quinta-feira, abril 22, 2021

Gripen para o Brasil

Su-27: testado em combate

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Agora também voando com as cores das Força Aérea da Eritreia

- Advertisement -

110 Comments

Subscribe
Notify of
guest
110 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Erich Hartmann

Interessante o vídeo.

Desculpem o off pessoal O incrível é que até a Eritréia ums dos países mais pobres do mundo com PIB inferior até bairros de cidades Brasileiras consegue operar SU-27 enquanto isso estamos operando aeronaves 1 a 2 gerações de atraso(estas mesmo com refit/reformas/atualizações não podem ser comparadas com as atuais).

Hornet

Erich,

eu recolocaria sua questão: como que um país como a Eritréia pode se dar ao luxo de gastar dinheiro público com equipamentos caros como o SU-27, sendo um dos países mais pobres do mundo? Será que o governo (força de expressão, em se tratando da Eritréia) deles está certo em fazer isso? Tenho minhas dúvidas….

Pelo o que eu sei, os fatores do estado permanente de miséria do povo deste país são dois: a seca constante e as guerras intermináveis. No caso da seca é um problema natural…já as guerras…

abraços meu caro

RJ

Erich, Su-27 é duas gerações atrás do Su-35. Tem os 30 pelo meio do caminho.

Hornet

O vídeo é interessante, mas que música mais repetitiva que inventaram de colocar como trilha…será que é isso que se ouve na Eritréia? Tudo bem que podia ser pior (podia ser axé music, por exemplo…ou algum tipo de “bate-estaca music”)…mas podia ser bem melhor também…hehehe

enfim…

abraços a todos

Fernando Cabral

É uma total irresponsabilidade um país como a Eritréia operar uma máquina como o SU 27; se não temos algo parecido por aqui é sinal que apesar de tudo ainda existe um pouco de bom senso na cabeça de nossos governantes.

Mirage

A razão para tanto descalabro é __________

Luís Fernando

Mirage,

Você tá falando sério???

Vassili Zaitsev

Mirage,

Isso soou meio racista. Explica melhor isso aí companheiro.

abraços.

Vassili Zaitsev

Nossa Vixe,

Parei de assistir o vídeo na metade. A porcaria daquela música é a culpada.

Mas, vejam só: os eritreianenses sabem realizar a manobra Cobra de Pugachev.

abraços.

Hornet

Vassily,

ia falar a mesma coisa.

Raça? Discurso racial? Em pleno século XXI!!!

Deve ter ocorrido algum engano.

abração

Hornet

Vassily,

ia falar a mesma coisa.

Raça? Discurso racial? Em pleno século XXI!!! Vixi!!!

Deve ter ocorrido algum engano.

abração

madvad

Já ocorreram combates com os Sukhoi da Eritréia na chamada guerra de badme, onde enfrentaram Mig´s29, Mig-23.. é meio espantoso como 2 países pobríssimos da África conseguiram colocar em combate alguns dos caças mais poderosos da atualidade.

Hornet

ops..desculpa por postar dois comentários iguais…a culpa é da música do vídeo!!!

Wladimir

Um dos caças mais belos do mundo!

Adler Medrado

Não é o primeiro comentário esquisito que eu vejo esse Mirage colocando nos comentários dos blogs (naval, terrestre e aereo)…

Adler Medrado

Putz. A musiquinha é chata mesmo, parece uma mistura de Chico Cesar com Barry White.

Hornet

eu vejo esta questão dos caças e dos armamentos, em países miseráveis da África, como algo lamentável e irresponsável. Um dos motivos desses países serem o que são, miseráveis até o osso, é justamente essas guerras intermináveis…gasta-se o que tem e o que não tem pra comprar armamentos…E a ONU só fica olhando esta barbaridade, na maioria das vezes…não mexe um dedo. Pelo visto, para a ONU a África não faz parte do mundo. Ao menos, não a África pobre (que é a maior parte da África). De vez em quando algum país africano faz parte, quando se precisa enviar… Read more »

Francisco AMX

Mas ele vôa!?? alguns amigos aqui do blog vão dizer que é “montagem” he he!

Mirage

Para os moralistas dos direitos humanos de plantão explico. Portugueses: aqueles que assaltaram, roubaram e aniquilaram culturas inteiras. Verdadeiros predadores, fizeram estragos aqui também, até hoje existe grave sequelas. Em Exemplo: a nossa mentalidade política. Italianos: um dia foram facistas. Árabes: Povo que não deixa ninguém colonizar suas terras a não ser que pague bem.(hehehe) Negros (Africanos): Esses sempre… Já foram inclusive moeda de troca. O termo raça é simplesmente para definir indivíduos e não achar inferioridades (por favor isso não foi piada). pode assim dizer que existe uma raça de corintianos e palmeirenses. Quando culturas menos desenvolvidas se encontram,… Read more »

Ronin

“Nikatô!”
hehe.. (essa é pra quem escutou a música).

Tenho minhas reais dúvidas sobre o treinamento dos pilotos e a manutenção/disponibilidade das aeronaves. Será que usam pilotos contratados ou realmente existe um treinamento para pilotos da força aérea?

Não quero nem imaginar o nível de recursos técnicos (gambiarra) que essa força aérea deve usar.

Abs!

Patriota

Mirage

Nem tenta reparar o que vc disse porque é irreparavel
nada justifica este seu comentario de indole racista

Pedro

Tá bom, os caras são pobres…mas não são burros! Mesmo num país pobre defesa vem em PRIMEIRO LUGAR! Não adianta nada o cara da Eritréia botar comida na mesa da população e deixar as FAs se defendendo com F5 e AMX que ele sabe que vem o vizinho e corta a cabeça de todo mundo! (como é muito comum lá por aquelas bandas) Pobres, de espírito e mentalidade, são nossos governantes que preferem pagar o bolsa compra voto a montar FAs condizentes com o tamanho e a importância de nosso país e nossas riquezas. (deveriamos ter SU 35 BM, Rafales… Read more »

Flávio

Hornet em 11 mar, 2009 às 14:10 Concordo completamente com você, a Eritréia não pode se dar ao luxo de gastar dinheiro público com equipamentos caros como o SU-27. Fernando Cabral em 11 mar, 2009 às 14:52 “…se não temos algo parecido por aqui é sinal que apesar de tudo ainda existe um pouco de bom senso na cabeça de nossos governantes.” É Fernando acho que no caso de gastos do dinheiro público com material militar, você tem razão, os políticos brasileiros são muito responsáveis, o problema é que se for para desviar a grana para os próprios bolsos eles… Read more »

Voluntário da Pátria

No mínimo é para acusar o blog de nazista e depois exigerem sua suspensão…patrulha ideológica…os “funcionários” do PT estão por toda a parte enxovalhando a democracia!Quanto aos SU 27 da Eritréia, cada um sabe onde o calo aperta e ao menos seu governo não se finge de pacifista em detrimento da segurança de seu povo…ou para beneficiar estrangeiros cumpanheirões.

Hornet

Caro Pedro, vão defender o quê? Me diga?…o modo de vida miserável deles? até porque, duvido que esses armamentos estejam sendo usados para “defender o povo e a nação” da Eritréia…isso pra mim me cheira dominação interna, por parte de algum grupo que sente racialmente superior, tribalmente melhor colocado no escalão tribal, ou pura corrupção dos mandatários do país que estão pouco se lixando para o país. Para que exista defesa de um país é preciso antes existir um país a ser defendido. E um país se faz com direitos civis, incluindo o mais importante de todos, que é o… Read more »

Mirage

Patriota

Tentar reparar oque? Não costumo usar meias palavras meu caro, minha opinião é essa e ninguém precisa concordar com ela.

Existe coisa mais racista que as “cotas”???

Mas esse é outro assunto que com certeza você não arriscara a dar uma opinião.

Abraço

Wolfpack

Até a Eritréia têm um vetor melhor que os nossos. Perder pra Eritréia vai empatar com quem?

Almeida

Esse video é permeado de videos RUSSOS. Podem notar claramente, por exemplo, um Su-33 engachando no simulador de pista de pouso de NAe russo.

Duvido que essas cobras de Pugachev tenham sido feitas por pilotos da Eritreia. Duvido ate que as vitorias em combate da Eritreia tenham sido conquistadas por seus proprios pilotos, visto que os russos de grande historico de pilotos mercenarios lutando na guerra dos outros…

celio andrade

Mirage

Desculpe mas seu comentário está extremamente racista..
Quanto aos povos que vc referiuse , acredito eu que vc tenho no seu sangue algum arabe, portugues, espanhol ou italiano…
Nos somos culpados. já se passaram 509 anos e continuamos na MMMM…entendeu..
Somos um povo ladrão, corrupto, preguiça e que deixa td para depois… enquanto qualquer estrangeiro vem para o BR e fica rico..pq será…respondo…trabalham…

celio andrade

quanto as cotas ..concordo…

Felipe Cps

Nussssss, coisa tôsca, tosquera total, tem q mostrar isso praquele tonto do Mion ahuahuahuahua…

Roberto CR

O administrador do blog que me perdõe, mas eu tenho que fazer a pergunta. Se não quiser que este tema seja discutido aqui é só falar que não levo o tema adiante.

Ao

Mirage em 11 mar, 2009 às 19:10

celio andrade em 11 mar, 2009 às 19:52

Expliquem os dois aí qual é a conotação racista que existe nas cotas?

Don D

Desculpe, mas não vou poder evitar fugir do tópico. Mirage, seu comentário foi racista sim, “piores raças”? Acho que vc está um pouco desinformado, vamos por partes. Italianos: Não preciso dizer que a maioria da cultura moderna é de origem italiana, foi lá que se venceu a idade das trevas do primeiro milênio, de lá saem a base das leis da maioria dos países do planeta junto com a germânica, de lá saíram os colonizadores que construíram boa parte de nosso e de outros países, dando duro sempre. Portugueses: Imaginem um país do tamanho do Uruguai dominando 75% da tecnologia… Read more »

Alexandre J.Augusto

Mirage,

Existe sim coisa mais racista que as cotas.E você deve ter visto ou lido.Sabe o que é??
E o Advogado pode passar pela porta de segurança do banco com celular e chave na mão e a doméstica nem tirando a roupa pôde.

Abraços a todos do blog.

Wilson Johann

Caro Almeida, Você acertou na veia, já lí sobre essa guerra. Foi entre a Eritréia e a Etiópia, dois dos países mais miseráveis do mundo. Do lado Etíope havia os Mig-29, em oposição aos SU-27 do Eritréia. Nenhum dos países possuia a mínima infraestrutura para operação dos respectivos aviões. Eram usados em situação muito precária e as vitórias contra os Etíopes, uma ou duas, deveram-se ao fato dos SU-27 serem pilotados por russos. E não pensem que haviam muitos caças de ambos os lados. Aquela cena (foto) que aparece no vídeo mostrando uma esquadrilha sobre o estádio (4 aeronaves), eram… Read more »

Wilson Johann

Mas, para a Eritréia, a aquisição desses vetores foi uma necessidade real, e foram de grande valia para frear a invação etíope. A guerra durou uns dois anos e fez mais de 100.000 vítimas, e tudo isso por causa de uma aldeia chamada “Badme”. Creio que a Eritréia não teve muita escolha, e mesmo assim, a Etiópia ainda ocupa grande parte do seu território.

Abraços!

Eric Hartmann

Em resposta ao post ” Hornet em 11 mar, 2009 às 14:10″. Eu concordo plenamente com o seu post Hornet que realmente um país com menos de US$4 bilhões de PIB,população miserável e gastarem seus pouquíssimos recursos com SU-27 caros de operar etc,mas o último post do Wilson Johann foi muito oportuno em informar que infelizmente eles tiveram que adotar medidas drásticas (certamente talvez até demais) para se defenderem da Etiópia (outro país extremamente problemático) antes que viessem a desaparecer,pois nessas horas não tem ONU,USA ninguém para defenderem países praticamente à margem dos interesses da comunidade internacional(Vide Darfur,Ruanda Hutus vs… Read more »

Wilson Johann

Estou de volta, pessoal, para corrigir algumas coisas em meus comentários. Fui pesquisar um pouco para por meus conhecimentos sobre este tema em dia e descobri que estou trocando as bolas. Esses SU-27 que são mostrados no vídeo são aquisições recentes da Eritréia. Na época da guerra (1998/2000) era a Etiópia que possuia SU-27, esses pilotados mercenários por russos. A Eritréia tinha Migs 29, pilotados por pilotos nativos, dos quais perdeu cinco. Os SU-27 não tiveram perdas. O texto abaixo dá uma visão de como foi a guerra aérea entro os dois países: “O passo mais ousado foi dado em… Read more »

Eric Hartmann

Em resposta ao post ” #
RJ em 11 mar, 2009 às 14:17

Erich, Su-27 é duas gerações atrás do Su-35. Tem os 30 pelo meio do caminho.”

Talvez sim amigo,mas tenho lido em vários links que o SU-27 da Eritréia ( Su-27SK/27UB desde 2003 * ) possuindo IRST,melhorias aerodinâmicas,mais capacidade de manobra etc foi criado para bater o F-15 um caça 4 generation e é classificado como 4+ ** generation,enquanto que os SU-35BM,30MK seriam 4++ gen.

* http://en.wikipedia.org/wiki/SU-27#cite_note-milavia-8
** http://www.ausairpower.net/APA-Flanker.html

kaleu

(não duvido que venha um idiota qualquer falar que o F-15 é melhor). É…. acho o F-15 MMUUUIIITTTOOOO melhor que o SU-27, aliás, melhor que o 27, 30, 33, 34 e provavelmente que o 35, que não passa de uma promessa…. Concordo… o sistema de cotas é racista… alguém perguntou pq?… simples amigo, quando se define um privilégio para uma “raça” vc está agindo em detrimento das outras etnias… e isso é racismo… mesmo porque, qdo se define “cota mínima para os negros” a lei os está chamando de incapazes e inferiores, pois, não conseguem entrar nas faculdades pelos meios… Read more »

Pedro

Reitero: de que adianta só colocar comida na boca do pessoal. Alguém já viu o que ocorre normalmente no continente Africano nestas brigas e guerras internas, a carnificina que é, com crianças e mulheres sendo estupradas, curradas, decapitadas e vilipendiadas (e em outros, lembremos de turcos massacrando armenios, judeus bombardeando escolas e hospitais palestinos e americanos explodindo mesuitas no Iraque). Então a Eritréria está razoavelmente CERTA! Podemos criticar seus governantes que TAMBÉM deveriam dar alimentação, estudo, moradia e trabalho para seus cidadãos, mas que não venham tirar isso do orçamento das FAs! Não tem que fazer como no Brasil que… Read more »

Hornet

amigo Eric,

entendo…mas meu argumento principal é o seguinte: uma das razões destes países africanos estarem na situação que estão vem justamente dessas guerras intermináveis. Existem problemas históricos nisso, que remontam ao século XIX e à colonização européia desta época…mas nem quero entrar muito neste mérito.

Eritréia (com ou sem necessidade, veja o post seguinte do Wilson) com o SU-27 e Etiópia com o Mig-29, é uma briga do roto contra o rasgado. Do esfomeado contra o famélico.

Mas enfim…não creio que nós estejamos discordando em muita coisa, não. Já colocamos nossos pontos de vista, né?

abração

angelo

Fantástica discussão senhores! Por culpa de todos vocês tenho dormido pouco, pois fico até mais tarde acompanhando suas discussões. Amanhã tenho de trabalhar cedo, não vai ser fácil. hehehehe. Houve época, em que a Etiópia anexou a Eritréia, tornando-a uma de suas províncias, o que gerou uma guerra que durou muitos anos e causou muitas mortes. Até os dias de hoje, forças da ONU, separam os contendores. Talvez essa seja a razão de ambos, países notadamente pobres, estarem sempre se armando. A Eritréia possui uma renda per capita de cerca de US$ 200,00. E o principal de tudo, entendo que… Read more »

claudio alfonso

Caros senhores,
Minhas impressões:
– Vídeo é uma montagem com cenas diversas do SU-27 e outras variantes inclusive com outros padrões de cor. Não significa que não tenham esse caça mas que não é ele no vídeo.
– Lugar de racista é na cadeia! que é lugar desse lixo de gente

Hornet

Angelo, gostei do comentário. Entretanto, só para dar uma informação mais recente: desde julho do ano passado a ONU, que nem tinha tanta tropa assim na região, se retirou de vez do conflito. E de lá pra cá aquilo está ao “Deus dará”, um salve-se quem puder total. Nesse meio tempo a Eritréia já arrumou confusão, além do problema com a Etiópia, com o Djibuti também (invadiu uma parte do Djibuti), ato que a ONU condenou, mas pelo visto ficou nisso apenas…enfim… Não quero me alongar mais neste assunto. De qualquer modo, a questão toda remonta ao esfacelamento dos impérios… Read more »

Ricardo Amil
Poggio

Parabéns ao claudio alfonso, que soube identificar a composição de diveras imagens e vídeos de diferentes procedências para compor o vídeo acima. Somente a última imagem do Su-27 no vídeo (com uma camuflagem em tons de verde) é realmente identificado como um dos exemplares da Força Aérea da Eritreia. Parabéns também a todos aqueles que fzeram uma pesquisa sobre o assunto e acabaram adquirindo mais conhecimentos sobre um canto esquecido do mundo e uma guerra pouco lembrada. Realmente não existiram combates SuXSu durante a guerra da indepêndência, pois a Eritreia ainda não os possuía. Em relação a comentários que fujam… Read more »

RLobo

Vejo com muita tristeza a utilização por parte de uma das nações mais pobres da Africa de um vetor como o SU-27. Agora, mais irresponsável ainda é quem vendeu este vetor, pois lucraram as custas da miséria de milhões de pessoas. Será que não poderiamos ter esta mesma preocupação com o Brasil? Será que estamos maduros o suficiente para entendermos que é necessário este gasto? Porque amplificam o gasto com defesa e não amplificam os gastos indecentes que a nação tem para manter o congresso nacional? Sabiam que o Senado tem o mesmo orçamento da cidade de Porto Alegre? Para… Read more »

Zero Uno

Hornet. Más uma vez te parabenizo pela sua visão. Concordo com elas e tem outros problemas nestes pobres países. Ontem, 4a feira, 10/03 assisiti um documentario sobre a Zâmbia. Fiquei impressionado com o que se passa lá. FMI e Banco Mundial “emprestando” dinheiro para países africanos construir e pavimentar estradas. A pergunta que fica é: PARA LEVAR O QUE e COM O QUÊ? Eles não possuem altomoveis suficientes para usar uma estrada pavimentada e muito menos caminhões. Muitos africanos reclamam que esse dinheiro deveria ser investido em educação, saneamento básico nas próprias cidades e no pequeno agricultor ao invés de… Read more »

bandeira

Imaginem quanta comida poderiam adquirir, com a grana que investem nessas maquininhas.Se bem que olhando do ponto de vista de muitos governantes, é uma forma de matar muito mais gente (uma arma mais poderosa e menos dinheiro em saude e alimentos)mata-se duas vezes mais.
Abraços

Reportagens especiais

Gripen M comparado ao C e ao E: os trens de pouso

Diferentemente do Gripen E, cujo trem de pouso dianteiro mudou para uma só roda, o projeto da versão naval...
- Advertisement -
- Advertisement -