Home Noticiário Internacional Jobim vai aos EUA negociar nova frota de caças da FAB

Jobim vai aos EUA negociar nova frota de caças da FAB

308
206

Eliane Cantanhêde – colunista da Folha

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, marcou viagem ontem à noite para Washington, onde deve se reunir ainda hoje com Robert Gates, que ocupa o cargo de secretário de Defesa no governo George W. Bush e será mantido pelo futuro presidente, Barack Obama. Em pauta, a compra de jatos de caça F-18 E/F Super Hornet, produzidos pela Boeing norte-americana.

Os dois lados, Jobim e Gates, têm pressa, porque o presidente da França, Nicolas Sarkozy, virá ao Brasil nos dias 22 e 23 deste mês, e os franceses são os principais concorrentes dos EUA para a venda dos caças.

Os três finalistas para a renovação da frota da FAB (Força Aérea Brasileira) são o F-18 norte-americano, o Rafale, da francesa Dassault, e o Grippen NG, da sueca Saab, que chegou à reta final contrariando as expectativas de que o competidor dos americanos e dos franceses seria o Sukkoi, da Rússia.

Apesar da inclusão do Grippen NG, a disputa ferrenha para vender os caça ao Brasil praticamente afunilou entre a Boeing e a Dassault. Seria uma surpresa se a sueca Saab acabasse abocanhando o negócio.

Jobim manteve a ida a Washington sob discrição, enquanto o embaixador norte-americano em Brasília, Clifford Sobel, fazia a intermediação com a Secretaria de Defesa.

A exigência número um do Brasil para fechar qualquer negócio na área militar é a transferência de tecnologia, que não é a praxe nesse setor. A Defesa, porém, considera os americanos muito mais fechados do que os franceses e os suecos nesse quesito.

A pretensão brasileira é que a indústria nacional, capitaneada pela Embraer, tenha condições de, a longo prazo, participar da produção de componentes e dos próprios aviões de caça de quinta geração.

Sobel retornou dos EUA anteontem e bateu o martelo com Jobim, avisando que Gates havia flexibilizado as condicionantes do lado norte-americano e estava pronto a conversar. A intenção de Jobim é ficar em Washington apenas dois a três dias, retornando ainda nesta semana. Ele também participará das rodadas de negociações com Sarkozy.

Além dos caças, a agenda do presidente francês inclui negociações bilaterais para a venda de um submarino tradicional ao Brasil, como base para o futuro submarino de propulsão nuclear brasileiro.

206
Deixe um comentário

avatar
206 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
55 Comment authors
DuccaCURAREFrancisco M. XaviernunaoNunão Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Wilson Johann
Visitante
Wilson Johann

Será que é isso mesmo, ou ele foi averiguar as reais possibilidades de transferência de tecnologia. Apesar da Boing alegar total disponibilidade, resta-nos saber realmente se existe o aval do governo americano para tudo o que estamos querendo. É esperar prá ver. No inicio da próxima semana certamente teremos noticias mais concretas.
De minha parte, torço pelos Rafales, depois F-18 e, por último, os Grippens.

Abraços!!!

Wilson Johann
Visitante
Wilson Johann

Será que é isso mesmo, ou ele foi averiguar as reais possibilidades de transferência de tecnologia. Apesar da Boing alegar total disponibilidade, resta-nos saber realmente se existe o aval do governo americano para tudo o que estamos querendo. É esperar prá ver. No inicio da próxima semana certamente teremos noticias mais concretas.
De minha parte, torço pelos Rafales, depois F-18 e, por último, os Grippens.

Abraços!!!

Wilson Johann
Visitante
Wilson Johann

Digo: Gripen (e não Grippen).

Wilson Johann
Visitante
Wilson Johann

Digo: Gripen (e não Grippen).

RL
Visitante
RL

Também torço para os Rafalecos..más..se vierem os Hornets estaremos muitissimo bem equipados.

Só resta saber se tudo isso ai é verdade né.!!!

Politica é F#$%#$%…

RL
Visitante
RL

Também torço para os Rafalecos..más..se vierem os Hornets estaremos muitissimo bem equipados.

Só resta saber se tudo isso ai é verdade né.!!!

Politica é F#$%#$%…

kaleu
Visitante
kaleu

Amigos blogueiros, vamos adquirir os MELHORES ou seja, SUPER HORNET´S F/A 18 E/F

ABRAÇOS
KALEU

kaleu
Visitante
kaleu

Amigos blogueiros, vamos adquirir os MELHORES ou seja, SUPER HORNET´S F/A 18 E/F

ABRAÇOS
KALEU

Wilson Johann
Visitante
Wilson Johann

Mas se for verdade, será que os americamos estão nos oferendo algums super pacote? Esta visita de última hora ao Secretário de Defesa não estava agendada. Será que os yanques não estão propondo alguma “parceria” estratágica e vantajosa para o Brasil, em vista do avanço francês em uma área de influência predominantemente americaca? Certamente o ministro Jobim não vai fechar nenhuma compra, a não ser que exista uma ótima oferta, com vantagens e garantias que superam os demais concorrentes. esperemos para ver!

Abraços!!!

Wilson Johann
Visitante
Wilson Johann

Mas se for verdade, será que os americamos estão nos oferendo algums super pacote? Esta visita de última hora ao Secretário de Defesa não estava agendada. Será que os yanques não estão propondo alguma “parceria” estratágica e vantajosa para o Brasil, em vista do avanço francês em uma área de influência predominantemente americaca? Certamente o ministro Jobim não vai fechar nenhuma compra, a não ser que exista uma ótima oferta, com vantagens e garantias que superam os demais concorrentes. esperemos para ver!

Abraços!!!

hms tireless
Visitante
hms tireless

Excelente notícia!

Para se contrapor aos Su-30 venezuelanos, nada melhor que o Rhino…o queijo podre não é o melhor p nós….

hms tireless
Visitante
hms tireless

Excelente notícia!

Para se contrapor aos Su-30 venezuelanos, nada melhor que o Rhino…o queijo podre não é o melhor p nós….

Douglas
Visitante
Douglas

A reinserção da embraer como fornecedora da industria aeronautica americana, a inclusão de F 18 block 3 e a também a versão G no pacote a ser oferecido ao Brasil além de 4 destroyers Arleigh Burke seria interessante.

Douglas
Visitante
Douglas

A reinserção da embraer como fornecedora da industria aeronautica americana, a inclusão de F 18 block 3 e a também a versão G no pacote a ser oferecido ao Brasil além de 4 destroyers Arleigh Burke seria interessante.

Storm
Visitante

O Jobin esta indo pros States, porque foi chamado, com certeza os Iankes tem alguma coisa a mais pra oferecer (um trunfo, quem sabe uns F-18 C/D de lambuja pra operar no opalão !!!) e querem fazer isso antes da visita do Sarkozy. Pessoalmente gosto muito do F-18 Super Hornet e to torcendo pra que ele vença o FX-2, mas desde que atenta os requisitos de transfência de tecnologia que o Brasil e a FAB tanto almejam… Acho tudo isso muito saudavel, “essa negociata”, o Jobin vai lá houvir o que os Yankes tem a oferecer e depois vai comparar… Read more »

Storm
Visitante

O Jobin esta indo pros States, porque foi chamado, com certeza os Iankes tem alguma coisa a mais pra oferecer (um trunfo, quem sabe uns F-18 C/D de lambuja pra operar no opalão !!!) e querem fazer isso antes da visita do Sarkozy. Pessoalmente gosto muito do F-18 Super Hornet e to torcendo pra que ele vença o FX-2, mas desde que atenta os requisitos de transfência de tecnologia que o Brasil e a FAB tanto almejam… Acho tudo isso muito saudavel, “essa negociata”, o Jobin vai lá houvir o que os Yankes tem a oferecer e depois vai comparar… Read more »

marujo
Visitante
marujo

Quais serão as armas, navios e aviões velhos que eles oferecerão para nós? Está correndo alguma lista? Já ouvi falar em obuseiros de 155 mm e mais autopropulsados M-109. Se hover este tipo de oferta, como aconteceu na época do FX-1, o que será vantajoso para nós negociar? NDD Classe Austin?

marujo
Visitante
marujo

Quais serão as armas, navios e aviões velhos que eles oferecerão para nós? Está correndo alguma lista? Já ouvi falar em obuseiros de 155 mm e mais autopropulsados M-109. Se hover este tipo de oferta, como aconteceu na época do FX-1, o que será vantajoso para nós negociar? NDD Classe Austin?

cesar
Visitante
cesar

Imagino o seguinte. Será q os EUA ñ buscam uma parceria estratégica na AL e no Atlântico Sul p/ contrapor a recente investida russa no quintal deles ou mesmo o avanço chinês na África?
O aliado natural e de maior relevância dos EUA na região s/ sombra de dúvida é o Brasil, quer alguns gostem ou ñ.
Se este for o caso, é provável q liberem os códigos fonte e quem sabe uma possível tranferência de tecno dos SH.
Ou como comentou o amigo Wilson Johann, talvez eles ofereçam um super pacote.
Vamos ficar esperando pelo próximo lance.

Sds.

cesar
Visitante
cesar

Imagino o seguinte. Será q os EUA ñ buscam uma parceria estratégica na AL e no Atlântico Sul p/ contrapor a recente investida russa no quintal deles ou mesmo o avanço chinês na África?
O aliado natural e de maior relevância dos EUA na região s/ sombra de dúvida é o Brasil, quer alguns gostem ou ñ.
Se este for o caso, é provável q liberem os códigos fonte e quem sabe uma possível tranferência de tecno dos SH.
Ou como comentou o amigo Wilson Johann, talvez eles ofereçam um super pacote.
Vamos ficar esperando pelo próximo lance.

Sds.

Cinquini
Visitante

Jobim vai a Washington fortalecer relações com nova administração Brasília, 03/12/2008 – O ministro da Defesa, Nelson Jobim, inicia nesta quarta-feira (03/12) viagem a Washington, onde terá encontros com líderes da nova administração norte-americana, do presidente eleito Barack Obama. O principal objetivo de Jobim será o fortalecimento das relações bilaterais e da cooperação nos âmbitos da Defesa e do intercâmbio tecnológico. Jobim também debaterá o futuro da relação bilateral em seminário promovido pelo Woodrow Wilson Center, sobre o fortalecimento futuro da parceria estratégica entre o Brasil e os Estados Unidos. O ministro viaja acompanhado do comandante do Exército, General-de-Exército Enzo… Read more »

Cinquini
Visitante

Jobim vai a Washington fortalecer relações com nova administração Brasília, 03/12/2008 – O ministro da Defesa, Nelson Jobim, inicia nesta quarta-feira (03/12) viagem a Washington, onde terá encontros com líderes da nova administração norte-americana, do presidente eleito Barack Obama. O principal objetivo de Jobim será o fortalecimento das relações bilaterais e da cooperação nos âmbitos da Defesa e do intercâmbio tecnológico. Jobim também debaterá o futuro da relação bilateral em seminário promovido pelo Woodrow Wilson Center, sobre o fortalecimento futuro da parceria estratégica entre o Brasil e os Estados Unidos. O ministro viaja acompanhado do comandante do Exército, General-de-Exército Enzo… Read more »

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Será que teremos um “bom” e “velho” novo avião??? E quando começarem a chegar, em 2015, realmente estaremos com um novo ultrapassado vetor, concebido na década de 70, como o F-16, mas que custa 1/3 a mais do que o novo F-16B60 e, fora a autonomia, tende a ser igual ou inferior ao F-16, que, queiram ou não, é só olhar o projeto, desenho, inovações do F-16 frente ao F-18, que verão o que eu falo, além do mais o F-16 é mais barato de operar, por ser monorreator e nem por isso perde em desempenho para o F-18. Só… Read more »

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Será que teremos um “bom” e “velho” novo avião??? E quando começarem a chegar, em 2015, realmente estaremos com um novo ultrapassado vetor, concebido na década de 70, como o F-16, mas que custa 1/3 a mais do que o novo F-16B60 e, fora a autonomia, tende a ser igual ou inferior ao F-16, que, queiram ou não, é só olhar o projeto, desenho, inovações do F-16 frente ao F-18, que verão o que eu falo, além do mais o F-16 é mais barato de operar, por ser monorreator e nem por isso perde em desempenho para o F-18. Só… Read more »

Thiago Sala
Visitante
Thiago Sala

O que realmente interessa é negociar de verdade, impor as nossas vontades seja com quem for, contanto que tenhamos os requisitos da FAB cumpridos,é o que interessa, afinal acho que os finalista são bons aviões. Com certesa o Tio Sam vai vir com um pacotão, vamos ver se interessa…
Abraços

Thiago Sala
Visitante
Thiago Sala

O que realmente interessa é negociar de verdade, impor as nossas vontades seja com quem for, contanto que tenhamos os requisitos da FAB cumpridos,é o que interessa, afinal acho que os finalista são bons aviões. Com certesa o Tio Sam vai vir com um pacotão, vamos ver se interessa…
Abraços

Billy
Visitante
Billy

Que os F-18 E venham o mais rápido possível!!

Billy
Visitante
Billy

Que os F-18 E venham o mais rápido possível!!

welington
Visitante
welington

Sou viúvo do SU-35 BM e neto da vovódka e não nego mas agora torço para o F-18E/F Super Hornet pelas suas características, mas vai dar Rafall.

welington
Visitante
welington

Sou viúvo do SU-35 BM e neto da vovódka e não nego mas agora torço para o F-18E/F Super Hornet pelas suas características, mas vai dar Rafall.

Pedro
Visitante
Pedro

Vale lembrar que o professor do “men” (homi – o que manda de verdade, o americano é claro) é/foi o Mangabeira. E que é lingua corrente nos blogs, sites, imprensa e principalmente nas FAs que depender de um só fornecedor (frança) não é bem o que se quer…. Reitero que essa viagem pegou todos de “suprise”. Pra desbancar os ianques nesse jogo, além de aviões e offsets o Sarkhozy vai ter que oferecer ao lula um “changing wifes” tipo: lula fica umas noites com a Carla Bruni e o francês leva a dona marisa pra passear!ahahaha! Certamente é pacote fechado… Read more »

Pedro
Visitante
Pedro

Vale lembrar que o professor do “men” (homi – o que manda de verdade, o americano é claro) é/foi o Mangabeira. E que é lingua corrente nos blogs, sites, imprensa e principalmente nas FAs que depender de um só fornecedor (frança) não é bem o que se quer…. Reitero que essa viagem pegou todos de “suprise”. Pra desbancar os ianques nesse jogo, além de aviões e offsets o Sarkhozy vai ter que oferecer ao lula um “changing wifes” tipo: lula fica umas noites com a Carla Bruni e o francês leva a dona marisa pra passear!ahahaha! Certamente é pacote fechado… Read more »

JACUBÃO
Visitante

ACHO O F-18 UM EXELENTE CAÇA PARA A FAB, PRINCIPALMENTE SE VIER COM TODOS OS ARMAMENTOS DISPONÍVEIS P/ OS MESMOS, E DE QUEBRA, PODERIA VIR NO PACOTE UNS 14 F/A-18 Ex USN PARA DEFENDER O OPALÃO E COMPLEMENTAR OS AF-1 MODERNIZADOS.

ABRAÇOS.

JACUBÃO
Visitante

ACHO O F-18 UM EXELENTE CAÇA PARA A FAB, PRINCIPALMENTE SE VIER COM TODOS OS ARMAMENTOS DISPONÍVEIS P/ OS MESMOS, E DE QUEBRA, PODERIA VIR NO PACOTE UNS 14 F/A-18 Ex USN PARA DEFENDER O OPALÃO E COMPLEMENTAR OS AF-1 MODERNIZADOS.

ABRAÇOS.

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Agora se vier uns 200 MBTs M-1A2, uns obuseiros, uns 4 Destroiers, uns 20 F-18C usadinhos, mas que nunca foram taxi! para o “paulista”, uns SAMs de variados tipos, + uns 30 Cobras…ficaria de bom tamanho!
Abraços!

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

Agora se vier uns 200 MBTs M-1A2, uns obuseiros, uns 4 Destroiers, uns 20 F-18C usadinhos, mas que nunca foram taxi! para o “paulista”, uns SAMs de variados tipos, + uns 30 Cobras…ficaria de bom tamanho!
Abraços!

Luciano Baqueiro
Visitante
Luciano Baqueiro

Não vejo essa capacidade na ‘inteligencia governamental’, mas bem que poderia ser um belo blefe p/ barganhar algo mais c/ os franceses, p.ex. : os EUA estão nos oferecendo novas vantagens como blábláblá … vcs já estão c/ um trem de pouso do Rafale na cova, sendo assim só compro se me der x% de desconto e ainda vier isso e aquilo …
Mas acho que já tô querendo demais dessa galera do mal do planalto central.

Luciano Baqueiro
Visitante
Luciano Baqueiro

Não vejo essa capacidade na ‘inteligencia governamental’, mas bem que poderia ser um belo blefe p/ barganhar algo mais c/ os franceses, p.ex. : os EUA estão nos oferecendo novas vantagens como blábláblá … vcs já estão c/ um trem de pouso do Rafale na cova, sendo assim só compro se me der x% de desconto e ainda vier isso e aquilo …
Mas acho que já tô querendo demais dessa galera do mal do planalto central.

JACUBÃO
Visitante

PODERÍAMOS COMPLETAR ESTA LISTA COM UNS NDDs E MAIS ATUAIS, UNS SANs DO TIPO HAWK OU RAPIER, E OS MÍSSEIS HARPOOM PARA SUBSTITUIR OS EXOCET MM40.

JACUBÃO
Visitante

PODERÍAMOS COMPLETAR ESTA LISTA COM UNS NDDs E MAIS ATUAIS, UNS SANs DO TIPO HAWK OU RAPIER, E OS MÍSSEIS HARPOOM PARA SUBSTITUIR OS EXOCET MM40.

Douglas
Visitante
Douglas

são 120?? poderia se tyer um mix 80 F 18 e 40 F 35 a serem entregues como ultimo lote la pra 2018/2020.

Douglas
Visitante
Douglas

são 120?? poderia se tyer um mix 80 F 18 e 40 F 35 a serem entregues como ultimo lote la pra 2018/2020.

Hornet
Visitante
Hornet

Vixi!!!…estamos fazendo leilão com os futuroas caças da FAB… Quem da mais? Dou-lhe uma, dou-lhe duas… Vendido para aquele senhor ali do canto, com uma cartola cheia de estrelinhas brancas na cabeça e uma barbicha suspeita, que além de 36 caças também nos está oferecendo, 4 destróyers, 45 tanques, 3 máquinas de costura, 2 TVs coloridas, um fusca da Vimave e mais um fim de semana na Disney….hehehe Pra falar a verdade, acho que o Jobim está indo negociar com o secretário de defesa norte-americano a transferência de tecnologia exigida no processo do FX2, que é o assunto mais “delicado”… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

Vixi!!!…estamos fazendo leilão com os futuroas caças da FAB… Quem da mais? Dou-lhe uma, dou-lhe duas… Vendido para aquele senhor ali do canto, com uma cartola cheia de estrelinhas brancas na cabeça e uma barbicha suspeita, que além de 36 caças também nos está oferecendo, 4 destróyers, 45 tanques, 3 máquinas de costura, 2 TVs coloridas, um fusca da Vimave e mais um fim de semana na Disney….hehehe Pra falar a verdade, acho que o Jobim está indo negociar com o secretário de defesa norte-americano a transferência de tecnologia exigida no processo do FX2, que é o assunto mais “delicado”… Read more »

welington
Visitante
welington

A proposta americana em se tratando de material será a melhor, mas em termos de transferência tecnológica “sensível” só os franceses e Russos é que podem nos passar facilmente, mas convenhamos que a tecnologia sensível deles já é o F-22 e F-35, o F-18 é uma super aeronave mas para os padrões de tecnologia sensível dos americanos não é tão TOP a ponto de não poder transferir a ninguém(vejam o caso do F-20 que os americanos queriam vender o projeto para a gente) acho que se os EUA quiserem nos manter longe dos Russos e um pouco mais longe dos… Read more »

welington
Visitante
welington

A proposta americana em se tratando de material será a melhor, mas em termos de transferência tecnológica “sensível” só os franceses e Russos é que podem nos passar facilmente, mas convenhamos que a tecnologia sensível deles já é o F-22 e F-35, o F-18 é uma super aeronave mas para os padrões de tecnologia sensível dos americanos não é tão TOP a ponto de não poder transferir a ninguém(vejam o caso do F-20 que os americanos queriam vender o projeto para a gente) acho que se os EUA quiserem nos manter longe dos Russos e um pouco mais longe dos… Read more »

Fulano Beutrano
Visitante
Fulano Beutrano

Como eu já esperava… os americanos sempre tem algumas cartas nas mangas e quando eles querem difato não perdem uma concorrência… e uma coisa é certa… não querem e nem podem perder influencia por aqui… então acho que vão jogar pesado… o que é muito bom pra nós.

Fulano Beutrano
Visitante
Fulano Beutrano

Como eu já esperava… os americanos sempre tem algumas cartas nas mangas e quando eles querem difato não perdem uma concorrência… e uma coisa é certa… não querem e nem podem perder influencia por aqui… então acho que vão jogar pesado… o que é muito bom pra nós.

Fábio Max
Visitante

Os americanos tem muita coisa a oferecer num negócio destes, desde tecnologia, que seria o principal, até aeronaves para entrega imediata (F18s e F16s), como os F18 para o NAe São Paulo, passando por facilidades na aquisição de mais helicopteros Blackhawks e mesmo navios para a marinha. Mas eles oferecem isso para parceiros comerciais-militares que lhes dêem exclusividade, razão pela qual, não acredito que o negócio exceda à venda dos F-18 do FX3 com a opção de fechar o lote total de 120 aeronaves no futuro. Porém, se olharmos pelo outro lado, eles podem até adoçar um pouco a proposta,… Read more »

Fábio Max
Visitante

Os americanos tem muita coisa a oferecer num negócio destes, desde tecnologia, que seria o principal, até aeronaves para entrega imediata (F18s e F16s), como os F18 para o NAe São Paulo, passando por facilidades na aquisição de mais helicopteros Blackhawks e mesmo navios para a marinha. Mas eles oferecem isso para parceiros comerciais-militares que lhes dêem exclusividade, razão pela qual, não acredito que o negócio exceda à venda dos F-18 do FX3 com a opção de fechar o lote total de 120 aeronaves no futuro. Porém, se olharmos pelo outro lado, eles podem até adoçar um pouco a proposta,… Read more »