo Brasil e lá dizia que só funcionava com radares acima de 1gz os radares da otan são acima de 2gz, se um país fabricar radares abaixo dessa freqüência, os materiais ram não funcionarão e os stealth serão localizados a longas distâncias, o problema é que radares desse tipo consomem muita energia e são mesmos precisos, além de serem bam maiores.

welington
welington
11 anos atrás

Bosco só não pode ser ponto de comparação!

Zero Uno
Zero Uno
11 anos atrás

Os EUA não atacam a Coréia do Norte por que lá não tem petróleo meus amigos… Simplesmente por isso. No início era por que o Iraque tinha armas de destruição em massa. Foi comprovado que não tinha. Depois disseram que o mundo estava mais seguro sem Sadam Hussein por que tiraram um ditador do poder. Beleza. Ná Coréia do Norte tem, no Sudão tem, em Cuba tem, a China tem uma ditadura de um partido só… Porque não tiram esses ditadores do poder também? E a Arábia Saudita, Líbia e Irã? São exemplos de DEMOCRACIA? Petróleo meus amigos. Agora, chegou… Read more »

marlos barcelos
marlos barcelos
11 anos atrás

Bosco até f-5 modernozados com apoio que os americanos tiveram na guerra derrotariam os caças russos com facilidade, guerra é assim mesmo cada um usa o que tem, mas isso não quer dizer que quem tem todo esse aparato protegendo seus caças, tenham caças melhores, significa que eles tem mais condições de vencer mesmo com caças inferiores, basta ter mísseis de longo alcance e satélites e awacs dizendo onde o inimigo está, o inimigo será abatido antes de poder revidar, isso quer dizer que alguém tinha um caça melhor? acho que não.

marlos barcelos
marlos barcelos
11 anos atrás

Bosco

Os f-16 chilenos são caças bem superiores aos nossos f-5 e venceríamos por termos armas melhores, mísseis de longo alcance e awacs, e eles só mísseis de curto alcance sem awac.

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Marlos, tudo evolui. A tecnologia stealth também. O desafio hoje é manter a dianteira frente as tecnologias anti-furtividade. Os EUA hoje usam um material RAM adesivo, diferente da “tinta” antiga. A idéia cristalizada que os radares de baixa frequência captam os stealths podia ser válida para o F-117. Depois dele já teve o B-2 e o F-22. Está por vir o F-35. Você acha que é a mesmíssima tecnologia stealth empregada no F-117? Eu na minha santa burrice acho que não. Não é possível que somente os sensores estejam evoluíndo e os caras que pensam na tecnologia da “baixa observação”… Read more »

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Marlos e Wellington,
caças são armas de guerra. Fazem parte de uma “máquina de guerra”. Não existe caça sozinho. Não estamos na PGM e não tem mais espaço para Barões Vermelhos e cavalheirismos.
Também caças não são “dragsters” que combatem no mano a mano. Não ganham guerras quem tem os melhores caças e sim quem tem a “máquina de guerra” mais “azeitada”.

marlos barcelos
marlos barcelos
11 anos atrás

Bosco

dessa vez concordo com vc, ate´que fim concordamos em alguma coisa.

Gustavo
Gustavo
11 anos atrás

ta certo bosco, ja se foram o tempo em que os combates se limitavam a metralhadoras e ao “radar do olho”, hoje em dia cada vez menos veremos verdadeiros dogfights…

Bosco
Bosco
11 anos atrás

A gente aqui do blog fica discutindo qual caça é o melhor, como se avião de caça fosse telefone celular ou televisor de plasma.
Ledo engano.
Deveríamos era admirar a máquina de guerra que derrotou as forças iraquianas em 4 semanas. Eu não estou entrando no mérito da questão política, humanitária, moral ou filosófica, apenas e tão somente na questão técnica militar.
Guerra é coisa de profissional e quando vemos profissionais em ação tratamos logo de tripudiá-los.

welington
welington
11 anos atrás

Exato Bosco, não da para dar superioridade de um vetor frente a outro por estes combates, um vetor é superior por suas características e capacidades, mas isto não da vitoria a ninguém como já foi amplamente discutido, são inúmeros fatores que definem um combate ou a superioridade em um combate, mas estes combates não definem qual vetor é superior e sim qual força é superior, só isto.
Abração amigão.

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
11 anos atrás

quanto mais vetores modernos, tanto caças quanto navios, submarinos etc, melhor, agora os EUA não precisam ter profissionais altamente gabaritados para vencer uma guerra, eles tem grandes quantidades de armas sofisticadas, é a maior potência militar do mundo, gasta 50% do orçamento militar mundial, graças a Deus tá tendo crise lá, talvez assim diminua o orçamento militar deles e eles fiquem uma ameaça menor para paz mundial.

Manfred Von Richthofen
Manfred Von Richthofen
11 anos atrás

A melhor saída para o Brasil é declarar guerra aos EUA, ser arrasado e depois ser reconstruído pelos americanos, como aconteceu com os derrotados da WWII e com o Iraque, que vai ter uma Força Aérea muito melhor do que a nossa, partindo do ZERO.

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Bosco, Marlos, Welington…. vcs realmente acreditam que o Chile está sem os AMRAMs?? tolinhos 🙂
O Chile tem, 3 AMRAM para cada potencial inimigo “do norte” que eles possam ter de combater!
Eu não acreditaria nesta balela dos mísseis estocados nos EUA!

Abraço “tolinhos” brincadeirinha!

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

BOA MANFRED! UHAUHAUHAUH acho que é o unico jeito!

Vamos ver muitos amigos aqui do Blog, com burkas e gritando ALÀ é GRANDE! será!?

EU NÃO! vou esperar meu F-16 semi-novo! 🙂

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Manfred, não precisamos ir longe. O próprio Vietnã esté melhor que o Brasil. Marlos, eu sou um grande crítico de muitas atitudes do Departamento de Estado Americano mas nem por isso eu deixo de apreciar a capacidade bélica e a tecnologia militar americana. E também deixo o povo americano de fora das minhas críticas porque gente é tudo igual em qualquer lugar e nós, os russos, franceses, chineses, etc, somos todos iguais. Acho mesmo que nas mesmas circunstâncias o povo brasileiro se mostraria bem pior que os americanos, haja visto o que fazemos contra nós mesmos.

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Gil, um F-16B52/60 é tão capaz quanto um Gripen NG! e tem uma diferença! é mais do que provado em combate!

Francisco AMX
Francisco AMX
11 anos atrás

Galerinha! com estas capacidades tecnológicas de hoje e para as próximas décadas… dentro de uns 20 anos poderemos estar vendo combates sendo “resolvidos” na base dos canhões!
Poderíamos esperar para comprar um vetor, desenvolvido pela EMBRAER, que levasse um GAU-8 30mm no nariz e 1 vulcan 20mm em cada asa! com 5mil projeteis! 🙂

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Correção: “haja vista” e não “haja visto”

welington
welington
11 anos atrás

Francisco AMX não falei nada dos mísseis, mas vamos la eu acredito que os mesmos estejam sim nos EUA e em caso de um potencial conflito os EUA enviam os mesmos alem claro de dar total apoio aos Chilenos.
Abração.

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Essa história dos EUA reterem mísseis que vendem a países legítimos é de lascar.
Sem dúvida não tem cabimento e essa é uma crítica válida à política externa americana. Os EUA não deviam vender armas (principalmente avançadas) a quem não confiam e os países que aceitam tal “condição” não deveriam fazê-lo.

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Tem um velho ditado que diz que quando um esperto encontra um otário sempre dá negócio.

joao terba
joao terba
11 anos atrás

Os caras acabaram com o Iraque,roubaram um montão,agora tão ganhando uma fortuna em armamento,e o cara vem dizer que o grande inimigo é o Irã e a síria,da para agreditar.um abraço.

welington
welington
11 anos atrás

joao terba, rsrsrs, fazendo uma reflexão “profunda”, é verdade…
abração.

Rodrigo Rauta
Rodrigo Rauta
11 anos atrás

Marlos

Eu comparei nossos Mirage 2000 com os F-16, não com os F-5.Em relação aos mirage, o f-16 chilenos são superiores sim.Qnt aos misseis BVR eu não sei se oIraque os terão, tb não sei se o Chile os tem, so disse que os F-16 chilenos são superiores aos nossos mirage.

Abraços.

Robson Br
Robson Br
11 anos atrás

Senhores,
O chile recebeu seus mísseis em 2007

celio andrade
celio andrade
11 anos atrás

sou mais o T-25 o moderno caça da Fab…rs.rs.

Marlos Barcelos
Marlos Barcelos
11 anos atrás

Rodrigo Rauta os mirages e f-16 são caças equivalentes radares equivalentes, equipamentos parecidos, o mirage é mais rápido, não vejo como o f-16 ser superior aos mirages, mas cada um tem sua opinião, o mirage 2.000 é usado até hoje pelos francese´s, é um caça mais novo que os f-16, acredito que tenha condições de enfrentar de igual para igual os f-16. Quanto aos mísseis chilenos retido nos EUA, tem total fundamento, se nessa crise toda, os EUA só faltando implorar para o Brasil comprar os f-18, e mesmo assim dizem que não vão liberar os misseis mais modernos para… Read more »